Com a cabeça no Carioca

taca-estadualOs boleiros, jogadores, técnicos e até dirigentes em geral, parecem ser obrigados a decorar uma cartilha de bordões relacionados ao futebol. Diante dos microfones de das câmeras, todos reproduzem um repertório preestabelecido de chavões que servem para situações semelhantes. Um exemplo: quando um time está disputando duas competições e tem uma sequência de jogos entre um e o outro campeonato, todo jogador fala a mesma coisa: “…mas agora é esquecer o campeonato X e pensar no campeonato Y, onde temos outro adversário difícil”. Eles repetem isso em qualquer situação, mesmo que o time esteja disputando o Carioca e a Libertadores, mesmo que um campeonato esteja na primeira fase e outro na final, mesmo que uma partida seja contra o Barcelona e a outra seja contra o Rio Branco-AC, nosso adversário de hoje pela Copa do Brasil.

Não comecei o post falando isso por condenar esse tipo de atitude. Ela nada mais é que uma forma de respeitar todos os adversários e competições, dando importância e peso iguais para toda partida. Isso é muito bonito enquanto discurso, mas na prática, todos sabemos que a preocupação da torcida – e inevitavelmente, dos jogadores do Vasco – estará mesmo é no domingo, quando teremos um clássico, contra um grande rival e que define uma vaga na final da competição.

Mas a Copa do Brasil não é mais importante que o Estadual? Isso não se discute, claro. Mas, sendo sinceros, se tivermos que nos preocupar demasiadamente com um adversário como o Rio Branco, como poderemos ter esperanças de chegar ao bicampeonato da Copa? O respeito aos adversários é uma obrigação? É, mas uma classificação tranquila hoje, seja qual for o time que entre em campo, também é.

Mesmo com o retrospecto de eliminações vergonhosas que infelizmente acumulamos na Copa do Brasil, não dá pra pensar de outra forma. Nosso adversário não tinha outra pretensão além de conseguir fazer o jogo da volta e pela comemoração que fizeram ao fim da primeira partida – mesmo com a derrota por 2 a 1 em casa – eles já consideraram a viagem para o Rio um feito histórico. Para chegar a São Januário, o time teve que peregrinar por oito longas horas. Chegando à cidade, fizerem seu treino em um campo sintético do Aterro. O que, aliás, é até adequado para um time semiprofissional, que tem jogadores que precisam complementar seus salários de atletas com outras atividades (um dos jogadores é frentista no Acre). Diante disso tudo, uma eliminação vascaína hoje é mais que inconcebível, é inaceitável.

Além de todos os perrengues pelos quais o Rio Branco passa, o Vasco ainda tem a vantagem de ter dois resultados a seu favor, podendo inclusive perder por um a zero, para passar à segunda fase. Em um cenário como esse, até o mais pessimista dos vascaínos não tem motivos para se preocupar agora com a Copa do Brasil. Entremos em campo com um time misto, os reservas ou mesmo os suplentes dos reservas, temos o dever de conquistar a vaga.

Copa do Brasil  2015

Vasco x Rio Branco-AC

Martín Silva; Nei, Anderson Salles, Douglas Silva e Lorran (Henrique); Guiñazú, Serginho, Jhon Cley, Bernardo e Rafael Silva; Thalles.

Filipe; Marquinhos, Martinez, Tyrone e Tiaguinho; Marzagão, Joel, Evandro Russo e Jeferson; Robinho e Alexandre Matão.

Técnico: Doriva.

Técnico: José Araújo.

Estádio: São Januário. Data: 15/04/2015. Horário: 22h. Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza (SP). Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP) e Herman Brumel Vani (SP)

As Redes Band (RJ e parte da rede) e  Globo (RJ, ES, PI, PA – apenas Santarém -, AM, RO, AC, RR e AP) transmitem a partida ao vivo. O SporTV 2 transmite para seus assinantes de todo o Brasil.

***

Ontem, em uma entrevista coletiva, Eurico Miranda passou uma descompostura em um jornalista do Extra:

Quanto ao tom empregado, nem tecerei comentários. Todos conhecemos o temperamento do presidente vascaíno e, na real, os responsáveis pela cobertura feita pelo pasquim carioca até merecem mesmo levar uma bronca pelo tipo de matérias que fazem sobre o clube, principalmente perto de jogos importantes. Mas não foi a grosseria habitual do Eurico que me chamou a atenção. Foi a construção das suas declarações:

EU não fui pedir um centavo pra ninguém pra resolver os MEUS problemas. Então, faz uma matéria que EU estou em dificuldades financeiras? Quem te disse? Alguém tá cobrando alguma coisa pra dizer que EU estou em dificuldades financeiras? (…) MEUS compromissos estão todos rigorosamente em dia.

A matéria que irritou o presidente fala em dificuldades financeiras DO VASCO, não do Eurico. Mas, ao rebater o jornalista, o presidente só consegue falar na primeira pessoa. Ou seja, Eurico Miranda não perdeu o péssimo hábito de confundir sua pessoa com a instituição Vasco da Gama.

Outra parte que me chamou a atenção foi quando o presidente declarou que  “Eu não tenho que informar nem você, nem a ninguém se o salário foi pago ou se não foi pago. Isso não é do teu interesse”. Pode não ser do interesse do jornalista que foi alvo da bronca, mas esse “nem a ninguém” é um equívoco. É de interesse te todo torcedor vascaíno se uma das promessas de campanha da atual diretoria está sendo cumprida. Ainda mais quando lembramos que nos últimos anos, atrasos salariais foram uma crítica constante do grupo político que apoia a atual gestão.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG.

Anúncios

23 Comentários

Arquivado em Adversários, Pré-jogo, Vídeos

23 Respostas para “Com a cabeça no Carioca

  1. Guilherme

    JC

    Não gosto do Eurico. Não concordo com as atitudes, os métodos, os posicionamentos, etc, etc. Acho que devemos seguir criticando pelo nível das contratações, da equipe que montou (Péssima).

    Agora, com toda sinceridade… Prefiro ouvir EU paguei, EU fiz, etc… Que ” A gente vai estar pagando (E não paga), a gente vai estar fazendo (E não faz), etc”

    Melhor ouvir de alguém assumindo algo (Desde que faça) que o eterno gerúndio sem efetividade. Meu sonho um dia é ter no comando alguém que saiba defender o Vasco, com firmeza, mas educação. Que se posicione do lado certo da história. Que cumpra o que promete. Que trabalhe com competência e dê ao Vasco o que o Vasco merece.

    Abraço

    • JC Barbosa

      Acho que vc não entendeu muito bem a questão que levantei no comentário, mas ok.

      • Guilherme

        Entendi perfeitamente… Concordo com vc sobre o absurdo que é o fato d charuto se colocar como o Clube… A maneira como ele se julga “dono” e a própria personificação do Vasco. Entendo e concordo com o absurdo… É que não me surpreende. Apenas começando comprova o que sempre soubemos e o que fica claro sempre nos comentários dos torcedores do Doutor FC. Sei que a não separação da pessoa e da instituição é o mais absurdo desvio de conduta do nosso presidente. E sei o quanto sofremos por isso. Só o que quis expor com meu comentario é que neste delicado momento histórico que vivemos, este devio mas com pelo menos uma “ação ” de repúdio a atitude nojenta (também previsivel) da imprensa… Como sempre em semana de clássico contra o urubu… Ainda é melhor que nada…

        Abraço

  2. Diogo

    Que timinho.. jogo lamentável.. a cada dia tenho mais certeza q lutaremos contra o rebaixamento.. 😦

  3. ODILON C SILVA - RJ

    Essa aí.passou….o importante que avançamos, dessa vez os fantasmas de CSA, BARAUNAS, XY DE NOVEMBRO DE CAMPO BOM não aconteceram. Agora preparar para fase seguinte, preparar para domingo.

  4. Não aguentei VASCO perdendo pro Rio Branco , o vexame NAO PODE ACABAR , esse time do Vasco e uma vergonha. não sei o que falar desses bando do Vasco. Saudações Vascaínas.

  5. adamor ribeiro

    Cara J.C. Gostei da resposta que o Eurico deu pra esse jornalista do Extra.Todas as vezes em véspera de jogo com os mulambos,Eles fazem essas perguntas,que não tem, nada a ver com o jogo. Talvez agora,ele pense duas vezes,antes de fazer esse tipo de pergunta. abraço

  6. Nicodemus

    permita-me discordar, JC. Acho que a resposta do dr Eurico dessa vez foi à altura. É só pensarmos: numa semana que antecede a decisão da vaga contra o time preferido do jornal em questão, veja qual é o tema da pergunta deles: SALÁRIOS ATRASADOS NO VASCO. Qual o intuito disso? Simples, fazer o que o tal jornaleco faz sempre – e com muita “competência”, especialmente antes de jogos decisivos entre Vasco e o time deles: TUMULTUAR O AMBIENTE EM SÃO JANUÁRIO. Tal expediente usado por esse jornalzinho é velho e conhecido, JC. Não é de hoje. Acontece o tempo todo. E isso foi ainda mais descarado entre 2009 e 2014, quando praticamente não tínhamos um presidente, e aí a sacanagem rolava solta, o jornaleco se esbaldava com “matérias” depreciativas ao nosso clube, e praticamente nada acontecia. Então, nesse caso, o dr Eurico Miranda está certo. Não responde nada a esse jornal de merda (desculpe-me o termo) e blinda o clube e os jogadores desse tipo de prática venenosa da imprensinha antes do jogo decisivo. Quando digo que agora temos de fato um presidente e que o respeito voltou, é por essas e outras, sacou?

    * Não sou fã ardoroso do dr Eurico, como há muitos por aí. Contudo, perto do Dinamite, devo admitir q o nosso atual presidente é o Donald Trump do futebol brasileiro, sem sacanagem… rs.

    • JC Barbosa

      Não entendi a discordância. Não foi da resposta dada ao repórter do Extra que eu reclamei, como achei que ficou bem claro nessa parte do texto: “Quanto ao tom empregado, nem tecerei comentários. Todos conhecemos o temperamento do presidente vascaíno e, na real, os responsáveis pela cobertura feita pelo pasquim carioca até merecem mesmo levar uma bronca pelo tipo de matérias que fazem sobre o clube, principalmente perto de jogos importantes.

    • Diogo

      Somos super respeitados agora…

  7. Juvenal

    JOGO DE HOJE
    não temos alternativa: é jogar para se classificar para a fase seguinte e ponto final. Vou assistir o jogo na telinha e espero que o Messionario tambem entre em campo junto com o capita Guina.
    CHARUTÃO X EXTRA
    Duas observações: o Charutão é para mim uma das poucas pessoas que chamam a atenção quando falam (o outro era o Brizola). Nem interessa o que eles falam, mas o jeito e o tom são diferentes.
    Foi bom o Charutão ter dado uma cacetada verbal ao vivo para um cara do Grupo Glomengo. Que cacete que esses caras sempre vem com perguntas bem tendenciosas, principalmente antes do Classico dos Milhões.

  8. carlos

    Um dos princípios da contabilidade é o Princípio da entidade, no que indica separar o patrimônio da pessoa física com o da pessoa jurídica.
    Se o Eurico é o Vasco ou o Vasco é o Eurico, parece que os patrimônios se misturam, as dividas se misturam e as receitas também. Será que o Vasco tem casa em Miami e mansão em Angra, e o torcedor não sabe?
    O Vasco precisa ser mais transparente, como um sócio que paga mensalidade em dia não tem direito de saber se o clube está regular com seus funcionários.
    Gosto do trabalho financeiro feito por nosso rival, o urubu. Claro que existem favorecimentos a eles que nós não temos, mas que diante da divida extraordinária, estão dando conta.
    Não ficaria triste se o Vasco ficasse 3, 4 ou 5 anos sem títulos, desde que arrumasse a casa, controlasse as dividas, transparência nas contas, em fim, uma gestão dentro de um clube que precisa voltar a pensar grande.
    Quanto ao extra ou globo, sei que a audiência deles esta caindo e eu colaboro evitando-os ao máximo. Hoje verei o jogo na Band (capacho da globo) ou no SPORTV (do gruo), sei que é tudo da globo, mas prefiro evitar a matriz.

  9. Thayse

    Esse Dotô Eurico é muito comedia mesmo…

  10. Tomás Costa

    Cara até parece que na ninguém aqui conhece o estilo do do charuto. O jeito do nefasto dirigente cruzmaltino é esse aí companheiros, ele sempre se pronunciou dessa forma em relação ao Vasco. E aí pode se entender de duas formas, uma é que ele é um louco truculento, ultrapassado que se acha dono do Vasco, pensarão os que o detesta, e de outro lado os que o adora, dirão que ele usou a primeira pessoa por defender o Vasco acima de tudo, personificando a figura do Vasco nele, se colocando na linha de frente pra bater nos pseudos jornalistas mulambos.

    Eu como nem gosto dele, mas também não faço parte dos que o odeiam, apenas me divirto e assim como o “JC” acho ele um mau necessário pelo menos nesse momento que se tem de responder essa imprensa Mulamba a altura.

  11. Diogo

    Velho que nojo desse cara… e pensar q ainda faltam longos 3 anos p nós livrarmos desse câncer!

  12. Adriano Rocha

    Ele esta certo sempre em véspera de decisões esses diários vem com matérias sobre salários atrasados, porque não focam na partida?

  13. josé

    Infelizmente nada mudou e pelo visto serão mais três anos de atraso. Estamos ficando há anos-luz do futebol moderno, estamos sendo engolidos por clubes menores e nada está sendo feito para transformar isso. Esse modelo ultrapassado de gestão não funciona mais. O CRVG está dando passos gigantescos para a TOTAL nulidade.

  14. Roberto

    Bom dia JC e a imensa torcida Vascaína, concordo com vc JC,não sou devoto do doto, mais é um mal necessário.

    • JC Barbosa

      Não entedi. Eu acho que o dotô é um mal necessário?

      • Tomás Costa

        Kkkk, é ruim hein JC ????

      • Carlos Couto

        Nunca gostei do Eurico mas ao menos ele sabe responder e não fica tal qual uma múmia como era o Bombinha de bosta, aquilo sim dava raiva, todos tripudiavam e ele ficava igual um Zé Mané na sua inércia. Se ele fala na primeira pessoa ou não acho que é um hábito, mas ao menos não temos mais que aguentar calados como se fôssemos uns coitadinhos. Quanto as contas do Vasco, estas deveriam ser endereçadas aos sócios que contribuem, no final do ano um balanço transparente e pagar a quem se deve os impostos. Jornalista e jornais tem que se preocupar com sua folha de pagamento ou alguém fica perguntando se eles estão em dia com seus funcionários\/

        A Globo quase foi para o brejo tempos atrás, ela veio a público dizer a quem devia e dar satisfações? E ela é uma Concessão do governo, tem a obrigação de ser transparente.

        Alguém sabe se o Extra está pagando em dia seus funcionários? Alguém pergunta? Tem mais que mandar essa corja pro inferno mesmo.

        SDV

  15. BJ

    Concordo com as suas ponderações. O Eurico usa justamente a primeira pessoa pq quer passar ao torcedor a idéia de que o Vasco e ele são uma coisa só.
    Dadas as devidas proporções é como Luis XIV costumava dizer: ” O Estado sou eu”. Eurico quer dizer : ” O Vasco sou eu”.

    Mas, cá pra nós, eu gostei da patada que o jornalista do Extra levou. Já estavam merecendo há muito tempo. Achei até que foi pouco…

  16. Luiz

    Parabéns ao presidente respondeu na medida certa . e perguntou melhor ainda. Sempre o extra com esse tipo de matéria em vésperas de jogo importante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s