Sem salto alto

saltoO Paysandu, nosso adversário de logo mais na Colina, está mal na competição. Com nove pontos conquistados, o Papão da Curuzu entrará em campo hoje já no Z4, lugar onde permanecerá até pelo menos a próxima rodada se não conseguir arrancar um pontinho do Vasco. E em matéria de arrancar pontinhos na casa do adversário, o time paraense também não tem feito seu trabalho com muita competência, já que tem apenas 13% de aproveitamento (dois pontos em 15 disputados).

E o que a equipe alviceleste poderá fazer contra o líder da competição, que tem quatro vitórias diante da sua torcida e contará com a volta do seu goleiro titular? Seguindo a lógica, se segurar o quanto puder, torcendo para que a pontaria dos atacantes vascaínos esteja naqueles dias horrendos. E, quem sabe, numa dessas coisas que só acontecem no futebol, esperar que os zagueiros cruzmaltinos entreguem a paçoca em algum momento.

Mas, sejamos sinceros, as chances disso acontecer são muito remotas.

Finalmente o Vasco volta a contar com todos os seus titulares (ainda que no quesito centroavante isso não seja muita vantagem) e jogando em São Januário é besteira ficar falando nas possíveis dificuldades que o Paysandu poderá nos trazer na partida. Mesmo que não exista isso de “obrigação de vencer” no futebol, a fragilidade do nosso adversário não nos permite dar desculpas: se não vencermos hoje, não será por conta da qualidade do Papão, e sim, das nossas próprias falhas (que volta e meia aparecem, quer estejamos vencendo ou não).

Então é simples: se o Vasco jogar o que tem condições de jogar, o Paysandu não tem a menor chance de fazer qualquer graça hoje. Se o time do Jorginho deixar o “saltoaltismo” de lado e jogar com seriedade e atenção (ou seja, respeitando o adversário por mais fraco que ele seja), temos tudo para conquistar mais três pontos.

Vasco X Paysandu

Vasco X Paysandu

Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, William Oliveira, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Leandrão (Thalles).

Emerson; Edson Ratinho, Fernando Lombardi, Gilvan e Lucas; Ricardo Capanema, Augusto Recife, Jhonnatan e Raphael Luz (Rafael Costa); Fabinho Alves e Leandro Cearense.

Técnico: Jorginho.

Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Estádio: São Januário. Data: 18/06/2016. Horário: 16h30. Arbitragem: Charles Hebert Cavalcante Ferreira. Auxiliares: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Pedro Jorge Santos de Araujo.

 A TV Brasil e a Rede TV transmitem ao vivo para todo o Brasil (exceto RJ). O Canal Premiere transmite para todo Brasil no sistema pay-per-view.

***

O Vasco tem vencido, segue líder, etc, etc, etc…mas isso não é motivo para a diretoria esquecer que o time precisa de reforços. Cadê o centroavante que o time ainda precisa? Não vai chegar, não?

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Adversários, Pré-jogo

2 Respostas para “Sem salto alto

  1. Carlos Couto

    Estão cometendo os mesmos erros de sempre, o tempo passa e parece que essa diretoria não aprende. Continuamos sem centro avante e isso não tem mais desculpa, os anos passam e nada. Fomos rebaixados pela falta de um goleiro decente e principalmente por causa da teimosia e incompetência desse Eurico.

    Essa série B deveria servir de estágio para a série A, ou seja, fazer um time bom para a série A e não ganhar por ganhar a série B que é mais do que obrigação. deveríamos montar um time com pelo menos 6 jogadores de série A. Não adianta protelar, essa é a hora de testar novos jogadores e contratar alguns que se sensibilizem com um projeto mais duradouro ou que não estão tendo oportunidades em outras agremiações. No futebol chinfrim de hoje em dia reservas e titulares se assemelham muito, craques nem existem mais, ou alguém realmente em sã consciência pode dizer que o Nenê é um verdadeiro craque?

    Esse deveria ser uma ano de preparação para a série A, isso seria o dito planejamento, mas não é o que estamos vendo.

    SDV

    • Beto

      Bom comentário, Carlos Couto, esse time é fraco e velho, esse time da “panela do Jorginho”, não servirá de base alguma para uma série A em 2017, isso se subir, tem hora que os jogos são tão abaixo da crítica que fico em dúvida. Não vejo muita luz no fim do túnel para essa crise de 16 anos do Vasco, ela continuará em 2017. E não digo isso porque perdeu para o Paysandu, falei isso após o título carioca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s