Faltou força

O Vasco mais uma vez não passa de um empate em casa, dessa vez com o Grêmio, e novamente perde a chance de ficar mais próximo de sair do Z4. E dessa vez não podemos colocar na conta da arbitragem a perda de dois pontos. Aliás, não podemos colocar nem na falta de oportunidades criadas. O vilão da vez é um só: a incompetência nas finalizações.

O que é muito triste. Triste porque nem pudemos ficar felizes com o desempenho ofensivo do Vasco contra a segunda melhor defesa da competição. Também é desapontador, em uma partida na qual finalizamos 19 vezes, ter que apontar o Martín Silva como o melhor jogador do time, mas é inevitável. O que mais poderíamos falar de um time que arremata quase duas dezenas de vezes e não faz com que uma mísera única bola entre no gol adversário?

Vendo os melhores momentos do jogo, a debilidade das nossas finalizações fica evidente: mesmo tendo quase o dobro de chances que o Grêmio, foi o tricolor quem esteve mais perto de abrir o placar, já que criou as oportunidades mais claras e deu mais trabalho ao nosso goleiro. Marcelo Grohe, mesmo voltando de contusão, não chegou a passar apertos com nossos chutes, sempre fracos ou sem direção.

Mas esse não foi nosso único problema. Mais uma vez também ficou claro o desgaste do time no decorrer da partida. Voltemos aos números do jogo: no primeiro tempo, o placar das finalizações terminou em 10 a 1 a nosso favor. Na metade final do segundo, o peso de ter uma equipe em que mais da metade dos seus jogadores têm mais de 30 anos foi cobrado. O Grêmio cresceu na partida e chegou a pressionar. Estivemos prestes a ver mais uma partida entregue nos minutos finais.

Como eu disse no post antes da partida, o Vasco precisa voltar a subir na tabela por suas próprias forças e deixar de contar com os tropeços dos adversários para se manter vivo na competição. Mas o empate de ontem, o quarto seguido que tivemos, mostrou que devemos encontrar uma força extra, não apenas para o nosso ataque e finalizações, mas principalmente para sair dessa situação.

As atuações….

Martin Silva – analisando o critério “cumprir o seu papel” foi o melhor do time. Fez pelo menos uma grande defesa e foi preciso nas saídas do gol.

Madson – no dia do seu 50º jogo com a camisa do Vasco, quem ganhou o presente foi a torcida, que viu um dos seus raríssimos cruzamentos certos na sua história no clube. Mas foi apenas um, que o Madson não está lá pra ficar desperdiçando qualidade, não é mesmo?

Luan – não comprometeu, mas quase: por pouco o Grêmio não marca um gol quando o rapaz não saiu a tempo da sua posição e deixou dois jogadores adversários em condição para marcar.

Rodrigo – deu duas vaciladas feias no jogo, por sorte, sem maiores consequências. Teve uma excelente chance para marcar no primeiro tempo, mas na hora de finalizar, deixou bem claro porque é zagueiro, não atacante.

Christiano – o tempo no banco não parece ter adiantado nada para melhorar o futebol do rapaz. Foi o mesmo de sempre: quando apoia, não sabe o que fazer; quando marca, vacila o tempo todo (aliás, quase sofremos um gol no segundo tempo quando um atacante gremista passou pelas suas costas sem que o lateral sequer tomasse conhecimento).

Bruno Gallo – enquanto teve gás, fez uma partida dentro da normalidade, ajudando na saída de bola e na ocupação dos espaços. No segundo tempo, principalmente após a entrada do Diguinho, teve mais liberdade pra ajudar na criação, mas cansou rápido. No fim do jogo errou um passe simples e se não comete uma falta (que lhe rendeu um amarelo), teria cedido um contra-ataque perigoso.

Julio dos Santos – taticamente até pode ser importante (e Jorginho afirmou que o manterá como titular), mas continuo achando que os raros bons passes que acerta (ontem não passaram de três) não compensam a lentidão e a fraqueza no combate. Mas aí entra o Diguinho no seu lugar e vemos que, quando o volante joga como jogou ontem, fica complicado contestar a titularidade do paraguaio. Se há mais opções no elenco além dos dois é outro assunto.

Andrezinho – se esforçou tanto na criação quanto no combate. Finalizou duas vezes, uma em chute por cima do gol e outra numa cabeçada fraca e nas mãos do goleiro.

Nenê – foi o melhor em campo, criando boas jogadas. Mas pecou muito nas finalizações, sempre chutando fraco ou nas mãos do Marcelo Grohe. Protagonizou os três melhores lances do Vasco: uma cobrança de falta que explodiu no travessão e duas jogadas com passes de peito feitos por Julio dos Santos, infelizmente, arrematando fraco nas duas oportunidades.

Jorge Henrique – fez uma partida pra lá de discreta. De marcante, apenas bom cruzamento para Julio dos Santos ajeitar de peito para finalização do Nenê, já no segundo tempo. Renato Kayzer entrou em seu lugar aos 41 minutos da etapa final e não teve tempo para fazer muita coisa.

Leandrão – talvez tenha sido uma opção tática mantê-lo mais perto dos meias, mas isso, além de afastá-lo demais da área (o que prejudica um atacante lento como ele) o tornou presa fácil dos marcadores. Teve poucas chances para finalizar e foi mal em todas: uma cabeçada e um chute por cima do gol e outro chute fraco. Rafael Silva deu maior mobilidade ao ataque, mas não conseguiu resolver o problema de finalização que o ataque apresentou durante toda a partida.

***

Os resultados da rodada acabaram por não fazer com que mais esse empate fosse um resultado catastrófico. Ainda dá pra escapar da degola, mas será que poderemos falar isso por muito mais tempo? Esse é o assunto da minha coluna de hoje no Vasco Expresso. Cliquem aqui para dar uma conferida.

***

Lembrando a todos que o Blog da Fuzarca está participando do Top Blog 2015 e o voto de vocês é importante para que esse humilde espaço leve, mais uma vez, esse caneco. Cada leitor pode votar mais de uma vez, então não se acanhem em clicar aqui ou no banner na coluna à esquerda da página todos os dias (mais de uma vez, se for possível)….

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

41 Comentários

Arquivado em Atuações, Resenhas, Vídeos

41 Respostas para “Faltou força

  1. ODILON SILVA = RJ

    Há etmpos vem faltando tantas coisas, agora falta fazer gols, amanhã faltará o que?

  2. ODILON SILVA = RJ

    Há tempos vem faltando sempre algo…………………..

  3. ODILON SILVA = RJ

    Há tempos vem faltando sempre algo………….

  4. ODILON C SILVA = RJ

    Há tempos que falta força para muitas coisas, agora falta fazer gols, infelizmente sempre vem faltando algo.

  5. ROGERIO AMORIM

    Gostaria de poder dizer para os nossos atacantes: Gol de bico também vale!!. Como pode o nossos atacantes ficarem na cara do gol de tentar dar de chapa na bola, recuando para o goleiro. Imagino se fosse um do time adversário, era gol certo.

  6. RUICRUZ

    Chutei duas vezes a mesinha de centro lá de casa num reflexo tentando ajudar o Nenê a chutar com FORÇA pro gol do Grêmio. Tá doendo pra cacete quando eu ando.

  7. RUICRUZ

    Alguém aí sabe como VENCER as partidas SEM fazer GOLs ?

  8. Thebar Augusto Guedes

    VAMOS INVADIR, LOTAR O VAZIÃO, COMPRA O INGRESSO AMANHÃ, VÁ COM SEUS AMIGOS, COM SUA FAMÍLIA, O VASCO MERECE.

    CERVEJA LIBERADA.

    O VASCO PRECISA DO SEU APOIO.

    VÁ AO JOGO!!!

    Vasco x Fluminense: ingressos para o clássico à venda a partir de quarta-feira
    Bilhetes para jogo de domingo no Engenhão começam a ser vendidos pela internet, e comercialização em pontos físicos do Rio inicia na quinta. Preços são R$ 40 e R$ 60
    Por GloboEsporte.com
    Rio de Janeiro
    FACEBOOK
    TWITTER
    Começa nesta quarta-feira a venda de ingressos para o clássico Vasco x Fluminense, deste domingo, às 18h (de Brasília), no Engenhão, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. No primeiro dia, a comercialização será exclusiva pela internet, através do site http://www.futebolcard.com após as 10h. A partir de quinta, os bilhetes poderão ser comprados também nos pontos físicos espalhados pelo Rio de Janeiro. Os preços são de R$ 40 e R$ 60, e há meia-entrada para estudantes, professores da rede pública municipal do estado, jovens de 12 a 21 anos e adultos entre 60 e 64 anos. A carga total disponível é de 21 mil.
    Mandante do jogo, o Vasco terá seus torcedores nos Setores Sul, Leste e Oeste. A torcida do Fluminense ocupará o Setor Norte.
    PREÇOS
    Setor Sul – R$ 40 (R$ 20 meia-entrada) – VASCO
    Setor Norte – R$ 40 (R$ 20 meia-entrada) – FLUMINENSE
    Setor Leste – R$ 60 (R$ 30 meia-entrada) – VASCO
    Setor Oeste – R$ 60 (R$ 30 meia-entrada) – VASCO
    POSTOS DE VENDAS
    São Januário – Bilheteria 5 – Torcida do Vasco
    Engenhão – Bilheteria Leste – Torcida do Vasco
    Engenhão – Bilheteria Oeste – Torcida do Fluminense
    Loja Fanáticos – Araruama – Torcidas de Vasco e Fluminense
    Laranjeiras – Torcida do Fluminense
    Lojas “Gigante da Colina” – torcida do Vasco

    • Nessa eu não vou.. Acho que ir no engenhão é dar uma moral p besta do euvírus q não quis o jogo no Maracanã por pura criancice, onde poderíamos ter um público muito maior. No engenhão serão somente 20 mil ingressos..

  9. Beto

    Quando falo de “risco” de queda de fluminense analisando a tabela do Avaí, me refiro a chances matemáticas apenas, porque também não cai mais.

  10. Beto

    “Vendo os melhores momentos do jogo, a debilidade das nossas finalizações fica evidente: mesmo tendo quase o dobro de chances que o Grêmio, foi o tricolor quem esteve mais perto de abrir o placar, já que criou as oportunidades mais claras e deu mais trabalho ao nosso goleiro.”
    Correto, JC, só com uma conjunção de astros para o time marcar gol sem ser de bola parada.

    Tabela do Avaí, primeiro time fora da zona de rebaixamento, hoje com 4 pontos a mais e que na verdade são 5 por causa dos critérios de desempate.

    Avaí x Cruzeiro (Cruzeiro briga por mais nada, não cai mais, se livrou hoje de qualquer susto)
    CAP x Avaí (CAP briga por mais nada, também não cai mais)
    Avaí x JEC (contra adversário do z4, mas joga em casa)
    Fluminense x Avaí (Fluminense até lá pode ter afastado qualquer pequeno risco de queda)
    Avaí x Ponte (Ponte poderá não mais estar lutando pela Libertadores até lá)
    Corinthians x Avaí (Corinthians já campeão, de férias)

    • Rodrigo

      Cruzeiro, JEC e Ponte.. Se o Avaí fizer 7 pontos, o Vasco não alcança mais. Tem que ter muita fé mesmo…

      • Thebar Augusto Guedes

        Vasco deixa torcida orgulhosa após mudar da água para vinho, diz Eboli
        Jornalista diz que quase bateu martelo para rebaixamento cruz-maltino e hoje
        vê clube com chances de escapar: “Mais do que nunca tem o direito de acreditar”

  11. paulo eduardo

    Peço quem puder rever o jogo de ontem, reparem bem a seguinte cena nos 17 min. do segundo tempo. O jogador do Grêmio está avançando pela nossa intermediária e por ele passa o nosso brilhante craque Madson. É isso mesmo, ele passa ao lado sem dar a mínima ao jogador adversário. REPITO; ELE PASSA AO LADO DO ADVERSÁRIO sem se preocupar em dar o mínimo de um “migué” na contenção e passa tranquilamente enquanto o adversário prossegue em sua ação!!! Após o fim da jogada, recebe um esporro do goleiro Martin Silva apontando prá ele e dizendo o que ele deveria ter feito!
    Esse é o retrato do porque estamos nessa situação!!!

  12. Juvenal

    JC – me desculpe, mas não faltou força, faltou GOL.
    Eu me admiro as vezes com minha própria impertinencia, mas não sei se algum dia vai aparecer alguem no Vasco ensinar os caras a FAZER GOL.
    Não adianta treinar e treinar, jogar bem, mas nada de gol.
    Não é a toa que o Vasco continua com o pior ataque do campeonato.E os poucos gols que faz saem de bola parada. Portanto, o atque é inofensivo e a pontaria Zero.
    É uma loucura sem igual, ver o Vasco perder 8 pontos em 4 jogos. Um verdadeiro absurdo!

  13. Fridiricu

    Estamos…
    Dando “SORTE PARA O AZAR”.

    Velho ditado SIBERIANO.

  14. Paulo Sergio de Araujo

    Precisamos VENCER as partidas, para poder “sair da MERDA”.
    E num ótimo contra-ataque puxado pelo Nenê, SÓ O RODRIGO, ou seja, APENAS UM ÚNICO ZAGUEIRO, apareceu no ataque, como opção de passe (e perdeu o gol). Claro…! Nosso time é VELHO e LERDO…!!!
    Mas, de que adiantaria aparecerem “outras opções” para o passe…? NÃO TEMOS ATAQUE e nossos poucos jogadores que “conseguem” colocar a bola “pra dentro”, só o fazem em penalidades e escanteios.
    Já estou de “saco cheio” de colocar esta questão: “não precisamos” de arbitragens para nos atrapalhar. Nossas EVIDENTES LIMITAÇÕES “se encarregam disto”.

  15. carlos

    O Vasco tem o mesmo numero de derrotas de fra e fru mas com numero maior de empates. Resumo: pontos corridos empate vale muito pouco.

  16. David

    JC eu não acredito na salvação desse time.
    Talvez se fosse o time que hoje está jogando, é provável que teríamos alguma chance de não estar disputando essa luta contra o rebaixamento. Contudo, não é esse o fato. O time foi montado no decorrer do campeonato, sem planejamento.

    Quero só ver os arautos do dotô defendendo sua péssima gestão num possível e muito provável terceiro rebaixamento. O segundo com eurico responsável.

    • Thebar Augusto Guedes

      Vasco deixa torcida orgulhosa após mudar da água para vinho, diz Eboli
      Jornalista diz que quase bateu martelo para rebaixamento cruz-maltino e hoje
      vê clube com chances de escapar: “Mais do que nunca tem o direito de acreditar”

  17. Ulisses Pinheiro

    Bom JC, acho que não podemos esperar mais de time. O time esta jogando com a faca nos dentes e esta a muito tempo jogando no seu limite. Se não fosse os oitos pontos roubados consecutivamente antes do jogo com o Gremio, teríamos feito o milagre acontecer, mas agora já esta muito difícil. Pelo menos terminamos o campeonato de forma digna, e acho que pagaremos o preço pela irresponsabilidade que foi a maior parte do campenonato. É difícil escapar impune. Quanto aos jogadores acho que o Leandrão ja deu o que tinha que dá, serie a não é serie c! E francamente é melhor improvisar qualquer um na lateral, como por exemplo o Rafael Vaz, do que insistir com Cristiano. Até eu jogo mais que ele.

  18. Gustavo P.

    Na minha opinião, o time não agride o adversário, não tem aquela consistência no ataque. Tem posse de bola, chega na área adversária, mas não gera perigo real de gol. Ontem era um jogo muito difícil, o Gremio é terceiro colocado, o time é bom, mesmo com o Seu Boneco (Douglas) como titular. Aliás, o Douglas consegue ser mais rápido que o Julio dos Santos…. Enfim, o que vale é a posição depois da última rodada. Eu escolhi sofrer, ops, acreditar…..

  19. BJ

    JC vc poderia comentar sobre o desabafo do Jorginho em relação ao Thales? Não que o jogador nao mereça um puxão de orelha pela falta de profissionalismo. Mas achei estranho o Jorginho expor o atleta daquela maneira.
    Eu entendi o desabafo dele assim: “Gente estou fazendo o que posso mas com esse elenco não dá!”

  20. BJ

    JC vc poderia comentar sobre o desabafo do Jorginho em relação ao Thalles. Não que o Thalles não mereça um puxão de orelha pela falta de profissionalismo, mas achei estranho ele expor o atleta dessa maneira e dar a mídia pretexto pra ficar colocando crise em São Januario numa semana de clássico.
    Pode ser que eu esteja viajando mas entendi aquele desabafo do Jorginho como se ele estivesse dizendo: ” Gente estou fazendo o que posso, mas com esse elenco não tem mais jeito”.

    • JC Barbosa

      Deve ter sido isso mesmo. Imagine vc: todo fim de jogo perguntam sobre a manutenção do Leandrão e sua incapacidade de fazer gols como titulares. O treinador tem que explicar o pq disso. E o pq disso é que os outros atletas ou são mais fracos ou indisciplinados.

      • Luiz Afonso

        Mais fraco impossível. Mais indisciplinado, com certeza! Só isso para explicar o porquê da titularidade absoluta do Lerdão! O Riascos não teve metade das oportunidades desse cara! E no último jogo em que entrou, fez mais em cinco minutos do que o Lerdão em mais de 180!

        O Riascos é maluco, às vezes proporciona jogadas bisonhas! Mas, sem dúvida, dele ainda dá para esperar alguma coisa. Chuta melhor, protege melhor, ganha a maioria das bolas aéreas que disputa! Só que é maluco! Conseguisse o Jorginho passar serenidade para ele e teríamos um centroavante muito melhor do que o Lerdão, e quem tem vigor e preparo físico para jogar três tempos!

  21. Leon da Cruz

    Nenê pode até ter sido um dos melhores do time (para mim, o melhor disparado foi, na verdade, Martin Silva). Mas ficou claro que não é o jogador que esperávamos para o atual momento, um jogador que poderia fazer toda diferença e comandar (quase sozinho) o time na fuga do rebaixamento. Nenê é um bom jogador e se destaca no meio de um bando de perebas, como é o time atual do Vasco. Mas isto é insuficiente para as necessidades do time. Ontem isso ficou muito claro. Criou boas jogadas, mas errou inúmeros passes, matou vários contra-ataques com firulas e perdeu chances claríssimas de gol. Nos idos de 2001-2008, dotô sapo conseguiu que o Vasco escapasse de rebaixamentos apostando em jogadores como Ramon e Petkovic. Neste ano, a aposta em Nenê está muito aquém daqueles. Nenê não é nehum Ramon ou Petkovic… Agora, amigo, só com reza braba…

    No mais, Jorginho tem que repensar a estratégia do time. Mesmo com a imensa limitacão do elenco, o time não tem condições de permanecer todo o segundo tempo com Nenê, Andrezinho, Julio dos Santos e Jorge Henrique. A partir do 15, 20 minutos do segundo tempo, o time morre. Jorginho sabe disso, pois substitui ao menos dois desses por jogo. Mas, na verdade, daqueles quatro, três precisam ser substituídos todo jogo. Sendo assim, seria talvez mais inteligente colocar Julio dos Santos e/ou Jorge Henrique no banco.

  22. Wanderson DS

    Tô vendo que vai ser assim até o final… quase toda rodada é favorável, só esse VASCO é incapaz de fazer sua parte… vão ficar nessa até n a 38ª rodada também a 4 pontos de sair do G4, aí já era!

    • Thebar Augusto Guedes

      Vasco deixa torcida orgulhosa após mudar da água para vinho, diz Eboli
      Jornalista diz que quase bateu martelo para rebaixamento cruz-maltino e hoje
      vê clube com chances de escapar: “Mais do que nunca tem o direito de acreditar”

  23. Amado Peixoto

    Independente da série que o Vasco for jogar ano que vem, a primeira coisa a ser feita é mandar embora metade desse elenco e o primeiro a ser contatado é um atacante que tenha a capacidade de colocar a bola no fundo das redes! Vários times menores que o Vasco tem ao menos um atacante que de um jeito ou outro faz gol. O Vasco cria 100 chances no jogo e não faz um gol sequer! Fica dificil se manter na série A assim!
    De nada adianta a gente ter finalizado 19 vezes, se apenas UMA dessas finalizações foi um chute de verdade, que acabou na trave. As outras 18 finalizações, ou foram praticamente um recuo pro goleiro ou foram totalmente sem direção.
    E como vc disse, chega lá pelos 20~30 do segundo tempo e o time do Vasco tá sem perna, pq é formado em sua maioria pro atletas acima dos 30!
    O Nene joga muito, isso é fato. Deu uma melhora e tanto ao time, mas o problema dele é sempre tentar uma jogada a mais, sempre querer resolver sozinho. Se passasse mais a bola, acho que as chances aumentariam. Se bem que passar a bola pros nossos atacantes, pra eles desperdiçarem tbm não adianta muito.
    E falando em atacantes, parece que o Thalles deu uma bela vacilada tbm e não deve ter mais chances com o Jorginho. Apesar de que era apenas mais um que não vinha resolvendo nada em campo!
    SV

  24. Thebar Augusto Guedes

    Quero deixar bem claro que o que Jorginho disse ontem em sua entrevista em minha opinião fez o correto, chutou o balde em relação ao TALLES, que até o presente momento tem se mostrado um FILHO DA PUTA, PILANTRA, sem o mínimo de respeito pela camisa do Vasco, pelo investimento que foi feito em anos de categoria de base, sem respeito pela torcida, pela oportunidade que ele tem na vida e até pela família dele. Não sei o que se passa na cabeça desse merda, (e nem quero saber), pra mim o tratamento deve ser eloquente por parte do Vasco em relação a ele. Com o problema que temos no ataque e o Talles ainda continua fazendo das suas??? Alô torcida organizada, tem que cobrar….tem que cobrar.

  25. Carlos Queiroz

    Mesmo com a campanha horrível, já teríamos saído da degola, se o time fosse, ao menos mediano.
    Dá pra sair? dá, precisamos ganhar.
    Fiz umas simulações realistas, se o todos os resultados dos envolvidos forem derrotas e empates nos confrontos diretos, escaparemos com 40 pontos se vencermos as flores, o Santos e o Joinville. Com direito a empatar com Palmeiras, perder pros gambás e pro Coritiba.
    Torcendo pro Corinthians ganhar logo do Galo, pra jogar campeão contra o Vasco, aí de repente dá pra beliscar uma vitória.
    A verdade é que temos chance mais o time não responde, está no limite. Vamos aguardar os jogos.De ruim só lembrar que nos 2 rebaixamentos ganhamos dos flores na reta final. De bom, ver que ainda estamos respirando, pra quem estava rebaixado desde o final do primeiro turno é um alento.

    • David

      “Simulações realistas, se o todos os resultados dos envolvidos forem derrotas e empates”…

      Meu caro isso não é realismo é otimismo demasiado. Ignorar que outros times na frente do Vasco na tabela, não consigam um ou duas vitórias nesse final de campeonato é fugir da realidade.

  26. Ivan

    Realmente, não sabemos finalizar. Chutes fracos e/ou tortos, sempre. Concordo com quase tudo o que você escreveu, JC. Martin Silva e Nenê foram muito bem e o Cristiano…. que coisa horrorosa! Minha única ressalva ao seu post é quanto à atuação do Luan. Você escreve que ele apenas cumpriu sua função. Eu acho que ele foi o melhor em campo. Salvou a lavoura incontáveis vezes e passou muita segurança. Enfim, vamos pra frente. Que venham logo os 3 pontinhos do Flu…

  27. Aluizio

    Bom dia, JC. Por favor, “presa fácil” e não preza. Att, Aluizio.

  28. Claudinei

    É desesperador ver que quase todos os resultados, nessa rodada, foram a nosso favor; e continuarmos NÃO fazendo a nossa parte. Daí fica difícil colocar a culpa no azar ou na arbitragem (mesmo tendo culpa). O maior culpado todos sabemos. As baforadas na Sibéria estão cada vez mais perto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s