Menos um

A missão ainda é complicadíssima, mas vai se tornando mais factível de ser cumprida. O Sport foi mais um rubro-negro a cair diante do Vasco na Arena Maracanã e a vitória por 2 a 1 nos fez sair da lanterna após nove rodadas. Já ultrapassamos um dos nossos concorrentes na luta pela permanência na elite. Agora faltam três.

Não foi uma atuação de encher os olhos e não apresentamos uma melhora significativa com relação aos últimos quatro jogos. Mas olhando pelo lado positivo, já podemos enxergar algum padrão no time, coisa que ainda não mostramos em todo o campeonato. Algumas limitações não foram superadas, mas é inegável dizer que nosso time não é mais aquela baba com a qual nos acostumamos. Podemos até perder alguns jogos (e isso talvez seja inevitável), mas não será sem dar trabalho ao adversário.

Ontem, por exemplo, já começamos a partida dando muito trabalho ao Sport, abrindo o placar logo no primeiro minuto. O gol foi uma prova do quanto as coisas mudaram: desde a boa troca de passes – de Luan para Andrezinho, depois para Madson e finalmente para Nenê marcar – até a sorte, já que a bola foi duas vezes parcialmente cortada por defensores do Sport e ainda assim acabou nas redes.

O Vasco seguiu jogando bem, mesmo quando o Sport passou a marcar sob pressão nossa saída de bola. Mas isso só durou até a metade da primeira etapa, quando diminuímos o ritmo e perdemos o controle do meio de campo. A marcação adversária passou a ser mais efetiva e o Leão passou a nos incomodar mais. Conseguiram o empate dessa forma, tomando a bola ainda na sua intermediária e partindo em velocidade para o ataque. Nenê perdeu uma bola perto do círculo central, e antes que a defesa vascaína estivesse bem posicionada, o Sport conseguiu igualar o placar, aos 39.

Por sorte voltamos a ficar em vantagem nos primeiros minutos do segundo tempo, com Rafael Vaz marcando de cabeça após escanteio. Isso fez com que o cenário da metade final do etapa inicial se repetisse, com o Sport tomando a iniciativa. O Vasco claramente optou por esperar o contra-ataque para definir o jogo e até poderíamos ter feito isso se não perdêssemos dois gols feitos – um problema que nos acompanha o ano inteiro – com Nenê e Herrera. Mas mesmo sem ampliar a vantagem, conseguimos suportar a pressão do time pernambucano e garantir mais três pontos.

Foi uma vitória importantíssima, até porque a rodada não foi das melhores para os nossos objetivos. A distância para o 16º lugar diminuiu, mas apenas um ponto. E isso torna o jogo de domingo que vem contra a mulambada ainda mais decisivo, já que todos nossos adversários ou jogam fora de casa ou encaram os líderes do campeonato. Hoje temos menos um time à nossa frente e temos que manter esse ritmo para superarmos os outros três que precisamos ultrapassar.

As atuações…

Martín Silva – nas poucas vezes em que foi exigido, se saiu bem. No gol sofrido, nada podia fazer.

Madson – segue incapaz de finalizar qualquer jogada de apoio com um passe ou cruzamento aceitável (mesmo o passe que deu para o gol do Nenê foi parcialmente interceptado e indo parar nos pés do meia por sorte). E mesmo que eventualmente a direita fique mais vulnerável, tem se esforçado para melhorar sua parte defensiva.

Luan – no lance do gol tomou uma bola nas costas, mas o contra-ataque foi rápido e lhe faltou cobertura. No resto não chegou a comprometer, mas continua confiando demais na sua capacidade como lançador.

Rafael Vaz – poderia ter feito a cobertura ao Luan se tivesse acompanhado o jogador do Sport que entrou em diagonal, mas tirando esse lance (na qual nem podemos lhe imputar uma culpa maior), foi um dos melhores do time, tanto na zaga quando na cabeça de área, quando tomou a posição do Serginho. E ainda fez o gol da vitória.

Júlio César – no primeiro tempo entregou uma bola que poderia terminar em um lance de perigo. No mais, poderia ser mais presente no apoio, mas como todos sabemos, a opção a ele é muito pior.

Serginho – após abrirmos o placar, o time diminuiu o ritmo e começou a perder muitas bolas na intermediária. Nessa hora Serginho se perdeu por conta da velocidade do adversário. No segundo tempo, com a escolha do time de jogar pelo contragolpe, teve que se empenhar muito na marcação e acabou cansando. Jomar entrou em seu lugar e não se preocupou em jogar bonito, fazendo o que tinha que fazer: tirar as bolas de perto da área do Vasco a qualquer custo.

Bruno Gallo – segue fazendo um bom trabalho na saída de bola, diminuindo muito a dependência do time das ligações diretas.

Andrezinho – começou bem a partida, mas caiu junto com o time depois de abrirmos o placar. No segundo tempo voltou a jogar bem, articulando as melhores jogadas ofensivas que tivemos. Cobrou o escanteio que originou o gol da vitória.

Nenê – podem me cornetar, mas mesmo marcando o primeiro gol (vale citar, em um chute que só foi pra rede por conta do desvio da zaga, que se não acontecesse, acabaria com a bola indo fora), o meia foi um dos mais irritantes do jogo. Errou uma penca passes e segue fazendo firulas quando não pode. E por pouco não comprometeu o resultado do jogo: perdeu infantilmente a bola que começou a jogada do gol do Sport e no segundo tempo perdeu um dos gols mais feitos do Vasco no ano, que poderia nos dar uma tranquilidade que não tivemos até o fim da partida. Cedeu lugar ao Lucas nos minutos finais, quando Jorginho assumiu de vez que era hora de segurar o resultado.

Rafael Silva – não marcou dessa vez, mas mostrou a disposição de frente, correndo como um louco por todo o campo. Herrera entrou em seu lugar e perdeu um gol por azar – o chute bateu na trave – e outro por ser o Herrera (sozinho na cara do gol, chutou em cima do goleiro).

Leandrão – o alívio da torcida por sua recuperação a tempo de participar do jogo não foi retribuída pelo atacante, que pouco encostou na bola.

***

Hoje também tem coluna nova no site Vasco Expresso. Cliquem aqui e confiram!

***

Não se esqueçam: o Blog da Fuzarca está participando do Top Blog 2015 e precisa do voto de vocês para levar esse caneco!  Cada leitor pode votar mais de uma vez, então não se acanhem em clicar aqui ou no banner na coluna à esquerda da página todos os dias (mais de uma vez, se for possível)….

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

76 Comentários

Arquivado em Atuações, Resenhas, Vídeos

76 Respostas para “Menos um

  1. ODILON SILVA = RJ

    O VASCO era tristemente o 18 em média de público desse campeonato, bastou fazer alguns jogos no maracana, o VASCO pulou para 14 em média de público da competição, efeito maracana…………………..Olha que o clube vem lutando contra degola,vem nas últimas colocações , imagina se o VASCO tivesse uma boa diretoria,um bom time, se estivesse lutando nas primeiras colocações, com certeza estaria entre os quatro primeiros em média de público. INFELIZMENTE MALTRATAM, DESVALORIZAM, JOGAM NO LIXO ESSE CLUBE.

  2. Juvenal

    COBRA e/ou BRASÃO ? Essa é a questão.
    A Prioridade é óbvia. Por isso mesmo sei não se é uma boa o Vasco continuar nas 2 competições ou pular fora da COBRA e se concentrar exclusivamente na Prioridade.
    Fica a dúvida.

  3. ZÉ VASCAINO = CENTRO = RJ

    Eu tó é puto pra caralho com essa situação toda, meu VASCO nas ultimas colocações,lanterna, vice lanterna , não foi isso que prometeram, onde anda o respeito com essa torcida, com esse clube.

  4. Bubanno

    Acho legal seus comentários, mas discordo quando você se refere ao Luan, passa muito a mão na cabeça dele… Cara dá muita ratada, lento, leitura do jogo e zagueiro que demora uma eternidade para fazer gols. Deus vários vacilo contra o Cruzeiro e Sport.

  5. Wesley

    O Vasco não jogou tão bem quanto jogou contra o Cruzeiro , porque contra a raposa o time jogou o tempo todo pra vencer , mas esse jogo contra o Sport o time do Vasco jogou em 20 min. o que eu não vi nenhum outro time jogar nesse campeonato , dominou totalmente o Leão e criou inúmeras chance e que foram desperdiçadas de forma até displicente . A partir dos 20min. o cansaço ou a tentativa frustrada de tentar explorar o contra ataque resultou em falhas e pressão do adversário , no que resultou no gol .
    Mas gostei mais foi do poder de reação que o grupo está mostrando , colocaram a cabeça no lugar e foram atrás do resultado e isso é muito importante nessa hora .
    Quanto a discussão com relação ao Nenê , também cheguei a me aborrecer com ele em alguns momentos e parece que ás vezes ele pensa jogar mais do que realmente joga , mas é inegável a melhora que o time teve depois da sua entrada , ele é o cara que para a bola no meio , pensa e faz o time respirar , onde antes era chutão , agora a bola roda pelo meio por conta dele .Acho que ele está precisando de um descanso , já que desde que estreou , tem jogado todos os jogos , exemplo disso é o Andrezinho que também não começou tão bem , se machucou , e agora voltou 100% e descansado já está fazendo a diferença.

  6. Fabio Alexandre

    Concordo totalmente com seus comentários. O Nenê foi o pior em campo, apesar do gol. E digo mais, é o segundo jogo que ele não joga nada…

  7. Maurilio Mourthe de Soyza

    Oi JC, como vinha dizendo sempre,dois meias e dois volantes,isso que nos fez vencer, o Nenê, apesar de não estar bem,faz com que nosso time não fique tão atrás, e nos dá possibilidade de manter a bola no ataque, poderia ser substituído, sim, mas por outro meia e não gosto do Júlio dos Santos.Não gosto do Luan,sempre falhou demais.

  8. Maurilio Mourthe de Soyza

    Oi JC, como vinha dizendo sempre,dois meias e dois volantes,isso que nos fez vencer, o Nenê, apesar de não estar bem,faz com que nosso time não fique tão atrás, e nos dá possibilidade de manter a bola no ataque, poderia ser substituído, sim, mas por outro meia e não gosto do Júlio dos Santos

  9. celopereira

    Acho que a galera anda pegando pesado com o Nenê. Tudo bem que ele dá umas vaciladas mas isso acontece com qualquer um.

    Muito melhor com ele fazendo firula do que ter o time que começou o campeonato que não tinha ninguém para armar no meio de campo. Era so passe para o lado até vir alguém da defesa e dar um chutão.

    O Jorginho não é burro e penso que o próprio Nenê também não seja tão idiota que não consiga perceber que determinados lances ele pode fazer melhor.

    De qualquer forma prefiro o Nenê perdendo gol ou a bola do que as malas que tínhamos antes.

    Ele aparece para o jogo. Chama a responsabilidade pra si próprio sem medo de errar. Coisas que poucos ali fazem. Isso por si só já é uma arma a nosso favor, pois o adversário sabe que se dormir no ponto o Nenê avança com a bola, dá um bom passe ou arrisca para o gol.

    Outro que pode não ter jogado nada contra os Mulambos do Recife foi o Leandrão, mas pelo menos ele sabe prender a marcação, é forte e trombador. Coisa que o bundão do Thalles não consegue fazer.

    Ainda estamos numa situação crítica. Falta-nos 8 pontos para encostar no primeiro fora do Z4. Isso pode levar 3, 4 ou 5 rodadas desde que o Vasco ganhe a maioria dos seus jogos.

    A Copa do Brasil para mim é também importante mas a manutenção na série A é mais. Acho que esse jogo contra os Bambis de SP deveria servir para fazer algumas experiências para o CB. Talvez revezar o Nenê com o Andrezinho (1 tempo cada um), colocar o Vaz no meio junto com o Bruno Gallo, colocar o lateral esquerdo que foi contratado recentemente e poupar o J.Cesar para o jogo contra os Mulambos. Entrar com o Leandrão o jogo todo e o Jorge Henrique por pelo menos 1 tempo para ganharem forma para domingo.

    A caminhada é dura e por isso o Jorginho tem que saber dosar a equipe para poder tirar o máximo nos momentos certos.

    Quanto ao Guinazu. Nem sei o que dizer. Gosto dele. Acho que tem raça. Acho também que de vez em quando faz ótimos jogos mas é inegável que a partir de sua saída o Vasco melhorou. Não sei se foi uma conjunção de fatores como a saída do Christiano aliada a entrada do Bruno Gallo bem como a evolução de outros jogadores que foram contratados recentemente. Não sei qual dos 2, Serginho ou Guinazu, seria melhor para o meio de campo do Vasco. Seria eventualmente mais uma situação a ser testada contra os Bambis.

    SV

    • JC Barbosa

      Vc fez uma confusão quando disse “Muito melhor com ele fazendo firula do que ter o time que começou o campeonato que não tinha ninguém para armar no meio de campo“…

      O time melhorou COMO UM TODO. O que precisa ser avaliado é a parcela de influência que teve o Nenê nessa melhora.

      Se lembrarmos que, efetivamente, no que ele ajudou e no que ele prejudicou, acho que fica empatado (pra ser legal com ele).

      Que eu me lembre de cabeça, ele foi fundamental na classificação na Copa do Brasil. Mas no Brasileiro, o que é a prioridade, mais atrapalhou que ajudou.

      Fez um gol de pênalti na derrota contra o Galo e fez outro contra o Furacão que não alterou o resultado;
      Por outro lado, contra o Cruzeiro, levamos um gol em que teve culpa parcial e perdeu um gol feito. Sem o primeiro lance e acertando no segundo, teríamos vencido (independente da arbitragem). E contra o Sport, ele quase pôs a vitória em risco pelos mesmos motivos (perder uma bola que originou gol pro adversário e perdeu um gol dos mais feitos por preciosismo).

      Há algo que os defensores do Nenê precisam entender: as críticas feitas a ele não são as mesmas feitas aos Christiannos da vida. A maioria o critica exatamente pq sabe que ele tem potencial pra jogar mais. E que muitos dos erros que ele vem cometendo é por exagerar nos maneirismos de craque. Se ele jogasse mais simples, seria melhor pra todos. Pra ele, pro time e pra torcida.

      No mais é o que eu disse… não dá pra negar que Nenê chama a responsabilidade e não foge do jogo. Mas se for pra toda bola tentar matar com o ladinho do pé, sempre tentar dar um drible ao invés de passar de primeira, tentar o passe mais complicado e errar e tentar fazer golaços quando um bico resolveria, as chances dele errar aumentam muito. E aí, errando muito mais que acertando, mesmo que ele fosse o Pelé de 1970, não ia adiantar nada pro time.

      E, mais uma vez me repetindo: o Andrezinho foi bem mais útil armando jogadas nos últimos dois jogos que o Nenê.

      • celopereira

        É difícil medir realmente a parcela do Nenê nessa evolução do time. A minha “reclamação” quando disse que o pessoal está pegando pesado com ele nem foi com relação ao seu artigo, mas mais por conta de alguns comentários fortes contra ele. Na minha opinião ele não merece esse tipo de crítica. Ele faz parte de uma engrenagem que começou a funcionar recentemente. Mas a minha opinião vale o que vale.

        Ele pode melhorar se jogar com mais seriedade, mas sabe o que eu acho? Como o time do Vasco era completamente patético quando ele chegou, ele se acha o Messi. Quem desses jogadores atuais jogou na Europa por vários anos? Por isso que ele se acha melhor do que realmente é. Como eu disse, o Jorginho não é burro e nem o próprio Nenê, portanto é uma questão de se conversar para pôr o Nenê com a cabeça no lugar e jogar simples.

        Também levo muita fé no Andrezinho. Para mim, quando soube a respeito de sua contratação, fiquei bastante animado. Lembro de muitos jogos dele pelo Botafogo em que o cara carregava o time nas costas. Parece que ele está voltando a ser o que era. Espero mesmo que isso aconteça, pois se assim for, teremos um jogador que resolverá os nossos problemas de criação de jogadas.

  10. Augusto

    Meiuca com Vaz, gallo, nenê e andrezinho.
    Ataque com Leandrao e Rafael Silva.
    Serginho é muito fraco. Pode até combater bem, mas falha demais na saída de bola.
    Contra a mulambada, arriscaria o guina. Eles tremem.

    • celopereira

      Augusto, realmente tenho que concordar com vc que o Guina contra a mulambada costuma jogar muito bem. Não sei se o colocaria, mas que ele veste a camisa com mais amor contra aqueles mulambos isso ninguém pode negar.

  11. Luiz Afonso

    Fala JC,

    mais uma vez venho aqui dar minha cara a tapa: Andrezinho jogou muito ontem! Para mim, assumiu a condição de titular.

    Nenê quase me levou a loucura no Maraca quando perdeu aquele gol mais do que feito! Perdi o controle e a compostura! E ele seria o principal responsável se o Sport tivesse chegado ao empate (pois além de entregar um gol, deixou de fazer outro mais do que feito). Mas, convenhamos, fora o Andrezinho nenhum outro no time tem a habilidade dele (apesar de que esta não é tão grande quanto a que ele acha que tem!). Com certeza ele não pode ser tão disperso, seja nas conclusões, seja no decorrer das jogadas. Todos no Vasco, hoje, têm que jogar com a faca nos dentes. O que a galera não percebe, entretanto, é que o Nenê consegue deixar outros jogadores do Vasco livres, pois ele é uma preocupação constante para o adversário, o que permite que outros do time desenvolvam um melhor futebol. É bem mais difícil marcar um Nenê e um Andrezinho juntos, do que apenas um deles. E embora percamos força defensiva, ganhamos ofensivamente, e nessa altura do campeonato a vitória é o que nos interessa. E, se querem algo a favor, na jogada que ele perde o gol feito ele prende a bola, espera o melhor momento, dá o bote no marcador e toca com açúcar para o Herrera (que conclui bem, embora na trave).

    Com Serginho suspenso, não tenho dúvida em voltar com Guiñazu no meio.

    Quanto ao Leandrão, tão criticado, ali ao vivo, qualquer um percebia que ele não estava em perfeitas condições físicas e estava mais cumprindo uma função tática de prender os zagueiros e abrir espaços para o Rafael Silva e depois para o Herrera. Em duas oportunidades ele deixou o Herrera (que entrou bem) e o Rafael Silva em boas condições. A do Herrera inclusive, quem estava no Maraca não entendeu que impedimento o bandeira marcou. Como não temos replay e não consegui ver o lance na TV, embora tivesse procurado, fique sem saber se foi do Leandrão (que deu o passe de cabeça) ou se foi do Herrera (eu estava na linha dele e para mim, com certeza o Herrera não estava impedido). O Leandrão não percebi se vinha voltando.

    Já o lance do gol do Serginho, NENHUM árbitro neste campeonato está marcando impedimento quando o jogador NÃO TOCA NA BOLA SE NÃO TIVER ATRAPALHADO O ADVERSÁRIO!! Não sei porque essa lógica não funciona quando é a favor do Vasco!! Além do gol contra o Vasco, o terceiro gol da mulambada contra o florminense acontece depois que o atacante urubulino tenta um passe para o outro atacante urubulino, mas o Brum evita, no último momento, que a bola chegue no atacante impedido (para quem o passe foi direcionado). O juizão dá sequencia ao lance e acontece o gol dos mulambos! Alguém explica? Não, e a imprensa ignora! Agora, o Serginho tenta a conclusão direta para o gol, a bola entra sem que o Luan toque nela e a arbitragem marca impedimento!! VTC!!

    Saudações.

  12. ODILON C SILVA - RJ

    Qui situação…..preferia nem falar sobre isso, mai devemos falar, porque a verdade liberta, alguns comemorando porque saímos da lanterna, estou falando de VASCÃO o gigante da colina, o maior de todos…………Comemorando porque saimos da lanterna………parece que realmente o respeitou voltouuuuuuuu………

    • Paulo Sergio de Araujo

      Pois é Odilon. É exatamente sobre isso que tenho postado, sistematicamente.
      Se conseguirmos escapar “da forca”, vai ter “casaquildo” comprando “mesa nova” para o presidente (em minúsculas) FANFARRÃO E INCOMPETENTE (em MAIÚSCULAS), NOVAMENTE, “comemorar pulando em cima dela”.
      Haverão ALIENADOS, DESINFORMADOS e DESMEMORIADOS, além dos INTERESSADOS, CÚMPLICES e “servidores da causa”, “enaltecendo o grande (????????????) feito”.
      E, pior, haverão IDIOTAS “comemorando” 16° lugar, como “comemoraram” o 17° lugar em 2003 (quando esta posição na tabela ainda não rebaixava).
      É triste, MUITO TRISTE, nos depararmos com tanta gente que NÃO TEM A MENOR NOÇÃO DA GRANDEZA DO CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA.
      Gente que NÃO SABE, que ganhar da mulambada deveria ser coisa corriqueira e banal; em vez da IMBECILIDADE do “campeonato à parte” (na realidade, apenas MAIS UMA “cortina de fumaça” para “desviar o foco da própria EXPLÍCITA INCOMPETÊNCIA).
      Gente que não sabe que DEVERÍAMOS estar COBRANDO por não estarmos “brigando por G4” (e não “Z4”).
      Gente que deveria estar cobrando eficiência, competência e DECÊNCIA, desta cambada que, EM APENAS NOVE MESES DE MAIS UMA PÉSSIMA GESTÃO, JÁ CUSTOU 11 MILHÕES AOS JÁ ESTRAÇALHADOS COFRES DO CLUBE (em dívidas “perdoadas e confessadas”).
      Gente que não sabe a DIFERENÇA ABISSAL entre “respeito” e VERGONHA; porque, como era “LÓGICO e ESPERADO” (vide 2001-2008), foi ESTA que voltou, e não o outro.

  13. ODILON C SILVA - RJ

    Quero pedir pra corja euriquista para não ficar irritando, não ficar xaropiando, todos estão empenhados em tirar o VASCO dessa deprimente situação, uma vez o clube saindo dessa merda que se encontra, na certa a corja limitada, chata, ignorante euriquista , vai se gabar dizendo que com SADDAM MIRANDA o VASCO não cai, com SADDAM MIRANDA o VASCO não é rebaixado, aquela baboseira toda bem peculiar da corja euriquista………………………….Ninguém merece aturar essa mentalidade horrorosa euriquista, estamos cem anos atrasados, estamos pagando um carma doloroso por causa desses infelizes…………………Mais vale saudar, louvar, os vascainos de bem, os vascainos verdadeiros, que independente de partido,de nomes, estão sem ódio , sem rancor, acima de tudo apoiando o VASCO em qualquer situação, bem ao contrario do que faria a corja nojenta euriquista……………………Esse RAFAEL VAZ sempre mostrou serviço, é um grande zagueiro, é um zagueiro artilheiro, vinha esquecido, vinha ate sendo injustiçado, merece ser titular em algum lugar nesse time…………..Parece que nessa altura do campeonato, devemos manter o time, o esquema, 4-4-2- esse quadrado com NENÉ, ANDREZINHO- dois centrovantes, é o que temos de melhor para sair dessa situação vexatória, que tudo de certo, que ainda tenhamos tempo para isso…………………..

  14. paulo eduardo

    Grande Luan, invalidou um gol legítimo, pois foi pular numa bola que já iria entrar e depois tomou nas costas de forma grotesca (como sempre)! Se me fosse possível escolher, a dupla de zaga seria Rodrigo e Vaz (quem diria que um dia eu iria escolher o Vaz..rs)

    • paulo eduardo

      Juleba , me diz aí, em sua opinião qual o motivo de Jorginho ter mantido o CONE do Leandrão os 90 min ? Falta de opção? Burrice? Ou Jumentice?

    • JC Barbosa

      Quem invalidou o gol foi a arbitragem, né? Que, aliás, validou um gol da mulambada contra o próprio Vasco usando o mesmo argumento que usou para invalidar o nosso.

      • paulo eduardo

        isso é fato, mas se a boneca tivesse noção de sua posição, era obrigatório ficar parado, pois a bola entraria de qualquer jeito. É o que eu falo sempre, ele parece que entra em pane… sei lá…
        Sobre Leandrão, sei que não tínhamos ninguém como pivozão, mas ficar com um jogador a menos (que era o caso) é muito pior que o Fiascos, por exemplo…

  15. Mauricio

    discordo sobre o nenê,

    A diferença dele para os outros que passaram é que ele faz o simples bem… Aparece para o jogo…. Não se esconde… E quem pega muito na bola, erra mais do que quem se esconde…. Não pipoca quando bate pênalti, e mesmo chutando mal, ele chuta…. Arrisca…. Ontem pra mim o pior disparado foi o leandrão…. Não jogou nada…. E o madson continua sendo o madson….

    Sv

    • JC Barbosa

      Nisso eu concordo: o Nenê chama a responsabilidade pra si. Mas a impressão que ele passa é que chama essa responsabilidade por uma confiança em sua própria habilidade que em absoluto não tem correspondência com a realidade (pelo menos no momento). Exemplo clássico: Nenê pediu a bola para o Jordi naquele lance do gol do Cruzeiro e não conseguiu dominá-la.

      O que adianta pedir 30 bolas se em 28 delas ele tenta matá-la com uma firula e não consegue o domínio ou se tenta o lance mais complicado e erra o passe? E vale dizer: ele já perdeu dois gols do mesmo nível daqueles perdidos pelo Riascos contra o SP.

      Sobre o Leandrão, acho que o caso é a falta de substituto. Mas, de qualquer forma, sua característica de jogo tem esse problema: se não for uma partida em que ele receba bolas em condições de finalizar, ele não fará nada no jogo.

  16. Eduardo Felix

    Muitos falam que o time melhorou com as saídas do guina e do reserva do Julio César, o você-sabe-quem. Mas ninguém fala do Dagoberto, que veio com fama de não ser jogador de grupo, mais um casalbé da vida. Acreditam que além da falta de planejamento da diretoria, ser o Dagoberto a causa da discórdia com sua liderança negativa, ao invés do Rodrigo como muitos insinuam?

  17. Alex

    Eu nunca entendi pq esse Rafael Vaz ficava afastado do grupo. Eu sempre achei ele uma boa opcao diante do que nos temos. Outro que eu acho q merece outra chance eh o sandro silva.

  18. adamor ribeiro

    Caro J.C. Boa noite.Concordo com vc,o Nene está se achando,ele pensa que é craque,e na verdade não é.Está muito displicente,está fazendo muita firula sem necessidade,está perdendo gols feitos,que la na frente,podem fazer falta.Acho que está na hora do Jorginho ter uma conversa com ele,pra jogar com simplicidade,nada de firulas,nessas altura do campeonato,não dar pra ficar perdendo gols da maneira que ele perde.abraço

  19. Beto

    Ótima análise, JC. Falou tudo sobre o Nenê. Talvez deva continuar como titular sim, mas tem que melhorar, chega de firula, ele está perdendo todos os lances, não sabe proteger a bola, arma situações de perigo contra o próprio Vasco. E finaliza mal demais, primeiro gol só saiu porque o jogador do Sport desviou. E no segundo tempo teve aquele gol que ele perdeu que foi bizarro. Em outros jogos também perdeu gols. Sei não…. Torcer pra ele jogar melhor.
    Melhores ontem no time: Andrezinho, Rafael Silva e Rafael Vaz.

    • Beto

      E Andrezinho, hoje, é muito mais titular que o Nenê.

      • Ramon Monteiro

        Beto tem razão, o nene perde bolas idiotas no meio mas esta conseguindo fazer um pouco a ligação meio ataque(quando nao perde a bola). O andre esta melhor no conjunto, mas a grande jogada do Jorginho vai ser Bruno Galo, saida do crysthyano, Rafael vaz no meio e a retirada do Guina, o ermano luta muito mas não tem mais velocidade e os passes só laterais.
        O resto é o mesmo mas com muita sorte.

      • Beto

        Ramon, vamos torcer para o Nenê render o que pode e fazendo o simples, sem preciosismo.
        E acho sim, concordo com você, pode ser testado o Rafael Vaz e o Bruno Gallo de volantes. De preferência até nesse jogo contra o São Paulo para observação. Prioridade tem que ser não errar na escalação no campeonato brasileiro. Se a dupla for bem no teste de fogo contra o São Paulo,completinho, no Morumbi, poderiam assumir a titularidade como dupla de volantes.
        Minha dúvida é que não sei se ambos têm o poder de marcação do Serginho. Este, embora erre muito passes, em vários jogos, pelo menos na marcação, teve desempenho razoável. Não conheço muito bem o poder de marcação do Rafael Vaz. O próprio Bruno Gallo também precisa marcar melhor, o passe dele é que é bom pra volante e ele fecha espaços também de forma razoável. Então, quero ver mais o Vaz ainda pra avaliar melhor, problema é esse , Jorginho não pode errar, Vasco já errou demais no brasileiro e está montando o time ainda numa reta final. Absurdo, péssimo planejamento da diretoria.
        E só pra ficar mais ainda em dúvida, contra o Flamengo especificamente, Serginho e Guinhazu sempre se superaram e foram bem esse ano. Não sei se estou falando besteira, mas lembro deles bem, com muita garra e combativos, contra o Flamengo, exceção do penal desnecessário do Guinha no jogo da chuva (não estou pedindo a volta dos dois não, Bruno gallo hoje é titular absoluto, talvez, é só talvez, apenas de um deles, reconheço que não sei o que faria, Jorginho acompanha os treinos e sabe muito mais de futebol que eu, assim espero, para não errar, rs).
        Saudações vascaínas!

  20. Juvenal

    Agora é a COBRA
    e a primeira parada é em Sampa. Estive vendo a entrevista do Nene e ele dsse que é fominha e quer jogar na 4ª feira. Mas que cacete – o cara não acerta um chute a gol. Desse tipo o Vasco tem de monte e não precisa mais um. Sei não quem o Jorginho vai escalar contra o SP. Pelo menos é um rapida folga no Brasão. E domingo temos mais um fregues!

  21. o problema com o Nenê é que não temos um outro camisa 10 melhor pra pôr no lugar… até o momento ele foi o que, apesar dos pesares, melhor correspondeu até hoje… e olha que já testamos uma infinidade de jogador nesta posição. Como diria o saudoso Sérgio Noronha “o seu Nonô”: “em time que ganha não se mexe…” então bora pra cima do urubu com Nenê e cia…

    • JC Barbosa

      Sinceramente? Tenho minhas dúvidas. Enumere os lances em que o Nenê foi realmente efetivo, seja criando jogadas de gol ou ao menos deixando jogadores em condições claras para marcar. Depois, enumere os erros, conclusões equivocadas e entregadas de bola que deixaram o time em risco. Vc verá que o segundo tipo de jogadas foi muito mais frequente.

      O Andrezinho, por exemplo, foi melhor que o Nenê articulando jogadas nos dois últimos jogos.

      • Carlos Couto

        Concordo 100%

      • Thiago Braga

        Boa tarde!
        Fala ai JC! Venho complementar o recado apenas; O nene alem de irritante, é lento e firulento! E ontem estava alem de tudo, parecendo EXAUSTO em campo….no intervalo de jogo a entrevista dele foi ridicula…..Foi do nivel daquele negao do Ceara q virou MEME na net!

        VASCO SEMPRE!! Domingo é nos!!

  22. Assino embaixo seu comentário, acrescentando apenas, se me permitem, elogios ao Rafael Silva. Todos nós sabemos que ele não prima pela inteligência ou pela técnica refinada, mas como luta, como se apresenta, como deu trabalho pra defesa do Sport. Melhor jogador em campo ontem!

  23. É incrível a incompetência nata que o Madson tem! O lateral não acerta 1 cruzamento! Eu gostei do Rafael Vaz no time e acredito que ele tenha vaga no time titular. Rafael Silva, ainda tenho fé que esse menino vai ser um craque! Gostei dessa formação, porém, o Leandrão que é o finalizador de ofício pouco foi acionado, as jogadas eram quase todas com o Rafael, pelo menos ele puxa marcação e abrem para os outros jogarem.
    Saudações Vascaínas.
    Obs: JC, para de implicar com o Nenê.

  24. Yasmin

    Tem que avisar o Nenê parar de perder essas bola no meio que tá resultando em gol. Ta ficando carta marcada, apertando-o, roubando-lhe a bola e fazendo o gol. Os técnicos adversários observam isso. Blz!

  25. KATY-CRVG

    Partidaça do Rafael Vaz!!!

  26. Raparigueiro

    Discordo plenamente com os comentário que tece ao Luan. Para mim ele participou do lance que nos tirou um gol legitimo. E outra, errou no jogo contra o Cruzeiro que nos resultou um gol e ontem levou uma bola nas costas e quase entregou a rapadura que deu um drible e teve que dividir uma em que o atacante adversário quase sai na cara do gol… Para mim Luan tem que amadurecer mais…

  27. Flavio

    Você deixou de comentar que o Serginho fez um gol legítimo E que o maluco do Luan atrapalhou “levando” ao maluco do bandeira (que só querem) um mínimo motivo para prejudicar ao Vasco.

  28. Carlos Queiroz

    O time jogou mal, muito frouxo na marcação, acho que o meio de campo cansou e não conseguiu acompanhar os jogadores do Sport. Bruno Galo tem um bom passe, mas na marcação é muito devagar. Vamos em frente. Quarta não escalaria Nenê, levaria cum time mais jovem pra correr muito no Morumbi. Alguma previsão de retorno do Diguinho?

  29. Carlos Couto

    Eu não corneto por causa do Nenê pois acho a mesma coisa, prefiro até o Guina deixando o Bruno Galo e o Andrezinho na criação e acho que o Nenê ainda atrapalha o Andrezinho.

    Se alguém me disser o que já fez de bom o Nenê até agora eu posso mudar de opinião.

    SDV

    • alex-es

      Guinazu não, depois que ele saiu o time até melhorou, ele só toca a bola de lado, não ajudar criar nada e faz faltas e pênaltis demais.
      Quanto ao Nenê uma coisa de positiva dentre outras é que os adversários passaram a se preocupar mais com o meio campo do Vasco ou prefere o Marcinho de volta?

      • Carlos Couto

        Marcinho já é sacanagem, digo qualquer meia que marque seja qual for,pode ser o Diguinho se estiver recuperado,mas é aquilo vai que o Nenê começa a acertas os chutes…o fato é que não temos tempo para esperar.

  30. Gustavo P.

    O time não jogou bem, mas ganhou, isso é o que importa. Eu ainda não quero tirar conclusões precipitadas sobre o Rafael Vaz, já vi jogos pavorosos dele nas poucas oportunidades que teve no Vasco. Achei que ele bateu cabeça com o Luan ontem e tiveram problemas de posicionamento. O Sport percebeu isso e em determinado momento jogavam o Marlone (com M de mercenário) e o Maicom Leite em cima do Vaz e tentando aproveitar esse espaço que os dois davam. O Jorginho demorou mas acertou tirando o Serginho e avançando o Vaz pro meio. O Jomar é bom zagueiro, teve a infelicidade no jogo do Coritiba mas eu gosto dele, seria um novo Odvan (?) e acho que ele e o Luan se completam na zaga com estilos bem diferentes.

    A opção de Andrezinho e Nenê no meio é a melhor que temos, agora os dois marcam muito pouco e sobrecarregam os volantes. Não temos alternativas melhores…. Sobre o Nenê, concordo contigo, ele não vem jogando bem, muitos erros de passe e perdeu um gol à la Deivid, coisa que não podemos nos dar ao luxo nessa altura do campeonato. Leandrão péssimo ontem, não entendi por que o “ERREira” entrou no lugar do Rafael Silva e não dele.

    Enfim, vamos em frente. Quarta pegaremos um São Paulo descansado (poupou o time todo ontem) e domingo a mulambada mais descansada ainda, com sangue nos olhos querendo se vingar do Vasco e contribuir com o rebaixamento. Vamos ver que bicho vai dar, desgaste físico e psicológico serão inevitáveis, que a caravela passe bem por mais essa tempestade…

    • Dimas Costa

      Mais descansado que esse time do vasco, que so começou a jogar agora no campeonato?!?!? Temos que ir com tudo, não temos nada a perder na CB. Já chegamos até aqui!!

    • Diogo

      O Rafael Silva sentiu a perna, deu p ver no estádio q ele estava puxando a perna dps de um certo tempo, por isso foi substituído.

  31. PC

    Na minha opinião não dá para o Nenê e o Andrezinho jogarem juntos. Ficamos muito vulneráveis no meio. Acho que um deve revezar com o outro, até porquê ambos não tem fôlego para jogarem os 90 minutos de forma intensa. Se for para jogar com dois meias, prefiro o Biancuchi que é mais novo, ou manter o Julio dos Santos com o Nenê ou Andrezinho.
    Como Serginho não vai jogar, vem com Vaz e Gallo de volantes.
    SDV

  32. carlos

    Bom dia, JC.

    Em referência a seu post no Vasco Expresso, chamo a atenção para o Marlone que vem fazendo um bom brasileiro pelo Sport.
    As diretorias do Vasco odeiam a base, mas parece que não estão sozinhas. O que tem de torcedor comentando dos jogadores que entram no time e não dão resultado de imediato, é incompreensível.

    • David

      O torcedor é impaciente por natureza, mas os recém saídos da base não tem que ser os responsáveis pelo time. Marlone subiu num momento muito ruim do clube e todos aproveitaram para queimar o garoto. Foi para o Cruzeiro e agora que está num time de menor expressão é que está começando a se destacar, fazendo um ótimo campeonato (na medida do possível) com o sport. Não só os que vêm da base como os jovens que chegam também sofrem com as cobranças.
      Quantos bons jogadores passaram por isso nos últimos anos dentro do Vasco?
      Dedé, Rômulo, Alan Marques, Fágner, Marlone, John Cley, Luan, Fabrício Baiano, Índio, Phillipe Coutinho, Alex Teixeira, Alan Kardec…

      • Beto

        David, posso estar equivocado, memória às vezes pode trair, mas não acho que o Marlone foi queimado no Vasco não. Ele fez uma boa reta final de brasileiro pelo Vasco em 2013 e não teve culpa no rebaixamento. Tanto foi bem que despertou interesse do Cruzeiro. Foi vendido por desespero total da diretoria do Banana que não tinha dinheiro pra nada.
        Incluo, nessa sua lista, o ótimo Souza, volante que marca e sabe jogar, vendido em mais uma cagada da diretoria do Banana.
        E concordo que o J. Cley é bom jogador e, pra mim, teria que ficar, tem potencial pra melhorar. Mais um erro, agora da diretoria desse Eurico Miranda.

  33. Leon da Cruz

    JC, Nenê seguramente perdeu o gol mais feito do time no ano. E perdeu o gol por mais uma firula, pois deu uma entortada de pé totalmente desnecessária (tentando, provavelmente, transformar o que seria um gol simples, que QUALQUER jogador de futebol profissional deveria ser capaz de fazer, em um gol diferenciado, com um toque de categoria). É inadmissível que o jogador mais caro do time perca um gol daquela maneira. E é também inadmissível que perca uma bola no meio campo do modo como perdeu, armando o contra-ataque do Sport, que culminou em gol. Jorginho tem que dar um puxão de orelha.

    • David

      Déjà Vú!
      Jogo contra os smurf em minas foi igual. Perdeu um gol porque quis chutar de pé direito e entregou o primeiro gol, feito pelo williams!
      Dois jogos, duas entregadas e dois gols feitos perdidos. Troféu Pereba!

    • Beto

      Perfeita observação, Leon. Percebi isso também, entortou o pé todo pra fazer o gol ficar mais bonito, quis fazer esse gol diferenciado que você perfeitamente explica. Era simples alí. Ele merece ser cobrado seriamente pelo Jorginho.

  34. Claudinei

    JC, achei que esta partida de ontem foi a pior das últimas quatro. Ganhamos, ainda bem, então vale o resultado.
    Sei que não adianta chorar pelo leite derramado; mas se tivéssemos trocado de “treineiro” quando tivemos mais de 10 dias para treinar, teria sido ótimo. Não que o jorginho tivesse ganho todas as partidas, mas se tivéssemos feito 9 pontos dos 15 que disputamos contra times que estão na mesma situação, seria ótimo, estaríamos com 32 pontos. Outro fora da diretoria…

  35. Não assisti ao jogo ontem, mas fiquei feliz com o resultado. Agora temos mais 9 pontos, contra Urubus, Avaí e Chapecoense. Se ganharmos 7, de preferência com uma vitória sobre nosso maior rival, está de bom tamanho, levando em conta as limitações de nosso time.
    Quarta-feira tem Copa do Brasil, jogo contra os bambis no Morumbi e mais uma vez digo que temos chance de trazer para o RJ uma boa vantagem. Eles perderam para o Avaí no Brasileirão, e mesmo sabendo que são competições diferentes, o ataque dos bambis não se movimenta, o Pato depois de não ser convocado para a seleção vive uma depressão eterna!
    O título do seu último post serve para o jogo de quarta: o Vasco não pode ressuscitar os Bambis de jeito nenhum! Um empate sem gols será muito bem vindo para decidirmos a vaga em nossos domínios.
    Na minha opinião o Rafael Vaz está sendo uma grata surpresa, tanto na zaga quanto no meio e poderia sem sombra de dúvidas tomar o lugar do Serginho e fazer dupla com o Gallo. Teríamos uma dupla de volantes mais jovem, mais veloz, a qualidade do passe aumentaria absurdamente, mas perderíamos em poder de marcação, onde o resto do time teria que se comprometer muito taticamente para ajudar, ainda mais com a deficiência defensiva de nosso Madson. Mas na situação em que o Vasco se encontra, esse comprometimento independentemente do jogador que atue deve estar no nível máximo até a última rodada do Brasileirão.
    E quanto ao nosso “Rúlio”, este deve esquentar um banco, não creio que ele possa tomar o lugar do Andrezinho.

  36. RUICRUZ

    Gostei do time. Estão se entregando sem fingimento. Tá na alma. Embora tenham falhas individuais de um todo estão se entregando mesmo para tirar o VASCO dessa situação.

  37. BJ

    Eu não vou cornetar não, vou assinar em baixo o que vc escreveu sobre o Nene e digo mais, ontem ele estava tão mal que o chute dele iria para fora, mas graças ao corte do zagueiro do sport a bola foi pro gol pra sorte do Vascão.
    Nenê está se achando craque e está querendo resolver tudo sozinho, se ele continuar assim talvez seja melhor pegar um banquinho pra perder a marra. O individualismo dele esta prejudicando o time.
    Palmas pro Andrezinho , segundo jogo que ele vai bem. Distribui o jogo melhor que o Nenê.

    Ontem os bambis colocaram time reserva contra o Avaí. Não sei se para nos prejudicar ou se realmente estão levando a CDB a sério a ponto de poupar quase o time todo.
    Vamos pra cima deles quarta!

  38. Paulo Sergio de Araujo

    Três “catalizadores” da esperança de “escapar da forca”:
    (1) A quantidade de times ruins despencando na tabela. Adiante, poderemos até trocar de posição com o “FlorminenC”, quando nos cruzarmos na tabela.
    (2) A “sorte” parece “sensibilizada” com nosso sofrimento. No primeiro gol, o zagueiro adversário tirou a bola da mão do goleiro. E no segundo tempo, em duas vaciladas do Luan, os atacantes perderam oportunidades (de cabeça) na cara de San Martin.
    (3) O presidente FANFARRÃO E INCOMPETENTE parece ter resolvido ficar com a porra da boca fechada.

  39. RUICRUZ

    Acho que o segredo é esse. Fazermos o primeiro gol e entre os dez primeiros minutos. Isso desarma psicologicamente o adversário e dá forças ao nosso time.

  40. oliveira

    Valeu JC pela a analise!!

    Estou muito alegre com a melhora do time em comparacao com o desempenho durante a epoca do Burroth. Como vc disse, ainda tem muito que melhorar, mas o time mostra um melhor padrao de jogo.

    Nao quero ver o Julio dos sonos de volta de jeito nenhum. Manteria o Rafael Vaz como o primeio volante no jogo contra o Flamengo. Seguiria com 4-2-3-1. A linha de tres seria o Silva, Andrezinho e Nene com o Leandrao na frente.

    Nunca mais quero ver o Erreira, que perna de pau q nao sabe marcar um gol. Nao seria melhor ver o Kayser inves deste jogador???

    Enfim, o time melhorou bastante, ganhou o jogo e esta tando com gosto de ver o time jogar agora. A torcida esta de parabens pela presenca ontem e continuem apoiando o Vascao gente!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s