Acordando para a realidade

rafaelA torcida do Vasco precisou acordar mais cedo nesse domingo para ver seu time em campo. E estávamos todos lá, 11 da madrugada, diante de TVs, monitores ou, para quem teve a oportunidade, nas arquibancadas do Orlando Scarpelli assistindo ao confronto contra o Figueirense. E o que vimos foi nosso time entrar em campo para um primeiro tempo ligado e terminar a partida aparentando tamanho cansaço que parecia precisar de uma cama imediatamente.

Entre os altos e baixos do 0 a 0 com o Figueira, quem resumiu nossa situação e acordou a torcida para o que realmente vivemos no Brasileirão foi o Dagoberto: “’Nossa realidade não é título algum.

Antes da torcida ficar ofendidinha, seria mais prático agradecer ao Dagol pela chacoalhada. Precisamos nos conscientizar que o que ele disse nada mais é que a dura realidade que temos hoje. O time que temos é esforçado, tem alguns valores e mostrou superação para ser campeão estadual. No Brasileiro a história é completamente diferente. E só quem quer se iludir muito desconhece esse fato.

A partida contra o Figueira deixou isso bem claro: quando jogamos bem, parece que estamos no limite das nossas capacidades. E se as coisas não dão certo, se não temos um pouquinho a mais de sorte, não conseguimos nossos objetivos mesmo quando acertamos mais que erramos. Assim foi o primeiro tempo do jogo, quando aproveitamos bem os espaços dados pelo adversário e conseguimos jogar com velocidade e inteligência. Criamos, inclusive, um bom números de jogadas ofensivas que renderam chances de gol, fugindo da rotina da “bolaparadadependência”. Mas aí, quem falhou foi nosso ataque, que normalmente recebe poucas bolas e quando as tem em bom número, desperdiça chances. Rafael Silva e Gilberto estiveram de cara para o gol, precisando apenas arrematar com qualidade para marcar. O primeiro teve três chances: cabeceou uma em cima do goleiro, isolou outra e chutou fraco na última; o segundo também colocou uma bola relativamente fácil na direção do goleiro, facilitando sua defesa.~Nossa  única boa chance no primeiro tempo em que o goleiro adversário teve mérito e que não contou com a ajuda das finalizações ruins dos nossos atacantes foi em um chute de Dagoberto, espalmado com precisão pelo André Muralha.

Já o segundo tempo foi a vez do nosso sistema defensivo falhar constantemente. Vale falar da contribuição do Doriva nisso, que não conseguiu consertar o enorme espaço entre os volantes e meias desde o primeiro tempo, o que fazia com que nossa marcação chamasse o Figueirense para o nosso campo. As alterações feitas pelo treinador também não surtiram qualquer efeito positivo, pelo contrário: Bernardo não foi nem de perto tão presente como foi Rafael Silva, Lucas não resolveu o problema de cobertura às subidas do Christianno e Jhon Cley, entrando no lugar do Julio dos Santos não teve tempo nem capacidade para levar o time à frente. Manter Dagoberto, evidentemente o mais cansado em um time que já andava em campo, até o fim da partida foi outro erro de Doriva.

Com isso, passamos a etapa final pedindo para sofrermos gols, ou por falhas de cobertura pela esquerda ou por erros individuais dos marcadores, com destaque para o Rodrigo, irreconhecível. Não fosse Martin Silva manter seu nível de excelência e, temos que admitir, a incapacidade ofensiva dos anfitriões, e nem o empate teríamos conseguido.

Com esse empate, o segundo contra adversários que provavelmente terão tantos problemas quanto o próprio Vasco na competição, terminamos a rodada na 14ª colocação. É muito cedo para qualquer tipo de desespero ou previsão pessimista, mas já está em tempo do time mostrar à torcida que temos motivos para confiar. Eurico Miranda garantiu, em um programa de TV na noite de sábado, que o Vasco não passará sufoco e que “com certeza” não será um mero participante do Campeonato. Pela nossa posição na tabela e pelo que jogamos nessas duas rodadas, Dagoberto fez uma analise muito mais próxima do que realmente acontece do que o presidente do clube.

As atuações…

Martín Silva – pelo menos duas grandes defesas, uma em cada tempo, que garantiram o empate em Florianópolis.

Madson – com menos de dois minutos de jogo, acertou um belo cruzamento para Rafael Silva. Mas depois desse raro acerto, errou tudo o que tentou: não conseguiu ser minimamente efetivo no apoio e na defesa se enrolou diversas vezes. Foi talvez sua pior atuação pelo clube.

Luan – bem no combate direto, mas o que errou de passes nas saídas de bola foi uma grandeza.

Rodrigo – definitivamente não era seu dia: erros de posicionamento, perda de bolas fáceis e até chapéu dentro da área tomou. Poderíamos ter sofrido uns dois ou três gols depois de falhas individuais suas.

Christianno – um jogo em que nosso valente lateral esquerdo é um dos melhores do time não poderia acabar bem. Tirando a constante pavimentação e recapeamento da avenida que leva seu nome pela esquerda – o que nem é culpa exclusiva dele – o rapaz foi muito bem no apoio, acertando não um, mas DOIS cruzamentos muito bons e finalizando uma vez com perigo em chute de fora da área.

Guiñazu – teve trabalho para cobrir os buracos no meio e pareceu se irritar com o time no segundo tempo, tanto que voltou a ser o Guiñazú de raiz em alguns momentos, errando passes e fazendo faltas mais duras.

Serginho – gosta tanto de roubar bolas que faz questão de devolvê-las aos adversários só para roubá-las de novo. Ou seja: o que tem de positivo no combate é desperdiçado ao errar pencas de passes. Falhou diversas vezes na cobertura dos laterais. Lucas entrou em seu lugar e não melhorou muito o nível do sistema defensivo. Fez uma finalização de cabeça com relativo perigo.

Júlio dos Santos – é o único do time que parece compreender o conceito de “virada de jogo”. Mas fora isso não acrescentou muito na criação e nem foi eficiente na marcação. Cansou e deu lugar ao Jhon Cley, mas com pouco mais de cinco minutos para fazer alguma coisa, não chegou a aparecer.

Dagoberto – tem qualidade para dar passes de primeira, coisa rara no time, e enquanto tem gás ajuda o time a ir ao ataque. Quando cansa, se arrasta em campo e não consegue fazer muito mais além de faltas bobas. Acertou um belo chute no primeiro tempo, obrigando o goleiro adversário a fazer grande defesa.

Rafael Silva – foi o jogador mais perigoso do time enquanto esteve em campo, mas desperdiçou três chances claras para marcar, o que é inaceitável para qualquer atacante que queira ser titular de um time como o Vasco. Bernardo entrou em seu lugar e, como na maioria das vezes, não ajudou em nada o time.

Gilberto – é esforçado, se posiciona bem e quando vê que a bola não chega, procura os lances por ele mesmo. Mas pelo segundo jogo seguido perde um gol feito na cara do goleiro.

***

Como toda segunda-feira, publiquei uma coluna também no Vasco Expresso. Clica aí e dê uma conferida.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

42 Comentários

Arquivado em Atuações, Resenhas, Vídeos

42 Respostas para “Acordando para a realidade

  1. adamor ribeiro

    Caro J.C. Boa noite.Júlio,não é só o Vasco que vai ter problemas com times considerado pequenos.O Corinthians que já começa a ser considerado o favorito pela mídia suja,só venceu a Chapecoense,porquêr a bola desviou em outro jogador,caso contrário,o jogo seria 0x0,igual ao do Vasco,com a diferencia que o Vasco jogou fora, os gambás dentro de casa.é isso que tem de ser observado.Ou você acha que só o Vasco vai tropeçar diante dos considerados pequenos.Eu continuo afirmando; O campeonato brasileiro está nivelado,já assistir varias partidas de outros times.Não vejo nenhum jogando esse grande futebol.abarço

  2. JC – Por distração coloquei o comentário acima nesta pag do blog. É possível transferi-lo para o Vasco Expresso onde está o foco da questão? Obgdo.

  3. JC e Galera – Era de se esperar que este assunto viesse à baila, mais cedo ou mais tarde. Mas eu, particularmente, não acreditava que viesse tão cedo, enquanto ainda estão vivos na lembrança os entusiásticos gritos da torcida pela conquista do Campeonato Estadual. Mas, talvez por isso, veio.
    O campeonato foi conquistado pela Comissão Técnica e os jogadores, e com o auxílio, em massa, da torcida. Os jogadores, com o suor da camisa; a Comissão Técnica com o trabalho dedicado, para, inclusive, contornar as deficiências técnicas que o plantel apresentava e ainda apresenta. E a Galera com a força mental e material que
    envolveu os que estavam em campo lutando pela vitória.
    Mas eis que surgem, de súbito, membros do Conselho Deliberativo querendo “premiar” o atual presidente com o “per…dão” da dívida que sua (dele) intemperança ocasionou ao VASCO, perante o Judiciário, em sua triste gestão anterior.
    Eu, pessoalmente, considero um desrespeito e afronta aos vascaínos autênticos, que depositaram, e provavelmente ainda depositam, seu suado real (R$) para cobrir as dívidas do clube (Projeto Dívida Zero), bem como aos da torcida que igualmente tiraram do seu bolso suados reais (R$) para a reforma do Ginásio de São Januário.
    Se os membros do Conselho Deliberativo acham que o presidente merece o “per…dão” da dívida, reconhecida juridicamente, então por quê não se reúnem e quitam-na. com seu próprio dinheiro, em prestações mensais, à combinar, durante estes 3 anos da vigência da atual presidência, conforme já sugerido pelo Sr. Alan Belaciano, um dos fundadores da chapa “Sempre Vasco”, nas últimas eleições.
    E assim darão um exemplo de fidelidade ao atual presidente, e de hombridade e seriedade à toda a família e torcida vascaínas.
    A se concretizar pura e simplesmente o “per…dão” o VASCO terá, daqui até o fim do mandato atual, um prejuízo mensal de R$97.774,20 (ou mais), representado pelo hipotético salário pago ao presidente atual durante esta sua gestão de 3 anos.
    Mas é bom lembrar aos Conselheiros, que a repercussão
    desse “per…dão” trará prejuízos morais e financeiros à própria administração atual, com o descredito, interno e externo, e a perda do tão apregoado ‘RESPEITO’.
    É hora de uma profunda reflexão, até mesmo porque estamos “acordando para a realidade.”

  4. Leon da Cruz

    O time atual, na verdade, se assemelha muito a vários montados pelo Eurico entre 2001 e 2008. Um ou dois jogadores realmente talentosos (no time atual, Martin Silva e Dagoberto) e o resto uns muito mais ou menos, outros abaixo da crítica. E vários desses times do Eurico passaram sufoco no Brasileirão. Com o atual não será muito diferente. Eu até acho que não cai para a série B com o que temos no momento, mas sufoco vai passar.

  5. ODILON .C SLVA - RJ

    Conforme prometemos, estamos pegando leve, bem leve com a gestão EURIQUISTA jamais faremos a maldade daquela oposição cega, inconstrutiva que alguns euroquistas fizeram. Antes tudo cobravam cegamente, ficava grupinho variando, xingando os jogadores em São janu, se antes tivesse um começo ruim de campeonato como agora, na certa já estariam dando estilique em alguns peça sacos europeístas. Mais temos que aguardar, ainda estão cuidando da piscina, do ginásio, limpando merda da social, isso é o mais difícil.

  6. ODILON .C SLVA - RJ

    Outra coisa anormal que assola esse clube, enquanto o Palmeiras deve grana ao seu presidente, pelas bandas de São janu é justamente o contrário, o presidente que deve três milhões ao Vasco, vai entender gente.

  7. Atencao torcida :
    ” DISTRIBUICAO DE CALCULADORAS COMECA NESSA QUARTA FEIRA EM DIVERSOS PONTOS DA CIDADE ! ”
    ” Cade o Campeao esse time eh um caga … “

  8. adamor ribeiro

    Caro J.C Boa noite O Vasco fez um bom primeiro tempo,poderia ter saido vencedor.No segundo o Figueira foi melhor.Acho que o empate ficou de bom tamanho para as duas equipes. Tenho acompanhado algumas partidas,e sinceramente,não vejo nenhum bicho papão nesse brasileiro,talvez tenha uns 4 times,acima do Vasco,o resto é tudo japonês. Hoje ninguém em sã conciência tem condições de apontar,quem vai ser campeão,ou vai ser rebaixado,ou ainda vai pra libertadores.Portanto vamos aguardar,o campeonato está no início muita água ainda vai rolar debaixo da ponte.abraço

  9. alex-es

    kkkk O blogueiro lá do GE ainda está no Dia das Mães. rsrsr

  10. Que jogo fraco , o primeiro tempo , foi ate bom para o Vasco , mais o segundo tempo muito fraco , o time não teve um bom momento , Eu acho que o Doriva deveria testar o Mateus Indio na Meia , ele tecnicamente e um bom jogador, mais precisa ser testado.Saudaçoes Vascaínas.

  11. chris

    Gostaria de pedir duas coisas.
    Torcida, pelo amor de deus parem de pedir pelo Bernardo no segundo tempo.
    Bernardo, compre um celular melhor para gravar seus vídeos.

  12. Juvenal

    Estranho Dloriva
    Achei muito estranho quando ele falou depois do jogo de ontem que faltou apenas um pequeno detalhe – o gol.
    Cara, o GOL é O DETALHE. Pois sem gol não se ganha jogo. Não adianta ele falar que o time está co sistente etc e tal, se não consegue fazer gol.
    Mas TREINAR PONTARIA, que é bom, ninguem liga!

  13. Washington

    Marcinho, Dagoberto, Bernardo, Montoya, Jonh Clay, em fim vários meias já foram testados, não seria hora de dar umachance ao Matheus Índio no lugar destes… ou então que contrate um…

  14. Zilio eterno Vascaíno

    JC, sobre o Serginho, velho, sua colocação foi de precisão cirúrgica, ainda que engraçada!!
    O time é limitado SIM, tava morrendo no final SIM, diretoria e nós devemos nos preocupar com o desempenho SIM, o jogo de ontem dava pra ter sido ganho SIM, o Vasco jogou melhor SIM. Não é pior que os outros de jeito nenhum.
    Esse Christianno é um mala, ontem foi O dia dele ou tudo é impressão minha? Ontem resolveu jogar, se movimentou. Acho que se eu fosse o Doriva daria um banco pra ele largar de ser babaca e aprender a se portar como homem!! E daria uma dura nele, pois, se está alí, é pra jogar, faça valer seu salário!!
    Gilberto tem que caprichar mais, atacante tem que fazer gols e PONTO. Rafael Silva também tem que melhorar a finalização e acabar de vez com o Bernardo, que não ajuda em absolutamente NADA. Time bom é time que ganha, não basta jogar bem, tem que ganhar, pois não importa ser o melhor, importa VENCER, é com esse pensamento que o Vascão tem que entrar em campo e impor seu futebol, trazendo as glórias de volta!!
    Saudações Vascaínas!!

  15. Paulo Sergio de Araujo

    Uma vez “finado” (em TODOS os sentidos) o RIDÍCULO torneiozinho regional da nossa federação DE VÁRZEA, sabíamos, TODOS os que honram seus próprios neurônios, que o mais provável seriam MUITAS resmungações, ao final de cada rodada dos torneios de REAL IMPORTÂNCIA.
    O elenco “REMONTADO” durante o torneiozinho de “conto de fadas” (porque o elenco contratado inicialmente, nem para a merda do regional servia), não seria capaz de encarar qualquer COMPETIÇÃO DE VERDADE, qualquer competição de “GENTE GRANDE”.
    Competições, estas, em que éramos PROTAGONISTAS, quando o VERDADEIRO RESPEITO, construído por presidentes VERDADEIRAMENTE COMPETENTES, habitava a colina histórica.
    Se específicas contratações qualificadas não ocorrerem, com urgência, vivenciaremos mais um longo e tenebroso inverno.
    E, como fora da esfera regional a nova/VELHA diretoria “não apita”, não haverá BRAVATA capaz de impedir nossas desventuras.

  16. Carlos Queiroz

    Tava olhando os campeonatos anteriores e vi o prejuízo que empates contra o Bahia, Figueiroense, Atlético/GO e uma derrota desastrosa para o América/MG causaram em 2011.

    Em 2013, empatamos novamente com a Ponte em casa com Juninho perdendo penal, perdemos do SP, Goiás, Vitória, Grêmio (com o cris entregando tudo), empatamos com os reservas do Botafogo, empatar em casa com o Atlético, entre outras derrotas esdruxulas fora de casa pra Criciúma, Portuguesa e Ponte, no final apenas uma vitória a mais nos salvaria. Assim cada ponto é crucial para o bem e para o mal, certamente esses 4 pontos que já deixamos no caminho farão falta.

  17. Juvenal

    A REALIDADE É ESSA MESMA – tá feia a coisa!
    Pelo menos um jogador conseguiu detectar a triste realidade do Vasco no momento. O Dago disse tudo.
    Mas não adianta xingar esse ou aquele jogador, ou o técnico ou o Charutão. A unica coisa que vai adiantar de verdade é torcer para que os jogadores ACERTEM A PONTARIA. Esse Vicio da Falta De Pontaria é antigo e é o maior problema da equipe. E já faz tempo!!! Não adianta esquema tatico A,B ou C se a pontaria não funciona. Ontem vimos +1x o eterno vicio da dupla: PELA LINHA DE FUNDO ou ENCIMA DO GOLEIRO.
    Uns e outros podem até argumentar que o Vasco está invicto há pelo menos 6 jogos. E daí? Fazer 1 gol nos ultimos 270 minutos é UMA VERGONHA. Desse jeito não vamos chegar a lugar nenhum.
    E nesta semana teremos mais 2 jogos em casa. Tá na hora do time ACERTAR A PONTARIA e ganhar os jogos.

  18. CLAUDIO / ILHA

    Não acho cedo para preocupações.
    Somos muito bem escaldados para sabermos que esse campeonato de pontos corridos “começa na primeira rodada”.
    E para times “sem caixa e lastro” como o nosso, cada ponto é valiosíssimo. Principalmente diante de adversários como os que encaramos até agora.

  19. Beto

    “A partida contra o Figueira deixou isso bem claro: quando jogamos bem, parece que estamos no limite das nossas capacidades.”
    Exatamente, JC, fiquei com a impressão que o Vasco jogou tudo que pode, no seu limite no primeiro tempo (bom para o padrão desse time do Vasco), limite inclusive físico. Como jogou no limite físico, até pra compensar as claras limitações técnicas, morreu feio demais no segundo tempo, pediu pra perder o jogo na segunda etapa com falhas claríssimas de todo o sistema defensivo que não voltava mais com velocidade. Rodrigo falhou nesses lances que você citou.
    Rafael Silva se movimentou bem, mas falhou nas finalizações, Gilberto também teve uma chance e não fez. E atacante vive de gols, precisam definir com mais qualidade. Mas boa movimentação na primeira etapa.
    Pra mim, destaque negativo, concordo com sua análise, esse irritante Serginho, que erra tudo, não proteger uma bola e erra passes em profusão. Além dele, o Madson precisa definir o que quer da vida, conseguiu ser muito inferior ao Cristiano, o que é uma proeza. Ruim no apoio (só acertou aquele cruzamento mesmo) e mal na defesa, onde até na corrida perdeu bola para atacantes do figueirense. O Bernardo voltou a ser o de sempre, péssimo, gordo, acrescentou nada.
    Sobre o Dagoberto é aquilo, quando a bola chega nele ele mostra qualidade, mas só isso é pouco pra ser o principal armador do time. Falta dinamismo para, em mais participações, chamar o jogo, porque ele não tem capacidade física pra ser o pulmão, o motor organizador de um time. Ele joga com participações pontuais no jogo, quase sempre boas participações enquanto tem pernas, mas isso é pouco para essa posição e nesse cenário de carestia técnica do time do Vasco atual. Os dois jogadores de maior qualidade técnica no meio campo precisam aparecer mais, ele, Dagoberto, e o Julio dos Santos, inclusive pra fazer gols.

  20. Diogo

    A sua análise sobre o Serginho foi hilária!!huahuahuauh

  21. Gustavo P.

    Gostei do primeiro tempo, mas o time não teve competência de fazer o gol. Cristiano realmente deve ter sido o único do time que conseguiu dormir cedo no sábado e acordou com disposição domingo. Até acertou 2 cruzamentos, mas agora só em 2017, a cota desse ano e do próximo ele gastou ontem….. Rodrigo parado em campo, o Serginho não acerta passes de meio metro, a explicação deve ser a que você deu mesmo, ele gosta tanto de roubar bolas que devolve em seguida pra roubar de novo! E o Bernardo? Pelo amor de Deus, parecia que tinha acabado de acordar e nem sabia aonde estava…

    Precisamos contratar, mas o Riasco que li que havia interesse não é a solução. Um volante de mais qualidade, o Dagoberto entrando em forma, Julio Cesar na esquerda. Perdemos 4 pontos já, para times considerados mais fáceis. Sábado que vem teremos um misto do Inter e é mais um jogo que o Vasco precisa ganhar e se aproveitar da situação. Ainda não estou preocupado, AINDA…..

    Sobre as declarações do Dagoberto. Ele tem razão, mas não acho que deva dar declarações pra imprensa sobre isso, poderia conversar internamente com o grupo. Sabem como é, tudo que é dito a Flapress usa contra nós.

  22. SNIPER

    Muito estranho a falta de condicionamento no segundo tempo. Já estamos próximo do meio do ano, não se justifica, ainda mais que os adversários estão voando baixo.
    Li que o Vasco está próximo de contratar mais um atacante, mas ninguém fala de meia, que é o que mais precisamos no momento.

  23. ronaldo

    JC, eu tenho um frio na espinha toda vez que o repórter diz wue a torcida perde o Bernardo.
    Não é um pedido meu, quando tô em casa e não é possível que a torcida não perceba que aquele Bernardo da parte final do Brasileirão de 2011 jamais voltou a aparecer na colina. Nem faltas ele tem batido bem.
    Invariavelmente quando ele entra não arma e nem ataca e o Vasco perde o meio de campo.
    Me irrita essa Bernardo dependência no segundo tempo que não vi dar frutos este ano.
    Não podemos viver eternamente com a esperança do talismã de 2011 ressuscitar agora.

    • ronaldo

      perde não. Pede.

    • Zilio eterno Vascaíno

      Fala!! Cara, tenho a mesma impressão. Bernardo ou não ajuda ou atrapalha. A torcida, ao pedir a entrada desse mentecapto, ou simplesmente quer vê-lo em campo ou não têm acompanhado o Trem Bala. Rafael Silva não é um primor, mas é muito mais aplicado, vai pra cima, briga. Precisa de uma lapidação, mas não é menos jogador que Bernardo HOJE.

  24. Cara achei que após o segundo jogo contra o Rio Branco o John Clay iria aparecer no Vasco, no que vi, jogou bem, mas o Doriva não coloca o cara e quando coloca ele não rendeu mais, apesar que jogar 20 a 30 minutos não é jogar, gostaria de ver o Julio dos Santos jogando mais perto da área, para dar o último toque, mas ai perdemos a saida de bola, já que é o único que sabe sair jogando no nosso meio.

    Bernardo já foi o que tinha que dar, tá na hora de vender ou emprestar, encerrar contrato, é de uma raiva ver esse cara com a nossa camisa, nunca fui um torcedor apaixonado por ele, apesar de torcer pela aquisição dele em 2012, pois jogou muito em 2011, mas se soubesse o tanto de merda e o rendimento dele, juro por Deus que ia pedir para comprar o Marcio Careca no lugar dele.

    Precisamos de um meia urgente, para semana passada na estréia.

  25. Claudio Faria

    “Serginho – gosta tanto de roubar bolas que faz questão de devolvê-las aos adversários só para roubá-las de novo. ” Só isso para fazer eu rir diante da triste atuação do Vasco.

    O Eurico deve estar pensando que tem algum poder superior para manter o Vasco na primeira divisão mesmo sem ter elenco para isso, apenas com a foça de sua vontade. E veja bem, ele promete não só a manutenção, como “não passar sufoco”. É um falastrão irresponsável mesmo.

    O time é ridículo, sempre foi, e venceu um campeonato também ridículo. Infelizmente muita gente continua se iludindo com isso, mesmo com os anos provando que os regionais não são parâmetros para nada. Não bastasse o elenco fuleiro, a manutenção de um Serginho é incompreensível. Os badalados garotos que subiram agora, não têm potencial para barrar um bosta desses? Se a resposta for não é melhor desistirem do futebol.

    É fazer as contas para não cair.

  26. Carlos Queiroz

    Bom dia JC, Doriva arrumou a defesa do vasco, muito bem! Mas vale lembrá-lo que o brasileirão não é mata-mata, precisaremos de muito mais. Acho que de todos os jogadores à disposição, vamos acabar chegando nos 3 volantes, com Julio dos santos na criação e Dagoberto e Gilberto no ataque. Ontem comecei a secar todos os outros, temos de torcer muito pra que 4 sejam piores que nós, pelo que vi não vai ser tão dificil assim, as Flores vão penar, tem Avaí, Chapecoense, Figueira, Flamerda sem apito amigo, joinville, a concorrência vai ser dura.
    E parece que Diego Souza, resolveu que vai jogar esse ano, que pena, não ter 250 mil pra pagá-lo. Opa mas pagamos salários de Montoya, Vitor Bolt, Sandro Silva, Nei, Bernardo, Marcinho, e outros tantos, como assim?
    JC vc lembra a primeira partida do Montoya em 2013 contra o Santos, na vila, enganou legal né, parecia ser tudo que esperávamos, que pena.

    • Diogo

      Sobre o apito amigo mulambo, acho q ele não acabou, o jogo foi até 50 e tantos minutos! Sem contar na falta de fair play deles ¬¬
      Mas sempre fico na torcida contra para eles rebaixarem rsrs Um dia vai acontecer!

  27. Amado Peixoto

    O jogo foi 0x0 JC. Vc deve ter dormido e sonhado com gols no jogo. kkkkk
    Nosso time é mediano e não tem reservas pra mudar a cara do jogo, essa é a realidade. Se vier um meia de armação, podemos sonhar em não passar aperto. Se não vier, é rezar pq a coisa vai ser feia.
    A tempos que o Vasco joga assim, cria pouco e desperdiça quase toda chance que cria. Num campeonato equilibrado, isso pesa muito no fim. Perder pontos contra time mais fracos é complicado.
    Agora vamos pegar um time reserva, que é razoavelmente fraco tbm. Tem de jogar pra ganhar sem arrumar desculpas depois.
    SV

  28. Claudinei

    Assisti ao jogo, melhor à pelada. Não entendo como um time, que mesmo com vários problemas técnicos, esforça-se muito para ganhar o título estadual e duas semanas depois não consegue correr. É inacreditável. Parecia um bando de amadores; do tipo: casados contra solteiros. Não pareciam profissionais, que ficam o tempo todo treinando. Olha, sem comparações, o nosso time de várzea sabe tocar a bola melhor, não saímos o tempo todo dando chutões. As substituições do Doriva não estão dando efeito. Agora acredito que precisamos fazer rodar o time, esses que são sempre escalados demonstraram que chegaram no limite, precisamos ver se os outros não jogam melhores. Não dá para fingir. Ainda dá tempo…

  29. alex-es

    Pior que quando achávamos que iríamos ficar livres do Cristiano não é que com o Julio Cezar no banco o cara resolveu jogar alguma coisa.

    • Nilton Júnior

      Sdv Alex,

      Não se contigo foi a mesma coisa, mas pra mim isso só aumentou a ojeriza que tenho por este “jogador”. Foi só ter alguma coisa que lembra uma sombra para sua posição que resolveu não ser pífio em campo. Então antes não jogava por que? Displicência?

      Abraço

    • CLAUDIO / ILHA

      Pensei a mesma coisa. Foi só ter uma “sombra” o cara deu uma melhorada…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s