Contradições

Uma vitória ontem sobre o América-RN não nos traria uma subida na tabela, mas nos garantiria a sétima colocação, faria com que chegássemos a um aproveitamento igual ao dos integrantes do G4 e, mais importante, alegraria a torcida na volta do time a São Januário. Mas mostrando mais uma vez o que parece ser um já um péssimo hábito, o Vasco não teve competência para fazer a sua parte quando mais precisava de uma vitória e não passou de um empate em 1 a 1.

Apesar disso, e por mais que os resultados apontem uma contradição, no empate de ontem o Vasco pareceu mostrar mais da tal “evolução” que na goleada sobre o Santa Cruz. O torcedor menos atento certamente discordará dessa opinião, já que um vitória como goleada é muito melhor que um empate dentro de casa. Mas uma comparação entre as duas partidas deverá resolver a questão.

Contra o Santa Cruz, cedemos mais espaços, tivemos mais falhas individuais e criamos bem menos chances de gol que contra o América. Pode-se argumentar que o time potiguar jogou muito mais fechado que o pernambucano, mas isso se deu muito mais porque ontem o Vasco soube ocupar melhor os espaços e efetivamente pressionou o América, o que não conseguimos fazer por muito tempo contra o Santa. A diferença capital acabou sendo mais uma vez individual: mesmo acontecendo com muito mais frequência na Arena Pantanal, os erros fatais para o resultado acabaram acontecendo em São Januário. Tanto no gol contra estilo trapalhões que demos ao América quanto na quantidade de gols feitos que desperdiçamos (o que definitivamente não aconteceu na rodada anterior). Kléber, Douglas Silva e Lucas Crispim, esse duas vezes, perderam gols inacreditáveis.

E nem dá pra colocar na conta do Adilson o resultado ontem, ainda que o treinador tenha recebido o “carinho” da torcida presente. A  opção por Aranda para substituir Pedro Ken após sua contusão rendeu a primeira leva de críticas ao técnico, mas essas não foram muito justas: o time estava bem, vencendo a partida, e não teria sentido mudar o que ele havia planejado para o jogo naquele momento. Se o paraguaio não foi bem, a culpa não é do Adilson, assim como não foi culpa dele a lambança da defesa no lance do gol de empate e menos ainda a incapacidade dos jogadores vascaínos de empurrarem a bola para o gol do América. Se há algo para se criticar nas decisões do Adilson na partida foram os quase vinte minutos que esperou para mexer na equipe depois de sofrermos o empate.

Essas duas últimas partidas mostram o quanto um placar pode mascarar o que aconteceu em um jogo. Assim como um time pode jogar mal e golear, também pode jogar bem e não conseguir a vitória. A torcida, principalmente os que foram ao estádio, tem todo direito que achar tudo uma porcaria, já que no final das contas, o resultado foi péssimo. Mas a atuação do Vasco, num modo geral e por mais contraditório que possa parecer, definitivamente não foi.

As atuações…

Martin Silva – nas raras vezes em que teve trabalho, foi bem. No gol não poderia fazer muita coisa.

Carlos César – tem mais vontade que capacidade para fazer jogadas e isso já basta para garantir a vaga no time que era do André Rocha. Foi bastante participativo no apoio, mas por outro lado, acabou deixando alguns espaços na sua lateral. Saiu para a entrada do Lucas Crispim, que até ajudou o time voltar a pressionar, mas pecou demais nos momentos decisivos, ora errando o último passe, ora perdendo gols incríveis.

Luan  – se saiu bem na maioria dos lances e deu muito azar na jogada do gol contra, cortando a bola na direção do Diego Renan.

Douglas Silva – excessivamente confiante, parecia querer entregar a rapadura desde o começo do jogo, arriscando diversas vezes dribles na entrada da área. Acabou entregando de verdade no lance do gol contra, quando tentou cortar um passe do atacante do América e acabou fazendo uma tabelinha com ele. No fim do jogo quase compensou a falha marcando o gol da vitória, o que não aconteceu por conta de um milagre do goleiro Fernando Henrique.

Diego Renan – mais participativo que na partida contra o Santa, mas não muito mais efetivo. Tentou alguns arremates, sem sucesso. E acabou virando o vilão da partida por estar no lugar errado, na hora errada.

Guiñazú – outra boa partida do argentino, mostrando a disposição de sempre, sem fazer muitas faltas – apesar do amarelo que levou – ou errar muitos passes.

Fabrício – um pouco melhor defensivamente do que foi na goleada contra o Santa, mas nem de perto tão eficiente na frente. Tentou ajudar Douglas na criação de jogadas, mas chegou pouco à frente para finalizar.

Pedro Ken – nos pouco mais de 20 minutos em campo apareceu mais na marcação. Se contundiu e deu lugar ao Aranda, que jogou parte do tempo no meio – quando acabou cometendo muitas faltas e errou mais passes do que poderia na função – e acabou deslocado para a lateral, quando apareceu mais na frente, apoiando o ataque e até finalizando.

Douglas – fez um belo gol de falta e enquanto teve fôlego, organizou o meio de campo na parte criativa. Quando cansou, sumiu do jogo e foi substituído por Dakson, que dessa vez não ajudou muito nem nas bolas paradas.

Thalles – correu o jogo todo, mas acabou não sendo muito efetivo. Passando boa parte do tempo longe da área buscando jogo, acabou não tendo muitas oportunidades de finalização. Pecou no individualismo em alguns momentos.

Kleber – mais movimentação que na estreia, também lutou bastante ao longo da partida. Perdeu um gol feito no primeiro tempo, depois que Carlos César e Thalles fizeram boa jogada e o segundo cruzou na medida para o Gladiador.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG.

Anúncios

32 Comentários

Arquivado em Resenhas, Vídeos

32 Respostas para “Contradições

  1. Michel k2

    O que vocês acham do Horta (aclamado por muitos como um possível salvador de nossa Nau), declarar seu voto ao Eurico?
    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/vasco/noticia/2014/07/cobicado-nas-eleicoes-do-vasco-horta-declara-voto-em-eurico-miranda.html

    • Wanderson DS

      eu sempre falei que clube de futebol nada tinha a ver com carnaval que tem incentivo do governo e do tráfico! Bobos eram aqueles que acreditavam nesse nefasto…

  2. KATE

    Bola pra frente Vasco da Gamaaaaaa!!! Pra cima da Ponte. Vamos ganhar 3 vezes. Pra cima deles com garra que ganharemos.. !!!

  3. Murillo Santiago

    JC, acredito que o time foi melhor, mas um dos pontos da análise é a diferença, pelo menos que eu vi, entre o Santinha e o América. O Santinha com menos 2 é melhor que esse mequinha de pimpão e jeferson chinelo. Acho irritante o fato do Vasco não ter nenhuma variação de jogo e nem se dar ao esforço de conseguir ter. E assim, ou o técnico é incapaz, ou o time é incapaz ou ambos. Não acredito que este time seja tão ruim assim, mas pelo menos os parceiros do adilson estão rodando aos poucos, vide marlon, andré rocha e espero que em breve Douglas Silva.
    Como observação, deixo meu repúdio à musiquinha que criaram para o flamengo e que em nada nos enaltece, pelo contrário. Se em 2009 estávamos empenhados na volta do gigante, bastaram 5 anos pra não fazermos nada de novo nem de criativo, só puxando sardinha da midia mais ainda para os framengos. Além do que, coisas como silêncio na favela atestam contra o nosso passado e nosso presente, vide onde está SJ. Corremos o sério risco de não sermos mais Vasco e sim o rival vice dos urubus.
    SV

    • JC Barbosa

      Cara, analisar apenas os times é meio complicado. A forma como eles jogam também precisa ser analisada: o Santa não ficou recuado o tempo todo como o América. E se o América ficou apenas esperando o contra-ataque, dessa vez (pelo menos) foi mais por conta da pressão que o Vasco fez.

      • Murillo Santiago

        É verdade. Mais uma vez concordo contigo. Acho que impusemos mais nosso jogo contra o América, só tenho a dúvida de que se o Thales é titular absoluto mesmo, acho que o Edmilson, por pior que seja, tem mais tranquilidade pra matar o jogo. Acho que o Thales tem que treinar um pouco mais de finalização pq perde muitos gols bisonhos. No mais ainda acho que nadaremos de braçada no segundo turno, com ou sem Adilson.

  4. MAURILIO MOURTHÉ DE SOUZA

    Oi, jc, é culpa sim do “burro suado”, logico que não só dele porque ele não joga, mas escala muito mal. Por que não testar 02 armadores? Guina, Fabricio, Douglas e Crispim ou Dackson; Kleber e Edimilson/Talles.? Por que não tirar o Aranda , clocando o Crispim e mantendo o lateral? BURRO E MEDROSO. Por isso, numa serie B sem ninguem, nós tambem somos NINGUEM.

    • JC Barbosa

      O jogo foi 1 a 1 e o Vasco pressionou o adversário por praticamente todos os 90 minutos. O gol dos caras foi culpa da trapalhada da defesa. O tal do Crispim – esse mesmo que vc pede como titular – perdeu não um, mas DOIS GOLS inaceitáveis para um jogador profissional. Isso sem falar nos gols perdidos pelo Kleber e pelo Douglas Silva. Se ainda assim vc acha que o empate é culpa do treinador nessa situação, não haverá argumento que te convença do contrário, concorda?

  5. Thayse

    A bem verdade é que o Vasco tem um time ruim, aliás, quase todos grandes do Rio, Vasco Flamengo e Botafogo não tem times que honrem suas tradições, o Flu é o único que tem um time mais ou menos…

  6. paulo eduardo

    Já eu coloco a perda desses dois pontos na conta de “Seu” Adilson! É claro que técnico não empurra bola prá dentro e nem erra chute, mas ser covarde e não colocar o Lucas na saída do Ken e depois ter que correr atrás do resultado e aí tirar um lateral que estava ÓTIMO e deslocar Aranda para lá e por o Lucas no desespero!!! É claro que ele tem culpa pelo resultado. A história não premia os covardes!!!

    • JC Barbosa

      O técnico pensou numa forma pro time jogar. Quando Pedro Ken saiu, o Vasco vencia por 1 a 0 e pressionava muito o América. Não teria o menor sentido ele mudar o time e colocar um meia no lugar de um volante numa situação como essa. E se houve “corrida atrás” não foi por culpa do Adilson, e sim por conta da presepada master cometida pela zaga no gol mais que acidental do adversário.

      Gostar do Adilson, ninguém gosta. Colocar a culpa no técnico em tudo o que acontece não faz sentido.

  7. TOMAS COSTA

    Olá meu caro JC, quanto tempo companheiro. Ando meio que desanimado em escreve atualmente, pois nada mudou, tivemos 40 dias pra que alguma coisa mudar e nada, as mesmas jogadinhas de sempre , os mesmos erros bizonhos dos nossos medianos jogadores, e as mesmas mexidas equivocadas do nosso prof. Pardal. O time empatando em casa com o “poreroso” America de Natal e o cara me tira um lateral que até então era um dos melhores em campo, pelo menos era o que mas se apresentava para o jogo , e me coloca o Aranda na posição que inclusive já tinha até cartão amarelo, só podia dar no que deu, inclusive corremos até sérios riscos de perdermos a partida. Na minha opinião vamos ter que levar essa segundona em banho-maria mesmo, e se Deus quiser com as eleições quem sabe novos horizontes se apresentarão para o nosso amado time da colina, pq esse ano vai continuar a ser só sofrimento.
    SAUDAÇÕES VASCAÍNAS !

  8. LEKO

    JC
    O Jogo foi bom, e concordo em sua maioria com seu testo. Apenas acho, que Aranda, não tem futebol para jogar no Vasco. Marca mal, é precipitado, e com a contusão do KEM, precisamos de um 2o.volante marcador que não temos. Acho que o Fabrício como 2o.volante e Dakson mais marcador como terceiro, pode encorpar mais o time. O Diogo Silva é um bom zagueiro mas muito lento.Se colocar um jogador veloz passa todas por ele. Mas não podemos desanimar. Vamos com tudo nos tres jogos contra a Ponte, mas sem Aranda. O Adilson também deve testar Montoya, crispim deu azar, mas é um bom reserva, e os da base. Temos tudo para começar a subir na tabela, e agora com apoio da torcida.. .

    SDV

  9. ODILON SILVA -RJ

    Tinha era que anular os votos comprados, tinha que anular os votos mentirosos, tinha que anular os votos forçados , aí sim, teríamos eleições limpas em São Januário , com os votos dos verdadeiros associados vascaínos, teríamos uma eleição natura, sem malandragem, consequentemente teríamos um grande presidente, daríamos um belo exemplo para futuras eleições vascaína. Agora preocupa o futuro dos processos eleitorais vascaíno, se hoje colocam sócios do próprio bolso, se hoje compram votinhos, se hoje atropelam o gosto, a vontade do verdadeiro associado vascaíno, se hoje baguncam o processo eleitoral vascaíno, imaginem o que farão amanhã, imagina a desordem futura, como exigir algo correto amanhã, se hoje admitimos essas coisas. Muito triste esse tipo de coisa acontecendo com o VASCAO, uma lástima, quem viveu esse Club no passado, quem conhece a história desse Club, quem conhece a história dos homens que construíram esse Club, hoje vemos esse mesmo Club ,cercado desse tipo de coisa,.

  10. ODILON SILVA -RJ

    Além de perder dois pontos, conseguiram irritar a torcida vascaína, jogando contra o América RN em São Januário, coloca o time ofensivo, coloca o time com dois jogadores na armação, na criação, coloca o DAKSON E O DOUGLAS juntos, vai ser decerficar as opções de jogadas, naturalmente as jogadas vão nascer, vai facilitar as coisas para o DOUGLAS, vai facilitar as coisas para o CLEBER E O THALLES. Tem que armar um guadrado com DOUGLAS, DAKSON, CLEBER, THALLES, o tempo ta passando, o time precisa pontuar, a hora é essa, não pode pensar que a hora que quiser vai conseguir a vaga, não é bem assim, tem que acerta o time, tem que pontuar.

  11. Fábio Cunha

    JC, só faltou uma menção ao nosso querido vascaíno João Ubaldo Ribeiro.
    No mais, é isso aí mesmo. Confesso que fiquei com muito raiva do jogo…

  12. Yasmin Desejada - Torcedora do Vascão

    E aí JC, gostou da nova musiquinha da torcida baseada na letra dos hermanos “Decime qué te siente, mulambo”?

  13. Valério

    Precisamos de 3 pontos urgenteeeeeeee!!!

  14. Caloteiro

    O jogo foi bom! Dessa vez a culpa foi dos jogadores. A desatenção da zaga e a falta de pontaria dos homens de frente. Vamos em busca da próxima vitória.

  15. Ulisses Pinheiro

    Fala JC, concordo com que disseste. Gostaria também de repetir aqui, qual tecnico que o Vasco poderia contratar que com os jogadores que temos poderia oferecer um melhor futebol? Acho difícil? Joel Santana? Ou Vasco quer investir no Tite? Enfim, por incrível que pareça gostei do Aranda na lateral, achei que ele acertou alguns cruzamentos e marca melhor que os jogadores que temos para posição. Agora o Douglas Silva é muito ruim, será que o Anderson que veio do Ituano é tão pior que ele?
    Enfim vai ser sofrimento até o fim, mas acho que voltamos pra serie A muito também em razão da qualidade (ou falta dela) dos adversários
    Abs

  16. caro jc boa tarde!!!.

    na minha opinião, não seria muito bom deixar o cleber e o talles juntos no ataque, pois ambos sao atacantes de referencia. Axo que ele deveria treinar o Kleber mais o edmilson, que é um jogador de lado de campo.

    axo muito boa a tatica do adilson com tres volantes. As vezes vejo vc criticando que os laterais deixam muito espaço em seus setores mais quando os laterais sao muito ofensivos, como no caso do carlos cesar no jogo de ontem, é normal os espaços aparecerem. Ou o cara apoia ou ele fica preso la atras pra marca. Então cabe um dos tres volantes fazer essa cobetura.

    Fazendo com esse esquema e tendo mais entrosamento o time tem tudo pra engrenar

    • JC Barbosa

      Helison, até onde eu sei, nenhum dos dois é homem de área. O Thalles jogava pelos lados do campo na base e o Kleber nunca foi centroavante fixo. Já sobre o Carlos César, apoiar não pode ser sinônimo de abandono das funções defensivas. Não jogamos num 3-5-2 e ele não é um ala. Os volantes têm que cobrir as subidas dos laterais, mas isso não quer dizer que eles possam pensar apenas em atacar.

  17. Leia-se: Por culpa do Adilson?
    Obgdo pela correção.

  18. Leia-se: Por culpa do Adilson?
    Obgdo.

  19. JC. Curiosamente, ‘e a primeira vez q vejo vc, embora cautelosamente, defender o Adilson. Isto significa q vc e um comentarista de bom senso e honesto, e q o Adilson nao e tão “burro” quanto parece aos olhos da torcida. Nos nao sabemos o que o Adilson instrui aos jogadores, e se eles cumprem ou nao as instruções. Mas temos visto os vários gols perdidos. Por culpa do Adilson. E Logico e compreensível que esta Administração, em fim de mandato, nao cogita de uma mudança de técnico. A menos que q a situação se torne insustentável. Então vamos ter q compreender as subidas e descidas de produção do time, embora sem deixar de emitir nossos conceitos e avaliações. E como vc mesmo demonstrou em seu mais recente comentário, esperamos que a “tal evolução” venha a ser cada vez mais constante e acentuada, de modo a nos levar, pelo menos ao G4. e sem tantas preocupações. Abcs.

    • JC Barbosa

      Nem tão cautelosa, nem tão defesa, Mário. Disse claramente que, pelo menos ontem, o maior culpado pela derrota não foi o treinador. Mas ainda assim, achei que ele demorou demais em colocar o Crispim em campo.

  20. Marcos Nunes

    JC Camarada,
    A minha opinião sobre o jogo é o seguinte:
    1 – Adilson Batista já era, não consegue tirar mais nada de proveitoso desse time…e faço parte dos 99% da torcida que acha ele teimoso e burro nas substituições, soberbo e marrento nas entrevistas;
    2 – Sei que o Talles é um belo atacante, jovem e inteligente pra aprender que nem toda hora tem que “fuzilar” no gol….tudo pra ele tem que dá um porradão pro gol, ao invés de procurar o “jeito” de bater; e
    3 – Carlos César, com uma perna só, dá de 1000 no mongolóide do André Rocha.
    Saudações Vascaínas

  21. Phelipe Borges

    Excelentes observações, JC.

    Um vascaíno sensato, como você, saberia que o técnico nada tem a ver com o desempenho individual de certos jogadores bem abaixo do esperado. A meu ver, foi um jogo muito bom do time, mostrando-se bem acima dos outros da Série B. Espero que continue assim e, com a possível falta de Ken, Adilson possa fazer a melhor escolha possível, mantendo o Vasco com o mesmo padrão tático – já técnico não sei dizer…

    SV

  22. Wanderson DS

    Continuo com a tecla que o VASCO perdeu a melhor oportunidade de trocar esse treineiro medíocre na parada da copa… É INADMISSÍVEL jogar em são januário com 3 VOLANTES na série B… não me interessa se o time tava “mandando no jogo”, do que adianta se não tem criatividade?! Ainda me tira o Carlos César q tava sendo uma das poucas válvulas de escape do time pra e deslocar o Aranda pra aquele setor… É UMA ANTA! E o pior é que não admite seus erros, fica com arrogância e soberba nas coletivas jogando indiretas e chamando toda a torcida de ANALFABETA!!!! Quem essa cara pensa que é?! O VASCO ESTÁ NA 8ª POSIÇÃO NUMA RIDÍCULA SÉRIE B CARACA!!!! A CADA RODADA FICA NESSA INTERMEDIÁRIA, QUANDO CHEGAR NA RETA FINAL SERÁ TARDE DEMAIS!!! TIREM ESSE IMBECIL!!!!

    • Claudinei

      Também falei antes da parada para a Copa que o melhor seria termos trocado de técnico. Não fizemos, agora está ficando tarde. A diretoria vai trocar de técnico quando perceber que terá dificuldades para subir. Espero que ainda dê tempo…

  23. Concordo 100%, deveriam treinar chutes a gol exaustivamente. Não é de agora que o Vasco perde gols em profusão, já se tornou um hábito. Quanto ao técnico, esse não é confiável.

    SDV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s