Negação

Acordei cedo nesse domingo. Providenciei o café da manhã dos meus filhos (a menor acordou meio febril), coloquei o mais velho pra missa (está fazendo a catequese) e comi o meu desejum. Li o jornal, conversei com meus pais e fui jogar um pouco de video game. Fiquei horas isso, já que estou numa fase particularmente complicada no jogo. Evitei os jornais e ignorei as redes sociais, mesmo com meu celular apitando constantemente com os zap-zaps e twitters da vida. Meu pai apareceu para ver a partida entre mulambos e Palmeiras. Não o acompanhei, mas imaginava como estava a partida, ora pelos fogos disparados, ora pelos xingamentos do velho.

E o Vasco? Procurei não pensar nisso. Estou obviamente na fase de negação que acontece após perdermos algo que amamos muito.

Não que eu ou qualquer vascaíno tenha “perdido” o Vasco. O clube é maior que qualquer dirigente incapaz e mesmo que há uma década e meia a instituição seja comandada por pessoas incompetentes, algum dia ele há de reerguer e voltar ao lugar de destaque que merece. Mas a derrota de ontem, da forma como aconteceu e o que ela representa foi um golpe duro demais para qualquer vascaíno que ame o clube acima de qualquer coisa. Jogando em casa, contra uma das equipes mais fracas da competição e sabendo que apenas a vitõria manteria nossa esperança de nos mantermos na elite (que seria difícil mesmo se vencessemos a partida), perdemos de forma cruel, depois de mais de 90 minutos mostrando nossa total incapacidade de vencer os adversários mais frágeis possíveis.

Falar que elenco é fraco ou que o treinador – que em todo tempo que esteve no comando da equipe não conseguiu sequer definir os titulares ou fazer com que os 11 jogadores em campo fossem mais que um bando descoordenado – é ainda pior não resolve nada, além de ser apenas mais uma obviedade. Apontar os responsáveis pelo agora quase certo terceiro rebaixamento em três anos nos levaria a fazer uma lista enorme de culpados sem que trouxesse uma solução. É trabalho demais para algo que sequer servirá para aliviar um pouco a frustração da torcida.

A matemática ainda nos permite sonhar, a muitíssima atrasada demissão do Roth faz com que todos esperem por um treinador que tenha capacidade para cumprir uma missão praticamente impossível e, sejamos sinceros, todo vascaíno que se preze só deixará de acreditar quando as probabilidades apontarem 0% de chances. Mas a realidade não se preocupa com nossas esperanças e nunca deixa de cobrar seu preço pela incompetência de quem acha que a arrogância é o que basta para garantir o sucesso.

O que fazer agora? Lamentar e acompanhar esse campeonato até o fim, torcendo por um milagre enquanto for possível e depois desejando que as humilhações não se repitam com muita frequência até dezembro. Mas principalmente, esperando que esse iminente terceiro rebaixamento em três anos faça com que nossos dirigentes aprendam com seus erros e procurem evitar que eles se repitam. Já que o Gigante terá que se reeguer mais uma vez, que seja a última.

As atuações:

Jordi – sem culpa no gol, teve uma atuação bem segura.

Madson – mais uma vez o seu lado foi um convite para os adversários. No apoio também foi o mesmo: inofensivo.

Jomar – vinha fazendo uma bela partida, até entregar a rapadura no último lance do jogo e dar a vitória para o Coxa.

Rodrigo – perdeu dois gols (um deles inacreditável), um em cada tempo. E não perde a mania de pegar a bola para cobrar faltas apenas para mandá-las o mais longe possível do gol.

Christiano – é o retrato do time: mesmo sendo um completo incapaz em qualquer um dos fundamentos que precisa ter para cumprir suas funções, é titular absoluto da equipe. E isso porque seus substitutos são efetivamente ainda piores. Ontem perdeu uma chance clara de gol ao isolar uma bola na qual teria que chutar colocado.

Lucas – foi ressucitado na última partida do Roth como treinador. Mas foi como se não estivesse em campo.

Serginho – teve alguns bons momentos ajudando o time a iniciar jogadas no ataque, mas não fez uma boa cobertura da lateral direita.

Nenê – não foi nem de longe o salvador da pátria – como alguns desejavam – mas mostrou ter mais habilidade que a maioria absoluta dos meias do elenco (não que tenha uma concorrência muito acirrada, claro). Com mais ritmo de jogo, pode ser bem útil ao time. Mas provavelmente chegou tarde demais à equipe.

Jorge Henrique – fez uma boa estreia, ajudando o bom começo do time com jogadas pelos lados do campo. Cansou no segundo tempo e cedeu lugar ao Jhon Cley que tirando um chute ligeiramente perigoso, pouco fez.

Riascos – parece ter sido jogado em campo sem que o treinador tenha lhe dado qualquer instrução: não conseguiu encontrar um posicionamento adequado, muitas vezes se embolando com Jorge Henrique. E ainda protagonizou mais um lance de comédia pastelão ao tentar finalizar e conseguir acertar o próprio braço com o chute. Thalles entrou em seu lugar no fim do jogo e não teve tempo para fazer nada.

Dagoberto – foi uma boa opção pelos lados do campo, mas não foi feliz nas finalizações. Cedeu lugar ao Herrera, que mais uma vez não contribuiu com praticamente nada.

***

Celso Roth sempre teve em Eurico Miranda um admirador. Tanto que a primeira opção do presidente ao assumir o clube para sua segunda gestão era o técnico, que só não comandou o Vasco no Estadual porque não aceitou a proposta salarial que recebeu.

Mas assim que o trabalho do Doriva (que, vale lembrar, era no máximo a terceira opção do Dotô) começou a fracassar, Eurico não teve dúvidas e trouxe Roth, que sem conseguir emprego entre a primeira e a segunda abordagem do dirigente, acabou aceitando o teto salarial estabelecido pela diretoria.

Mesmo depois de ter ficado óbvio para qualquer um que o trabalho do Roth à frente do time não seria bom, Eurico bancou a permanência do treinador. Mesmo que a equipe não conseguisse apresentar nem de relance alguma sombra de padrão de jogo.

O Vasco teve 10 dias apenas para treinar após sofrer mais uma goleada. Era o momento certo para buscar um novo treinador, que teria um tempo maior para que o elenco se adaptasse a uma nova filosofia de trabalho. A diretoria achou melhor manter Roth.

Depois dos 10 dias de treinos, o Vasco não apresentou qualquer melhora e não conseguiu vencer o fraco Joinville, diante de 40 mil vascaínos e escapou de outra goleada em uma derrota contra o Santos. Ainda assim, e mesmo mostrando alguma insatisfação com o trabalho de Roth, Eurico decidiu mantê-lo.

Ontem, quando mais uma derrota em casa para um dos integrantes do Z4 tornou a situação de Roth insustentável, quem anunciou a saída do treinador não foi o presidente que fez tanta questão de mantê-lo no cargo. O encarregado da tarefa foi Zé do Táxi, que da maneira mais deselegante possível, disse apenas que “o treinador não está mais no Vasco“. Diferente do próprio Roth, que ao se despedir, fez questão de agradecer a todos, inclusive à diretoria que não demonstrou qualquer cortesia ao dispensar o profissional.

Ou seja: o Dotô faz questão de dar as caras para fazer bravatas ou mostrar que “quem manda no Vasco” é ele. Mas na hora de informar à torcida que seu treinador preferido tinha sido dispensado por não conseguir fazer um trabalho decente (o que qualquer um mais por dentro do futebol poderia adivinhar facilmente), o manda-chuva vascaíno preferiu sair pela porta dos fundos da Arena, sem dar qualquer satisfação aos vascaínos.

Tudo isso torna esse episódio terrível na nossa história ainda mais deprimente.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

76 Comentários

Arquivado em Atuações, Resenhas, Vídeos

76 Respostas para “Negação

  1. Pingback: Desabafo | Blog da Fuzarca

  2. Diogo

    Detectei algumas euriquetes enrustidas e discretas aqui nos comentários.. vc também JC?rs

  3. ODILON C SILVA = RJ

    Brasileiro de 2001, vASCO 11 colocado, brasileiro de 2002, vASCO 15 colocado, brasileiro de 2003, VASCO 17 colocado, brasileiro de 2004, VASCO 16 colocado, brasileiro de 2005, VASCO 12 colocado, brasileiro de 2007, VASCO 12 colocado, ess foram as colocações do VASCO na outra gestão euriquista, voces queriam o que?

  4. ODILON C SILVA = RJ

    O grande erro foi ter o campeonato carioca como parâmetro, campeonato carioca é fraco técnicamente, campeonato brasileiro é longo, onde se concentra os melhores times do futebol brasisleiro, o que pede boas contratações, pagar os melhores salários, investir forte no futebol, só mesmo muita sorte poderia colocar o VASCO em outra pocisão, time bom,bonito,barato, nem sempre funciona………………………Agora vai ser total humilhação, vamos jogar 19 partidas, serão 57 pontos em jogo, onde precisamos ganhar 33 pontos, precisamos ganhar todos os jogos em casa, depois fazer algumas graças fora, pelo futebol apresentado ate agora, pelo nivel técnico dos jogadores, pela problemática dessa diretoria, acho sofrivel o time vascaino consequir essa proeza…………..O pior de tudo que os vascainos, o clube, viraram cenas de circo, todo mundo acha graça do presidente vascaino, o VASCO virou algo cômico, engraçado, motivo de piada pública, seu presidente é mais divertido que um grande palhaço…………………..Nisso o DINAMITE dava show, ficava calado, ficava dele, não vacilava tanto assim, com o DINAMITE o VASCO era um clube cativador, humilde, que tinha grande patrocinadores, que arrastava multidões, que tinha boas médis de públicos, e agora? Viramos um grande circo público, um clube arrogante, antipatico, logo vão vim baixas rendas, pequenos públicos, futuramente teremos grandes patrocinadores?……………………..A boa noticia foi: nesses dois jogos no maracana registramos 53 mil pessoas, subimos duas pocisões em média de público, se o time estivesse bem na tabela, se tivesse fazendo os grandes clásicos interestaduais nomaracana, hoje estariamos entre os primeiros em média de público, o VASCO precisa pensar grande………………….

    • Paulínio

      sério, odilon.

      tudo bem você se revoltar com a gestão Eurico, o q é totalmente compreensível (eu tbm estou revoltado com o q o Charuto está fazendo com o nosso clube. revoltado!).

      mas pera lá… elogiar o dinamite?? dizer q ele dava show? q arrastava multidões? grandes patrocínios? é inacreditável ler uma coisa dessas de alguém q se diga vascaíno. DINAMITE FOI UM CÂNCER PARA O VASCO. um câncer tão grande quanto o eurico. os dois são os responsáveis pelo vasco hoje ser um clube sem força, motivo de piadas e chacotas para o país inteiro. o seu ídolo dinamite tá mais sujo na colina do q pau de galinheiro, amigo. dois rebaixamentos, incompetência nos tribunais (onde perdíamos todas!), conseguia patrocínios, mas não as CNDs, e o clube passava meses fazendo publicidade grátis em seus uniformes. praticou tanto nepotismo em sua gestão quanto o eurico. nisso, os dois são mestres! deixou o clube em total estado de abandono (nisso até o eurico é muito melhor que ele! eurico pelo menos se importa com a estrutura do clube, embora seja um fracasso como presidente).

      sobre os grandes públicos do dinamite, aquilo foi a torcida do vasco que abraçou um clube sem presidente, em jogos de série B ou pra evitar quedas para a mesma. uma vergonha. qual o mérito do dinamite???

      o dinamite ficava calado, na dele.. e você acha isso uma grande qualidade??? o cara se escondia, isso sim. omisso, fraco, incompetente, incapaz! se ele aparecesse um pouco mais e mostrasse postura de presidente, talvez um dos dois rebaixamentos pudesse ter sido evitado. o cara é um banana, como diz a torcida. enriqueceu a própria família às custas do vasco (exatamente como o eurico), foi o responsável pelas maiores vergonhas da historia centenária do clube, protagonizou uma péssima administração e você ainda vem elogiar e dizer que com o dinamite tudo era maravilhoso???

      faça-me o favor, amigão… se é pra escrever merda, melhor não perder tempo defecando pelos dedos.

      Eurico é uma PRAGA!!!! E o seu ídolo bananesco é outra PRAGA MALDITA!!!

  5. ZÈ VASCAINO = CENTRO = RJ

    Minha vontade é pegar um pedaço de mdeira, pular pra dentro da social de São Januario, sair dando naqueles parasitas euriquistas, não pelos rsultados do time, pelas cenas cômicas desses palhaços, o VASCO virou um circo público, motivo de risadas.Olha, o DINAMITE era bem melhor, não dava esse mole todo, agora todo mundo se diverti em cima da gente, viramos palhaços.Agora manda essa corja euriquista botar a cara quarta feira no maracana.

    • Paulínio

      o dinamite era bem melhor??? hein???

      olha… eurico é um lixo… mas administração pior q a do dinamite eu ainda não vi. ainda…

      • É sério que estão defendendo o Dinamite !?!?!?
        Aquele IMBECIL é culpado por 1 1/2 rebaixamento do Vasco !!
        E outra…a maior culpa disso que esta acontecendo hoje É DELE !!!
        ELE FEZ RESSUGIR A PRAGA DO EURICO, QUE ESTAVA ENTERRADO !!!

  6. Paulo Sergio de Araujo

    Jorginho…, Zinho… É preciso evitar “conclusões precipitadas”. É preciso esperar, porque não há como adivinhar quem vai dar certo (o ótimo Marcelo Oliveira foi um fiasco no Vasco). É preciso esperar para sabermos o que vai acontecer. Mas, nosso novo técnico não nos deixa “muito animados”, para uma possível (mas IMPROVÁVEL) “reação histórica”. O presidente FANFARRÃO e INCOMPETENTE, agora, percebendo que ganhará “de presente” da torcida um PASSAPORTE PARA A SIBÉRIA, busca sua “âncora de salvação” em gente fortemente identificada com sua MAIOR PARANÓIA: o Flamengo. A vida, mais uma vez, o obriga a “engolir” suas próprias bravatas. Enquanto isso, o nosso Vasco…

  7. anibal vascao

    PARABENS JOMAR. VOCE FOI O HEROI DO JOGO.
    Porque se termina empatado ainda correriamos o risco do BURROTH continuar, afinal pra quem só perde, empatar é um grande resultado.
    se a incompetencia não primasse no nosso vasco, o BURROTH teria sido demitido após perder pro cu-rintia, e, talvez não tivessemos jogado fora mais 7 pontos.
    AGORA VAMOS PAGAR MUITO CARO PELO DESMANDO, PREPOTENCIA E ABUSO DE PODER DO SER CANCER MALDITO.

    • Jacir

      Concordo com vc Anibel, se o Charuto tivesse mandado o Roth embora logo após a derrota contra o Corinthians, o Vasco com técnico novo poderia ganhar do Joinville e Coritiba e até empatar com o Santos, ou seja, ganharia 7 pontos com os 13 teríamos 20 pontos. Teimosia e Burrice não funcionam, por isso deu no que deu.

    • Luiz Afonso

      “PARABENS JOMAR. VOCE FOI O HEROI DO JOGO. Porque se termina empatado ainda correriamos o risco do BURROTH continuar…”

      KKKKKKKKKKKKKK

      Obrigado por me fazer rir nesse momento tão complicado!

  8. Juvenal

    Eu ainda acredito
    mas….depoois de termos conquistado o estranho Titulo de Baixo, agora ordem é se desfazer o mais rapidamente desse incomodo titulo.
    O JOrginho pode ajudar? claro que pode.
    mas todo mudo no Vasco tem que se conscientizar de vez que o maior problema no clube ´´E A FALTA DE GOLS.
    Vejam que absurdo: nos 19 jogos disputados, não conseguiram fazer gol em 12 deles.
    A UNICA SAIDA para que o Vasco realmente continue sendo o Time da Virada, é acertar a pontaria e fazer gols.

  9. BJ

    Ontem no programa a voz do vascaíno Julio Brant comentou sobre a situação do Vasco. Ele parece ter boas idéias sobre administração mas achei ele um tanto perdido sobre assuntos referentes ao clube.
    Acho que está faltando mais organização pra formar uma oposição forte pra 2017.

  10. Claudiane

    Você não acha que o Jorginho deveria pra começo de conversa aproveitar e fazer uma faxina geral em jogadores que não estão sendo aproveitados (vide Diguinho, Caucaia, Ney, etc…), pois assim ele fecharia com esse grupo.

  11. Bubanno

    A ENTREGADA DO OURO DO JOMAR DEVERIA RECEBER MAIOR DESTAQUE, POIS ELE COM SUA JOGADA BISONHA AFUNDOU MAIS AINDA O VASCO.

  12. Pingback: Os culpados | Vasco Expresso

  13. Leon da Cruz

    “Para mim, Eurico Miranda é um dos maiores dirigentes do futebol mundial e para mim está tudo superado.” (Jorginho Aleluia)

  14. Bubanno

    Se fossemos contar com o nosso Mini campeonato antes do fechamento do primeiro turno já estaríamos rebaixados, agora temos a dificil e árdua tarefa de conseguir 10 vitória no difícil 2º turno.

  15. CABELUDO

    Tem que arranjar 30 pontos no segundo turno só isso.

  16. alex-es

    Escalação tem que ser:

    ————-Martin Silva————–
    Madson – Luan – Rodrigo – Cristiano (não tem outro)
    ———–Seymor ————-Diguinho———-
    ———–Andrezinho——-Nenê———-
    ———–Jorge Henrique ——– Riascos (Herrera, Dagoberto)

  17. É…não assisti o jogo pra não passar raiva (fiz certo, pelo jeito…) talvez assista a Copa do Brasil por estar curioso em ver esse Nenê e esse volante jogando…não devem ser piores que o resto do elenco.
    Jorginho…nem sei o que pensar desse cara, espero que dê um gás no time ao menos…

  18. Claudinei

    JC: Minhas ideias estão contempladas em tuas palavras. Pena que a diretoria presunçosa não consegue pensar de maneira profissional. Teremos de esperar mais uns 3 anos. E o que é pior, vejo nas manobras euriquistas uma tentativa de colocar o filho do presidente como o próximo candidato. Daí sim estaremos fritos.

    • Hugo

      Basta não votarmos nele.. Afinal quem elegeu o “DOTO” fomos nós…. , falando em termos de torcida. Não importam os votos individuais meu e seu, contra ele. Agora, mesmo em tão pouco tempo, já está comprovada a incompetência da família, que não cometamos o mesmo erro……

      • Gustavo P.

        Hugo, quem elegeu o Dotô foram os mensaleiros dele, se aproveitando que a torcida do Vasco não se associa ao clube para votar. Foram ridículos 5 mil votantes, sendo 3 mil mensaleiros. No dia que houver 100 mil sócios essa palhaçada acaba na hora. Esse é o grande desafio que temos pela frente e que a oposição precisa focar. Tem que haver uma campanha para que os vascaínos se associem, não pode ser difícil fazer isso! Os esforços tem que ser nesse sentido e se o charuteiro tentar dificultar a adesão de novos sócios tem que meter a justiça no meio!

  19. Thebar Augusto Guedes

    Fico imaginando depois de um trabalho horroroso do Roth, ele leva como prêmio a demissão, vocês perceberam o ar de tranquilidade do Roth na despedida?? Ele disse que a diretoria está certa que o caminho a atitude (de despedi-lo) foi natural etc…Pergunto se ele acredita nisso porque não pediu demissão?? Não preciso responder né gente?? Fico imaginando o DAY AFTER dele, imagino a madrugada um pouco mal dormida pelo fracasso pessoal com a leveza da retirada de um baita peso em suas costas. Seria mais sincero que ele dissesse na entrevista: “GRAÇAS A DEUS QUE FUI DEMITIDO, POIS REALMENTE SOU UM TÉCNICO ULTRAPASSADO TREINANDO UM TIME PROFISSIONAL COM UMA GESTÃO CORONELISTA ANOS 80. PEÇO DESCULPAS A TORCIDA DO VASCO.” Roth ontem mesmo JC, ao contrário de vc, deve ter tido uma tarde maravilhosa na companhia de seus familiares com um belo almoço e seus amigos mais chegados fazendo afagos e dizendo a ele que ele fez o que pôde, que não tem culpa alguma no que aconteceu, Roth deve estar muito feliz pois receberá de qualquer maneira o dinheiro devido do contrato de trabalho, nem que seja na justiça daqui a alguns anos penhorando uma renda nossa, afinal no bendito contrato não consta nenhuma cláusula sobre demissão por justa causa por incompetência e provavelmente algum time desesperado com uma diretoria desesperada o recolocará no mercado de trabalho em breve. Portanto a única preocupação do Roth é saber por quanto tempo esse fiasco afetará a sua carreira. Com certeza Roth ao contrário da torcida do Vasco terá um fim de ano feliz, seja qual for o resultado que vier, mas esse ano parceiro nesse turno nosso desempenho foi hors-concours. Continuo com o sentimento de NÃO PERDOAR O GORDINHO QUE FICOU FRENTE-A-FRENTE COM ROTH E NÃO TATUOU A MÃO NA CARA DELE.

  20. JOSÉ MANÉ (primo do JOÃO BOBÃO da Tijuca)

    O problema de vocês bovinos amarelos é a interpretação de texto (ou de discurso, sei lá)! Quando nosso titio Dotô Orico disse que não jogaria no Maracanã contra as flores, obviamente o que ele quis dizer é que a torcida não deveria ir! Quando disse que ia contratar o Léo Moura era pra dar tranquilidade pros nossos jogadores e desviar um pouco o foco! Quando disse que “rebaixamento” era uma palavra proibida no Vasco quis dizer que se mudaria pra Sibéria! Quando ele diz “vaca” ele claramente quer dizer “cachorro” e assim por diante!

    O respeito voltou (afinal foi isso que nosso titio disse, e quando ele diz alguma coisa é batata)! Agora calem esses MUVgidos bovinos e vamos cantar o hino do Vasco: “CASACA! CASACA! CASACASACASACA!” Porque nosso titio é o Vasco e o Vasco é nosso titio, Dotô Orico Miranda!

  21. Os culpados ?!?!?!

    OS SÓCIOS DO VASCO !!!!

    O VASCO ESTA DO JEITO QUE ELES QUEREM !!

    PORQUE O EURICO TER TRÊS MANDATOS E O ROBERTO DOIS É MUITA CONFIRMAÇÃO DA VONTADE DE FUDER O CLUBE !!!

  22. Nuno

    O técnico que assumir deve estar ciente que seu nome vai estar ligado ao rebaixamento do Vasco e o Jorginho deve ter sido o único que topou segurar esse abacaxi sem tamanho, afinal, deve ser, dentre aqueles cotados para a vaga, o que menos tem a perder. Se o time continuar um lixo, paciência. Agora, se melhorar e obtiver bons resultados, terminando o campeonato de forma digna e sem sofrer novas humilhações, de repente consegue manter o emprego pro ano que vem.

    JC, o seu sentimento se reflete em todos os torcedores do Vasco, como pode ser visto nos comentários. Esses caras que tomaram de assalto a Colina estão destruindo o torcedor. Na mente doente dessa gente, eles acham que estão fazendo o melhor para o clube utilizando um estilo de administração completamente ultrapassado, quando na verdade o estão empurrando para um abismo de onde vai ser muito difícil sair. Não é por acaso que sofremos o terceiro rebaixamento em oito anos.

  23. Thebar Augusto Guedes

    Li por aí que Jorginho será o novo técnico, lembrei que Jorginho saiu do Vasco fulo da vida com Eurico, mas não me lembrava direito o por quê, cacei a matéria e reproduzi abaixo:

    Netvasco – 25/11 – 14:57 – Jorginho compara Vasco ao Afeganistão

    O desumano regime imposto pelo agora decadente governo Talibã, que prima pela mais perversa das ditaduras no mundo, no arrasado Afeganistão, não é uma realidade tão distante dos brasileiros quanto se imagina. Expulso do Vasco, acusado de liderar uma tentativa de greve, a ponto de ter sido demitido por justa causa, o tetracampeão Jorginho resolveu abrir o jogo, para o ATAQUE, e contar o calvário, segundo ele, que foi viver, ao longo de dois anos, em São Januário, sob os rigores da ‘lei do silêncio’ imposta pelo presidente Eurico Miranda, comparado pelo jogador a um talibã.

    “Os jogadores não podem falar. É como se estivessem no Afeganistão, em meio ao regime do Talibã. A sensação que se tem é de estar usando burcas (vestimenta que cobre o corpo da cabeça aos pés, imposta às mulheres afegãs, que são proibidas de falar, estudar, emitir a sua opinião…)”, denunciou, para em seguida resumir o que acontece do lado de dentro dos portões, fechados para imprensa, do clube. “No Vasco, as pessoas não têm respeito ao Eurico. O que elas têm é medo”, retratou o clima de intimidação com o qual o dirigente faz valer suas ordens.

    Sobre a mordaça imposta ao elenco vascaíno, o apoiador revelou como se dá a relação entre patrão e empregado, no Vasco. “O Eurico acha que os jogadores são burros, que não têm capacidade de avaliar bem as perguntas dos repórteres. Por isso, não deixa ninguém falar, tampouco participar de programas de TV, para não dizer besteiras (na verdade, para não falar coisas que o coloquem em situação delicada). Vivemos num País democrático e quero ter liberdade para expressar o meu pensamento”, desabafou, arrependido de não ter se insurgido contra essas condições de trabalho.

    Com um nome, e uma carreira, a zelar, Jorginho até hoje não digeriu a forma como saiu (ou melhor, como foi posto para fora, juntamente com Odvan) do Vasco. “Queriam me mandar embora, pois sabiam que não iriam ter dinheiro para pagar o que me devem. Então, armaram essa história de greve, para me dar uma justa causa. Foi uma molecagem; não é coisa de homem. É atitude de gente baixa”, acusou, referindo-se a Eurico. Tentaram denegrir a minha imagem, mas não conseguiram. Todos sabem quem sou eu e quem é o Eurico. A minha vida é transparente, a dele, não”, emendou.

    O descaso do clube com o veterano jogador rendeu-lhe dois processos. Um na Justiça do Trabalho, em que Jorginho exige o pagamento de R$ 1,7 milhão referente ao que o Vasco lhe deve: cinco meses de salários, FGTS não depositado, 13º salário e férias; e outro na Justiça Cível, em que move ação por perdas e danos morais. A indenização a ser reivindicada pode chegar à casa de R$ 1 milhão. Nas duas causas, é representado pela advogada Gislaine Nunes.

    “Não se atira na lama o nome de um profissional com serviços prestados ao futebol brasileiro. Essa história já foi parar na Alemanha, onde as pessoas podem não saber discernir quem está com a razão”, protestou – Jorginho atuou no futebol alemão.

    Realista, ele não se ilude em receber a curto prazo o que o Vasco lhe deve. “Se o Eurico não pagou à mulher do falecido Clébson, apesar de ela ter implorado, comigo não será diferente”, disparou. Jorginho referiu-se ao ex-jogador do clube, que morreu este ano em acidente de carro.

    Com a indenização da ação por perdas e danos morais, Jorginho planeja abrir um fundo de auxílio aos jogadores que ganham pouco. “Está na hora de criarmos uma associação nacional, para participação nas decisões do futebol. Na Europa é assim”, disse, admitindo, num futuro breve, candidatar-se à presidência do Sindicato dos Atletas Profissionais do Rio, hoje dirigido por Alfredo Sampaio. Aos 37 anos, Jorginho não pensa em aposentadoria, “Quero jogar até os 40 anos”. Ele gostaria de voltar ao Flamengo, clube que o projetou: “Retornei do Japão (atuou no Kashima Antlers) para jogar no Flamengo, mas o Gilmar Rinaldi (superintendente do clube, à época) me vetou”.

    Fonte: O Dia

    É JORGINHO, NADA COMO O DESEMPREGO PARA FAZER A GENTE MUDAR DE IDEIA NÉ?

    • Thebar Augusto Guedes

      P.S. Matéria de O DIA DE 2001

    • Diogo

      Agora eu me pergunto, vale a pena trazer uma pessoa p ser técnico do time, que já não é dos melhores, e que teve desavenças contra o clube?? Será que uma pessoa dessa de má-fé no coração não iria prejudicar o clube??

      • Thebar Augusto Guedes

        Acho que o Jorginho é um cara sério e tem a coisa dele aproveitar uma oportunidade em um time grande, se ele tiver êxito, (se Deus quiser terá), sairá como herói e dará uma virada em sua carreira.

      • Diogo

        Deus te ouça!rs

    • Leon da Cruz

      Boa, Thebar! O mundo dá voltas, não é, camarada?

      Agora imagine se o Jorginho Aleluia, com esse histórico sobre o modo como saiu do Vasco, tivesse sido contratado por qualquer outro presidente… Sapistas/euriquetes estariam vociferando pelos quatro cantos do mundo a contratação de um ex-mulambo, que insultou a instituição Vasco, etc. Mas basta dar uma passada pelos fóruns Vascaínos na internet para descobrir que, para os sapistas/euriquetes, Jorginho Aleluia não apenas foi uma boa escolha, como a melhor do mercado! Segundo eles, mais uma tacada de mestre do doutor sapo!

      • Thebar Augusto Guedes

        Pois é Leon. sinceramente, tô evitando ler o site do casaca porque fico mais estressado.

  24. Alex MS

    “Já que o Gigante terá que se reeguer mais uma vez, que seja a última.”

    O Vasco não se reergueu nas outras vezes, logo, não tem essa de mais uma vez.

    Se reerguer é´mudar, se reinventar, algo que não aconteceu com o Vasco.

    Os exemplos existem, estão perto de nós, o Corinthians foi campeão da Libertadores e Mundial cinco anos após seu rebaixamento, o River Plate caiu há quatro anos, hoje é campeão continental, Atlético MG, mudou depois de sua queda, de “clube monotítulo” ganhou bastante coisas nos últimos anos, mesmo o Palmeiras que não aprendeu após o primeiro rebaixamento se reinventou após o segundo.

    Problema é que quem comandou o Vasco nos últimos 15 anos tem mentalidade fraca, centrada nos primórdios do futebol e não enxerga nada além de bravatas, temo que vai demorar muito para o Gigante despertar. Qual a solução? Só enxergo uma saída no momento, recomeçar, do zero, mas o clube está tão impotente e inerte que não vejo isso acontecer, espero sim muitos outros anos de sofrimento, humilhação e toda sorte de gozações, mesmo daqueles que estão fadados a ficar eternamente na sombra do Club de Regatas Vasco da Gama.

    • carlos

      Caro Alex MS, concordo com vc e na minha visão para recomeçar nosso atual presidente deveria propor nova eleição e se afastar do comando (talvez para Sibéria), dando oportunidades a pessoas novas.

  25. Paulo Sergio de Araujo

    Roth disse que sua saída era “pelo BEM do Vasco”. Infelizmente, o BEM do Vasco não virá com sua saída. O BEM do Vasco só virá com a saída dos INCOMPETENTES que o colocaram ali. O BEM do Vasco ainda vai demorar, porque, como já sabemos, ir para a “Sibéria” é só MAIS UMA MENTIRA. O BEM do Vasco só virá com a saída do “rei sol”, que é “eficiente” apenas nas BRAVATAS INÓCUAS e na TOTAL FALTA DE TRANSPARÊNCIA, CREDIBILIDADE e BOA IMAGEM. O BEM do Vasco só virá com a saída DEFINITIVA dos caras que “dizem” conhecer futebol, mas ficam “tentando montar um time”, no meio da competição mais complicada do planeta. Como ainda temos, pelo menos, mais dois anos e meio “com esta patota cuidando (???) do BEM do Vasco”, não sabemos mais se “ainda haverá Vasco”, a tempo que o BEM aconteça.

  26. Jacir

    Nação Vascaína, boa noite!

    Só nos resta um milagre, ou seja, 10 vitórias. Acorda vascão, vamos sair dessa. Contagem regressiva 10 vitórias para sair desse calvário.

  27. Elizeu Caxias - MA

    JC ontem a torcida do Coxa estava rindo do nosso Vasco com a falta de capacidade do nosso time, nosso time poderia ser um time bom a uns 5 anos atrás..hj estão cansados..todo comentarista fala da mescla de experientes e jovens jogadores, mas os nossos já estão em fim de carreira..o pior que a base está muito mal também..Que Deus nos Ajude!

  28. Leon da Cruz

    Agora só resta saber o tamanho da humilhação. Estamos brigando para não terminarmos o campeonato na lanterna.

    E agora vem Jorginho… Jorginho sempre foi uma das paixões mulambas do doutor sapo. Não sossegou enquanto não o trouxe como jogador para o Vasco, mesmo quando já estava velho e decadente. Portanto, não é nenhuma novidade ele ser contratado agora como técnico. Ainda com o aval do baixinho…

    • Thiago Braga

      Boa noite Vascainos!
      Eu sempre disse e repito, nao há duvidas que o Eurico é o maior torcedor do flamengo q ja existiu…Zico? Fichinha!!

      Beto, Petkovic, edilson, FABIO BAIANO(VEJAM VCS, ATE ELE Vestiu nossa camisa), JR BAIANO…..e tantos outros!! Jorginho é bobagem…..

      Vela preta ao Eurico!! Velho vagabundo, ladrao e safado!

  29. LUIS CLAUDIO

    REPROVADO
    Essa deveria ser o título desta coluna de hoje, para acompanhar o dever de casa.
    Sinceramente já havia entregue os pontos a tempos mas sinceramente, a derrota de ontem foi de destruir qualquer coração vascaíno.
    So espero que os sócios do Vasco que votaram no Eurico estejas satisfeitos com a situação que nos encontramos.O que adianta fazer um teto salarial e não conseguir contratar jogadores minimamente em condições de jogar ( Vide Diguinho, Eder Luiz, etc). Queimando o dinheiro do clube e acho em acordo com esses empresários parasitas que a muito rondam o Vasco jogando suas bombas para faturar algum acho eu em coloio com os dirigentes.Não acho possível uma pessoa com o mínimo de inteligencia que achasse que essas bombas contratadas iriam resolver.
    Vamos a segundona…..E se não renovar totalmente o time não saímos tão cedo. Já passamos sufoco na última vez. Será que vão repetir o erro?

    • Gilmar

      Pra pegar o gancho de teto salarial aqui…

      O Grêmio fez uma devassa no plantel e encheu o time de garotos da base. Fizeram até contrato de produtividade com o Douglas gordo.

      Resultado: Estão em terceiro e brigando pelo título.

      Porque não dá pra fazer a mesma coisa no Vasco?

  30. Adalberto

    O mais imprecionante de acreditar, eh que sai o Roth e vem Jorginho ? O que faz alguém pensar que ele vai fazer algo diferente do Roth ? Se for pra apostar, melgor o Guto Ferreira que já montou times com bom futebol com elencos limitados.

    • alex-es

      O jorginho vai converter todos os jogadores em monstros mitológicos e o Vasco vai vencer todos os jogos daqui pra frente, Aleluia irmão.,

      • Adalberto

        E o Jorginho eh conhecido por entregar jogador… como o Roth fez. Vamos torcer , mas difícil amigo.

      • Adalberto

        E sua observação eh importante JC. Um absurdo a forma com o Roth foi demitido. O problema maior eh a confusão que as pessoas fazem misturando a imagem desse cidadão com o Vasco.

      • Rodrigo

        Alex,meu medo e´ele fazer um culto antes das partidas.O Eurico pirou de vez..Brincadeiras a parte nao acho que o Jorginho ira dar jeito no Vasco.Mas vai saber.O Dorival Junior,que ultimamente,ja rodou por tudo quanto é clube,sem ganhar nada,tirou o Santos da rabeira.O tecnico dos florzinhas tambem.foi demitido 4 vezes,so este ano,e agora esta entre os 4 primeiros.O Petkovic ficou 12 jogos sem perder com o Criciuma,sem nunca ter treinado uma equipe profissional.O SPORT está brigando na ponta da tabela com um tecnico desconhecido e com alguns cruzmaltinos renegados.O Roger do Gremio.pegou o Gremio,do Felipao,em frangalhos,e já está na ponta da tabela.Ate o nosso rejeitado PC Gusmao esta se dando bem em Joinville.
        Só nos resta torcer para que o Jorginho tenha a mesma sorte e competencia dos acima citados.

  31. BJ

    Como o nosso presente é de desgraça, podemos pelo menos, planejar o futuro.
    Hoje tem entrevista de Julio Brant no programa a voz do vascaino no youtube. Segue o link aqui se vc puder divulgar, JC.

    https://www.youtube.com/channel/UCTWQHdHZyFENYbKJN6LpGsg

  32. Beto

    Estão matando a alegria de milhões de pessoas, estão matando o Vasco.
    E concordo com a observação sobre a completa deselegância com o Roth. Não acho o cara bom técnico, nem deveria ter assumido o Vasco, mas a forma como foi dito “Celso está fora do Vasco”, e fim da entrevista, não é a forma correta de publicamente tratar as coisas. Chega e diz: Optamos por uma mudança de comando, agradecemos ao profissional que foi dedicado, mais uma coisa e encerra.

    • Rodrigo

      Beto,tem um ditado que nao falha nunca:Aqui se faz aqui se paga.O Roth,num passado nao muito distante,deixou o Vasco na mao e foi para o Internacional.Ora ele tinha um contrato vigente com o Vasco.Mas ate ai tudo bem.O que ele falou na saida,eu pensei que o portao de Sao Januario jamais se abriria pra ele novamente.Mas o Eurico,que parece que ja ta gagá,contrata um treinador que ao deixar o Vasco cospe no prato que comeu.Elogiou o Inter e criticou o Vasco,colocando o clube num segundo plano.
      Esses treinadores,a maioria sao tudo mala.Na hora de sair do clube nao pensam no clube,mas na hora que sao demitidos se acham injustiçados.
      O Joel Santana reclamou na midia que a forma que saiu do Vasco nao foi a correta.Logo ele……deixou a mulambada na mao as vesperas de um jogo importante pela Libertadores e foi pro exterior.

      • Beto

        Rodrigo, também acho que o Roth nem deveria ter vindo e não esqueci o episódio da saída dele para o Inter, corretamente lembrado por você. Entretanto, já que essa diretoria optou por trazê-lo, acho que poderia demiti-lo de forma mais elegante.
        O vice de futebol, com a entonação das palavras e da forma que fez , “o treinador está fora” , também parece querer imputar ao treinador uma culpa ainda maior do que a que ele efetivamente tem. A culpa principal é da diretoria, que trouxe o próprio Roth, e essa não “está fora”.
        Mas respeito e entendo sua opinião, Rodrigo, lembrando episódios em que alguns desses profissionais também derrapam com as palavras. Saudações vascaínas ao amigo!

      • Beto

        Complementando: diretoria que trouxe o próprio Roth, e, principalmente, montou esse elenco envelhecido e no decorrer da competição.

  33. Carlos Queiroz

    Lamentável, como nas outras oportunidades em que foi rebaixado, o Vasco não consegue vencer os concorrentes diretos, assim não tem argumento pra acreditar em possível reação. Ganhamos um carioca e o fanfarrão acordou, começou a vomitar bravatas e ferrou com o time, que era muito fraco, mas tinha condições de ganhar de Goiás, Figueirense, Avaí, Chapecoense, Ponte Preta, Joinville, Coritiba e beliscar empates nos.jogos contra os grandes. Teve azar de pegar os emergentes Ponte, Chapecoense, Atlético PR e Sport, nas melhores fases, entrou em parafuso, se precipitou e fez essa vergonha de csmpanha. E preciso dizer que após o título o elenco também se encheu de marra, acreditando nas bravatas e que a qualquer momento mudaria a situação, quebraram a cara. Por fim venha que vier estamos nos braços da sorte. Eu dispensaria ou afastaria jogadores como Dagoberto, Herrera, Júlio dos santos, Madson, Cristiano, Giinhazu, Júlio César, Lucas, Charles, Diguinho e contrataria um técnico com um projeto pra treinar o time na série b, é isso.

  34. Lilian

    Sinceramente, minha camisa foi guardada desde que esse cidadão voltou à presidência.
    Amo o Vasco, mas morro de vergonha de ter esse ser do mal como presidente do meu clube querido.
    Só bobo acreditou na esparrela de que “o respeito voltou”. Como poderia o respeito voltar através da pessoa que diariamente desrespeita e joga lama no CRVG?
    Triste ver o isso é não poder fazer nada, triste ter que assistir essas pessoas mancharem a história do Vasco, revoltante ter que assistir esses imbecís apequenarem o Gigante.
    Qual a saída JC?
    Grande abraço e até o próximo post.

  35. Gustavo P.

    Tudo o que for feito a partir de agora precisa ter dois objetivos: terminar o campeonato de forma digna e planejar 2016 na série B. Se realmente fecharam com o Oswaldo, que deem tempo pra ele montar um time, montar uma base já pensando no ano que vem.

    • Beto

      Se o Oswaldo viesse seria uma boa, até já pensando no clube em 2016, no planejamento. Confio mais na competência dele indicando reforços que no Angioni. Mas seria uma contratação acima da média dessa gestão,ainda mais nesse cenário caótico. Parece que vem Jorginho por aí, amigo do Romário, a cara dessa “administração”. Eles continuam administrando o clube da mesma forma, mesmo tudo dando errado.

  36. Felipedagama

    JC Barbosa, também estou nessa Rebordosa depois do jogo, mas a vida é assim principalmente quando algumas decisões não estão em nosso poder.Se esses irresponsáveis que dirigiram e os atuais que dirigem o Vasco sentissem a dor que é ver o Vasco nessa situação nunca,mas nunca pisariam em São Januário.

  37. Jânio

    Prezado Julio,

    Acompanho seus comentários há anos. Parabéns pela lucidez com a qual sempre analisa o time e a política do nosso Vasco nos últimos anos. Realmente tem sido lamentável conviver com tamanha pequenez e mediocridade gerencial. Tenho certeza de que nenhum vascaíno que tenha ao menos visto o Vasco de 97/98 jogar e ganhar títulos importantes imaginaria que após quase duas décadas chegaríamos a um estado tão deplorável. No entanto, a situação está posta e temos que enfrentá-la. E em seu enfrentamento, sinceramente, prefiro assumir a postura realista. JÁ ESTAMOS NA SÉRIE B NO ANO DE 2016! Pensar assim, ao meu ver, é melhor do que sofrer tentando reverter algo de forma inglória ou quase inútil. Penso que deveríamos cobrar da atual diretoria, desde agora, a tomada de providências imediatas para o próximo ano, não esperando permanecer na divisão de elite do futebol, mas sim visando o quanto antes a segunda divisão e a reformulação do elenco. Não deu. A realidade é dura, mas é inafastável. Paremos de prometer o que não iremos realizar e comecemos a nos preparar (com técnico, elenco e projeto definidos) para os campeonatos de 2016. É melhor pensarmos assim a ficarmos na expectativa de fugirmos dessa situação, atrasando as decisões que precisam ser tomadas para mais um ano de dificuldades que enfrentaremos em breve…

  38. Gui gerardt

    Pensei q era só eu q estava assim nessa negação,estou assim desde a derrota para o são Paulo ,falei pros amigos q estava de luto,sai das páginas do Vasco no face,só acompanho o seu blog. Só vou voltar a acompanhar o Vasco dia e noite quando o Eurico sair,destruiu o Vasco… Esperava uma derrota ontem,mais aquele amor sempre faz a gente ainda ter esperança na vitória…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s