A pauta do dia

Chamar o post de hoje de “pauta do dia” é até contrassenso, já que os assuntos que abordarei nem são tão recentes assim. Mas como não falei – ou pelo menos não falei tudo – sobre eles, valem breves comentários.

Copinha – depois de dois empates contra equipes sem qualquer tradição, o Vasco venceu o Nacional-SP e, mesmo à duras penas, se classificou para a segunda fase como primeiro do grupo. Na minha opinião, já está bom evitar o vexame de ser eliminado logo na fase de grupos. O que vier daqui pra frente é lucro. Se algo virá daqui pra frente – já que pegaremos o América-MG, uma equipe mais forte que as enfrentamos até agora e que, mesmo na segunda colocação em um grupo mais forte que o nosso fez mais pontos que nós – é outra coisa.

Marcelo Mattos – a contratação do volante valeu uma enorme discussão entre vascaínos no Twitter. Na minha opinião, com o elenco que temos, a única posição na qual não precisamos de reforços é a de goleiro titular. No restante, não dá pra reclamar se forem feitas contratações. Mas há duas questões nesse caso: a primeira é a prioridade. Com os atacantes que temos, me parece despropositado ser um volante o primeiro reforço do ano. Até precisamos de volantes, mas basta ver as opções que temos para o ataque para ver que a maior necessidade do time não era essa.

A segunda questão é a qualidade do reforço. A vinda de Mattos é apenas mais uma entre dezenas de contratações iguais feitas pela atual diretoria: um veterano em baixa que já atuou em um dos rivais do Rio. Com 31 anos, uma dispensa do Botafogo no ano em que o Alvinegro caiu e amargando um longo período no banco do Vitória (que, vale lembrar, estava na Série B), qual é a chance do Marcelo Mattos ser efetivamente um reforço? Será que ele trará tão mais qualidade ao setor que o Diguinho? Se não vai, por que contratá-lo?

Bastaria uma olhada na internet para se encontrar uma penca de outros volantes mais novos e com salários menores que tiveram algum destaque na Série B ano passado. Qualquer um desses seria uma aposta com muito mais chances de dar certo que o Mattos. Mas é aquilo: cachorro velho não aprende truques novos. Essa diretoria sempre contratou dessa forma e não seria agora que faria diferente.

Novo gerente de marketing – falei muito brevemente sobre isso num post há alguns dias e pelo que falei, pode se pensar que minha única restrição ao Sr. Marcus Duarte seja sua mulambice exacerbada. Não é.

Os que defenderam a contratação do profissional argumentam que Duarte é competente e que é especialista em programas de sócio-torcedor. É um ótimo argumento e qualquer profissional decente faria bem o seu trabalho independentemente de estar atuando em um rival.

Mas aí é que eu pergunto: com as características do plano de sócios que foram apresentadas no Conselho Deliberativo, conseguirá o Sr. Duarte fazer o programa decolar? Ou isso não será necessário, já que o mais importante na contratação é ter um gerente de marketing mais alinhado com a diretoria que com resultados para o clube? Vale lembrar que Duarte já ocupou o mesmo cargo na primeira gestão da atual diretoria e estava à frente do cargo quando o Vasco assinou o vergonhoso patrocínio com a lojinha de esfias (para quem não lembra, alguns detalhes do contrato extremamente prejudicial ao clube estão aqui).

Me digam agora se um profissional realmente competente não veria que o contrato com a birosca de comida árabe seria terrível para o Vasco. Das duas uma: se ele não viu, sua competência já pode ser posta em cheque; se viu e não evitou que ele fosse assinado daquele jeito, sua competência não fará a menor diferença, já que quem manda de fato não é o gerente de marketing.

É isso, e não o fato dele ser mulambo, que mais me incomoda na sua contratação. A impossibilidade de se encontrar algum outro profissional tão competente quanto entre milhões de vascaínos nem é tão grave assim.

Profut – mas nem tudo são notícias ruins: a entrada do Vasco no Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro  é uma rara boa novidade nesse começo de ano.

Tentar – usando o termo tão adorado pelos casaquistas – equacionar as dívidas do clube é talvez o único ponto positivo da atual diretoria. Seria ótimo se os gestores do clube conseguissem fazer um trabalho ao menos um pouco parecido na administração do futebol do clube. Renegociar dívidas e deixar o futebol – a maior fonte geradora de renda da instituição – caindo pelas tabelas é o mesmo que enxugar gelo.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

14 Comentários

Arquivado em Adversários, Divisões de Base, Notícias, Patrocínios, Reforços

14 Respostas para “A pauta do dia

  1. Diego

    Sinceramente…. P contratar o matos deixa o guina, pelo menos tem moral com a torcida e é identificado com o clube, sobre o novo gerente de marketing…. Sem comentários…. Abração JC

  2. fridiricu

    Sai Rafael Silva entra Trintão.

  3. Leon da Cruz

    Como a casacada explica o fato do “garoto”, o “grande” Luquita, aquele com talento equivalente a um Redondo, um Mascherano, um Rijkaard, não ter o seu contrato renovado? Como pode isso?

  4. Ramon Monteiro

    JC e demais Siberianos

    Tenho que falar que ja nem lembrava quando o Vasco mantinhas os tais salarios em dia.
    Nem me lembro quando o vasco segurou algum jogador no elenco, trocava um jogador em alta por tres refugos em troca de salario pago.

    Mas pagar os salarios e negociar dividas que so aparecem no vasco é uma virtude de Euvirus.
    Que pena que rebaixamos.
    Agora Contratar jogadores velhos é especialidade do Dotor.

    E que burrice do eurico, ficar ao lado da TV Globo que quebrou o vasco de nao pagando a cota de TV de 2001 a 2004, fazendo o vasco perder todos os jogadores por falta de pagamento. Em vez de apoiar a concorrencia da Fox esportes e a EI (Tuner – que apenas comanda a Premiere Ligue e a Champions), melhorando a igualdadeo faturamento do Futebol Brasileiro e do vasco por ter boa audiencia.

    Mas o Eurico é Muito Burro mesmo.

    Pena que o nosso amado vasco é comandado por merdas como essa.

    • JC Barbosa

      Vale dizer que o único jogador que o Vasco “segurou no elenco” – pq foi o único que recebeu propostas – foi o Nenê. E, ainda assim, pq o Galo não quis gastar uma grana, e sim, quis repassar jogadores que não lhe interessam.

      Sobre os salários em dia: ainda não sabemos a que custo. O fechamento superfiel com a Globo é uma das possíveis explicações…

  5. Leon da Cruz

    JC, no caso do Marcelo Mattos, penso que foi uma má escolha por ser uma aposta, ao que tudo indica, fadada ao fracasso. Mas, pelo que andei lendo, ele veio por indicação do Jorginho (dentre as possibilidades de contratação para a posição que lhe foram apresentadas). Portanto, talvez não dê para avaliar a parcela de responsabilidade da diretoria pela escolha do nome.

    • JC Barbosa

      Mas vc viu que “Marcelo Mattos veio por indicação do Jorginho” ou “Jorginho pediu um volante”? E no primeiro caso, explicou-se se a indicação veio da cabeça do treinador ou se ele escolheu um nome entre opções oferecidas? Pq, entre a volta do Victor Bolt ou outros do nível Brasports, o Mattos realmente seria uma opção mais confiável.

      • Leon da Cruz

        Pois é, não dá para saber ao certo pela declaração, que foi a seguinte:

        “Traçamos um perfil para algumas posições, e o Marcelo Mattos se enquadra nestes padrões. São oportunidades que aparecem.”

        Parece óbvio que o Mattos não é o volante dos sonhos do Jorginho, mas que, dentre as opções disponíveis, vem com o seu aval. É bem provável que tenha sido mesmo como você diz, que as opções oferecidas ao Jorginho tenham sido: Mattos ou a perebada da Brasports. Mas, pode também ter sido o caso que o Mattos foi simplesmente oferecido ao clube, a diretoria perguntou ao Jorginho sobre o interesse e este deu o seu aval. Neste caso, o Jorginho pode ter sido, no mínimo, precipitado. Poderia esperar para ver se aparecia outra oportunidade melhor, ou poderia ter simplesmente dito: preciso de um volante, mas o Mattos não se enquadra no perfil que desejo. Mas a declaração dele indica o oposto disso.

      • JC Barbosa

        Pra mim, tá com cara do seguinte:

        Jorginho – Dotô, preciso de um volante.
        Dotô – Ok. Tem um Caroço de abacate, o Victor Bolt e o Marcello Mattos.
        Jorginho – Qual o salário do Caroço?
        Dotô – R$ X
        Jorginho – Ah…então traz o Mattos mesmo…

  6. ROGÉRIO AMORIM - CEARÁ

    A diretoria do Vasco, em matéria de obtenção de recursos é uma piada. Tendo uma empresa, esporte interativo, querendo adquirir os direitos de transmissão para 2018, com valores muito acima dos praticados com a Globo, vi que o Vasco já tá fechado com a Globofla. É interessante vc fazer um post sobre o assunto.

  7. ODILON C SILVA - RJ

    Pelo menos avançamos pra próxima fase, dentro de toda problemática atual, pelo menos não fomos eliminados de cara…………..Agora tentar surpreender, futebol permite isso…………….Agora olhando outro lado, a diretoria atual ta chorando miséria, que não tem dinheiro, etc………Não deveriam mandar essa, quem fez questão pelo poder clube, quem fez de tudo pelo poder do clube, tinha que ter recursos, planejamento, dinheiro na agulha,……….Precisam contratar jogadores, precisam ser o dono do passe, o VASCO precisa de patrimônio, ou vão ficar fazendo do clube só de barriga de aluguel, ou vão pegar jogadores em fim de estrada, jogadores sem espaço, precisam sair desse marasmo……….O clube precisa de atacante de primeira qualidade, vamos vê quem virá por aí……

  8. Gilberto SOARES SC

    Ótimas avaliações nos quatro assuntos, estás sempre bem informado.

    • Beto

      Muito boa coluna mesmo. Excelentes observações sobre o flamenguista no comando do marketing. Esse caso da lojinha árabe é o evento mais bizarro do marketing esportivo do Brasil desde que o mundo é mundo.

  9. Eurico Siberiano

    vale lembrar que o marcelo mattos era reserva do pedro ken no vitória. a volta do ken eu até toparia pra série B. mas o m. mattos está em franca decadência (e já nem era grande coisa quando mais novo). contratação típica do Dotô e sua trupe, é claro. E pro ataque? quem virá? baseados nas características de jogador que agradam o atual presidente, podemos pensar em quem? loco abreu? adriano imperador? magno alves?

    affff… o vasco está salci fufu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s