Taxa de inconveniência

em_obrasEra algo óbvio, ainda mais depois do resultado do primeiro jogo, que a finalíssima do Estadual entre Vasco e Botafogo teria uma procura gigante por parte dos vascaínos. Pessoas passando a noite em São Januário para comprar ingressos no dia seguinte, filas quilométricas no ex-Maraca, à espera da abertura das bilheterias. O resultado disso: nossa torcida acabou com os ingressos do Setor Sul antes das 11 horas da manhã de hoje.

Era óbvio. Ainda assim, o Consórcio que administra o maior estádio do Rio de Janeiro não se preparou para isso. Apesar de todo o discurso antenado com a modernidade, ficou claro que o sistema de vendas pela internet oferecido por quem faz a gestão da Arena ainda está muito longe de ser o ideal. Quem tentou comprar seu ingresso pelo site da Arena teve problemas do começo ao fim.

Comigo se deu da seguinte maneira:

No horário em que os ingressos foram disponibilizados, o site simplesmente não funcionou. Todos sabiam que a procura seria enorme e que a quantidade de acessos seria capaz de derrubar a página. Mas quem sabia e poderia ter feito algo para evitar que isso acontecesse, aparentemente nada fez.

Horas depois, o site até carregava. Mas ainda era impossível fazer se logar à página. E esse era até um problema pequeno, se comparado com quem ainda precisava se registrar para realizar a compra.

Nisso, desisti. Fui dar um cochilo para, na madruga, tentar comprar o ingresso. Por volta das 2 da manhã, liguei o computador e a página, ainda meio capenga, abria. Enquanto esperava, fui ao Twitter e minha timeline mostrava que muitos tiveram a mesma ideia – tentar comprar na madrugada – e tinham os mesmo problemas.

Depois de finalmente conseguir fazer o login, fui direcionado para a área de compras. Fiz todo o procedimento e confirmei a compra. Vários minutos depois, a página me informa que houve um erro no meu pedido.

No Twitter, o mesmo aconteceu com uma penca de gente.

Tentei mais uma vez. Passei meus dados, número de cartão, escolhi o setor e esperei. Dessa vez, a venda foi confirmada. Descobri que precisava imprimir um voucher para retirar o ingresso. Achei meio contraditório um consórcio tão moderninho ainda apelar para uma solução tão ecologicamente incorreta como essa, mas no final das contas, isso é o de menos. O que me deixou curioso mesmo foi pensar em quem ainda tem impressora em casa…

Então fui na seção “Meus Ingressos” e o que encontrei? DOIS ingressos no meu nome. Ou seja, a operação que tinha dado erro confirmou a compra, a despeito do que haviam me avisado. Isso aconteceu também com outros torcedores e todos tivemos que nos dar ao trabalho de pedir o cancelamento do ingresso extra.

Ainda não sei se o cancelamento foi feito ou se precisarei de ajuda legal para conseguir meu dinheiro de volta (até agora, o consórcio não me deu qualquer retorno), mas a preocupação passou a ser a retirada do ingresso. Ilustremos a questão com o texto do voucher para a retirada:

voucher

Como vemos, os gestores do estádio na qual será realizada a final do Campeonato Estadual não sabem ainda onde a torcida que fez a compra pela internet poderá retirar seus ingressos no dia do jogo. Ou o torcedor se vira para ir a algum posto de troca até a véspera – lembrando que temos um feriado na sexta no qual os pontos que ficam em comércio não poderão funcionar por lei – ou terá que se dar ao trabalho de usar o telefone ou acessar o site para saber onde pegar seus ingressos (isso, claro, se a quantidade de gente que fizer isso ao mesmo tempo não derrubar ambos). Deve mesmo ser uma operação de intrincada complexidade programar os pontos que funcionarão na data de uma partida que já está prevista há meses…

Podem argumentar que os 20 mil ingressos vendidos pela internet são uma prova da eficiência do sistema. Esse argumento é pra lá de discutível se virmos como foram feitas essas vendas. Não ter servidores que suportem o número de visitantes interessados no jogo, obrigar que consumidores varem a madrugada tentando fazer um procedimento simples para qualquer site, apresentar erros na hora da compra e promover uma retirada de ingresso que não facilita em nada a vida do torcedor é oferecer um padrão de serviço tão precário que sequer compensa a tal “taxa de conveniência“. Muito menos é condizente com quem sempre posa como um dos arautos da modernização do futebol carioca.

***

Ah…vivem falando que São Januário é arcaico, velho, peça de museu. Mas perguntem aos vascaínos se a compra pela internet de ingressos, com a entrada para a partida feita com o próprio cartão de crédito, não é melhor que a opção “imprimir voucher-ir ao ponto de troca-enfrentar fila do mesmo jeito-pegar o ingresso”…

Update: fui informado que a nova diretoria acabou com a parceria para venda de ingressos que permitia que o torcedor usasse o próprio cartão de crédito como entrada para os jogos. Mas a questão continua: se existe esse tipo de tecnologia, muito mais prática para o torcedor (e já antiga, até), porque a modernosa administração da Arena Maracanã não a adota? Será mesmo que a impressão de vouchers e a necessidade do torcedor (que, a princípio, comprou o ingresso pela internet pela comodidade) se deslocar e até enfrentar filas é a melhor opção que poderiam oferecer a nós, como o próprio consórcio gosta de tratar, consumidores?

***

Sobre o time, sem jogo no meio da semana e com treinos fechados (como se o Doriva fosse inventar a pólvora por esses dias e mudar alguma coisa significativa na equipe), a notícia que vale falar é a absolvição do Guiñazu e do Bernardo no TJD-RJ. Com isso, ambos estarão a disposição do técnico para a partida final do Campeonato.

Pelo que aconteceu na expulsão dos dois, na partida contra a mulambada na Taça Guanabara, nada mais justo. Mesmo que ambos não sejam santinhos em campo, o que aconteceu na partida foi claro e evidente: Bernardo sofreu uma falta desclassificante e foi pra cima do Paulinho. Mas antes de fazer qualquer coisa além de correr na direção do urubulino, tomou um porrolho do Anderson Pico. O Guiña foi para o meio do bololô formado e ficou no empurra-empurra como vários outros jogadores. Já ficaram fora uma partida e não mereceriam uma punição maior.

Mas é de se pensar se, mesmo sem merecerem um gancho, eles não seriam considerados culpados se o julgamento fosse feito na gestão anterior. Talvez fossem punidos pelo mesmo motivo pelo qual foram liberados hoje: a influência do atual presidente. Mas isso, claro, é só especulação.

Certo mesmo seria ver o Anderson Pico ser julgado e punido pelo murro que deu no Bernardo. Mas aí é querer demais, né?

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG. E os usuários do Gmail também podem incluir a página do blog no Google Plus.

Anúncios

28 Comentários

Arquivado em Notícias, Torcida, Update

28 Respostas para “Taxa de inconveniência

  1. Diogo

    Cara, esse negócio de comprar ingresso no setor Norte não vai prestar.. vai ser um confusão. Recomendo aos vascaínos que compraram lá não irem de camisa, que a administração do estádio é capaz de não deixar entrar.

  2. Adriana Cabral

    Poxa, quem tem um ingresso a mais podia me vender um.. Estou querendo muito ir nessa final, só que eu bobiei e não consegui comprar o meu! 😥 Estou quase morrendo aqui !! Alguém com um bom coração podia me ajudar ?

  3. Fábio Espíndola

    Está aí mais uma prova do peso da torcida do Vasco, mesmo que sempre subestimada pela mídia.
    A verdade é que o Rio tem dois times grandes e dois times médios.
    Em tempo: comprei meu ingresso no setor Norte mesmo, foi onde deu. Acho que a torcida vascaína vai ser a maioria por lá também.

  4. Luiz

    JC concordo com vc plenamente, a venda de ingressos foi uma via crucis que torcedor nenhum merece. Cheguei na sede do calabouço as 10:30hs da manhã e só consegui comprar ( pelo menos consegui né??) o ingresso as 15:30hs só uma pessoa atendendo, ninguem pra organizar fila, enfim uma bagunça… Ma tudo deu certo e domingo estaremos juntos pra celebrar o título do Vascão.
    SDV!

  5. Diego

    Esse tipo de serviço é típico do Brasil… Pagasse caro por um serviço merda…em relação aos treinos fechados ouvi o Doriva dizer que não é nem por causa de surpresas e sim para poder falar certas coisas e fazer cobranças no treino sem que a imprensa leve isso a público e possa ser mal interpretada… Nesse ponto concordo com ele…abração jc

  6. Igor Vinicius

    Vou a quase todos os jogos do Vascão aqui no Rio e no, do tão esperado título, não consegui ingresso. Não pude, como outros, ficar até de madruga tentando, pois hoje era dia de plantão. Infelizmente, terei que fazer que não gosto para assistir esse titulo, usar a vantagem que a função de servidor da segurança publica me dá para entrar, pois “là 23°” eu não admito deixar de ver in loco.

    SV sempre! /+/

  7. adamor ribeiro

    Caro J.C. Que loucura está essa venda de ingressos.Sou de Manaus viajo na sexta,se Deus quiser.Minha filha mora ai no Rio ainda está na fila,e só tem no setor norte do botafogo,pedi pra comprar não tem jeito,vou sem a camisa do Vasco,o importante é está la dentro do estádio,mesmo não podendo comemorar na hora.abraço

  8. eu não estou gostando nada nada do que anda acontecendo com a torcida essa semana. Muito oba oba pro meu gosto. Essa parada de o respeito voltou sem ter ganho nada ainda. ainda mais com uma vantagem mínima onde se eles vencerem por um gol de diferença pode ir para os penaltis. Se tivesse ganhado com uma diferença de 2 gols até que ia. Vamos com calma ai gente. Eu não estou nada ando entusiasmado e sim tenso

  9. Chico

    Grande JC e demais vascaínos!

    Galera, estou em Manaus e gostaria muito de ir ao estádio!

    Gosto de pensar que sou “puxa taça”… Já vi duas finais e “levei” as duas: Torci pro Internacional na final da Libertadores contra o São Paulo (não lembro o ano) e vi o nosso Vascão ser campeão da Copa do Brasil em 2011 em Ctba!!!

    Mas, tenho certeza que quem for pro Maraca, vai levar toda a sua torcida e sorte para o nosso time do coração!

    Acredito no título… Acho que o time está bem concentrado… O Doriva conseguiu tirar leite de pedra…

    Agora, queria comentar sobre a “nota de repúdio” da Diretoria do Botaovo (buátafogo foi demais também!) dizendo que não para Vascaínos comprarem ingressos no setor deles…

    Eu acredito no livre mercado… Compra quem quer… vai quem quer… se o Vascaíno quiser comprar ingresso pra sentar do lado do chororô, que seja… fique esperto para não tomar safanões, mas é por sua conta e risco…

    Vamos lá Vascão!!!!!

    abs e SV

  10. BJ

    Até o momento 38 mil ingressos foram vendidos. A torcida do Vasco esgotou os setores Sul, Leste e Oeste e agora vão “invadir” o setor norte.
    Que tal um post sobre isso, JC? Faz tempo que a torcida do Vasco não esgotava a bilheteria do Maraca em apenas um dia de venda de ingressos!

  11. Gustavo P.

    Consegui comprar por volta de 1 da manhã, depois de 3 horas tentando. Uma das vezes finalizei a compra e deu erro, mas não apareceu nada em “meus ingressos”, ainda bem. Uma esculhambação esse site da super moderna arena. E tem mais, tive que comprar inteira pro meu filho porque a opção de meia entrada sempre dava erro é derrubava o site. Fiquei sabendo que a torcida já está comprando toda a parte do canil também, domingo é tudo nosso!

  12. Márcio

    Comprei pelo futebolcard…meia do setor leste….a troca começa na sexta.

  13. Dear customers,
    A verdade eh que estamos igual a cavalo em parada de 7 de Setembro cagando , andando e sendo aplaudidos para esse segundo jogo.
    No primeiro jogo dominanos geral, mais da metade do estádio era nossa mas agora , fiquem a vontade ( cliente em finais tem sempre a prioridade ) e podem invadir tb o nosso lado.
    Nosso amontoado salário bolsa miséria , no geral e fraco , muitos deveriam ser dispensados para a disputa da serie B e esse Carioqueta desmoralizado e sem credibilidade ja perdeu o pouco do brilho que tinha a muitos anos…
    E na verdade queremos ate ver como eh o nosso sempre costumeiro e fiel ” VI-AI-PI client ” ser campeao em cima da gente.Nuca na historia aconteceu…
    Soube ate que a igreja da Penha ja esta botando pessoal extra para organizar a fila de vascainos que irao pagar promessa subindo os degraus de joelhos…
    Vc ta nessa tb JC ?!
    Abraco.
    *Em caso de maaaaaiiiiis um vexame em finais , a diretoria do Fogao vai liberar as marquises do Estadio Nilton Santos para vcs…

    • JC Barbosa

      Tá certo. Errado mesmo é quem te dá razão. Compreende-se a loucura: torcer para o Buátafogo já é ruim o bastante. Torcer para o Chorafogo na Série B é demais para qualquer um com sanidade. O que, obviamente, não é muito o seu caso.

      Sobre as marquises, elas não são recomendáveis. Ainda mais as do Enche-não: vivem desabando sozinhas.

  14. Diogo

    Sempre fui contra e acho uma perda de tempo esse fato dos jogos no maracanã terem que ser trocados antes do jogo! Vc perde toda a vantagem de comprar pela internet, pq vc tem a inconveniência de trocar o ingresso.
    E é isso mesmo, geralmente tem um fila bem grande. No primeiro jogo da final sai com duas horas de antecedência p não ter problemas.
    Mas vou citar um outro problema JC, não sei se vc sabe mas tem duas formas de comprar o ingresso pela internet, através do site do maracanã e do site do futebolcard. Os locais de troca de ingressos dos dois são diferentes. Eu tinha comprado pelo futebolcard e no dia aqueles instrutores me indicaram pro local errado p retirar, dei moh volta no estádio a toa e tive que voltar tudo de novo! :@
    Pelo menos a fila do futebolcard estava bem pequena.

    • JC Barbosa

      Tentei pelo Futebolcard para a final. Não venderam o Setor Sul e todas os lugares para a nossa torcida estavam como “indisponíveis”.

      • Diogo

        Sim, no 1º jogo só estavam vendendo o setor leste, de 100 reais, e o oeste. Eu acabei comprando leste pq p mim no final das contas saiu mais barato devido a meia do itaucard. Paguei 50, em vez de 60 no sul.

  15. Rodrigo

    Só pra vc saber, aquele esquema maravilhoso de comprar no FutebolCard e usar o cartão como ingresso, acabou em SJ… o DR. rompeu com essa empresa e fechou com a IngressoFacil e agora tem que trocar o protocolo pelo ingresso na bilheteria que nem que no Maracana

  16. Ivan

    JC, não deixe para trocar o voucher pelo ingresso no dia do jogo! Fiz isso no ano passado, contra o ABC, e me dei mal! A fila da bilheteria disponível para a troca estava ainda maior do que aquelas destinadas para compra direta do ingresso. Ou seja, além de pegar uma fila maior, paguei 10% a mais em razão da famigerada taxa de (in)conveniência. E concordo plenamente contigo. Se o voucher já tem código de barras, por que diabos temos que trocá-lo pelo ingresso? Essa cultura notarial arrebenta o país.

  17. Murilo Pinheiro Bergami

    Isso de não saber como e quando troca o voucher é ridículo, estamos com o mesmo problema e somos de outro estado. Totalmente inviável estar aí antes só para isso, ridículo.

  18. Adriano

    Tive o mesmo problema e não consegui comprar… Acabei comprando Norte e ficarei do lado de la kkkk e não serei o único …

  19. Daniel Costa

    Po, Julio, eu compro esse teu ingresso extra aí hahahahaha não consegui de jeito nenhum por esse maravilhoso site do “New” Maraca e do jeito que tá, vou ter que comprar na torcida do foguim que nunca lota mesmo…

    SV!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s