Sem torturar São Januário

640px-Saint_JanuariusSão Genaro, ou como todo vascaíno prefere, São Januário, foi Bispo da província de Benevento, na Itália, no início do Século IV. Acabou sendo vítima da última grande perseguição aos cristãos, promovida pelo imperador romano Diocleciano, tornando-se mártir da Igreja Católica por conta da sua fé.

Mais de três semanas depois da última partida no estádio que homenageia o santo (a vitória sobre o Nova Iguaçu aconteceu no dia 15 de março), o “protegido da federação” Vasco consegue voltar a jogar em casa. Depois de encarar adversários em campos minúsculos e atuar fora mesmo quando mandante, nossa torcida poderá ver o Gigante em seus domínios justamente na última partida a ser disputada em São Januário pelo Carioca.

E a Colina, que poderia ver o Vasco apenas cumprir tabela, será palco de um jogo decisivo, que diante das circunstâncias, pode até se tornar muito mais tenso do que deveria. Em condições normais, conseguir um empate contra o Volta Redonda não haveria de trazer qualquer preocupação; mas depois do vexame em Friburgo, sempre fica aquela apreensão em saber como o time irá se comportar precisando de um resultado.

E não é só a qualidade do Voltaço – muito maior que a do Friburguense, que fez cinco gols em nossa defesa – mas também o fato do nosso adversário ainda ter seus objetivos: com uma vitória, o Volta Redonda garante uma vaga na Série D do Brasileirão. Então certamente não teremos um oponente desmotivado esta noite.

Do nosso lado, também temos nossos problemas. Ainda sem Dagoberto, Doriva segue sem saber o que fazer para o ataque vascaíno ser mais efetivo. Bernardo, titular na última rodada e mesmo com condições de jogo (já que o julgamento pela briga no clássico contra os mulambos foi adiado), volta ao banco. Yago, ainda que não tenha feito muita coisa contra o Frizão, toma o seu lugar. Nossa dupla de zaga, que garantiu o bom desempenho defensivo do time no começo do campeonato, mais uma vez não jogará junto, já que Luan voltou ao time mas Rodrigo, com estiramento, fica no estaleiro por duas semanas. Anderson Salles o substitui. A única boa notícia é a volta de Guiñazu, também beneficiado pelo adiamento do julgamento. Mas ainda assim é de se pensar se não seria melhor a saída do desastrado/desastroso Serginho e manutenção do Lucas.

Vamos encarar um time que encara a partida de hoje como seu jogo mais importante no ano. Sendo assim, não podemos cair na pilha do nervosismo e devemos encarar nosso favoritismo como uma vantagem. Jogar com calma e sem a desatenção que tivemos em Friburgo é o primeiro passo para conseguirmos o resultado que nos interessa. E, claro, procurar jogar da melhor forma possível, tentando ao máximo não cometer as pixotadas que cometemos na última rodada. São Januário, o santo, sofreu demais na sua vida e não merece ter o campo do estádio batizado com seu nome ser martirizado com atuações abaixo da crítica.

Campeonato Estadual 2015

Vasco x Volta Redonda

Martín Silva, Madson, Luan, Anderson Salles e Christianno; Serginho, Guiñazu, Julio dos Santos e Jhon Cley; Yago e Gilberto.

Douglas, Henrique, Luan, Márcio Luiz e Pedro Rosa; Bruno Barra, Higor Leite, Magnum e Niltinho; Hugo e Adeilson.

Técnico: Doriva.

Técnico: Elson Roberto.

Estádio: São Januário. Data: 08/04/2015. Horário: 22h. Arbitragem: Rodrigo Nunes de Sá. Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises e Michael Correia.

O Premiere transmite no sistema Pay-per-view para seus assinantes em todo Brasil. 

***

Ainda sobre o polêmico jogo contra o Friburguense…

Para alguns, a regra é clara: os três pênaltis aconteceram.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG.

Anúncios

23 Comentários

Arquivado em Adversários, Pré-jogo

23 Respostas para “Sem torturar São Januário

  1. ODILON SILVA = RJ

    Agora partir para o mata-mata, tudo pode acontecer, basta jogar muito bem uma partida, que já para garantir a vaga.

  2. Estou assistindo o Vascao para minha surpresa que esta jogando de titular jonh Cley , este técnico do Vasco ta de sacanagem , tem o Mateus Indio , e no ataque o Talles e muito mas jogador que o Yago, ta difícil.

  3. paulo eduardo

    Dez minutos de jogo e já deu prá ver tudo. Só será penalti prá gente, se houver morte!!! eitaa…

  4. Wanderson DS

    Sinceramente não encontro ânimo nenhum de querer acompanhar esse “cortejo” depois do pavoroso jogo de domingo… ainda mais vendo a possível escalação… tá certo que esse elenco horroroso montado pela diretoria não dá muitas opções ao Doriva, mas certas insistências já estão passando dos limites… principalmente com John Clay e Yago… entre outras como não colocar o Douglas Silva no lugar do A. Salles, Henrique no lugar do Krhyssttyannow, tentar Índio e Mosquito mais vezes sei lá…

    • Wanderson DS

      Por mim a escalação “menos pior” poderia ser> M.Silva, Madson, Luan, Douglas Silva, Henrique, Guiñazu, Lucas, Julio dos Santos, Índio, Mosquito e Gilberto…

      • JC Barbosa

        Cara, o Mosquito jogou duas vezes e somando tudo o que fez, não chega à jogada do Yago no lance do terceiro penal contra o Frizão. Já o Índio merece outra chance. Mas ele não é da posição do Clay. E precisa baixar um pouco a bola para querer ser titular.

      • marcelo paes

        O Montoya já jogou com o Julio? onde ele está aliás?

  5. como esta a situacao do terreno na barra doado pela prefeitura ao vasco pra construcao do ct vascaino?

  6. Igor

    Deveriam perguntar ao Frederico o que ele achou do PENAL sofrido por ele na Copa do Mundo (contra Croácia)

  7. Gustavo P.

    Muito bom o video. Armaram todo o circo no “Bem AMENGOS” de segunda, só esqueceram de combinar com o Arnaldo Cesar Coelho. Reparem na cara do Luxemburro depois dos comentários de que os penaltis foram bem marcados, melhor parte do video….

    Hoje se não classificarmos o Doriva cai e embarcamos numa crise que vai se prolongar por um bom tempo…..

  8. Adriano

    O que esperar desse jogo ?? Não sei, mas pelas ultimas atuações me leva a crer que um empate será muito bem vindo. E para o restante da temporada ?? rs essa será a batalha, pois o time é muito mais muito fraco.

  9. uma vez eu comentei aqui sobre a posição do talles no ataque e vc me disse que o mesmo jogava como segundo atacante nas categorias de base. O treinadores que passaram no vasco estava escalando o Jhon Clay como segundo volante e o Doriva esse ano colocou o John Clay na posição que ele jogava na base ou seja armador. Será que o Doriva não poderia treinar o Talles na posição que ele jogava na base colocando- o como segundo atacante? oq vc acha?

  10. Nicodemus

    depois da atuação bizarra (nao encontro outro termo mais propício) em friburgo tenho seríssimas dúvidas se venceremos hoje à noite. que são genaro esteja conosco… rsrs

    sobre a questão das arbitragens, isso já encheu as medidas. essas suspeitas imbecis de flamengo (time mais beneficiado pelas arbitragens da Ferj – pelo menos nos últimos 15 anos!) e florminense sobre a relação do doutor eurico miranda com o presidente da Ferj estão sendo um prato cheio pra imprensinha mais uma vez malhar o nosso Vasco. acho que o doutor eurico miranda deveria se pronunciar, falar alguma coisa, sei lá… sem dúvida a gestão dele vem trazendo grandes evoluções e melhorou muito o Vasco. teremos ginasio novinho de volta, colegio vasco da gama, programa de TV, os patrocínios começam a chegar, até ônibus novo li que ganhamos.. enfim, é bom saber que temos novamente um vascaíno de verdade no leme da nau e q está produzindo coisas boas para o clube. no entanto, esse silencio do eurico só dá munição a quem nos ataca. acho q é hora do doutor botar a boca no trombone..

  11. Leon da Cruz

    Luquita da galera (euriquete, para quem trata-se de uma espécie de novo Redondo)? Por favor, não! É triste dizer, mas ele não ganha a vaga do Serginho. Aliás, a coisa tá tão feia e nivelada por baixo, que começo me perguntar se o Barbio não teria vaga nesse time, já que aparentemente a melhor opção que temos para o ataque, junto com o Gilberto, é o Yago.

    Aposto em uma vitória hoje, mas muito suada.

  12. Paulínio

    JC, perguntinha polêmica: você acha que o “dotô” teve alguma influência nos erros absurdos de arbitragem contra o Vasco no Estadual do ano passado, ou até mesmo em anos anteriores? Por conta da relação estreita de amizade dele com o Rubens Lopes?

    OBS: a cara do Luxemburgo no programa do Galvão chega a ser hilária. Antes de mostrar indignação injustificada, pegue a taça do Estadual do ano passado e a envie para a Rua General Almério de Moura, 131, bairro Vasco da Gama. Pois lá é o lugar dela.

    • JC Barbosa

      Não quero crer que o Eurico tivesse esse tipo de atitude.

      • TOMAS COSTA

        Também já acho demais. Não acredito nisso, como não acredito agora que possa está havendo manipulação de resultados.
        O que acontece e já disse isso aqui, é ruindade mesmo, má vontade e até paixão clubistica que influencia nas decisões dos arbítros.

        Por exemplo :

        1. O caso do Fred flozinha, o cara já é marcado pelos árbitros, é chato pra caramba, um tremendo simulador de penais e faltas, sem falar que quer apitar os jogos, aí o juizão não pensa nem duas vezes, aproveita a primeira oportuinidade e pimba na tricolete.

        2. o lance do ano passado que a bola entrou uns dez kilometros dentro do gol mulambento e o arbitro de lado , acocorado não viu, aquele cara tinha por baixo uma camisa mulamba e levou um susto na hora e na dúvida pendeu pró mulambos, o mesmo caso do gol impedido que deu o título ao império do mal.

        3. Os penais, vai da questão interpretativa, aí meu amigo fica difícil, pq interpretar é de cada um, portanto cada um ver o que quer. Deveria no caso a FIFA determinar uma coisa só, bateu na mão, independente de qualquer coisa é penal, aí diminuiria os “equívocos”.

        4. e ainda tem a ruindade mesmo desses caras que na verdade não são profissionais específicos para apitar jogos, sempre são outra coisa, coveiro, camelô, bicheiro ou outra coisa que o valha. Os árbitros tem que ter função específica apenas, não pode conciliar outra profissão.

    • wagner

      Excelente pergunta. Sem querer me meter mas ja me metendo, também não quero crer nisso. Porém, na época do banana, de cada 5 pênaltis legítimos a nosso favor, 1 era marcado. Sem contar com gols em impedimentos (pró e contra), denúncias dos tribunais, punições desproporcionais, e por aí vai. Coincidência, né?
      Abraço e que fiquemos em 4 pra pegar logo essa mulambada!
      SV!!!

  13. o luxemburro tava que não engolia saliva

  14. José Carlos - RORAIMA

    JC e AMIGOS VASCAÍNOS.
    Na verdade quem criou essa polêmica sobre os pênaltis foi a reportagem da CENTRAL DE MANIPULAÇÃO. PLIN PLIN. Quando o repórter faz a pergunta ao FRED, já cita os 03 (três) pênaltis a favor do VASCO. Logo, induzindo a comentar.
    – O FRED sequer sabia do resultado do jogo do VASCO;
    – O repórterzinho das ORGANIZAÇÕES MANIPULADORAS que fala sobre os tais pênaltis.
    TUDO MANIPULAÇÃO. E a imprensa vai no vácuo.

  15. Renato

    Desculpe mas consegui terminar de ler tamanha demonstração de medo e respeito ao Volta Redonda…e o pior que faz sentido, mesmo não entrando na minha cabeça. Pobre Vasco….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s