A invencibilidade e o título

invictos

Esse lance de “série invicta” é legal e tudo, mas muitas vezes, além de não trazer qualquer benefício prático, pode até ser prejudicial para um time. Quando uma equipe começa a pensar mais na sua invencibilidade do que na necessidade de vencer os jogos, é aí que começam os problemas. Em um exemplo mais recente, com PC Gusmão no comando, o Vasco ficou uma batelada de jogos sem perder e mesmo assim terminou na metade debaixo da tabela no Brasileiro de 2010.

Hoje fala-se muito da invencibilidade do Jorginho como técnico do Vasco. Mas não podemos esquecer que as até agora 24 partidas invictas não nos trouxeram nada: iniciada no Brasileiro do ano passado, a invencibilidade não evitou nossa queda para a Série B e ainda não nos garantiu o título Estadual. E é por esse “ainda” que, pelo menos por hoje, a série invicta ganha uma importância tremenda. A razão é simples: se continuarmos sem perder depois da partida contra o Botafogo, conquistaremos o bicampeonato Estadual.

Com a vitória no primeiro jogo da final e a consequente vantagem de jogar pelo empate, basta ao time do Vasco entrar em campo com o objetivo de manter sua invencibilidade para levantar a taça. Mas a questão é o que os jogadores farão atingir esse objetivo.

Jogar com o regulamento embaixo do braço e se satisfazer com o placar inicial é a pior maneira de evitar uma derrota. Adotar uma postura de cautela extrema e deixar o Botafogo jogar enquanto esperamos uma bola para marcar gols é algo que não pode passar pela cabeça do Jorginho ou dos seus comandados. Como estamos cansados de saber, a melhor defesa é o ataque e tentar a vitória a todo custo é a melhor maneira de mostrar o respeito que temos pelo nosso adversário.

Domingo passado o Vasco poderia ter feito uma vantagem maior, transformando a partida de hoje uma mera entrega de faixas. Perdemos a chance e chegamos a ser pressionados mesmo tendo um jogador a mais em campo. Não podemos deixar que isso aconteça de novo. O alvinegro precisa da vitória e não poderá se abster de atacar. Caberá ao Vasco jogar de forma inteligente, encontrando os espaços que uma possível pressão botafoguense irá nos proporcionar.

Podemos conquistar nesse domingo algo que os vascaínos não comemoram há mais de 20 anos. O Vasco até pode entrar em campo tendo em mente que manter a invencibilidade nos dará o título, mas sem esquecer que no fim das contas, o que importa mesmo é o bicampeonato.

Vasco X Botafogo

Vasco X Botafogo

Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos.

Jefferson; Luis Ricardo, Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Gegê (Fernandes) e Leandrinho; Salgueiro e Ribamar.

Técnico: Jorginho.

Técnico: Ricardo Gomes.

Estádio: Arena Maracanã. Data: 08/05/2016. Horário: 16h. Arbitragem: Leonardo Garcia Cavaleiro. Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Dibert Pedrosa Moises.

As redes Bandeirantes (RJ e parte da rede) e Globo (RJ, ES, TO, SE, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, AP, DF) transmitem ao vivo. O canal PFC transmite para seus assinantes em todo país .

***

Um feliz dia para todas as mamães, em especial às vascaínas. Vocês são parte importante na renovação e crescimento da torcida do Vasco. Se tudo der certo, o presente de vocês chega às 18 horas de hoje.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Adversários, Pré-jogo, Variedades

6 Respostas para “A invencibilidade e o título

  1. Germano Miranda

    Bi campeão!! Campeão invicto, depois de 92, ufa!!! É hora de comemorar é muito!!!

    Daqui 5 dias, eh colocar a cabeça no lugar, e não nos iludirmos. Campeonato carioca é maravilho, ganhar!!!! Mas não é referencia de nada. Precisamos manter a base, trazer 2 ou 3 jogadores que sejam titulares, pq série B, apesar de ser de segunda, é outra história!!! Serão 38 rodadas com viagens e tal…

    Mas por hora!!! Chulipa mulambada!!! O rei do Rio voltou!!!! 6 canecos invictos!!! Reforçando nosso pioneirismo!!!

    Ao Vasco tudo!!!!!

  2. Fala JC, campeão porta!!!!¡! Enfim, vou falar uma coisa q to martelando
    Marco Rubens centro avante do Rosario, seria perfeito pro Vascão o q vc acha?riascos ja vazoy

  3. Éeeee Galera Bi-Campeã. Não foi só o time que conquistou o título. Vocês também “jogaram”; com suas emoções, com seus desejos ardentes de conquista, com sua fé e confiança. Vocês, além do título e da taça, ganharam o galhardete de a “Torcida Mais Fiel do Ano”. Parabéns. Continuemos a apoiar os jogadores e a Comissão Técnica para que novos títulos sejam conquistados com a Cruz-de-Malta no peito.VVVAAASSSCCOOO!!! Gigante da Colina.

  4. Juvenal

    Bicampeão carioca. Ser invicto é apenas um detalhe.
    E quem diria – a midia estava embarcando o Jorginho amanhão para BH. Quem acreditar nos chutes da midia está perdido.
    Esse titulo foi merecido especialmente para o Jorginho , que conseguiu reformular o time vascaino. Hoje ele disse após a conquista que uma das razões que pesou muito na sua permanencia no Vasco é ele poder atuar em casa – ou seja no RJ.

  5. Gilberto SOARES SC

    Não acredito que os jogadores entrem em campo, seja qual for o jogo, pensando em defender a invencibilidade, na verdade isso é uma consequência do trabalho. O objetivo maior é sempre a vitória, o time trabalha durante a semana, sempre pensando em ganhar o próximo jogo, as vitórias e os empates vão surgindo e a consequência é invencibilidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s