Faltou competência

Vasco e Botafogo não chegaram a fazer uma grande partida, mas o clássico serviu para mostrar porque as duas equipes fazem a melhor campanha no Estadual. Mesmo com suas limitações, ambos mostraram aplicação tática e conjunto, coisa rara numa competição realizada no começo do ano e com tantos times com elencos pra lá de fracos.

Mas o empate em 1 a 1, como aconteceu, acabou sendo um pouco mais amargo para a torcida vascaína. Em um jogo truncado, com poucas chances de gol e muitas faltas, o Vasco se saiu melhor na maioria do tempo e sofreu o empate quando jogava melhor e a partida parecia resolvida. O Botafogo teve seus méritos, principalmente quando avançou sua marcação – obrigando o time do Jorginho a apelar para as ligações diretas – e no fim do jogo, quando se empolgou com o empate e até teve uma oportunidade de virar a partida em um contra-ataque rápido. Mas para um time que chegou com 100% de aproveitamento, o alvinegro nos ameaçou muito pouco. No primeiro tempo, a melhor chance botafoguense só surgiu após uma bateção de cabeça na nossa zaga.

Não que o Vasco também não tenha decepcionado. Na etapa inicial, não soubemos nos desvencilhar da marcação adversária e mais uma vez Rúlio dos Santos não nos ajudou a ter uma saída de bola eficiente. Nenê, como não poderia deixar de ser, foi vigiado de perto e não conseguiu ajudar o time. Sem articulação, nossa única opção era esperar que as bolas longas dessem certo, apelando para a velocidade do Riascos e do Madson.

Foi apenas com a saída de uma das fixações do Jorginho que o Vasco conseguiu marcar seu gol. O paraguaio cedeu lugar ao Eder Luis, o que parecia ter mais lógica, já que as ligações diretas pedem velocidade. E o resultado surgiu logo no primeiro lançamento para o Chico Bento, que ganhou na corrida do marcador e passou para Riascos apenas empurrar para a rede.

O gol desconcentrou o Botafogo e passamos a controlar a partida. Não chegamos a dar pinta de que ampliaríamos (exceto em dois lances do Nenê aos 37 e 39 minutos, que teve uma atuação apagada), mas corríamos ainda menos riscos de sofrer o empate. Mas como exageramos no cozimento da partida veio o castigo, já no finalzinho: aos 41, em uma cobrança de falta indefensável. A igualdade fez os dois times tentarem a vitória e até demos uma certa sorte, já que o Botafogo quase conseguiu o desempate em um lance de contra-ataque nos acréscimos.

Poderíamos ter vencido, mas não tivemos competência para agredir mais o adversário ao longo do jogo e nem para segurar o placar nos minutos finais. A primeira situação poderia ser diferente se o time não tivesse entre seus titulares jogadores que há muito não contribuem com muita coisa. A segunda, por mais que tenha sido algo que pode acontecer com qualquer time, mostrou uma desatenção que não pode se repetir nas próximas fases da competição.

As atuações….

Martin Silva – vinha tendo uma atuação muito boa, tendo feito pelo menos duas grandes defesas, uma em cada tempo. Mas o gol, ainda que tenha sido um chute indefensável, lhe rendeu críticas por considerar que iria para fora.

Madson – apareceu muito no apoio, como sempre. Errou todos os cruzamentos idem.

Luan – deu alguns moles, se enrolando no combate direto contra os velozes jogadores do Botafogo. Também errou uma penca de ligações diretas, mas compensou – contando com uma ajudinha do marcador alvinegro – acertando o lançamento que origino o gol vascaíno.

Rodrigo – como não poderia deixar de ser, pareceu travado durante a partida.

Julio Cesar – uma partida um pouco acima da média, tanto no apoio – ainda que não tenha feito jogadas decisivas – como na defesa, onde se saiu melhor.

Marcelo Mattos – vinha cumprindo seu papel, que era o de fechar o meio, dar o combate e se livrar rápido da bola quando ela chegasse. Foi só ele sair para a entrada do Bruno Gallo e, justo um dos mais requisitados pela torcida, entrou muito mal. Acabou sendo responsável direto pelo empate botafoguense ao cometer a falta que originou o gol alvinegro.

Julio dos Santos – trotou em campo como é seu usual, sem fazer qualquer diferença. Além disso, parece ser acompanhado por alguma espécie de uruca: bastou sair de campo para que o Vasco marcasse seu gol, com participação direta de Éder Luís, que o substituiu. Fez sua terceira assistência no Estadual, deixando cada vez mais inexplicável estar no banco para Jorge Henrique.

Andrezinho– desde a entrada do Mattos no time, vem sendo o principal articulador da equipe. Dessa vez não foi diferente, sendo muito mais participativo que o camisa 10

Nenê – foi bem marcado, mas pareceu muito mais empolgado nas entrevistas pré-jogo, quando disse que não gosta de ficar de fora das partidas. Se tivesse ficado ontem, teria feito pouca diferença, já que só resolveu jogar depois dos 38 minutos do segundo tempo, quando cobrou uma falta perigosa e, logo depois, acertou um chute na trave.

Jorge Henriqe – pelo menos dessa vez correu, se desdobrando no ataque e na cobertura da lateral. Mas para um atacante, isso não me parece ser justificativa para titularidade.

Riascos – surpreendentemente foi o melhor em campo, não apenas por ter marcado seu sexto gol – e também por ter alcançado a artilharia do campeonato – mas também por ter participado de quase todas as (não muitas) boas jogadas no ataque. Sentiu a coxa e deu lugar ao Thalles, que teve pouco tempo e menos oportunidades ainda para aparecer.

***

Hoje também tem coluna nova no site Vasco Expresso. Cliquem aí e confiram!

***

Lembrando a todos que o segundo turno do Prêmio Top Blog já começou e esse humilde bloguinho precisa mais que nunca da ajuda de vocês para ganhar essa taça. Para dar aquela moral ao Blog, basta votar – o maior número de vezes possível – clicando no banner que está aí na lateral direita da página ou clicar aqui.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

21 Comentários

Arquivado em Atuações, Resenhas, Vídeos

21 Respostas para “Faltou competência

  1. ZE VASCAINO - RJ

    Nosso Vasco não pode dá mole, jogamos mal, precisamos jogar bem na próxima etapa, só contar com gols do Riasco é muito pouco……..Temos que continuar evoluindo, nãoé hora de cair de produção.

  2. Beto

    Que tristeza que dá quando leio notícias de obras em CTs de flamengo e fluminense… O outrora nacionalmente pioneiro Vasco da Gama agora fica entre os últimos e num Estado que já está pra lá de atrasado em termos de estrutura para o futebol da base e profissional.

  3. Gustavo P.

    Achei o jogo equilibrado, só acho que os “velhinhos” do time perdem muito rendimento no segundo tempo, o Jorginho precisa ficar mais atento a isso. Andrezinho por exemplo andava em campo. Achei que o Martin Silva falhou sim, porque armou a barreira pra forçar o cara a bater naquele canto e ele não foi na bola.
    Ontem me espantei: Jorginho no “Bem Amengos” (ou “Bem Curintia” se preferir). E na semana passada o Nenê. Seria porque o charuteiro foi um dos poucos a renegociar com a Globo e estão dando uma puxada de saco no Vasco? Muito estranho…..

    • JC Barbosa

      E se Martin fosse, pegaria a bola?

      • Talvez. Não indo, não pega.
        Tentando, tudo pode acontecer. Não tentando, nada acontece.

      • JC Barbosa

        Ou seja: a falha é não ter ido. O gol ter acontecido é um detalhe. Isso é que não entra na minha cabeça.

      • Gustavo P.

        JC, o fato é que ele definiu uma estratégia com a barreira que montou e não seguiu, porque não se colocou bem e sequer foi na bola. Não significa que se fosse pegaria, mas mandou mal no lance, essa é a minha opinião.

      • JC Barbosa

        Sem problema. Só acho que se uma bola é inevitável, dizer que o cara falhou não faz sentido. Mandar mal na formação da barreira pode ser um erro, mas se ele colocasse o time todo em fila, a bola continuaria indo onde foi.

  4. ODILON C SILVA - CENTRO - RJ

    Quem deve ta gostando desses grandes públicos do Vasco jogando clássicos em São Januário é a turma de tricoco e flamerdista da RÁDIO TUPI, esses fazem de tudo para desvalorizar, enfraquecer a torcida vascaína, fazem de tudo para afastar o Vasco e os vascaínos do maracanã……..
    Foram eles que inventaram essa frase ordinária, traíra, desgraçada, O SANTOS JOGA NA VILA BELMIRO, PORQUE O VASCO NÃO PODE JOGAR EM SÃO JANUÁRIO, A TURMA DE ESPORTE DA RÁDIO TUPI TA FELIZ , ERA ISSO QUE ELES QUERIAM, ESSES CARAS SÃO MUITO CRUEL COM O VASCO, MUITO MAL COM O VASCO….

  5. ODILON C SILVA - CENTRO - RJ

    Ta provado temos um razoável time titular, um fraco elenco, uma vez acontecendo desfalques, sofreremos para produzir alguma coisa…….O ataque bem dizer só tem um jogador, o JORGE HENRIQUE parece figura nula, o ÉDER LUÍS já conhecemos, um atacante que como ele mesmo diz, não sabe fazer gols, não sabe chutar, o que torna a situação complicada, um atacante precisa no mínimo em cada três partidas fazer pelo menos um golzinho. ………..O ideal mesmo seria essa diretoria pensar grande, arrumar dinheiro, contratar um grande atacante, se não tiver um grande atacante fica difícil……….Nesse caso vai sempre sobrecarregar a defesa vascaína, por mais que os zagueiros sejam bons, joguem bem, uma hora a defesa vai falhar, um fraco ataque, não tem defesa que aguente………Pegamos o bostafogo, verdade seja dita, um time apenas esforçado, indenização o time vascaíno enfrentou dificuldade para fazer gols, para vencer……….Ainda bem que esse ano não pegarmos grandes adversários, o campeonato carioca não tem essa abundância toda técnica, então esse time vascaíno da pró gasto, COPA BRASIL provavelmente não vão fazer questão,.ano passado fizeram questão de sair da COPA BRASIL, então esse time pra segundona derrapante dá pro gasto, apesar da segundona ser bem desgastante, agora se fosse disputar o grupo de elite do brasileiro, aí precisaria de pelo menos de uns quatro jogadores de alto nível………..Triste mesmo é, foram dois clássicos em São janu, nesses dois jogos apenas 23 mil.pessoas, ta do jeito que os anti-Vasco queriam, dessa forma esse ano perderemos em média de público até para o bostafogo, tudo isso já conhecemos há anos, características básicas do maldito euriquismo…….Agora imaginem se o maracanã estivesse aberto, só 10% de ingressos para torcida vascaína, muito cruel isso……..Antes pelo menos enchiamos o maracanã, batiamos recordes de públicos, tínhamos força popular, e agora? NADA, NADA, NADA, É PIOR QUE O EURIQUISMO…..

  6. Como sempre o Vasco levando Gol no fim do jogo e incrivel como esse time nao consegue segurar um resultado , quanto ao jogo dominamos a maior parte do jogo , o Jorginho deveria por o Gallo no lugar do Jorge Henrique que estava morto de cançado , Eu tambem acho que o Jorginho tem que dar mais oportunidades para os garotos pra ver se algum tem condicoes pra ser titular do Time.Saudaçoes Vascainas.

  7. Beto

    Elogiei o Rafael Vaz, ele jogou no meio de semana e foi muito mal. Foi batido no primeiro gol de forma infantil.
    Elogio sempre o Bruno Gallo pelo que fez ano passado, mas esse ano, quando jogou, nao fez nada e pelo que li no seu comentário, JC, fez a falta (parece que desnecessária) que originou o gol do Botafogo na partida de ontem.
    Entao, parece que o Jorginho está correto com relacao a esses dois jogadores….

  8. Juvenal

    Jc li sua análise do jogo e gostaria de acrescentar o seginte:
    – Riascos, não interessa se tem gente que critica ou elogia ele, o essencial ele sabe : fazer gols! Ontem atuou muito bem e até o Jorginho elogiou ele.
    Fez os nossos ultimos 3 gols.
    – Ricardo Gomes – a torcida vascaina deu uma demonstração de respeito aplaudindo o RG. Valeu pelo reconhecimento pelo que ele já fez pelo Vasco e pela sua luta para se recuperar do AVC.
    – As vezes até parecia Jogo de Compadres, porque o jogo no fundo não valia nada para os dois já classificados. Mesmo assim depois do empate o Vasco por pouco entregou a rapadura.
    – Como sempre muita bola Para Fora. Isso não munda nunca.

  9. Gilberto SOARES SC

    Jogamos dois clássicos, são adversários fortes, mesmo assim jogamos melhor, merecendo vencer as duas partidas. Pena que não conseguimos lotar são januário nos dois clássicos, nossa torcida ainda está muito ressentida, com nossos resultados nos últimos anos.

  10. Fabio

    O Vasco vem jogando com dez jogadores. Observem a participação do Jorgenrique: é nula. A sua escalação e pior, sua manutenção até o final da partida de ontem não tem justificativa. O cara se esconde tanto da partida que nem se machuca mais.

    O Riascos vem surpreendendo.Tem produzido lances de perigo e ficado bem posicionado para fazer os gols. Na balança, tem feito mais lances positivos que negativos até agora.

    Um aspecto extra-campo também não tem justificativa: o preço dos ingressos. O jogo de ontem não valia nada e custava 45 dilmas para sócios. E segundo informação no netvasco, sócio não podia comprar meia de arquibancada a 25 reais. Resultado: fiquei em casa.

  11. BJ

    Eu não gostei da atuação do Marcelo Matos ontem. Ele errou muitos passes e fez faltas bobas. Mal sabia que seria pior ainda com a entrada do Bruno Galo que conseguiu ser pior que o primeiro.
    Estamos com problemas de volantes. Julio dos Santos é outro lixo. Se pretendem ganhar a Copa do Brasil vai ter que contratar. Pra carioqueta e serie B esses caras até enganam bem.
    Eder Luis já está merecendo a vaga do JH há muito tempo.

  12. Wanderson DS

    estadual sempre é ilusório, tão falando demais que com esse time subirá fácil… série B pode não ser de nível, mas ainda sim é mais difícil q o municipal… muitas viagens, jogos em muitos campos ruins, times que apesar de estarem também na B tem torcida, pressão, horários quentes e tudo mais, continuo achando os “velhinhos da colina” cansam muito no segundo tempo e não matam jogo quando tem oportunidades… enquanto não mesclar mais, REJUVENESCER esse time e contratar pelo menos UM ATACANTE MAIS CONFIÁVEL (Riascos não me engana de jeito nenhum) a vida não será tão simples assim na segundona… e na Copa do brasil sairá cedo demais!!! Jorginho tem que parar com suas panelinhas, dar mais oportunidades aos garotos, e mudar mais taticamente o time no decorrer dos jogos… é quase sempre as mesmas mudanças!

    • Beto

      Pra vermos como é grave a situacao do ataque do Vasco, Riascos é o melhor….se o Vasco fosse disputar a série A eu estaria muito preocupado novamente, o segundo turno do ano passado poderia nao ser repetido, ainda mais com o time um ano mais velho.
      E mesmo pra série B tem que achar uma atacante com qualidade. Nene e Andrezinho – impressionante – tambem nao marcam gol com a “bola rolando” nem por decreto. A bola ontem na trave seria um belo gol, mas nao sai…

  13. alex-es

    A falta batida pelo Botafogo foi bem parecida com a que o Messi bateu, sem defesa, mas a barreira poderia ter tido mais gente.

  14. Lucas

    Fico imaginando o nível de um campeonato onde o Riascos consegue ser o Artilheiro…

  15. Claudinei

    Quando o Riascos resolve levantar a cabeça, sai algum jogada interessante. Como disse em outro comentário: ruim com Riascos, pior sem ele. Também achei o Nenê abaixo do seu futebol. Na verdade, o time, como os demais, é muito franco mesmo, mas acho que para o estadual e para a série B dá para o gasto. Sei que não é a melhor coisa do mundo, mas enquanto a diretoria pensar pequeno, será assim mesmo. Nossa função é torcer e denunciar as arbitrariedades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s