Vitória controlada

Se não podemos dizer que o Vasco teve uma vitória convincente sobre a Ponte Preta, o 2 a 0 que conseguimos ontem ao menos mostrou mais pontos positivos que negativos. Se o time ainda oscilou ao longo da partida e a fragilidade da macaca facilitou as coisas pro nosso lado, por outro lado podemos afirmar que, como gosta muito de dizer o Adilson, tivemos um jogo controlado.

Isso porque a equipe conseguiu a tão desejada compactação, evitando na maioria do tempo os buracos entre os setores. Fora alguns minutos no sonolento primeiro tempo – quando permitimos que nosso adversário tivesse seu melhor momento – a proximidade da defesa, meio e ataque fez com que valorizássemos a posse de bola e ocupássemos bem os espaços quando estávamos sem ela. Isso também facilitou tanto na recomposição defensiva quanto nas jogadas de ataque, explorando muito bem as viradas de jogo.

Como eu disse, a vitória não foi daquelas para deixar o torcedor exultante, mas valeu por deixar nossa classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil bem mais tranquila e pelo ligeiro progresso apresentado. Dessa vez, principalmente pelo segundo tempo da partida, Adilson pode falar com propriedade que o Vasco teve o controle do jogo. E se mantivermos esse nível de atuação, ou para ficar perfeito, se o melhorarmos, não apenas a vaga estará garantida, como nossa situação no Brasileiro ficará mais aceitável em pouco tempo.

As atuações…

Martin Silva – só precisou trabalhar efetivamente no finalzinho do jogo, fazendo uma grande defesa quando vários jogadores encobriam sua visão da bola.

Carlos César – não foi tão presente no apoio – para compensar a liberdade que teve o Diego Renan – e não comprometeu defensivamente. Se machucou e acabou sendo substituído pelo André Rocha, que já mereceria aplausos só por não ter dado nenhuma pixotada, mas também por mostrar, ao menos, empenho.

Luan – tirando uma vacilada no primeiro tempo, que acabou rendendo um contra-ataque para a Ponte, não teve muitos problemas com o ataque adversário.

Douglas Silva – algumas falhas de posicionamento na etapa inicial, mas nada que trouxesse muito perigo. No segundo tempo teve menos trabalho.

Diego Renan – uma das melhores opções ofensivas do time, também não fez feio na cobertura. Acabou sendo um dos nomes do jogo por ter aberto o placar com um belo gol.

Guiñazú – teve uma noite de cão de guarda, fazendo com eficiência a proteção à zaga (ainda que para isso tenha aberto a caixa de ferramentas algumas vezes).

Fabrício – foi bem ao fechar os espaços pelo meio de campo mas quando tentou ajudar na criação, acabou pecando na qualidade do passe.

Aranda – se saiu bem melhor que contra o América, errando apenas um passe em quase quarenta. Bem ao cobrir os avanços do Diego Renan, apareceu pouco na criação e finalizou uma vez.

Douglas – ditou o ritmo do time, cadenciando – as vezes em excesso – o toque de bola ou acelerando o ataque com bons lançamentos (como no lance do primeiro gol). Se perdeu em alguns momentos em toques sem muita objetividade, mas foi importante enquanto esteve em campo. Dakson entrou em seu lugar no fim e pouco acrescentou.

Thalles – se movimentou bastante, buscou o jogo incessantemente e ainda marcou um gol por acreditar no lance e aproveitar o rebote. Mas parece afobado em alguns momentos (como no gol mais que feito que perdeu ainda no primeiro tempo). Deu lugar ao Yago, que correu bastante e ajudou a marcar a saída de bola adversária, sem no entanto fazer algo de prático para o ataque.

Kléber – vem adquirindo ritmo aos poucos, melhorando gradualmente sua movimentação. Ontem não deixou o dele, mas deu trabalho para a zaga símia (tanto que foi o jogador que mais sofreu faltas) e teve importante participação no segundo gol, tabelando com Thalles e dando o chute que originou o rebote do goleiro.

***

O basquete sempre foi – com uma larga distância para o futebol, evidentemente – meu segundo esporte favorito. E fico muito feliz em ver o Vasco novamente com uma equipe profissional e não só isso, fazer sua reestreia na modalidade com um título. Por isso, nada mais justo que darmos nosso parabéns à equipe vascaína, campeã do Torneio Carioca. Que esse seja apenas o primeiro passo rumo à conquistas maiores, como é apropriado ao clube carioca mais vencedor no esporte.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG.

Anúncios

28 Comentários

Arquivado em Esporte amador, Resenhas, Títulos, Vídeos

28 Respostas para “Vitória controlada

  1. Luiz Afonso

    Muito boa sua análise do jogo e do time!

  2. JC faz un post a respeito das eleições .
    Belo post esse valeu SV..

  3. alex

    Achei o primeiro tempo irritante, o Vasco bem murrinha, no segundo tempo melhorou e soubemos nos impor na partida.

  4. Leon

    Engraçado é ver o Adílson dizendo que o Aranda precisa melhorar o passe quando tem intocável no time esse Fabrício… Este sujeito erra passes de dois metros, em profusão (e não é de agora, faz isso desde que chegou ao Vasco). Pior: parece se achar um craque. Mas, vá lá, o time deu visivelmente uma melhorada, pois agora temos ao menos um meio campo com os espaços ocupados. Adílson fez o óbvio, com os jogadores que temos. Espero que aquele esquema de dois pontas nunca mais volte, ao menos com os jogadores que temos hoje…

  5. Marcos

    Luan de vez enquando dá uma dormidinha… Dando sopa pro azar.

  6. Bruno

    Sempre acompanhei seu antigo blog no globoesporte.com. Por acaso descobri o novo blog hj. Que bom que continua com a mesma qualidade, continue assim!

  7. alex-es

    Time ideal:
    Martin Silva
    Carlos Cesar, Luan, Rodrigo, Renan
    Guinazu, Fabrício (Pedro Ken)
    Douglas, Dakson (Crispim)
    Thalles (Edmilson) e Kleber

  8. Wanderson DS

    Primeiro tempo horroroso, segundo tempo um pouco melhor, mas vale lembrar a fragilidade da ponte, meio em crise, sem técnico (bem q a gente também joga sem técnico desde o ano passado, mas enfim…) A vitória serviu pra dá ânimo e por ser mata-mata fora de casa dá tranquilidade pra volta… mas sinceramente pra vencer de novo vai ter que melhorar muita coisa ainda, e agora seria uma vitória ainda mais importante pra subir nessa malfadada série… tem que melhorar muito principalmente os PASSES!!! Como é irritante ver jogadores ditos ”profissionais” errar tantos passes BÁSICOS e milimétricos… nem na minha pelada a gente erra tanto assim… dá um ódio!

  9. Eduardo

    Realmente o Luan tem falhado, mas é preciso considerar que a ausência do Rodrigo faz muita falta. Ele dá o tom de experiência que a posição exige, o Luan é novo e recém promovido aos profissionais, mas já demonstrou que tem talento pro futebol. É só uma questão de tempo para adquirir experiência e confiança.

    Assim que o Rodrigo voltar tenho certeza que ele vai crescer de rendimento.

    • Marcos Nunes

      Pois é Eduardo…tb acho que ele tem bola pra ser profissional no Vasco, mas não sei se subiu pra cabeça a ponto de deixá-lo desligado e inseguro em algumas bolas…tomara que seja mesmo a ausência do Rodrigo com sua experiência…SV!

  10. ODILON SILVA -RJ

    Tem que melhorar mais ainda, o time vascaíno precisa evoluir ainda mais, seria melhor se jogasse com: GUINAZU- FABRÍCIO OU PEDRO KEN- DAKSON -DOUGLAS – THALLES – CLEBER – Também não pode pensar, que o time vai se classificar quando quiser, não é bem assim, o time vascaíno precisa ter humildade, jogar bola, e pontuar. Tem uns e outros, que ficam falando que o time vascaíno já conseguiu a vaga, que isso é mole pro time vascaíno, não.é bem assim, não pode pensar dessa forma.

    • alex-es

      Concordo com esse meio pra frente: Guinazu e Fabrício, Dakson e Douglas e Thalles e Kleber. Acho que melhoraria a posse de bola e o toque de bola.

  11. ODILON SILVA -RJ

    Ainda dá tempo de realizar eleições limpas em São Januário, basta anular esses votos comprados, esses votos pilantras, basta desfazer essa armação suja, de colocarem sócios do próprio bolso. Com eleições compradas, a situação do Club se complica , esse Club, essa torcida, essa história, não merecia isso.

  12. Mario Guglielmi

    O banco fez muito bem ao André Rocha. Poderia surtir o mesmo efeito no Montoya.

  13. Gabriel Carvalho (@Gabriel7005)

    Parece q finalmente os problemas deram um tempo e o trabalho do adilson esta começando a se consolidar. Obrigado por continuar com o blog Jc

  14. Primeiro tempo Horroroso , errando muito passes , depois do gol melhorou, tomou conta do jogo, Talles muito bom , Luan fraco.Saudaçoes Vascaínas.

  15. Brankello

    Tambem concordo com o colega quando diz que o Luan vem falhando e querendo entregar a rapadura, ontem falhou, e no jogo contra o Santa também. Presta a atenção que ele anda inseguro.

    • Wanderson DS

      eu não acho que seja insegurança, me parece até o contrário, excesso de confiança, um ar até meio blasé de “eu sou foda” e acaba errando coisas simples…

  16. Flavio - São Luis

    Blz! Que vitoria maravilhosa. Parabens galera do basquete!

  17. Caloteiro

    Da-lhe alegria no coração Vascão. Com duas vitórias no campo e na quadra. É isso aí… Parabéns!!!

  18. Yasmin Desejada - Torcedora do Vascão

    Aos poucos vamos resgatando a confiança. Claro, fico feliz com a volta do basquete do Vasco. O basquete vascaíno já virou tradição. Parabéns Vascão!

  19. KATE

    Foi uma ótima vitória do time de futebol e também bem como o time de basquete. Parabens Vascooooo!!!

  20. Marcos Nunes

    JC Camarada,
    Excelente análise dos fatos e das atuações! Só acho que o Luan (não só ontem) não tá “evoluindo” junto com o time….tá desligado e disperso em alguns momentos e quase que entrega a paçoca!!
    No mais, até o mongolóide do André Rocha mostrou disposição…
    Saudações Vascaínas!

  21. TOMAS COSTA

    Bom dia galera !

    A vitoria foi controlada até demais né JC, sinceramente faz tempo que não vemos uma atuação convincente do vasco nos 90 minutos, ontem por exemplo foi um primeiro tempo horroroso , os caras errando passes de dois metros, chegou a dar uma angústia no peito de ver o nosso amado Vasco da Gama sem nenhuma inspiração. Mas fazer o que, afinal é o que temos para momento e não tem mais jeito pelo menos esse ano, portanto só nos resta torcer.
    JC li os seus comentários em relação as atuações e discordo apenas em relação ao Luan, acho que ele mais uma vez não jogou bem e vem falhando há bastante tempo, sem falar que as vezes parece meio que desligado do jogo e deixa os atacantes meios que sozinhos. Na minha opinião eu tentaria uma zaga formada com o Rodrigo e o Douglas Silva que apesar de não ser essa coca-cola toda me parece mais experiente e com mais recursos técnicos inclusive marcando gols e sempre aparecendo bem colocado na área adversária em escanteios. Sem falar também que poderia até dar uma chace para o zagueiro que veio do Ituano que ainda não teve oportunidade. O que é que vc acha disso JC, seria uma boa testar o Rodrigo com outro zagueiro ?

    SAUDAÇÕES VASCAÍNAS !

  22. JACIEL - RJ

    Boa vitória! tivemos um segundo tempo, após o gol, como há muito tempo não se via… Espero que sábado o time consiga atuar nesse nível novamente, pois não aguentamos mais instabilidade…
    JC, vc sabe se o Marquinhos do Sul e o Lorran estão lesionados? não ví nada sobre isso nos sites. Achei estranho não vê-los no banco,gosto muito do futebol deles…
    PS: Tenho muitas saudades do nosso time de Basquete no final dos anos 90. sempre acompanhava no maracanãzinho, principalmente contra a mulambada. Charles Bird,Vargas e cia.. timaço!
    Abs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s