Outra vez o apito

Não costumo escrever as resenhas das partidas no mesmo dia. Espero com isso poder dar uma opinião com mais reflexão, evitando que o calor do jogo influencie o que vou dizer. Mas dessa vez, mesmo que eu escrevesse daqui a dois dias, dificilmente ficaria menos revoltado com o empate entre Vasco e Avaí. Isso porque, entre nossas deficiências e os erros de arbitragem, desperdiçamos dois pontos e deixamos de ficar mais próximos da 16ª colocação.

Antes, onde erramos. Fizemos um primeiro tempo muito bom, controlamos o jogo, marcando bem, tocando a bola com tranquilidade, sem correr riscos. Atacamos mais e tivemos muito mais posse de bola. Mas foi um começo de jogo perfeito? Não, principalmente por mais uma vez não transformarmos o domínio que tivemos em uma maior quantidade de chances de gol. E, como não poderia deixar de ser, uma das poucas oportunidades claras – um gol feitíssimo perdido pelo Leandrão – foi desperdiçada.

No segundo tempo, o erro foi de estratégia. Bruno Gallo, o único volante do time, tinha amarelo e foi substituído no intervalo pelo Serginho. Não deu certo. Com um Avaí querendo reverter a vantagem vascaína (Nenê havia marcado de pênalti aos 44 do primeiro tempo), partiu pra cima e teve muita facilidade para pressionar por conta da marcação que não se ajustou com a saída do Gallo. Jorginho também demorou muito a mexer no time, que em uma partida muito pegada, acabou cansando. Andrezinho, por exemplo, andava em campo antes dos 15 minutos finais. A insegurança defensiva que mostramos no segundo tempo foi em grande parte responsável pelo empate. Além disso, desperdiçamos outra chance clara para ampliar, em contra-ataque com Rafael Silva, que preferiu tentar o arremate ao invés de tocar para Nenê, que estava melhor colocado. O atacante isolou a bola que poderia nos render o segundo gol.

Mas, além das nossas deficiências, não se pode ignorar outra arbitragem muito infeliz pela qual o Vasco teve que passar. Assim como no Mineirão, o Vasco foi clamorosamente prejudicado, redundando na segunda vitória que nos escapa por conta do juiz.

Os erros capitais começaram ainda no fim do primeiro tempo. Na jogada seguinte ao pênalti marcado e convertido pelo Nenê, o Avaí comete outra penalidade, ainda mais clara, e o juiz não teve peito para marcar. Sem esse erro, poderíamos ter ido para o intervalo com dois gols de vantagem.

Mas as coisas pioraram muito no segundo tempo. Não satisfeito em ignorar o atropelamento sofrido pelo Jorge Henrique, o Sr. Luís Teixeira Rocha afundou de vez sua arbitragem ao marcar um pênalti inexistente contra o Vasco. Por sorte, a bola não entrou, mas a lambança estava feita. Ao reclamar do lance, Jorge Henrique foi expulso mesmo já tendo sido substituído. E seu suplente, Rafael Silva, também foi expulso, em um lance que não mereceria mais que um amarelo. Mas isso não foi o bastante: ele também deu um amarelo para Martín Silva por fazer cera, sem que a bola tivesse sido reposta pelos gandulas. E como era o terceiro amarelo, não teremos nosso goleiro na próxima rodada.

Não há time que mantenha a calma depois de ser prejudicado tantas vezes. E o nervosismo do Vasco foi um dos fatores que fizeram com que a equipe caísse de produção e não fosse capaz de segurar o resultado que lhe era interessante.

O empate foi um resultado terrível, principalmente se levarmos em consideração o primeiro tempo que fizemos. Nossas limitações (tanto técnicas como físicas e também a falta de um banco mais qualificado) não podem ser ignoradas na hora de avaliar o jogo, mas é inegável: se perdemos dois pontos, uma vitória e três jogadores para a próxima rodada, a arbitragem do Sr. Teixeira Rocha teve um papel fundamental nisso.

E vale lembrar: desde que iniciamos essa série de seis jogos invictos, já perdemos quatro pontos por conta de erros da arbitragem. Com eles, estaríamos na 17ª colocação, a dois do 16º e com 9 vitórias.

As atuações…

Martin Silva – por uma grande defesa no primeiro tempo e um outro milagre no segundo (além da estrela no lance do pênalti contra nós), foi um dos responsáveis por não termos saído de Florianópolis com uma derrota. No lance do gol nada poderia fazer. Tomou injustamente um amarelo e desfalca o time contra a Chapecoense.

Madson – a Av. Madson não ficou aberta por muito tempo ontem. No apoio, foi o de sempre: não consegue levar a cabo uma jogada sequer. Não a toa o rapaz foi o jogador que mais errou passes em todos as partidas dessa rodada do Brasileirão.

Rafael Vaz – foi muito bem no jogo, principalmente nas antecipações. Deu azar no lance do gol de empate, mas seria mais previdente se não tivesse cortado a bola para a frente da área.

Rodrigo – foi bem no combate direto, mas no lance do gol, correu para o centro da área sem se preocupar em marcar ninguém.

Júlio César – fez um bom primeiro tempo, com presença ofensiva sem deixar muitos espaços na sua lateral. No segundo tempo parece ter cansado e não conseguiu manter o nível em nenhuma das funções.

Bruno Gallo – hoje vimos sua importância na boa fase da equipe: com ele em campo, o time tinha uma saída de bola e uma marcação muito mais eficientes. Mas com o amarelo – rigoroso demais, diga-se de passagem – acabou sendo substituído pelo Serginho no intervalo. E sua entrada fez com que o time perdesse qualidade na ligação com os meias e desajustou a marcação. Pra piorar, no lance do gol, errou o corte e deixou a bola sobrar para o André Lima.

Julio dos Santos – ocupou bem os espaços, ajudando na marcação e acertando mais passes que de costume. Chegou a marcar seu primeiro gol pelo Vasco, mas foi acertadamente anulado. No segundo tempo não se acertou com Serginho e sofremos com a pressão do Avaí. Não acompanhou o jogador que passou a bola para o André Lima.

Andrezinho – fez um bom primeiro tempo, sendo o principal articulador da equipe. Cadenciou o jogo quando necessário e fez boas jogadas. Ficou visivelmente cansado na metade final do segundo tempo e, além de não conseguir criar mais nada, ainda perdeu mais de uma bola perigosa no meio.

Nenê – vinha tendo uma atuação discreta como sempre, o que compensou marcando mais uma vez, de pênalti. Na etapa final, sem poder mais contar com Andrezinho, apareceu mais e foi responsável pelas poucas boas jogadas que tivemos.

Jorge Henrique – muita correria, mas pouca efetividade. Sofreu um pênalti claríssimo, ignorado pela arbitragem. Garoteou feio ao reclamar do pênalti inexistente marcado a favor do Avaí e acabou expulso quando já tinha sido substituído pelo Rafael Silva, que também foi expulso infantilmente ao trocar empurrões com um zagueiro adversário. Antes disso, perdeu nossa melhor chance no segundo tempo, quando isolou uma bola na qual deveria ter tocado para o Nenê, livre de marcação e melhor posicionado.

Leandrão – participou de dois momentos capitais do jogo. O primeiro, quando (mais uma vez, diga-se) perdeu um gol inaceitável para qualquer jogador profissional. O segundo foi ainda mais grave: apanhou da bola ao tentar dominá-la no meio do campo e iniciou a jogada que terminou no gol do Avaí. Depois desse lance foi substituído pelo Anderson Salles, que não teve tempo de aparecer.

***

Hoje também tem coluna nova no Vasco Expresso! A de hoje está – modéstia à parte – muito boa. Para conferir, basta clicar aqui.

***

Não se esqueçam: o Blog da Fuzarca está participando do Top Blog 2015 e precisa do voto de vocês para levar esse caneco!  Cada leitor pode votar mais de uma vez, então não se acanhem em clicar aqui ou no banner na coluna à esquerda da página todos os dias (mais de uma vez, se possível)….

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

49 Comentários

Arquivado em Atuações, Resenhas, Vídeos

49 Respostas para “Outra vez o apito

  1. Juvenal

    Alerta Geral
    O Vasco não pode depender de outros – juizes, bandeirinhas, adversarios!
    Tem que fazer 20 pontos em 9 jogos. Essa é a tarefa decisiva. Terão que ser 6 vitórias e 2 empates.
    E para atingir essa Meta, O TIME QUE FAZER GOLS e EVITAR GOLS.
    Não existe outra alterntiva.
    Nesses 10 dias o Jorginho vai ter que reformular a equipe para o dia 15. Espero que a Chape tenha gasto toda sua artilharia contra o Verdão e deixe o Jordi em paz no próximo jogo.

  2. Gordinho Gostoso

    Nada de colocar culpa na arbitragem. No Fluz os arbitro metem a mão não falamos nada porque confiamos no STJD… kkkkkkkk Mas o que pese é o Vasco do Sr. Eurico Miranda fazer um timeco esdrúxulo e colocar para jogar um brasileirão com time fortes, além disso, as receitas com patrocínio e marketing do Vasco são fracos, não da para pagar ninguém. não fiquem reclamando o time de vocês já está rebaixado, vocês não tem um Fred, Conca, Mariano… só com o diguinho não chegarão a lugar nenhum…
    Saudações JC! kkkkkkkkkkkkkk

  3. BRUNO SILVEIRA

    BURRICE E BABAQUICE … O Vasco desesperado em somar pontos e esses jogadores burros e babacas forçando situações de cartões. Se percebeu que o juiz é uma merda, que não sabe o que faz, mais um motivo para tomar cuidado com palhaçadas de reclamações e briguinhas de maricotas.

    Será que nesta comissão técnica não tem um infeliz para chamar os caras na chincha e falar da importância em não se fazer besteiras ? Agora vai encarar a Chapecoense – que enfiou 5 no Palmeiras – sem goleiro e 2 atacantes. Vai pro sufoco mais uma vez. E a ampulheta chegando ao fim.

    Esse Leandrão é igual ao tal do Caô Guerrero, não resolve porra nenhuma. Um gol aqui e outro muito acolá. Como o que ganha jogo é gol, estamos mal pagos nessa. Enfim, é continuar sentado a beira do caminho esperando o sol raiar. Eita madrugada sem lua que não acaba nunca …
    SDV.

  4. Daniel Lobão

    Assim como você J.C, eu compartilho da mesma opinião ! O que aconteceu mais uma vez contra o Vasco é preocupante, são 4 pontos perdidos por erros crassos de arbitragem e não é por mera coincidência não. Os times de Santa Catarina estão sendo beneficiados pela arbitragem sim, e de forma escandalosa !! O Palmeiras também foi absurdamente prejudicado contra a Chapecoense ( para não citar apenas o exemplo do Vasco), na grande parte dos 5 gols, os erros de arbitragem fizeram-se presentes em pelo menos uns 2 gols !! Eu assim como outros milhares de vascaínos, estou absolutamente indignado com os erros que vem assolando e prejudicando terrivelmente o Vasco no momento em que mais precisamos, não tirando é claro a incompetência dessa diretoria que é a principal responsável pelo péssimo/medíocre campeonato brasileiro feito pelo Vasco !! O que nus resta é torcer, e muito, para que outros erros crassos como os erros das últimas rodadas, não possam prejudicar ainda mais o Vasco até o término do campeonato. Eu estou confiante, tenho fé de que vamos nus salvar, restam 9 jogos e 6 jogos faremos no Rio !! VASCO ATÉ MORRERRR !!!!

  5. ODILON C SILVA = RJ

    O flamerda tá na parte alta do campeonato, colocou 59 mil pessoas no maracana contra o Joinville, já o VASCÃO na parte baixa da tabela colocou 42 mil pessoas contra o Joinville no maracana, imaginem se o VASCÃO estivesse na parte alta da tabela……………..Imaginem se um dia o flamerda tivesse colocado públicos de 90 mil pessoas no maracana jogando a segundona, teria gente dizendo que é coisa de outro mundo, teria gente dizendo que isso que é torcida bonita, isso, aquilo, etc e tal……………..

  6. ODILON C SILVA = RJ

    A situação começa desesperar, nem ganhando os próximos três jogos conseguiremos sair dessa situação lastimante, não podemos ficar dependendo dos outros, temos que ganhar obrigatoriamente dentro de casa, depois sair para surpreender fora, a merda que vamos pegar adversaaários fortes, que estão parte alta da tabela, situação preocupante, sejamos verdadeiros, luz vermelha acessa…………………..Se tivesse desde que começou o campeonato com esse time, não estariamos hoje nessa situação, não seriamos campeões, mais estariamos derrepente ate lutando por G4……………..O grande erro foi ter o campeonato carioca como parâmetro, o grande erro foi insistir em time bom,bonito,barato, podemos ate não ser degolado, mais só pelo péssimo campeonato que fizemos, jamais estivemos confortados nesse campeonato, jamais fomos VASCÃO, jamais saimos da zona da vergonha, jamais estivemos tão certos que jamais ganhariamos algo nesse campeonato………………Insistir com aquele time do começo,a base do CARIOCÃO, foi uma grande falha do departamento de futebol vascaino, erro primário, falta de visão, olho cliníco falho, vamso torcer para conseguirem recuperar o grande erro, é uma luta sofrivel, que do fundo do meu coração, nenhum vascaino merecia………………….

  7. Luiz Afonso

    JC, a sua coluna no Vasco Expresso está excelente! Muito boa mesmo!

    Quanto a esta aqui do blog, concordo em quase tudo e só faço uma crítica em relação a sua análise quanto a atuação do Jorge Henrique. Primeiro, reveja como ele recuperou a bola que deu origem ao pênalti a favor do Vasco. Foi de uma improvisação e rapidez digna de aplausos. Segundo, ele sofreu um pênalti claríssimo, ignorado pelo juiz. Ou seja, ele teve participação direta em dois lances capitais do jogo. Sem falar que ele soube prender e trocar passes de forma bastante eficiente. Não entendi o porquê da pouca efetividade na sua avaliação. Pecou mesmo foi por ter se descontrolado no banco.

    E que infelicidade do Rafael Vaz. Vinha fazendo uma excelente partida.

    Não consigo entender a substituição do Bruno Gallo. Era jogo decisivo! O Serginho entrou e com menos de cinco minutos já tinha um cartão. No fim a precaução só teve efeito por cinco minutos e abrimos mão de um jogador que vinha atuando bem.

    A arbitragem foi tão ruim para o Vasco, mas tão ruim, que até os comentaristas foram obrigados a admitir que o Vasco foi prejudicado! Para se ter uma ideia de como foi feia a coisa…

    Saudações.

  8. Frederico

    Boa noite JC!
    Sabe JC mais do que o timeco que temos, o que realmente me desestimula no futebol são essas coincidências coincidentes.
    Essa máfia obcecada pelo vil metal…
    Olhe a tabela! Coincidentemente todos os times que estão consorte tem alguma relação íntima com os arrecadadores.
    Me perdoem, e corrijam, se por acaso estiver com alucinações. Mas esta máfia acaba com o futebol nacional. E vejo, alguns time. Cito o Flamengo, se trabalhassem honestamente e profissionalmente talvez não precisariamde tantos favores. E nem pagaria por eles.
    Lembro também do nosso Vasco em 2000… SBT e vitória sobre o São Caetano. Acho que os SANTINHOS do pau oco nunca perdoaram o atrevimento do sr eurico… se é que o combinado não fosse que deveríamos perder… caiu alambrado e tudo mais…
    sei não… tô pirando… mas não me canso de pensar que tem gente no Vasco que não cumpriu o combinado… e vai pagar com outra moeda.
    Tem uma entrevista deste ano que o Deusrico diz: agora, o combinado, aqui no Vasco é cumprido… entenda como quiserem.
    Quer acabar com a corrupção?
    Seja honesto.
    Estamos num emaranhado de lã! Espero que um dia possamos encontrar a ponta deste novelo para então começarmos a desembaraça-lo.
    Os verdadeiros atores hoje são meros coadjuvantes.
    Muitas coisas estão fora da ORDEM. Sem ordem sem progresso.

  9. Paulo Sergio de Araujo

    Se conseguíssemos jogar bem OS DOIS TEMPOS das partidas, teríamos melhores resultados. Mas, com a alta média de idade, parece IMPOSSÍVEL uma boa performance em todo o jogo.
    Fizemos um segundo tempo HORROROSO; onde a única oportunidade de gol, foi isolada pelo Rafael Silva.
    Não dá mais para aturar Serginho e Júlio dos Santos jogando juntos, é LERDEZA demais, que sempre acaba bem aproveitada pelos adversários.
    Não entendi a opção do Jorginho, de terminarmos a partida SEM NENHUM atacante. Será que ele achava que o empate era um bom resultado…?

  10. ZÉ VASCAINO = RJ

    Alêm dos erros da diretoria, que só foi formmar um time decente agora, ainda temos que conviver com falhas desses juizes, aí complica, aí fica brabo. Meu VASCO passa por momentos complicados na sua sagrada história, meu VASCO não merecia passar por isso, bastava tratarem esse clube com carinho e respeito.

  11. Beto

    Perfeita análise, JC. Observações pontuais precisas.
    Leandrao não consegue dominar a bola e sai a jogada do gol do Avaí. Péssima partida do Leandrao, Vasco segue sem um homem gol de qualidade mínima aceitável.
    Madson fez uma partida bizarra. Cortou com o braço aquela bola numa privação de sentidos, fora da área, mas totalmente descabido o lance ainda mais numa bola parada. Serginho medonho também e não conseguiu impedir o chute do André lima.
    Rafael Vaz vinha bem mesmo, mas não se corta pra frente da área. O Julio do santos não conseguiu nem disputar o lance.
    O Bruno Gallo não deveria ter saído, mesmo como amarelo.
    Rafael Silva e Jorge Henrique irresponsáveis. Vai custar caro na próxima rodadas.
    Gostei das atuações do Nenê, dessa vez acho que melhor que o Andrezinho, e do Bruno Gallo.

  12. Jalson Dutra

    Grande JC.

    Mais uma vez garfados, ta foda….
    Quando o time reage, a arbitragem nos freia com erros bisonhos!!
    Mas vamos lá, firmes e fortes acreditando até o final. Ao Vasco, tudo!!

    QUEM TIVER AFIM DE PARTICIPAR DO GRUPO DE WHATSAPP DOS LEITORES DO BLOG DA FUZARCA, TEMOS 80 MEMBROS, CHAMAE QUE ADICIONO LÁ – JALSON 62-91189704

    SDV.

  13. Guilherme

    Achei que o Andrezinho foi bem. Achei que a substituição do Gallo foi determinante e mal feita… era meio que óbvio que o Avai vinha pra cima… tinha que ter posto o Serginho no lugar do Julio. O Julio vem tendo uma função tática interessante na melhora do Vasco, embora irrite a torcida com sua lentidão… ele fecha os espaços razoávelmente (Seria melhor se fosse mais rápido) e sempre aparece como opção de tranquilidade (as vezes até demais correndo riscos) e bom passe na saída de bola. Ajuda o time a ter a posse de bola. Com a necessidade de pressão do Avaí a entrada do Serginho deixaria o Gallo menos exposto ao risco de cartão. Leandrão apesar de perder o gol mais fácil do jogo, tem uma função tática importante neste time… além de ganhar a maioria das primeiras bolas alçadas no ataque prende a defesa e faz pivô. Principal problema do Vasco: Idade. No segundo tempo Andrezinho, Julio César e Júlio dos Santos caem muito de produção e não conseguimos repor a altura… em alguns casos acabamos o jogo com os 3 andando em campo.

    • Guilherme

      Agora quanto a arbitragem: O pior não foi expulsar a toa 2 de nossos jogadores e amarelar sem sentido o Martin, tirando os 3 do próximo jogo… nem tão pouco foi não marcar o Penalty no Jorge Henrique ou marcar o absurdo Penalty do Madson… apesar de tudo isso, poderíamos ter ganho o jogo se o juiz nos deixasse seguir com a posse de bola… sim, isso mesmo… se nos deixasse… prestem atenção no VT do segundo tempo… o Juiz foi preponderante para o Avaí nos amassar no campo defensivo… no segundo tempo ele ignorou TODAS as faltas sobre o Vasco na saída de bola… o time até TENTOU seguir tocando como no primeiro tempo, mas vinha sempre um adversário atropelando, chutando tudo, empurrando, metendo mão na cara, etc… e o juiz ignorava solenemente, fazendo com que o Avaí recuperasse todas as posses de bola e fizesse a pressão. Por outro lado, toda bola que dávamos chutão pro ataque, ele marcava falta de nossos atacantes, devolvendo a posse ao Avai, Já ví isto em outros jogos… quando o juiz quer roubar sem roubar escandalosamente, faz isso… deixa um time ganhar do outro a posse de bola marcando tudo só para um lado e permitindo a imposição puramente física… aí fica difícil.

      • Luiz Afonso

        Caracas, finalmente alguém que enxerga o mesmo que eu! É exatamente isso! Sem contar que toda falta cometida pelo Vasco passou a ser punida com cartão amarelo! Não à toa somos o time “mais indisciplinado”. Na verdade, o time mais sacaneado!
        O árbitro foi preponderante na pressão exercida pelo Avaí! E, como você falou, não é a primeira vez que isso ocorre…

    • Luiz Afonso

      Concordo com sua visão em relação ao Júlio dos Santos e ao Leandrão. O problema é que ambos também cansam, assim como os três que você citou. Achei que ontem o Leandrão foi quem cansou mais.

  14. paulo eduardo

    Juleba, no jogo contra o Cruzeiro qual foi a garfada que levamos? Sei que houve algo, mas a esclerose não me permite lembrar. É sério mesmo, diz aí.Abs

    • JC Barbosa

      O dublê de jogador de volei e volante Williams deu uma cortada na bola dentro da área e o juiz ignorou o penal.

      E, antes do Cruzeiro virar o jogo, ainda na metade do primeiro tempo, o Cruzeiro deveria ter um zagueiro expulso (já tinha o amarelo e fez uma falta desqualificante no Herrera) e o juizinho amarelou em dar-lhe o vermelho. Na hora o Mano Menezes o substituiu. Era pra jogarmos 3/4 dos 90 minutos com um jogador a mais.

  15. Gustavo P.

    Eu já canto essa pedra há algum tempo: a Federação Catarinense de Futebol é a maior aliada da CBF e está com 3 times com risco de cair para a série B. O Vasco tem que abrir o olho e o charuteiro que diz que o respeito voltou tem que se coçar, sair da caverna em que se escondeu, para defender o clube. Ontem, além de todos os erros que você apontou, o juiz conseguiu irritar os dois times e também incendiar a torcida no segundo tempo. Tudo o que ele fez contribuiu para evitar a vitória do Vasco.

    Concordo também que o Jorginho mexeu muito mal. Bruno Gallo estava bem no jogo e não é jogador de tomar 2 cartões numa partida. O Serginho entrou (mal) e já levou cartão. Madson um lixo, muito ruim mesmo, não acertou passe de meio metro, perdido no jogo. Destaque para o Martin Silva, um monstro na partida ontem.

    Contra a Chapecoense não tem desculpa, temos que lotar o Maracanã pra sair de lá com uma vitória na marra! Ontem operaram o Palmeiras também na casa deles. Futebol é um mar de lama, impressionante.

  16. jC, ja acompanho teus comentários a muito tempo, mas nunca fiz comentários, hoje resolvi comentar. Fui ao jogo, vou quase a todos os jogos do vascão aqui em santa catarina. Gostei muito do futebol apresentado pelo vasco principalmente no primeiro tempo. Andrezinho e Rafael Vaz jogaram muito bem. Com a espulsão do Rafael silva, perdemos a chance de matar o jogo nos contraques.

  17. Drika-CRVG

    Essa partida contra a Chapecoense vai ser de vital importância para as nossas pretensões que é sair do Z-4. O Vasco não pode nem empatar quanto mais perder.

  18. Fabi

    No ataque colocaria o Riascos e o Lenadrão. O Riascos se movimentaria mais e o Leandrão é mais fixo na área.

  19. Yasmin

    Partidaça negativa do Madson…

  20. Amado Peixoto

    A arbitragem não so ferrou o Vasco no jogo de ontem, como ferrou pro jogo seguinte! O cartão pro Jorge Henrique até dá pra aceitar, pq ele ficou puto do lado de fora do campo e deve ter falado um monte pro apitador (e lá vem uma punição de 4 jogos pra ele tbm, podem apostar). O vermelho pro Rafael Silva foi absurdo, ali era lance pra amarelar os dois, o jogo não tava desleal de nenhum dos lados pra justificar um vermelho direto no lance, pra segurar o jogo! E amarelo pro Martin é pra pegar o apitador e dar uma surra de gato morto nele até o gato miar! Não tinha bola em campo e pra piorar, o Martin nem cobrando tiro de meta tá, como ele toma amarelo por retardar o jogo?
    Vai ser muito complicado o proximo jogo, ainda mais que a chape ganhou de 5 do palmeiras! Eles vão vir com tudo pra cima e o Vasco com o Jordi, que nunca se sabe se vai pegar bem ou vai vacilar!
    Sobre o jogo em si, o Vasco mais uma vez erra demais, mais uma vez desperdiça chance clara de gol e no fim é ele quem leva gol! Foram ao menos uns 4 jogos nesse mesmo estilo, em que a gente podia se sair melhor do que saiu. Continuamos a luta, mas ela fica cada vez mais complicada.
    Pra finalizar, é estranho como quando o Vasco tava na merda, os jogos transcorriam normal, sem penalti duvidoso contra, sem juiz apitando mal e sem expulsão/amarelo bizarros. Bastou uma melhoria no time e começam os erros, já são dois jogos com erros capitais contra a gente. Não basta o time se superar em campo, ainda tem de superar a gangue do apito, que segue com respalda inclusive de jornalista, afinal eles são as maiorias vitimas do futebol!
    SV

  21. Wesley

    Essa manhã de domingo foi um tanto frustrada , mesmo que o empate não seja de todo ruim , o time jogou bem no primeiro tempo e poderia muito bem vencer a partida de ontem se forçasse mais no ataque, o foda é que depois do gol jorginho resolveu segurar o jogo e partir para o contra ataque , so que não deu certo , e não daria mesmo , com J. Santos e Leandrão no time nunca daria certo , 2 muito lentos no time para contra ataque não funciona . fiquei muito indignado porque o Vasco deixou de ganhar a partida por covardia , se mantivesse o ritmo pelo menos até os 25 a30 min. do segundo tempo teria vencido a partida .
    Quanto a arbitragem , já estão fazendo as falcatruas na cara dura , não que todos os erros de arbitragem sejam com algum interesse , mas toda partida que há interesses , há um erro de arbitragem , e isso é problema .

    • David

      Não dá para exigir muito de quem não tem a oferecer.
      Leandrão é atacante de área, pode fazer o pivô e finalizar, mas não tem mobilidade ou velocidade para puxar contra ataque.
      Julio dos Santos na entrevista de apresentação deixou claro que não é homem de combate e muito menos de velocidade.

  22. Juvenal

    Não adianta culpar o apito.
    Tem que fazer gol e pronto. Nos 2 ultimos jogos só fizeram gols de bola parada, cadê nosso ataque que não saber fazer gol?
    Mais recordes
    Alem da pior defesa e do pior ataque, agora tambem temos a equipe mais indisciplinada – 100 cartões com 12 vrmelhos é um absurdo. Tem que jogar mais, fazer gols e reclamar menos e esquecer juiz.

  23. marcelo paes

    Fazia tempo que eu não via um jogo do Vasco e achei que o time melhorou muito. O que me faz lembrar porque que eu não via um jogo há tanto tempo.

    Você realmente acha que foi pênalti o lance da mão (s) do Marquinhos? Eu não marcaria. O lance em que o Jorge Henrique estava envolvido tudo bem. Do nosso lado foi fora da área, se fosse o caso de marcar alguma coisa. As expulsões valeram boas risadas e nem deveria ter sido marcado nada de tão tosco que foi o incidente que só não foi tão tosco quanto à cobrança de pênalti do “Ibrahimovic da Ressacada”. Sensacional.

    Fiquei na dúvida se o time cansou mesmo ou sentou naquele 1 x 0 xexelento e medíocre e só não deitou porque estava em “Flonópx” e o Leão da Ilha resolveu jogar alguma coisa, enfim, foi um jogo divertido pelo menos.

    • JC Barbosa

      A bola fez um pimball no braço do Marquinhos…bateu na mão esquerda, foi pro braço direito e voltou pro braço esquerdo. E esse tipo de penalidade ser marcado é uma recomendação da FIFA.

    • CABELUDO

      Marcelo foi três pênaltis em um só lance, pênalti claríssimo…

      • marcelo paes

        Achei não. Primeiro a bola bate no corpo dele, ele nem encosta no Leandrão e aí sim depois tem um toque em cada cotovelo. Recomendação da FIFA pra marcar toques involuntários ok, mas, sendo honesto comigo mesmo, lance normal continua o jogo e é isso aí.

  24. Marcelo Silva

    Sem Rafael Silva e Jorge Henrique quem vai jogar contra a chapecoense? Colocaria o garoto Kayser. Riascos e Romarinho não!!!

  25. Leon da Cruz

    JC, permita-me discordar de alguns detalhes e acrescentar outros. Achei que o Andrezinho, ao contrário dos últimos jogos (em que vinha crescendo de produção) fez uma partida bem fraca ontem. Foi o mesmo Andrezinho de quando chegou ao Vasco.

    Penso que não há nada que justifique Julio dos Santos no time. Não cria, erra passes de dois metros, não corre, não marca. Para mim, ele foi um dos grandes responsáveis (se não o grande responsável) pelo gol do Avaí. O último passe para o gol saiu de uma falha de marcação na cabeça de área. Era o Julio quem estava ali e não acompanhou o jogador do Avaí. Rafael Vaz fez o que podia fazer: cortou a bola, do jeito que deu, para fora da área.

    Por fim, penso que o Jorginho errou ao não ter tirado o Julio dos Santos no intervalo, seja porque não estava jogando nada, seja por conta do cartão do Gallo. Se o Gallo estava pendurado, mas cumpria uma função fundamental na ligação do meio com o ataque, o ideal seria colocar outro volante com mais poder de marcação, para aliviar o Gallo desta função e não correr riscos de expulsão, tirando o outro volante, Julio, que não marcava ninguém em campo.

    • JC Barbosa

      Aí é questão de opinião mesmo. O primeiro tempo do Andrezinho foi muito bom, pra mim, o melhor do time. No segundo, enquanto ele conseguia correr, não fez muito pq fomos pressionados. E depois que cansou, deveria ser substituído.

      Sobre o lance do gol, é aquilo: foi uma sequência de falhas, não dá pra culpar apenas um cara. Se o Leandrão conseguisse dominar a bola no meio de campo, a jogada não se iniciaria; se o paraguaio acompanhasse o cara que tocou, o André Lima não receberia a bola. Se o Serginho não errasse o bote, a bola iria pra escanteio. E se o Vaz cabeceasse para o lado (ou mesmo para traz, tipo balãozinho, para o Martin pegar) a bola não chegaria ao cara que passou para o André Lima.

      • CABELUDO

        O Andrezinho fez pouca coisa no segundo porque o Vasco ficou pressionado e sem saída de bola sem ter com quem jogar.

  26. Ao Vasco, tudo !!!!

    Coisas estranhas estão acontecendo nos jogos em Santa Catarina.
    Principalmente nos jogos do avai.
    Pra que não sabe o vice presidente da cbf é de lá.

  27. Paulo Oliveira

    O que vou escrever aqui não tem nada a ver com o tópico, somente aproveitando o que o Thebar comentou no início.

    JC, voce bem que poderia entrar no lugar do novo Vascaíno do Popbola, hein! O cara é muito fraco. Toda hora é engolido.

    Saudações Vascaínas.

  28. Thebar Augusto Guedes

    Tá chato acompanhar esse blog, vou contestar o quê?? o JC disse tudo!!

    P.S. MUDANÇA DE POSICIONAMENTO DO JÚLIO DOS SANTOS MAIS PELO MEIO ME AGRADOU MUITO, MELHOR DO QUE ELE FIXO NA DIREITA DANDO COBERTURA AO MADSON.

    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s