Brincadeira de mau gosto

dst

A estréia do Vasco na Copa do Brasil acabou se transformando em uma bela pegadinha de 1º de abril para a torcida. Depois de um começo que prometia uma classificação antecipada com uma facilidade enorme, o time se acomodou, cedeu espaços para o modestíssimo Rio Branco e não conseguiu o placar que precisava para evitar o jogo da volta com o time acreano, vencendo por apenas 2 x 1.

A pegadinha começou logo no início do primeiro tempo. Antes de completar dois minutos de bola rolando, já abrimos o placar, com um lindo gol de Thalles. Não que o lance não tivesse dado pistas de que poderíamos ter dificuldades: a jogada se iniciou com uma cobrança de tiro de meta, com a bola indo direto de Martín Silva para Bernardo e depois para Thalles dominar com categoria e estufar as redes. O gol nascido de uma ligação direta acabou sendo a tônica do jogo, com nossa equipe mais uma vez tendo enormes dificuldades de chegar o ataque sem apelar para os chutões da defesa. Até conseguimos fazer algumas jogadas pelos lados do campo, mas Lorran e Yago, os responsáveis por essa função, parecem ser incapazes de concluir uma jogada de forma correta.

A impressão de goleada já se mostrava uma brincadeira para o dia da mentira na etapa inicial, tanto que o goleiro do Rio Branco não chegou a fazer qualquer defesa. E depois do primeiro minuto do jogo, só voltamos a criar um lance digno de nota no último minuto antes do intervalo, com o segundo gol, esse com a cara do atual time do Vasco: nascido em bola parada, com um zagueiro marcando. Após cobrança de escanteio do Bernardo, Douglas Silva escorou e ampliou a vantagem.

No segundo tempo, as coisas ficaram ainda mais monótonas. Com a vantagem necessária para evitar o segundo jogo, o Vasco passou a cozinhar o jogo, valorizando a posse de bola de forma equivocada, trocando passes laterais nas intermediárias do campo. As tentativas de ataque foram poucas e as que levaram algum perigo em menor quantidade ainda.

Com o time aparentando uma satisfação injustificada pela vantagem que tínhamos, Doriva tentou dar um gás à equipe com substituições. O problema é que nenhuma delas trouxe o efeito esperado. Pelo contrário, quem entrou conseguiu ser mais ineficiente que quem saiu: Montoya, Mosquito e Romarinho mal encostaram na bola, e quando conseguiram, nada fizeram de produtivo.

O banho-maria que o Vasco imprimiu ao seu ritmo teve suas consequências. Num dos poucos ataques do Rio Branco, a marcação frouxa do time permitiu que o adversário diminuísse a diferença. O gol motivou nosso adversário e com menos de 10 minutos para o fim da partida, não tivemos força para marcar o terceiro. Com isso, o time do Acre realizou um feito que não conseguia desde 2012: obrigar a realização do jogo da volta na primeira fase da Copa do Brasil.

O fato de termos jogado com um time reserva, sem entrosamento, explica a falta de entrosamento. E, para não tirar completamente os méritos do adversário, o Rio Branco mostrou um futebol e uma disposição maiores que alguns oponentes que tivemos no Carioca que nem o time titular conseguiu vencer, como o Barra Mansa, por exemplo. Mas a aparente falta de determinação em ampliar o placar não tem justificativa, ainda mais se analisarmos que tivermos pela frente uma equipe semiprofissional, com jogadores que precisam ter outras funções além de se dedicar ao futebol. Vencemos e só uma hecatombe nos fará perder a vaga em São Januário. Mas nos vermos obrigados a fazer esse segundo jogo já foi uma tremenda brincadeira de mau gosto.

As atuações…

Martín Silva – se acompanhasse os gritos da torcida nas arquibancadas feito mais no jogo. No gol não podia fazer nada.

Nei – bateu tanto que bem poderia ser expulso, mesmo contra um adversário contra o qual não deveria ter problemas com a marcação. E tendo facilidade, chegou a apoiar em alguns momentos. Mas como estamos falando do Nei, obviamente não acertou nada.

Douglas Silva – fez o gol que acabou nos livrando de um vexame.

Anderson Salles – não teve complicações com o adversário.

Lorran – não conseguiu se destacar ofensivamente contra um time muito limitado. E o gol saiu pela sua lateral.

Guiñazu – a se destacar, apenas o fato raríssimo de ser o segundo jogo seguido em que não leva cartão por cometer faltas violentas.

Victor Bolt – segue não justificando minimamente sua contratação. Erra passes como poucos, não consegue ajudar em nada a criação e nem faz uma cobertura muito eficiente das laterais. Como no lance do gol, por exemplo.

Matheus Índio – a juventude explica e justifica uma atuação em que, aparentemente, tentou mostrar serviço fazendo firulas ao invés de ser efetivo na criação. Foi substituído depois de presepar em excesso por Montoya, que nem aparecer em campo conseguiu.

Bernardo – foi decisivo nos primeiros e últimos minutos do primeiro tempo, dando o passe para o gol do Thalles e cobrando o escanteio para o de Douglas Silva. Entre esses momentos, nada fez. Mas sua contribuição foi infinitamente superior a do Mosquito, que o substituiu e não fez rigorosamente nada, inclusive deixando o autor do gol acreano passar por ele sem esboçar qualquer reação;

Yago – fez 750 jogadas pelas laterais do campo para desperdiçá-las com passes errados e chutes bisonhos.

Thalles – recebeu um bom passe e marcou um belo gol. Depois, a bola raramente chegou e não fez mais nada. Romarinho entrou em seu lugar, fazendo sua estreia como profissional do Vasco. Mas foi como se não fizesse.

***

Há quem encontre um consolo na manutenção da escrita de nunca termos perdido em estreias da Copa do Brasil. Os adeptos desse pensamento ficam ainda mais satisfeitos quando se sabe que o Vasco é o único a manter essa marca entre os grandes clubes do país.

Eu só não consigo ver muita vantagem nisso quando vemos que, entre os 12 maiores clubes do Brasil, nós só temos mais títulos na competição que o Botafogo, que não tem nenhum título, e São Paulo, que tem 10 participações a menos que nós.

***

Parece mentira, mas esse 1º de abril também trouxe uma ótima notícia para o clube: a diretoria fechou um patrocínio com a Viton 44, que exibirá sua marca nas mangas da nossa camisa. Os valores divulgados pela imprensa são discrepantes, uns falando que “gira em torno de R$ 13 milhões“, outros falando em “pouco mais de R$ 17 milhões” por 1 ano e nove meses de contrato. Oficialmente não há uma confirmação das cifras, que ainda podem aumentar em 2016, caso a empresa estampe seu logo nas costas da camisa.

Seja o valor que “gira em torno” (que me parece pouco), seja o “pouco mais“, a diretoria marca um belo gol com o acordo. Se lembrarmos que qualquer uma das opções é bem maior que todos os patrocínios conseguidos pelos mesmos gestores na sua primeira passagem no comando do Vasco, podemos sim ficar esperançosos de que as coisas, pelo menos em parte, não serão como antigamente.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG.

Anúncios

37 Comentários

Arquivado em Notícias, Patrocínios, Resenhas, Vídeos

37 Respostas para “Brincadeira de mau gosto

  1. Diogo

    Sobre o valor do patrocínio, achei irrisório pois considerando o período do acordo dá um valor entre 600 a 800 mil por mês.. Acho que deviam soltar o valor oficial p dps não descobrirmos que é um valor bem menor do q esse.

  2. MAURILIO MOURTHÉ DE SOUZA

    Oi Jc, masi um show do vasco podem falar o que quiser mas o Bernardo tem vaga neste time sim, não porque é bom, mas porque não há outro.
    meu time: Martin, Madson, luan ,Douglas Silva e Cristiano ( porque não tem outro ),ghina( porque não tem outro),Lucas, J.cley( porque não tem outro), Indio/j( porque não tem outro, apesar de acreditar no jogador ), Gilberto e bernardo ( porque não tem outro ). Agora colocar o Bernardo para armar é piada. é ajudando o meio, partido para o ataque Quanto ao Julio santos acho muito lento, mas poderia substituir o Indio, se este não desse certo.. O que acha Jc?

    • JC Barbosa

      Acho que o Índio precisa tomar uma severa abaixada de bola depois da exibição (em todos os sentidos ) contra o Rio Branco. E continuo achando que o Bernardo não tem vaga, nem mesmo no ataque (onde, concordo, é a melhor posição para ele). Além de viver apenas de lampejos, quando muito, tê-lo em campo aumenta demais a probabilidade de termos um jogador a menos. Seja pela inutilidade, seja por uma expulsão inconsequente.

  3. ODILON SILVA = RJ

    Pra finalizar , a gang euriquista reclamava tanto do DOUGLAS, ficava pegando no pé do DOUGLAS, olha que ele sabia bater uma falta, um fazer lançamento, criava jogadas, jogou todas partidas, fazia gols no flamerda,mesmo assim a gang euriquista protestava cegamente. Com certeza a gang euriquista agora tá feliz da vida com MARCINHO, JULIO DOS SANTOS, SERGINHO.

  4. ODILON SILVA = RJ

    4 + 10…….=………….- 7.+ 90=………..- 38=………estamos fazendo as contas, estamos matutando,triste sina, ficar preocupado, secando o flamerda, infelizmente não tem outra saída, foi o que sobrou, derrepente o flamerda tropeça, derrepente dá certo. Já pela COPA BRASIL, apesar do mole, no jogo de volta em São Janu não deve haver dificuldades. Agora precisa tomar cuidado, euriquismo tem uma longa experiençia negativa nessa competição, XV DE CAMPO BOM, BARAÚNAS, CSA, foram eliminações frustrantes dentro de casa. Quando e quanto será a proxima pedilancia de dinheiro da nova velha diretoria, assim é mole.

  5. ODILON SILVA = RJ

    O respeito voltou mesmo, o VASCO protagonizou o jogo comemorativo dos 450 anos do RIO DE JANEIRO. O respeitou voltou mesmo, o VASCO vai fazer o último clássico da tAÇA GUANABARA. Já o nosso nobre Eurico Miranda deu as caras, como sempre na boa hora, apareceu para dizer sobre um patrocinador de dois anos, pra variar falou um besterol, falou que ele só assinou esse contrato porque é muito bom para o VASCO, se não fosse bom para o VASCO ele não assinaria. Então o contrato assinado por ele na última gestão de 28 mil reais por mês com a HABBIB`S, foi um otimo contrato para o VASCO, durmam com essa, será que os vascainos merecem isso.

  6. Beto

    Ontem assisti na emissora que quer ser a dona da verdade e dos valores no esporte brasileiro, a espn-spfla, debate entre os dois presidentes flaflu e o Rubinho, da FERJ.
    Primeiro quero deixar claro que sou contra essas federações pré históricas e que perpetuam dirigentes que pouco acrescentam, mas ver uma emissora querer transformar a dupla fla flu nos líderes de um movimento em prol do futebol brasileiro é uma piada. O Fluminense finge não saber que o Flamengo não defende e nunca defendeu nada no futebol brasileiro, a não ser seus próprios interesses. Com uma liga carioca de futebol, o time da Gávea só busca aumentar sua influencia política e ainda mais suas cotas de TV ,também no Estadual ou num RJ-SP (ocupando datas ), enfim querem apitar em tudo. Nao houve nesse campeonato carioca atual nada , exceção feita aos precos dos ingressos e que depois voltou-se atrás, que justifica-se tamanha revolta contra essa federação que aí está e que durante anos , se prejudicou alguém,prejudicou foi o Vasco. Se trata claramente de uma questão financeira, política e briga de poder. Falam em liga carioca, mas destruíram o clube dos 13 nacional (que, fortalecido, poderia ser o embrião de uma liga nacional) para negociar cotas de TV individualmente.Se insurgem,corretamente, contra taxas absurdas da federação, mas tratam como natural as taxas do consórcio com quem tem contratos.
    A suspensão do Luxemburgo e toda a revolta fake com direito a palhaçada de esparadrapo na boca é apenas mais um ingrediente nessa briga e uma desculpa para pressionarem ainda mais a federação e porque nao, o Vasco. A revolta é desproporcional ao prejuízo de fato provocado. Jogam em tabelinha com parte da imprensa. Revolta verdadeira foi o que a imprensa carioca tratou como chororô ridicularizando o botafogo anos atrás e a dos vascaínos ano passado com erro da arbitragem que tirou o título do Vasco.

    • carlos

      Beto, concordo com seu texto e acrescento que, apesar de não defender a gestão Dinamite, sofremos muito com essa federação e não teve UM clube ou imprensa que lutasse junto de nós. As punições exemplares (punição de oito jogos na 2ª divisão), as perdas de pontos (caso Jeferson), arbitragem tendenciosa (o que culminou na perda do Brasileiro de 2011), e outros mais.

      • Beto

        Perfeito, Carlos, quando o Vasco era prejudicado e “eles” dominavam a federação (gestão banana) estava tudo certo. Agora, com a volta do Eurico, mesmo sem nenhum ato mais concreto que os prejudicasse , exceção feita aos preços dos ingressos (voltou-se atrás ) e o lado da torcida do Vasco no Maracanã, a duplinha da elite carioca ficou revoltada.
        O Fluminense é um oportunista e embarca ao lado do Flamengo, essa é a verdade, está nessa empreitada para coletar algumas migalhas, ter o LADO DA UERJ que quer no Maracanã no Estadual e se beneficiar com alguma coisa a mais sendo suporte do Flamengo, ter a simpatia da mídia, logo o clube que esteve a pouco tempo no meio de um fato que desagradou a imprensa paulista e que acabou beneficiado (não julgo se teve culpa ou não, ninguém sabe) e precisa melhorar sua imagem.
        Ninguém quer aí melhorar o futebol brasileiro contra essas federações arcaicas coisa nenhuma, se assim o fosse, essa briga já teria sido iniciada há muitos anos , quando o banana ainda estiveva à frente do Vasco, momento inclusive que o Vasco apoiaria tudo, ou seja, seriam todos contra a federação…. Agora é algo oportunista, político e de interesse financeira, que passa muito também por novas cotas de TV no Estadual e pela questão do uso da arena Maracanã.

      • carlos

        Se tiver oportunidade, leia no Vasco Expresso sobre a mordaça do urubu, o que a mídia faz para ajudar o urubu. Muito legal o texto, retrata bem nosso vascão e o interesse financeiro dos demais.

        Feliz pascoa!

  7. Tomás Costa

    Não vou nem falar sobre o time ridículo que representou o Vasco no Acre, pois nem vale a pena.
    JC não dizem que o Eurico tá de maracutaias com a federação carioca e o Vasco esta e será beneficiado nesse medíocre campeonato carioca ????
    Mas se é ass, como explicar o Vasco jogar em campos sem a menor condições de jogo, como já foi contra o Tigres, Boa Vista e agora Friburguense, ainda mais agora que é jogo decisivo, não seria jogo pelo menos pra Macaé ou Volta Redonda ???
    Pq agora PS pseudos comentaristas mulambos não falam sobre isso ???

    • Leon da Cruz

      Quem fala isso, meu caro, é a imprensa mulamba e o próprio do charuto. Ontem mesmo o do charuto falou que o respeito tá voltando. Pois é… no Vasco atualmente, todo dia é dia de pegadinha.

  8. alex-es

    Acho que o Indio foi muito bem para o seu primeiro jogo, com velocidade e bons passes apesar do nervosismo e alguns erros de estréia para um jovem jogador.
    Com certeza deve ganhar a camisa do John Clay, pois o camisa 10 é aquele jogador que joga para o 9 do time e para o segundo atacante e, no caso, terá o respaldo do Julio dos Santos, que faz a ligação com o segundo volante que o ideal seria o Lucas!!.

  9. Caro JC. O coelhinho vem chegando. De amanhã até domingo ele vai estar em toda a parte. Embora haja coelhos multicores, este é monocromático. É todo branco. Menos pior, já que o branco representa a paz. E o que traz o coelho para nós? Traz chocolate. Chocolates de várias texturas e purezas e até surpresas. Menos pior, já que o chocolate traz um sentimento, uma sensação de alegria que nos conforta e anima. O coelho não tem culpa de o colocarem nessa roubada. Alguém, com uma imaginação um tanto duvidosa, desejoso de angariar algum lucro fez do coelho o embaixador da Páscoa e um vendedor de chocolate. A Páscoa significa passagem. Originalmente passagem da escravidão para a liberdade, conseguida a duras penas pelo povo judeu. Hoje poderíamos desejar que a Páscoa fosse uma passagem do que é mal ou mau, para o que é bem ou bom. Do que é triste para a alegria. Da mentira para a verdade. Da desonestidade para a virtude. Enfim passagem de tantos antônimos afins. A Páscoa também é ou é por excelência a transformação do homem para o espírito. Ser de luz, santo por designação divina. Não vamos lutar contra a maré. Deixemos o coelho vir trazendo seus chocolates. Vamos nos ater à paz da sua cor. À doçura e alegria do seu chocolate e agradecer a Deus pela existência dos dois. De passagem façamos nossa parte que é dizer aos outros o significado maior das coisas que tão pequenas parecem. Ovos. Chocolate… Liberdade. Fé.
    Boa Páscoa a todos.

  10. Esse time que jogou ontem so faz irritar nos Vascainos, que time horroroso, esse Yago so sabe cair, não tem objetividade nenhuma , e irritante esses caras não acertam um passe , essa base do Vasco tem uma oportunidade e jogam aquela bolinha , meu Deus , jogando contra time amador, ta difícil ver o Vascao , Eu não conseguir ver um jogo Bom do Vasco esse Ano, e nem começou o Brasileirao, vai ser um sufoco , ta difícil.Saudaçoes Vascaínas.

  11. Germano

    Boa noite vascainos, tenho tentado ser mais “otimista”. Concordo plenamente com a análise do jogo, foi um jogo “chato” onde erramos muito e contra “ninguem” ou melhor, semi profissionais. Só quero ressaltar que o “futebol brasileiro” tem sido cada vez mais pobre, em tudo, e infelizmente a realidade do nosso clube tem seguido essa linha. Na minha opinião, valeu a vitoria, tinha jogador ali que não nogava há mais de 100 dias, e sinceramente, eu penso que para um time “ruim” como o nosso, quanto mais jogar melhor, mais chance pra entrosar. Só penso que o Vasco, tem que começar a aprender com seus erros, a fim de não repetí-los lá na frente. Claro que nada justifica “sofrermos”‘diante de adversário tão fraco, porém futebol hoje jogado em terras tupiniquins vai de mau a pior. Esse Doriva, pelo que tem em mãos, me surpreendeu, nosso time perdeu apenas 1 jogo nesse ano, claro novamente que isso Tb não significa muita coisa, porém acho que nos Vascainos, precisamos apoiar mais nosso time. Tem bem uns 15 anos que focamos nas brigas políticas, chegou a hora de focarmos no nosso time, apoiar, apoiar. Com certeza temos noção de que não temos material pra voltarmos a ser campeoes de terra e mar, mas precisamos de um começo, e quanto antes vir esse começo, quem sabe não possamos voltar a representar o tamanho da nossa história!! Avante Vascao!!!

  12. Paulo Sergio

    O time principal é sofrível e não CRIA NADA. Poderíamos esperar O QUÊ dos reservas…???!!! É a BARANGADA contratada pelos “casaquildos” mostrando sua “competência”…
    Estamos só no começo das competições NACIONAIS, as que interessam (para quem conhece e RESPEITA, de verdade, a grandeza do Clube de Regatas Vasco da Gama), e, contra um adversário INEXISTENTE, já temos uma “amostra” das “alegrias” que teremos pela frente.
    E ainda tem gente que acha que está “bom”…

  13. Claudio

    Tem uns caras no time do Vasco que tem que vazar logo, são eles:

    Mosquito: Por isso voltou para o Vasco com as “assinhas entre o rabo”, com um futebolzinho de inseto mesmo. Se fosse bom, estaria na Europa e não teria voltado para o Vasco.

    Vitor Bolt: Brincadeira (ainda bem quem o Eurico fez contrato curto essa baranga), acabou Carioca tem que vazar.

    Nei: Uma bosta, porém esse infeliz tem um contrato longo graças ao RD.

    Lorran: Ainda usa fraldas.

    Yago: Bode cego.

    Bernado: Como meu irmão diz, é BANANEIRA QUE DEU CACHO, ou seja já foi.

    Montoya: Enganador.

    Rafael Silva: Fraco.

    Cristiano: Volta para o Bangu meu filho.

    Eu acho que esses aí são os piores.

  14. Beto

    Um show de horrores, se o time titular, de hoje, completo, lutará para não ser rebaixado, imagina esse bando que vestiu a camisa do Vasco ontem. O pior é que nem vontade muitos deles têm, são limitados até intelectualmente por não perceberem que estavam tendo uma chance de ouro e precisavam correr mais e não fazer firula e querer engolir a bola. Estão totalmente desconectados do que é o futebol hoje, jogo de velocidade, intensidade, de briga, de marcação no campo ofensivo contra adversários mais fracos. Está aí até o Ganso sendo questionado no SPFC de hoje pela apatia. Técnica só não basta, até pra quem tem muita como o Ganso. Na hora dos grandes jogos contra os grandes de verdade não resolve só técnica.
    Enfim, jogo fraquíssimo, nem vou enumerar jogador um a um aqui porque todo mundo já sabe e o JC já fez muito bem. Só uma observação sobre sua boa análise, JC. Teve um lance que o Anderson sallles permitiu uma finalização perigosa porque marcou muito distante um atacante do adversário, alí ele deu mole demais.
    Pra encerrar: incrível como esse Nei enganou tanto tempo no Internacional, inacreditável.

  15. Carlos Couto

    Nunca vi um time tão ruim como o Vasco no segundo tempo, aquilo não é jogar bola, nem na pelada de rua se vê tanta ruindade. É desanimador ver o Vasco jogar. Mesmo quando ganha joga mal e feio, falando com sinceridade os jogadores são horríveis. SDV

  16. tulio

    1)A jogada que gerou o escanteio no 2o gol foi do Indio.
    2)Bernardo, apesar de maluco, participou dos dois gols.
    3) Não gostei do tal Bolt, pois tem péssimo passe e nem faz a cobertura direito. Não serve.
    4) Esse Lorran é enganação. Muito lobby. Precisa cruzar melhor e treinar chute a gol.
    5) Nei é ridículo. Tomou um drible impressionante e fez uma falta desclassificante. Não pode fazer parte do elenco.
    6)Talles precisa melhorar. Falta muuuuuuuuuuuuito…

  17. Juvenal

    Mudança de tática ou tatíca ?
    Geralmente os nossos atacantes insistem no vicio de chutar pra fora. Ontem mudaram de tatíca e resolveram não chutar, talvez para preserva-los da eterna Falta De Pontaria.
    Novamente com sorte, fizemos 2 gols no 1º tempo nos dois unicos arremates que fizemos a gol. No 2º tempo a tradicional acomodação de dever cumprido, pois o placar ja eliminava o jogo de volta. Aí deu no que deu. Nosso ataque se resumia às corridas desenfreadas do Yago (me lembrava o Eder Luis) e então cruzava mas ninguem aproveitava.
    Agora o jeito é focar novamente no Cariocão e torcer pro Flu.

  18. carlos

    Para mim o jogador mais irritante é o Bernardo, ontem fui obrigado ouvir o Ricardo Rocha falar que o Bernardo é titular em qualquer time do Brasil. Por que será que ninguém quer ele, e o Vasco só o mantém pelo contrato.

    • SNIPER

      Não amigo, eu ouvi, o Ricardo Rocha afirmou que o Bernardo é titular em qualquer time do “mundo”. Ridículo mas ele falou isso.

      • carlos

        Sniper é isso mesmo, é pior do que eu comentei. E agora estão falando que o Bernardo jogou muito contra o Rio Branco, eu vi outro jogo só pode.

  19. Carlos Queiroz

    JC, boa tarde prefiro não agourar mas o tal Tonho Cabañas, me lembrou o velh Cícero Ramalho. Vamos em frente, o índio parecia que ia me enganar, mas não conseguiu, o Mosquito, que falavam ser um super-artilheiro, também não vi nada, dos 5 sub-17 superfodas, os que jogavam bola eram o Danilo, e o Fabrício Baiano, que perto de vitor bolt era um Fernando Redondo.

  20. Gleidson

    Cara, confesso que comemorei o gol do Rio Branco (um belo gol aliás, daqueles que um “volante” só acerta contra o Vasco) devo ao preciosismo de alguns jogadores do Vasco em campo. Caso jogassem sério, respeitando o adversário, o Vasco, mesmo com um time de juniores, poderia ter goleado o Rio Branco. Falta um choque de realidade ao time que parece iludido pelos resultados no carioca. O time do Vasco é mediano e vai brigar, no máximo, por posições intermediárias na tabela do campeonato brasileiro. Muitos que estavam em campo ontem, sequer teriam vaga em um time da série B, imagina no Vasco e na série A?

    Mas só pra dar nome aos bois…

    Yago…. O mais irritante! O termo “coletividade” parece não existir em seu vocabulário.

    Bernado… Já deu né… Quando inventarem uma regra para substituição semelhante a do vôlei, ele poderá ser considerado um “jogador de futebol” da posição: cobrador de faltas e escanteios.

    Índio… Mais um perdido da vida… Como atenuante apenas o fato de jogar sua primeira partida e ser novo. Talvez se jogassem o feijão com arroz teria garantido uma vaga ao menos no banco de reservas do time. Como fez firulas e “nada” vai ter que esperar um pouco mais…

    Victor Bolt… Me fez imaginar como o Eurico é vingativo. O cara é tão ruim que me fez sentir saudades do Sandro Silva que, após iniciar o ano como titular, não serve nem pra enfrentar o temido Rio Branco do Acre… Mas o “dotô” disse que não ia punir o cara por causa do erro contra os mulambos, lembra?

    Ney… Me lembra o baixista do System of a Down… Essa é a única lembrança boa sobre ele…

    Lorran… Melhor largar o futebol e ir estudar enquanto ainda dá tempo!

    Romarinho… Jogou nada… Mas papai deve ter gostado. Então tá bom!!!

    SV!!!

  21. Goiabinha

    Meu repúdio contra 2 jogadores, chamados, Lorrran e yago que não conseguem dominar uma bola. O bom foi que o Dr. Eurico Miranda resolveu governar o Vasco, está fazendo uma excelente adminstração.
    Sou são paulo! saudações!

  22. Daniel Moreira

    JC, não acho que o valor seja esse “absurdo” todo não, por exemplo, se dividirmos os 13 milhões pelos 21 meses de contrato (1 ano e 9 meses), teremos aproximadamente 620 mil por mês, algo em torno de 7,5 milhões por ano. O Vasco recebeu cerca de 5 milhões (por ano) no contrato antigo. Podemos afirmar que, devido ao aumento da exposição da marca (estamos na série A agora), foi um ganho esperado/proporcional.

    • JC Barbosa

      Não sei se podemos “afirmar” isso, não. E na minha impressão pessoal, acredito – sem afirmar – que o aumento não foi proporcional. Além de naturalmente a série B ter um destaque muito menor na mídia em geral, O número de jogos do que foram transmitidos para TV aberta foi ridículo. A exposição que uma marca terá esse ano na comparação com 2014 é tão superior que esses R$ 2,5 Mi a mais não chegam perto da valorização que merecíamos.

      Se os valores forem mais perto dos R$ 17 Mi, acho mais justo. Isso, claro, na minha opinião.

      • josé

        Comparado aos patrocínios que essa gestão conseguiu na primeira passagem é ótimo, mas ainda está muito abaixo das expectativas.

      • Leon da Cruz

        E vale lembrar, JC, que circulou na imprensa que a diretoria estava pedindo 9 milhões/ano para renovar com a Guaracamp. Seria bom saber por que decidiu fechar por menos com a Viton. Claro que a resposta pode ser simples: talvez a Guaracamp sequer estivesse interessada em pagar 7,5 milhões/ano. Mas seria desejável que a diretoria se pronunciasse oficialmente e prestasse esse esclarecimento à torcida.

        No mais, é difícil falar sobre esse time. Tenebroso! Poucas vezes vi (até mesmo em peladas) alguém com tão pouca intimidade com a bola quanto esse Victor Bolt. Quanto a Yago, Nei, Montoya, Mosquito, já deu, né?

  23. É JC, o jogo foi tenebroso, mas serviu para mostrar a muita gente que aqui posta, que esses e outros jogadores da nossa base são uma tristeza. Poucos chegarão a algum lugar. Na base sub 17 há promessas que dão realmente esperança de termos alegrias futuras. Mas esses sub 20 não tem nada que preste. O Mosquito, não sei porque trouxeram esse pereba de volta. Traidor e pereba. Esse Índio, não sei porque trouxeram essa m3rd@ de volta. Traidor e m3rd@. Muitos criticam dizendo que essa ou aquela contratação não se justifica porque os caras são muito ruins. Que é melhor por a molecada da base pra jogar. Realmente, muitas contratações foram ruins, mas comparar com essas coisas da base, não sei não.E tem lá um tal de Richard, que já vi muita gente querendo escalá-lo no time principal, que é o pereba mor dessa geração. Ô BASEZINHA RUIM SÔ.

    • SNIPER

      Agora entendemos porque o treinador quase não utiliza estes jogadores da base. Inaceitável jogarem mal contra o Rio Branco do Acre. E nem me venham com a história de que um único jogo não é parâmetro para avaliar jogador.

  24. BJ

    Ótima noticia esse patrocínio da Viton 44. Treze milhões por ano pelas mangas está ótimo se comparado com o que a Habibs pagava (300 mil por mês).
    Acho que o Eurico está aprendendo a fazer contratos que não rebaixem o Vasco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s