Toda poderosa pressão

0,,15212039-EX,00Eu estava no Pacaembu na semifinal da Copa do Brasil de 2009. Vasco e Gambás haviam empatado em 1 a 1 no ainda Maraca e o 0 a 0 no jogo da volta resultou na nossa eliminação (ainda que tenha havido um pênalti claro a nosso favor não marcado pelo sr. Leonardo Gaciba).

Porém o mais marcante para mim não foi a partida em si. Foi a violência fora do estádio que ficou na memória. A torcida corintiana atacou uma caravana de vascaínos na Marginal Tietê, levando a morte de um torcedor da equipe paulista. No Pacaembu, incendiaram um dos ônibus da torcida do Vasco. Ainda casado à época, eu e minha esposa fomos obrigados a correr como malucos pelos morros que cercam o estádio, para fugir das organizadas dos dois lados e, como não poderia deixar de ser, da polícia.

Pelo que me lembro, esse foi o maior incidente entre as duas torcidas. Tudo aconteceu a mais de 400 km de distância de São Januário e sempre com a iniciativa dos “fiéis” torcedores. Mas agora é um problema terrível haver uma partida entre Vasco e Gambás em São Januário.

O temor em se realizar a partida na Colina tem a ver com a segurança do público. Mas se é assim, porque será que apenas nesse jogo específico? Em 2010 houve um Vasco X Corinthians em São Januário. Em 2011 e 2012 também. Mas o temor por problemas entre as torcidas acontece justo agora, mais de seis longos anos depois daquela semifinal da Copa do Brasil. Coincidentemente em um jogo que pode dar o título aos Gambás.

Coincidência, claro. Talvez seja por isso que a imprensa paulista deu tanto destaque a um “Manual de Guerra” que teria sido divulgado em redes sociais. Deu o destaque, mas não fez seu trabalho com um mínimo de cuidado, já que o texto é de autoria de um grupo chamado “amigos da zueira eterna e não de qualquer torcida organizada do Vasco. Uma coisa é uma torcida, olhando seus interesses, utilizar uma brincadeira de internet como argumento para procurar o Ministério Público. Outra, é a imprensa paulista cair nessa zoeira e dar ares de seriedade à coisa.

E assim, a pressão corintiana já dá resultados. O policiamento para o jogo será maior, a torcida no estádio – graças à redução da capacidade de São Januário pelo Corpo de Bombeiros – será menor. Por pouco os paulistas não conseguiram tudo o que queriam: a redução de público no estádio só permite que jogos no Brasileiro sejam realizados lá por meros 312 expectadores.

Entendo a ansiedade dos corintianos, mas, convenhamos, fazer esse tipo de pressão para antecipar um título que está praticamente garantido chega a ser feio. Será que o “todo poderoso timão” precisa mesmo fazer isso tudo para ter a vida facilitada contra o – segundo a própria imprensa de um modo geral – combalido Vasco, penúltimo colocado na tabela e que luta à duras penas para se manter na Série A?

***

Agora, vale o comentário: se a redução do público em São Januário é algo que favorece o Corinthians, quem deu os motivos para que isso ocorresse foi a diretoria vascaína. Para quem passou seis anos reclamando do abandono do estádio na gestão anterior, estar no poder há um ano e não ter tomado providências para que algo desse tipo não acontecesse é um absurdo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, “A redução de público se deve a um não atendimento dos responsáveis pelo estádio a normas de segurança contra incêndio e pânico, como, por exemplo, iluminação de emergência, para-raios e plano de escape. Neste momento não há previsão de aumento da capacidade de público do estádio“.

Iluminação de emergência? Para-raios? Plano de escape? Será que 365 dias é pouco tempo para resolver essas questões? O clube não tem grana? E o dinheiro que havia sobrado da vaquinha feita para a reforma do ginásio? Não daria para bancar essas melhorias no estádio?

***

Lembrando a todos que o Blog da Fuzarca está participando do Top Blog 2015 e o voto de vocês é importante para que esse humilde espaço leve, mais uma vez, esse caneco. Cada leitor pode votar mais de uma vez, então não se acanhem em clicar aqui ou no banner na coluna à esquerda da página todos os dias (mais de uma vez, se for possível)….

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

38 Comentários

Arquivado em Adversários, História, Notícias, Torcida

38 Respostas para “Toda poderosa pressão

  1. Evandro

    Na minha opinião, acho q a maior pressão q tem, vem da imprensa, como sempre.

    Ninguém, em momento algum, informa, noticia, q pode mto bem, o Vasco ganhar o jogo e os gambás serem campeões mesmo assim. Basta o atlético não ganhar o jogo dos bambis no morumbi. Até o empate já acaba com as chances de titulo deles.

    A imprensa, pelo contrário, diz q ou o Vasco ganha o jogo ou os gambás são campeões.

    Precisamos torcer para os bambis, se possível, abrirem o marcador logo. Fazerem uns 2 a 0 no primeiro tempo. Com isso, os gambás não terão mais interesse nenhum no nosso jogo. Jogando bem mais relaxados.

    Vale lembrar q a bambizada ainda disputa uma vaga na libertadores. Ou seja, temos q torcer mto pelos bambis.

  2. natan-Vasco

    O caldeirão foi liberado, apesar dos mesmos capachos da nazimprensa mais o presidente ou chefe dos gambazentos, cuja torcida já matou fora do Brasil e chacina os próprios comparsas (entre muitas outras), querendo dar palpite sobre “segurança”.

    Só se for segurança pra botar os imundos gaviados no seu devido lugar…

  3. natan-Vasco

    Toda poderosa pressão para cima da quadrilha futebolística, que virá com tudo.

  4. Eu até admirava o jornalista Cosme Rimoli do R7, mas depois do que ele postou em seu blog, dando ênfase a esta carta mentirosa, caiu muito no meu conceito.

    Pior foi ter meus comentários censurados, apenas por tentar expor a farsa armada pela mídia paulista.

  5. jota - ES

    JC, meu caro, “…a duras penas…”, esse “a” não leva crase.
    ________
    Mas não estou aqui, a essas horas, depois de umas e outras, por causa de uma mísera crase, que vez ou outra nos embanana.
    Estou aqui pelo fato de não conseguir me cadastrar no G1 e desabafar no seu devido lugar.
    Sou do noroeste capixaba, mas não moro às margens do Rio Doce, que está sofrendo o maior desastre ambiental do Brasil em todos os tempos. Perto de meio milhão de pessoas dependem desse rio, em terras capixabas, e as notícias são de que ele pode levar até uma centena de anos para se recuperar. Há muito medo e até pânico em cidades por ele banhadas, como Baixo Guandu, Colatina e Linhares. Sem contar os vilarejos que dependem dele.
    Inclusive a presidentA esteve ontem em Colatina. A situação, no vale do Rio Doce, é desesperadora, mais pelo fato de ninguém saber a real dimensão causada por essa tragédia lá em Mariana-MG. E o mar de lama sequer ainda adentrou terras capixabas. Deve fazê-lo hoje, em Baixo Guandu, e no sábado para domingo, em Colatina.
    Por onde esse mar de lama tóxica passou, em terras mineiras, o que se nota é a total destruição da fauna, da flora, da falta d’água potável, enfim, um desastre ecológico, ambiental, sem precedentes na história do Brasil.
    Tomara que os biólogos estejam enganados.
    ________
    Vasco 2×1 gambás.

    SV.

  6. Luiz Afonso

    E na tocaia a imprensa “carioca” acendeu a centelha para o fato de que o Rafael Silva, destaque nos dois últimos jogos, não tinha previsão de julgamento, pois não havia sessões ordinárias do STJD previstas. Pronto, foi o suficiente para o STJD marcar uma sessão extraordinária, em tempo recorde, para que isso seja resolvido e o Rafael Silva seja julgado rapidamente (alguém duvida que ele vai pegar um gancho?). Aí eu pergunto: a imprensa do Rio é ou não é muito filha-da-puta? Torcem para que o Vasco, um time do Rio, caia! Depois querem que o Eurico, ou qualquer outro que esteja no exercício da presidência do Vasco, trate esses vermes com respeito! Casos como esse resultaram no famoso episódio do SBT, uma vez que até a imprensa “carioca” torcia desesperadamente para que o título fosse para o São Caetano! Aí o Eurico explodiu e acabou fazendo aquela merda… Mas, convenhamos, parte dessa mídia carioca deveria ser tratada na base da porrada pelos vascaínos… E que não reclamem, porque se fossem os filhos de várias putas dos mulambos, a imprensa ficaria caladinha para que eventual julgamento fosse arrastado para o final do ano. Nas atuais circunstâncias, perder o Rafael Silva é ruim para o Vasco.

    E outra coisa JC, já está passando dos limites essa tua implicância (embora as críticas sejam justas) com os atuais dirigentes do Vasco QUANDO eles fazem questionamentos justos em prol do Vasco. O jogador do florminense fala uma grande MERDA em rede nacional, no sentido de entregar o jogo para os adversários do Vasco, e você não quer que nossos dirigentes condenem a atitude do cara? Que porra de profissional é esse? Você não percebe como a declaração dele incitou a violência contra os torcedores do Flu? Cara, esse jogador deveria ser suspenso pelo Tribunal, porque sua declaração dá grande margem a dúvidas em eventuais resultados negativos dos flores contra nossos adversários diretos.

    E por útlimo: por que raios o Juninho Pernambucano está preocupado que a imprensa divulgue que ele entrou com uma ação contra o clube? TODOS os ídolos do Vasco entraram com ações contra o clube exigindo seus justos direitos, e nem por isso deixaram de ser ídolos, como podemos citar os casos do Edmundo e do Romário, entre outros! Quanto a ausência do minuto de silêncio em razão do falecimento do pai do Juninho, caso o Eurico pudesse ter feito e não o fez, isso revela uma enorme pequenez e falta de sensibilidade do nosso presidente! Mas, eu repito, caso ele pudesse ter feito, porque meu tio, sócio remido do clube e torcedor apaixonado do Vasco, também não teve esse desejo atendido em virtude de normas da CBF (não sei citar exatamente qual era a exigência que não poderia ter sido atendida a tempo) e não por falta de vontade do Eurico. De qualquer forma deixo aqui expressa minha enorme indignação caso não tenha sido respeitado o minuto de silêncio por simples implicância do Eurico. A grandeza de um homem também se mede pelo respeito que ele demonstra por seus adversários!

    Saudações.

  7. ZÉ VASCAINO - RJ

    Onde venha acontecer esse jogo, nosso VASCO precisa ganhar,nosso VASCO precisa sair do fundo do poço, nossa história, nossa torcida,nhão merece essa humilhação.

  8. Vascaíno

    “Tudo aconteceu há mais de 400 km de distância de São Januário e sempre com a iniciativa dos “fiéis” torcedores.” O “a” nesse caso não é do verbo “haver”, logo não tem “h”.

  9. alex-es

    Aposto que o policial ali na foto em cima que tá descendo o porrete é palmeirense rsrsrsrs

  10. Sinceramente mesmo que São Januário passe a poder receber 15.300 torcedores ao invés de 20.000, na prática isso não irá fazer muita diferença em termos de pressão, pois a grande maioria do estádio será do Vasco.

    A torcida tem é que gritar o tempo todo e não deixar os mulambos de sp fazerem a festa, pois os caras gritam e cantam o tempo todo.

    A verdade tem que ser dita, a torcida do Timeco empurra muito.

    Me lembro da final do mundial no Maracanã, os caras estavam em menor número mas superaram os vascaínos pois não pararam de cantar aquela porra “todo poderoso timão”. Vsf timeco.

  11. natan-Vasco

    Creio que contra os gam(rou)bás, o Vasco terá que se preparar dentro e fora de campo.

  12. Tem muitos que precisam de reforço escolar para aulas de interpretação de texto… Moro em SP e aqui as brigas são bem piores que no rio….torcida do gambá é uma bandidagem nervosa… Fui no jogo contra o palmeiras e é super tranqüilo… Contra o curintians, fui 1 vez p nunca mais…e eles querem reclamar de violência em SJ… Como se Itaquera fosse um lugar super tranqüilo… Vai toma no cu essa cambada de corintianos… Pagar bicho p não cair é uma vergonha… Isso aqui é Vasco… Tem que pagar bicho pra ser campeão… Abração jc

  13. celopereira

    Brinquei um pouco no site do globoesporte na tabela de simulação de resultados e no meu exemplo o Vasco só sai do Z4 na rodada 37, isto se vencer o Timeco e o Joinvile.

    Embora os times do Z4 sejam muito fracos, uma nova variante entra em ação a partir da rodada 36 que é a definição do destino de alguns clubes.

    O Timeco provavelmente será campeão nesta ou na próxima rodada, pois basta a Galinha Mineira não vencer que os Gambás levam a taça.

    Alguns clubes que almejam o G4 vão ficar pelo caminho lá pela rodada 36 e talvez alguns rebaixamentos tambem estejam definidos.

    Com isso o panorama das partidas muda radicalmente nas rodadas 37 e 38, pois quem já não tem o que almejar no campeonato, não vai se esforçar muito para ganhar jogos.

    Por isso é que o Vasco TEM QUE VENCER O TIMECO DE QUALQUER MANEIRA!

    E depois VENCER O JOINVILE. Essas duas eventuais vitórias vão deixar o Vasco numa situação relativamente confortável principalmente se o Coritiba já estiver rebaixado na rodada 37, pois sendo o último jogo do Vasco contra o Coritiba, é muito conveniente esses caras já estarem sem chances no campeonato.

    Agora é torcer a favor e contra.

    Nunca foi tão difícil ser torcedor do Vasco, pqp.

  14. ODILON C SILVA = RJ

    Mesmo estando 31 rodadas na zona da degola, o jogo VASCÃO x CHAPECÓ deu 22 mil vascinos, VASCÃO x Grêmio deu 21 mil vascainos, agora jogo flamerda x Goiás deu 15 mil pessoas, o jogo fludido x Chapecó deu 5 mil pessoas…………….O que mostra como a torcida vascaina é a melhor, fiel, mais amiga, se faz presente nos bons e ruins momentos, bem ao contrário da torcida do flamerda que só comparece na boa, na boa é mole…………………..Mesmo com a RÀDIO TUPI e a RÀDIO GLOBO carregando o flamerda no colo, a torcida do flamerda registrou esse fracasso de público………….Agora virou mda RÁDIO GLOBO e RÁDIO TUPI só transmitem jogos do flamerda, a RÁDIO GLOBO ainda transmite jogos do VASCÃO no AM, já a RÁDIO TUPI, nem no FM, nem no AM, jogos do vASCÃ eles jogam para RÁDIO NATIVA associada da RÁDIO TUPI………………..Mesmo com todo esse protecionismo com o flamerda, mesmo com toda essa proteção com o flamerda, eles fracassaram, a torcida vascaina mandou bonito nos bons e ruins momentos, FIDELIDADE É TUDO.

  15. ODILON C SILVA = RJ

    Se pudesse seria jogo para 50 mil corações vascainos no maraca, em 2009 pela COPA BRASIL, deu 70 mil vascainos no maracana numa quarta feira a noite……………………..Agora público de 18 mil pessoas num jogo VASCÃO x CUrintia, com mando de campo vascaino, é um público que nada tem haver com a grandeza vascaina, público que não retrata a grandeza vascaina, público que não soma nada de bom para expressar o VASCÃO como gigante, portador de uma imensa torcida………………Foi plantado uma mentalidade em São Janaurio que torcida vascaina não é importante, que torcida vascaina não tem graça, que torcida vascaina não é fiel, fanática, mentalidade essa criada por alguns mandatários vascainos, apoiado por uma ala da impressa anti VASCO, totalmente insensilvel pela vascainidade forte, é fácil detectar esses inimigos da grandeza vascaina……………………….

  16. Leonardo Barros

    Aqui em Brasília em 2013, ano do último rebaixamente (e que seja o último mesmo) teve um jogo entre Corinthians e Vasco que rolou confusão. Os caras vieram em vários ônibus lá de São Paulo, invadiram o mercado onde minha mãe trabalha e roubaram várias coisas. Os donos e funcionários do mercado nem puderam fazer nada e ficaram no prejuízo, fora a bagunça que deixaram por lá. Sem contar que a polícia não fez NADA! já que demoraram a chegar no local. Mais tarde teve confusão no estádio, e perdemos vários mandos de campo por causa desse incidente, e justo no ano da queda. Nem acho que o problema seja do estádio, mas sim do policiamento que é bem medroso e não faz nada…Essa redução de torcida é uma palhaçada…

  17. Eurico Siberiano

    Essa é boa!

    http://www.netvasco.com.br/n/170733/vasco-dara-r-300-mil-a-cada-jogador-em-caso-de-permanencia-na-serie-a-do-brasileiro-diz-radio

    Premiação pra fugir do rebaixamento? É sério?
    Tipo, vcs fizeram um campeonato de merda e acabaram em 16º. Parabéns! Tomem aqui 300 mil pra CADA UM!
    SURREAL….
    Porra, com esse dinheiro dá pra pagar o salário de 3 Nenês em um ano..
    Aí depois não tem dinheiro pro CT, pra reforma de São Janu e nem pra porra nenhuma…
    Ah Vasco… o que fizeram com vc?

    E os discípulos e amantes do Dotô certamente acharão essa notícia maravilhosa!! ideia genial do presidente! uma motivação extra para nossos “craques”!

    repito: Ah Vasco… o que fizeram com vc?

    • JC Barbosa

      Preferia o tempo em que o Dotô não pagava bicho para vitórias sobre times da Série C. Até nisso ele piorou…

    • Ernesto

      kkkkkkkkkkkkk, 300 mil de bonus para cada jogador que jogar do inicio ao fim as partidas que restam?

      Mas isso não era pra ser obrigação, não ser rebaixado?

      Na minha época só pagava bicho pra titulos ou vaga na liberta.

      Que apequenamento que o Sr. banana e o Sr. sapo estão operando no nosso Vascão…

      Ano que vem aparece uma dívida de 10 milhões que se transforma em
      30 milhões do nada, e os devotos de São dotô vão dizer:

      “Todo mundo sabia que essa dívida existia, ponto”

      Só vão esquecer de dizer que ela só existiu por causa da incompetência
      e bravata daqueles que diziam que o respeito voltou…

    • Quando vc acha q não pode piorar, piora! Na “notícia” diz que o dinheiro vai vir de patrocinadores.. bem se isso não implicar em mais uma divida para o Vasco, até está bom

  18. Silvano

    Pera lá. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Imputar à diretoria vascaína qualquer culpa pelo clima de guerra gerado pela imprensa paulista (que eleva os gambás na mesma proporção que a carioca eleva os mulambos) é um senhor despautério. O estádio de São Januário recebeu inúmeros jogos esse ano, e não houve nenhum tipo de problema. O nosso estádio é preparado para jogos, e não para guerras. Jogar em São Januário é um direito nosso. E se a imprensa paulista insufla um clima de guerra, a situação é simples de ser resolvida: policiamento adequado e diminuição da carga de ingressos para a torcida visitante, que todos sabemos que é tradicionalmente violenta e problemática. Se o Cúrinthias se importa com a integridade de sua animalesca torcida, é só concordar com a limitação do número de gambás presentes na Colina. Assim, o “clima de guerra” temido pela imprensinha paulista perderia bastante força. A polícia realizaria seu trabalho com mais facilidade e tudo correria bem. E se ainda assim, os gambás se sentirem ameaçados, que façam um acordo para TORCIDA ÚNICA em São Januário. O que não pode é tirar do Vasco o direito de jogar em seu estádio (Engenhão é o kcete!) e nem culpar o Doutor Eurico por não preparar SJ para receber os animais da torcida adversária. Isso é um absurdo! No mais, o Cúrinthias já é campeão. O alarde todo vem da imprensinha de lá. O Vasco deve jogar em São Januário e ponto! Até isso é culpa D’Orico? Você não vira esse disco mesmo, hein cara…

    OBS: cabe lembrar que se o Vasco ganhasse de presente um estádio de Copa do Mundo das mãos do presidente (pilantra!) Lula, financiado pelo dinheiro público e pelo BNDES, aí sim, não haveria toda essa falação. São Januário é lindo! E é o nosso patrimônio! Os gambás que se estrumbiquem! Vamos jogar em SJ… ponto!

    • JC Barbosa

      Incrível alguém escrever tanto e não saber ler.

      Em momento nenhum colocou-se culpa na diretoria pelo clima de guerra. O que se falou é que a diretoria teve um ano para seguir as orientações do Corpo de Bombeiros e não o fez. Isso não tem nada a ver com o jogo contra o Corinthians.

      Despautério é querer tirar a culpa pela redução da capacidade de São Januário de quem gere o estádio.

    • Entender o bom português e um pouco de interpretação é pedir demais para as euriquetes burras!

    • Engraçado tb é ela reclamar do engenhão e o mesmo euvírus q ela idolatra ter colocado o jogo contra o flu lá…

  19. Fabio da Costa

    Ainda houve um “jornalista” que acreditou numa mensagem apócrifa e escreveu uma “brilhante” matéria. Realmente indecente, como ele mesmo diz: http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/o-clima-de-batalha-que-esta-sendo-criado-para-vasco-e-corinthians-em-sao-januario-vandalos-prometem-transformar-o-palco-da-partida-importantissima-em-praca-de-guerra-indecente-10112015/

    É um irresponsável porque não apurou a fonte, porque espalha, amplifica uma notícia falsa e reforça as animosidades entre as torcidas. Quem garante que os curintianos não virão realmente preparados para uma guerra?

    • Silvano

      Quem é Cosme Rímoli? Pra esse cara, o futebol brasileiro se resume a SP capital (sobretudo os gambás) e interior paulista. Fora de Sampa, o resto é Argentina. Fala sério. Até nessa vocês ficam contra o Doutor Eurico e a nossa diretoria? Aí não…

      • JC Barbosa

        Engraçado um defensor do Dotô falar mal de um texto que afirma que (trechos do post do Cosme Rímoli) “Ameaças apócrifa, sem assinatura, identidade. Covarde. Mas atribuída, de maneira irresponsável, às organizadas do Vasco. Mais precisamente à Torcida Jovem. O que só deixou o clima mais tenso.” e “O presidente vascaíno, Eurico Miranda, já avisou que ninguém vai tirar o jogo de São Januário. De ‘jeito algum.’ O dirigente é autoritário, reacionário e tudo mais o que qualquer torcedor pensar. Mas desta vez ele está coberto de razão“.

        Vc chegou a ler o artigo?

    • Fred Nascimento

      amigão, se liga.

      A torcida do corinthians é uma das organizações criminosas mais nocivas desse país……. o Jc sentiu na pele o q é ir a jogo contra os gambás lá em sampa (tu és corajoso, cara).;;;;; os caras invadem treino. agridem os próprios jogadores, vão pra Bolívia soltar morteiro e matar um garoto inocente, esperam chegar o intervalo do jogo pra invadirem a arquibancada adversária e são mestres em promover confusões e agressões dos mais diferentes graus, amigão……

      e vc aí dando atenção a blog de jornalista paulista e provavelmente gambazão. fala sério. só falta agora você dar razão a ele e dizer q o euricão está errado por querer jogar em são januário. é só o q falta.

      • Fabio da Costa

        Eu mandei o artigo para termos a noção de como está o clima para a partida para eles. Eu acredito que eles, contrariados por jogar em São Januário, estão criando um clima perigoso para a partida, desqualificar S.J. e conseguir o que querem, que é colocar a partida em um campo “neutro”, fora da pressão da nossa torcida. Só não entendo esse temor todo por jogar contra nós em nossa casa para um time virtualmente campeão. O jogo é muito mais importante para nós que para eles, que podem ser campeões matematicamente mesmo derrotados pelo Vasco.

        Essa animosidade toda até agora não vi por parte da nossa torcida e dar alguma credibilidade a esse tipo de mensagem pode atiçar ainda mais uma torcida conhecida por sua costumeira violência. Independente do lugar, São Januário ou Maracanã, esses caras vem de SP para arrumar confusão.

    • natan-Vasco

      Estes meliantes vão dizer também que o Vasco provocou o assassinato de Oruro…

  20. celopereira

    A verdade é que hoje em dia é tudo a favor do Timeco de SP, quase tudo a favor dos Mulambos do RJ e as sobras para o resto.

    Para o Vasco é só sacanagem. Todos, imprensa, adversários, arbitragem, CBF querem ferrar o Vasco.

    O Vasco já perdeu um Brasileiro roubado para o Timeco quando tínhamos o Trem Bala. Agora querem nos rebaixar de qualquer jeito.

    Só espero que os jogadores tenham calma e brio acima de tudo para jogarem o seu melhor futebol e levarem o Vasco para fora do Z4 com mais uma vitória.

    Ao Curintia, à CBF e à Globo todo o meu desprezo.

    SV

  21. Gustavo P.

    Fui no jogo da Libertadores contra os Gambás em São Januário em 2012, se não me engano. Eu sempre saio andando com o meu filho pelo portão do estacionamento dos sócios que fica naquela rua lateral, não na Gal. Almério de Moura. Do lado desse portão estava a organizada dos caras já separada e cercada pela polícia aguardando a torcida do Vasco ir embora para ser liberada. Passei com o meu filho (na época com 8 anos) e mais alguns torcedores ao lado deles, era inevitável. Fomos xingados e ameaçados de tudo quanto é jeito, um animal até cospiu na nossa direção. Até que a nossa polícia, sempre super preparada para tudo, resolveu atirar spray de pimenta para todos os lados. Ou seja, realmente é um perigo esses pobres torcedores inocentes do Corinthians virem ver o jogo em São Januário……

  22. Boa tarde JC, eu estava no famoso Vasco x Corinthians aqui em Brasília. No qual por conta desse jogo perdemos um monte de mandos de campo. E vou relatar o que vi. Antes do jogo estava transcorrendo tudo tranquilo, sem maiores incidentes. Após os 15m de primeiro tempo a torcida da gambalândia chegou de SP, e ficaram no setor oposto no qual estávamos. No intervalo eles vieram dos dois lados, impedindo assim a fuga de quem quisesse sair da confusão. Eu e outro amigo subimos pro último andar da arquibancada e vimos toda a selvageria da torcida corinthiana. Após o jogo eles foram obrigados a sair somente uma hora após o apito final. Acontece que no julgamento quem perdeu o mando de campo fomos nós e assim fomos prejudicados não só naquele brasileiro como tb na disputa da série B. Infelizmente é sempre assim, na dúvida é contra o Vasco, não importa se é no campo ou no tribunal, os prejudicados somos nós.

  23. Claudinei

    Há mais coisas entre o céu e a terra que possa imaginar nossa vã filosofia… Vários assuntos para tirar o foco: lado do maraca, Juninho, arbitragem (embora estejamos sendo operados), São Januário, fumaça do charuto, perdão dão de dívidas, sócio torcedor que não sai… E a Sibéria?

    • Amado Peixoto

      Nessa eu discordo de vc, até pq quem tá de mimimi quanto a jogo em São Januário é a imprensa de SP e o curintia! Não gosto da atual diretoria, mas temos de ser justos já que nessa estória ela não tem nada a ver com o barulho do lado de lá! A diretoria tá fazendo a parte que lhe cabe, colocando o jogo no estádio que acha melhor (eu até acho que depois de vencer o Palmeiras, bom mesmo seria o maraca mas vai ter show lá).
      E como já foi citado, é engraçado ver que tem “jornalista” lembrando do caso do alambrado em 2000 pra falar que SJ não tem segurança e se esquece que já teve inclusive final de Copa do Brasil lá, além de vários jogos de libertadores inclusive um contra o curintia! Mas na hora de falar mal, ignoram todo o resto.
      Sem contar que, infelizmente, briga de torcida é uma realidade em todo o Brasil e mudar o palco do jogo não minimizaria isso. E ainda se esquecem que em várias ocasioes quem começa a briga é justamente a torcida deles!
      Espero que não ocorra NADA de anormal no entorno do jogo, que a torcida do Vasco vá apenas pra torcer e principalmente, que o Vasco vença pra eles voltarem caladinhos pra casa!!
      SV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s