Uma questão matemática

É uma simples questão numérica: mesmo que o jogo contra o Náutico não tivesse sido adiado e mesmo que tivéssemos vencido a partida, hoje o Vasco não estaria entre o times classificados para a Série A em 2015. Estaríamos, em plena sétima rodada, com 12 pontos e ridículos 57,1% de aproveitamento, atrás de potências como América-MG, Ceará, ABC e do próprio Joinville, com quem não passamos do 0 a 0 ontem.

E pelo futebol que apresentamos, podemos dizer – mais uma vez, é bom lembrar – o pontinho conquistado em Santa Catarina foi uma grande sorte. Os donos da casa dominaram boa parte do jogo e não fosse a incompetência do seu ataque, teríamos perdido a partida. Merecidamente, aliás.

O primeiro tempo foi daqueles de se apagar da história do clube. O 3-5-2 com que jogamos, esquema que naturalmente depende de tempo para se ajustar, mostrou uma ineficiência aberrante na etapa inicial. Sem que os jogadores encontrassem o posicionamento correto, o Vasco não conseguiu atacar, nem reter a posse de bola e ainda cedeu todos os espaços possíveis para os contra-ataques do adversário. Enquanto o Joinville teve pelo menos três chances claríssimas para marcar, nós só ameaçamos, e ligeiramente, numa jogada em que o goleiro adversário tentou driblar o Edmilson e quase perdeu a bola. E mesmo quando conseguimos equilibrar um pouco a partida, marcando um pouco melhor no meio de campo, as jogadas ofensivas eram facilmente anuladas pela defesa dos nossos anfitriões.

Não podemos deixar de citar que o Vasco melhorou na segunda etapa, mas apenas em parte por conta do melhor acerto do time. O Joinville, que no primeiro tempo procurou fazer mais que apenas esperar pelos contra-ataques, resolveu se fechar e aceitou uma certa pressão vascaína. Mas mesmo quando passamos a ficar mais tempo no campo adversário, não conseguíamos criar jogadas para nossos atacantes. Adilson mexeu no time, mudou o 3-5-2 para um 4-4-2 (com a saída do Luan e a entrada do Biteco), mas o ataque seguia inexpressivo. Um chute do Diego Renan e uma finalização do Edmilson foram as únicas boas chances que tivemos de marcar. E ainda que não fosse tão efetivo quanto no começo do jogo, o Joinville criou mais e melhores chances com seus contragolpes. Mais uma vez, podemos agradecer à sorte pela má pontaria dos atacantes adversários, que mesmo finalizando com muito perigo, não fizeram com que Diego Silva tivesse que fazer defesas complicadas na etapa final.

As mudanças que Adilson fez na equipe depois do terrível jogo contra o Sampaio Corrêa não surtiram o efeito desejado e o Vasco segue sem poder dizer que é favorito numa competição na qual, em teoria, não deveria ter concorrentes à altura. Seja pelos desfalques, pelo desentrosamento, cansaço ou qualquer desculpa que for, a realidade é uma só: se o Vasco hoje está em uma posição intermediária de uma tabela de Série B, a culpa é única e exclusiva do grupo, que não conseguiu ainda mostrar uma superioridade que seu elenco – e, principalmente, seus salários – deveriam ter diante de adversários da categoria que temos. A autoridade de time grande que comentei no último post, ainda parece muito longe de ser mostrada pelo time do Adilson.

***

As atuações…

Diogo Silva – não sofrer gols já é um grande feito para nosso atual goleiro titular. Mas não só isso, Diogo chegou a fazer algumas boas defesas no primeiro tempo (ainda que tenha feito uma saída em falso que não resultou em gol apenas porque o atacante Jael errou a cabeçada). No segundo, apesar dos perigosos contra-ataques do Joinville, não teve tanto trabalho.

Luan – com apenas um dia de treinamento no 3-5-2, não se deu bem com o novo esquema (o que valeu para todos na zaga). No segundo tempo acabou indo para a lateral direita e até apareceu algumas vezes no apoio. Acabou sendo substituído pelo Biteco, que não foi decisivo como na sua estreia: entrou para ajudar Douglas a criar, mas pouco apareceu.

Rodrigo – volta de contusão, falta de ritmo e esquema novo. Era muita coisa para um zagueiro só e Rodrigo acabou sendo o que se saiu pior no primeiro tempo. Quando o 3-5-2 foi pro espaço, passou a se posicionar melhor, mas ainda precisa de mais jogos para voltar ao normal.

Douglas Silva – mais um a não se adaptar ao jogo com três zagueiros, teve como principal mérito conseguir cortar uma bola que, depois de bater na trave, fatalmente acabaria no fundo das nossas redes.

Diego Renan – um jogo na média, já que naturalmente é um lateral que apóia muito. Acabou jogando boa parte do tempo no ataque e teve uma das melhores chances do time, em chute cruzado que obrigou o goleiro adversário a fazer grande defesa.

Fabrício – no começo do jogo tentou dar uma finta num atacante em frente da nossa área e quase entregou a rapadura. Falhou também ao ocupar os espaços no meio de campo, facilitando a vida do adversário. Mas joga sério e com disposição e deve melhorar com uma sequência maior de jogos.

Pedro Ken – se quando está adaptado ao esquema ele fica meio perdido em campo, ontem não poderia ser diferente. Quando fica mais preso a marcação é mais útil. Ajudando no apoio foi apenas discreto.

Douglas – tentou ditar o ritmo do time, fazendo a bola rodar sem precipitações. Se não foi tão decisivo, pelo menos levou perigo nos lançamentos e acertou algumas boas viradas de jogo.

Marlon – deveria ser o mais interessado na implantação do esquema com três zagueiros, mas não justificou a liberdade que 3-5-2 lhe deu: praticamente não foi visto no ataque e não ajudou em nada na marcação.

Rafael Silva – outra partida em que não conseguiu superar a marcação adversária, não conseguindo ser minimamente efetivo. Yago acabou tomando seu lugar ainda no intervalo e seu estilo de jogo era mais adequado ao adversário: partindo pra cima dos marcadores, ajudou o Vasco a ter mais presença ofensiva. Só precisa melhorar na definição das jogadas, seja dando o último passe, seja finalizado.

Edmilson – talvez seja a falta de ritmo, mas a falta de mobilidade prejudicou sua atuação. Recebeu poucas bolas em boas condições de finalizar, mas quando teve a chance, desperdiçou chutando fraco e em cima do goleiro.

***

Também tenho uma coluna nova no site Ao Vasco, Tudo! Dá uma clicada aí e prestigie!

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG.

Anúncios

32 Comentários

Arquivado em Atuações, Resenhas, Vídeos

32 Respostas para “Uma questão matemática

  1. Christiano

    JC,
    Acho que o Adilson dez um trabalho decente no Estadual. Até simpatizo com a pessoal dele, com a postura.
    O principal problema do Adilson atualmente é a insegurança. Ele mesmo não tem mais convicção de como armar o time, de quais os jogadores…
    Fica mudando o time o tempo todo. Não passa sensação de que está no controle.
    Acho também que isso passa para os jogadores. E aí que está o problema. Acho que eles ficam com a sensação de estar num barco sem comando. Sentimento de impotência mesmo, e isso deve abater todo o time.
    Por isso acho que realmente passou o momento para o Adilson. Então, ainda que se coloque um técnico mediano ( como o próprio Adilson), acho que ele terá mais oportunidade de acertar o time do que o Adilson.
    Abraço

  2. Olha o Leko falou tudo , isso não e pessimismo e realidade, ta difícil com essa diretoria omissa , estou muito preocupado com o vasco , esse técnico tem que ser mandado embora urgente, muito fraco , ele esta totalmente perdido, muito fraco. saudaçoes vascaínas.

  3. Com Adirço a gente não sobe, Deus nos ajude que ele realmente tenha proposta lá de fora e se mande. Estou cansado de ver todos os cabeças de bagre terem 1000 chances e o coitado do Montoya uma chance aqui outra acolá e ainda fora de posição.

    O cara não deve ter padrinho, só pode. O time fica rodando na intermediária sem que um único jogador tente um drible sequer, eu nunca vi futebol sem drible, os caras são ruins demais, só se salva o Yago que vai pra cima e ainda assim não damos chance ao Montoya, isso me dá nojo. Coloca o cara no meio mais próximo da área e vamos ver o que ele faz, basta dar 1/5 das chances que foram dadas ao Felipe Bostas e ao Diogo mãos de alface, chega a ser ridícula essa situação.

    Fora do Vasco seu estúpido de bosta, vai Adirço, sai de vez seu merdinha suado do cacete.

    SDV

  4. Gorilo

    Pra mim o que ta faltando é o jogadores assimilar que jogam num time grande e SE IMPOR AO ADVERSÁRIO SEJA ELE QUAL FOR. Pra mim tá faltando isso, mas tem que jogar futebol e melhorar porque tá um porcaria.

  5. Barbara-CRVG

    Fala JC? Tudo bem rapaz?
    Amigo a coisa ta feia mesmo. O Vasco ta jogando um futebolzinho de terceira categoria. Por que o Vasco ficou assim? Nossa, time péssimo. Ta dificil torcer, agora só os apaixonados mesmo pelo Vasco, porque pelo time a coisa ta feia. Com a volta dos jogadores que estavam lesionados voce acredita que o Vasco possa melhor o nível de jogo? Um abraço!

    • JC Barbosa

      Aos poucos eles já estão voltando. Mas até terem ritmo de jogo, acho que o time ainda ficará nessa. Nos resta torcer por algumas vitórias até a copa e esperar ela terminar pra entrar de vez no campeonato.

  6. Washington-DF (Vasco)

    Olá JC! Que bom encontrá-lo aqui meu caro! Blz!
    Rapaz tenho assistido as partidas do Vasco e veja que a coisa ta feia mesmo, nunca vi o Vasco jogar tão mal como vi jogar esses 2 ultomos jogos contra o Sampaio e Joinvile. Foi muito sorte o Vasco não ter perdido esses jogos mesmo, principalmente contra o Sampaio.
    É notório ver a bagunça que se tornou o Vasco, com um amontoados de jogadores no meio e chuva de passes (laterais) errados. O que vamos fazer meu amigo? Imagine se estivessemos na Série A enfrentando Cruzeiro, Corinthians, Inter, Gremio etcccc… Rapaz, espero que depois dessas eleições o mnadatário que assumir possa colocar o Vasco nos eixos e transforá-lo novamente em time grande, pois pelo futebolzinho que tá jogando, não sobe para A. Espero que as coisas melhore para o nosso lado daqui pra frente… Mesmo o time praticando um futebol pobre de dar dó, me tornei sócio contribuinte porque amo demais esse clube. Valeu! Um abração meu caro!

  7. ANTONIO DIAS - CAMPINAS - SP

    Alô JC, Cara, está muito difícil ver jogos do Vasco. Não dá pra imaginar que jogadores que ganham R$ 100.000,00 a R$ 200.000,00 por mês tenham tanta dificuldade em fazer um passe, dar um drible, chutar no gol etc. Imagina se nós, pobres mortais, profissionais, entregássemos ao nosso patrão um trabalho tão sem qualidade como esse que os jogadores tem apresentado. O que aconteceria? Seríamos mandados embora sem a menor cerimônia. Mas isto não acontece com jogadores. Eles não fazem um bom trabalho, recebem fortunas por esse mau trabalho e continuam a vida deles na boa sem preocupações. Os torcedores e o Clube é que sofrem por essa displicência, má vontade ou mesmo falta de qualidade. Temos que repensar o futebol e os valores que estamos pagando a esses maus profissionais ou até mesmo repensar o nosso papel de torcedores. Afinal temos tido mais alegrias ou mais tristezas em torcer pelo time? E quanto isso tem nos custado em ingressos, camisas e outros itens com o nome do clube. Cara, em resumo, pagamos para sofrer. Se não me engano, isso tem um nome….
    Abraços a todos.

  8. alex

    Ontem eu só vi um pedaço do segundo tempo, pois não lembrava que tinha jogo (tamanho o meu interesse na série B).

    Nossa, como o time jogou mal, burocraticamente, sem vontade de ganhar.

    Teve dois lances no fim que o goleiro deles salvou, no mais o time não chutava a gol, passes displicentes …

    Assim fica difícil, acho que deveríamos aproveitar a parada da copa para treinar com um novo treinador.

    • Claudinei

      Já disse isso também! vamos esperar a parada da copa com esse mesmo treinador e não irá resolver. Já vi esse filme antes…

    • Eduardo

      Seria o ideal, essa parada da Copa é nossa chance de dar a volta por cima. Mas para isso são necessárias atitudes, coisa que nossa diretoria só toma quando não adianta mais.

      JC, realmente nas semis e finais do Cariocão o time se apresentou razovalmente bem, merecendo até ser campeão. Mas como todos sabem, esse Estadual não pode servir de parâmetro pro restante da temporada, pq corre-se o risco de achar que está tudo bem e não são necessárias melhoras. Não preciso nem dizer que foi isso que aconteceu.

      Eu era favorável a manutenção do Adilson para esse ano, não o considerei culpado pela queda pq foi o último a chegar e pouco podia fazer, mesmo insistindo com jogadores que todos nós sabíamos que não resolveriam nada. Mas nesse caso ele tinha o benefício da dúvida pq tinha acabado de chegar.

      Agora não existe mais desculpa, ninguém ali conhece o elenco melhor que ele e não se justifica a insistência com certos nomes até hoje. Suas escalações e substituições equivocadas em vários e vários jogos são provas suficientes que ele não terá capacidade de nos colocar nas primeiras posições desta Série B. Estou realmente preocupado…ou muda-se drasticamente ou corremos riscos reais de não subir.

  9. Eduardo

    E ainda dizem que Adilson “deu padrão” ao time. Se esse é o tal padrão, pode desfazer e começar do zero, pq é totalmente equivocado.

    Quem no lugar do Adilson? Qualquer um que pense diferente dele e já estaremos no lucro.

    Dizem que tem time do Oriente Médio levar ele, tomara que aceite a proposta e leve o Felipe Bastos junto!

    SV.

    • JC Barbosa

      Na parte final do Carioca, o time tinha padrão. Depois disso, veio a garfada, milhares de contusões e o óbvio abatimento do time.

      O trabalho do Adilson é muito parecido com a gestão Dinamite: não é preciso dizer que ela não teve nenhuma qualidade para que todos saibam que ela é muito ruim.

  10. Carlos Queiroz

    JC parece que o Clube está abandonado na Série B, não entendeu que precisa jogar, parece que os jogadores estão deprimidos, ou achando que estão cumprindo um castigo e retornaram para a série A ano que vem independentemente de esforço. O Clube e o time precisam acordar pra vida. Temos que voltar a jogar bola com a mínima vontade, precisamos da torcida de volta em São januário e voltar o clima de competição, tá tudo muito solto, quando acabam as punições?

  11. MAURILIO MOURTHÉ DE SOUZA

    É Jc,, sem tecnico não dá, não sabe qual esquema adotar, não sabe até hoje quem é titular; volto a falar COM ADILSOM NÃO VAMOS SUBIR. Amesma coisa disse o ano passado e acabou caindo.

  12. LEKO

    – Estou muito preocupado com o nosso Vasco. A indiferença da diretoria para com o clube e principalmente para com o time cada vez pior e mal armado pelo péssimo Adílson é de deixar qualquer vascaíno com vergonha. Senão vejamos:

    1- O Técnico nunca foi técnico para o Vasco, todos concordam mas ele permanece, face a indiferença do Dinamite.

    2 – O time além de mal armado não tem vontade, garra, perdido em campo, e com isso a cada rodada o time vai caindo ladeira abaixo. sem qualquer intervenção da diretoria, repreensão ao técnico, troca do mesmo, ou seja nada.

    3 – O Clube hoje é uma instituição muda, onde ninguém fala nada, todos não sabem de nada e os poucos que sabem se omitem e nem mais aparecem em São Januário. Tudo por causa das eleições.

    4 – Roberto sempre é lento e inseguro nas decisões, e com a marcação das eleições para a segunda quinzena de JUL/2014, espero que marquem nesta segunda-feira sem falta, Com isso ninguém define a troca do técnico, que por sua vez pode ficar até AGO/2014 o que seria tarde demais para o Vasco recuperar-se na série B e ganhar ou estar no G4, pois é visível que os jogadores já não aguentam mais os métodos obscuros e o apadrinhamento de alguns jogadores pelo Adilson e que não jogam nada. O mesmo sentimento tem a torcida e os sócios. Ninguém tolera mais o Adilson técnico horroroso. Está na hora de sair em busca de um novo técnico que traga positividade ao elenco, confiança, e principalmente técnica e tática para se ganhar um jogo. Pois o elenco não é mal, o técnico é que é péssimo e ninguém aguenta mais.

    5 – Não adianta todos pensarem nas eleições, se o time vai caindo pelas tabelas e quando passar a famigerada eleição podemos estar perto do Z4 da série B, pela indiferença na gestão do clube nestes meses. É incompetência demais.

    6 – Por falar em eleição, os candidatos a presidência do Vasco são todos horríveis, não pertencem a área, são todos interesseiros em disputas de eleição de deputados, e outras mazelas mais.

    7 – O Vasco hoje não precisa de aventureiros na presidência, já basta o Roberto. O Vasco precisa de alguém com experiência, malandragem, ter uma carcaça grossa,pois a máfia do futebol é uma quadrilha e não é um candidato com cara de bonzinho que vai salvar o Vasco. Isto é coisa de gente que já conhece esse meio mafioso, corrupto, indecente, onde os mais inocentes são os pobres torcedores.

    8 – Portanto espero duas coisas nessa semana: A – Marcação da eleição na segunda quinzena de JUL/2014. e B – Demissão do Adílson e sua trupe. Não podemos passar um mês da Copa do Mundo com o Adilson para logo em seguida vier as eleições e depois ele ir embora no final do campeonato e o Vasco na tabela de baixo.

    9 – Os desfalques por contusão já voltaram, basta entrar em forma, mas paralelamente a isso o Vasco contratou jogadores para o elenco que podem dar conta do recado se bem orientados, coisa que o Adilson não faz. Ele é treinador de panelinha e com o tempo alguns vão ficando insatisfeitos gerando baixa qualidade nos jogos.

    10 – Por fim que o Ercolino faça jus ao cargo que ocupe, e chame o Adilson para uma conversa, pois no mercado temos vários técnicos melhores que ele com o mesmo salário.. Quero ação dessa diretoria. Ser proativa, coisa que nunca foi..e deixar de empurrar a barriga principalmente em ano eleitoral no Vasco.

    ABRAÇOS
    LEKO

    • JC Barbosa

      Achei que alguns pontos do seu comentários foram, pra dizer o mínimo, pessimistas demais. Mas aí é de cada um, claro.

      Mas uma coisa que gostaria de saber…Pelo que vc disse, “no mercado temos vários técnicos melhores que ele com o mesmo salário”. Vc pode citar um pelo menos?

      • LEKO

        JC concordo até que fui pessimista demais, mas a cada jogo vejo o Vasco pior e o Adilson dar uma de professor pardal e que nunca dá certo, irritando pelo menos a mim. Pensei no tecnico da Portuguesa do ano passado, pensei no Doriva, Jorginho que não é o que foi para o Vitória, técnico com vontade de ganhar. Pensei até no Joel Santana, é mole?? Pelo menos é malandro, sabe unir o grupo. Você concorda na permanência do Adilson, porque estamos desfalcados?? Pensei no Argel Fucks aquele do Criciuma de 2013, até no Caio Junior.. Sei que as opções não são lá essas coisas mas o Adilson não deu certo no Vasco. O Gaúcho seria bom também por conhecer o clube..
        abraços

      • JC Barbosa

        Argel e Gaúcho, sinceramente, não sei se fará algo tão diferente do Adilson. E o Caio Jr. acho que pediria um salário maior.

  13. A MINHA PREOCUPAÇÃO É QUE AS DESCULPAS SÃO AS MESMA ANTES DO REBAIXAMENTO, JOGADORES DIZENDO QUE PRECISAM TER ATITUDE, QUE VÃO MELHORAR NO PRÓXIMO JOGO, TÉCNICO PEDINDO PACIÊNCIA, MAS NÃO SE VÊ MUDAR NADA NO VASCO. VEJO UM TIME SEM PADRÃO DE JOGO UM TÉCNICO PERDIDO SEM CONSEGUIR UM ESQUMEMA TÁTICO PARA TIME, MUDANÇAS JÁ! NÃO VAMOS CAIR PRA SERIE C, MAS NÃO SUBIREMOS PARA SERIE A

    • Luiz Otávio

      Estava pensando a mesma coisa que você. Todo jogo é a mesma coisa. “Demonstramos poder de superação.Ficamos felizes com a segunda metade do jogo que fizemos. Precisamos da torcida nos apoiando.”E está lá o Diogo Silva ainda. Todo hora o técnico mexendo no time. Ontem o Marquinhos do Sul não foi nem relacionado e o Yago foi para o banco. E quem joga no 3-5-2 hj em dia? Não dá para entender. O problema maior é: Saindo este treineiro quem entraria no lugar?

  14. Kleiton Conceição Teixeira

    Volta Eurico. E poem pra fora do Vasco esse tecnico vagabundo e sua comissão de asnos. Juntamente com todos os incapazes que bananamite coloco na addm do time.

    • JC Barbosa

      Vc começou a torcer para o Vasco em 2008? Ou simplesmente tem a falta de noção de achar que o período do Eurico como presidente foi bom?

  15. Wanderson DS

    Acho que fiz bem em não ver mais esse SHOW DE HORRORES não é mesmo JC???

    Não adianta, esse time consegue a proeza de ser pior que o de 2009! Vi os “melhores momentos” não sei de quem, mas vi algo ridículo, quase pior de terça feira! Um BANDO perdido, sem vontade, sem determinação, uma coisa vergonhosa!

    E o pior é continuar vendo esse TREINEIRO MEDÍOCRE, um prof, pardal totalmente perdido nas invenções dele… série B um time como o VASCO a CAMISA DEVERIA JOGAR SOZINHA, mas esse Adilson consegue complicar td e passa pra essas amebas a desgraça toda!!!!

    Enquanto esse IMBECIL continuar como técnico o time vai ficar nessa parte de baixo da tabela mesmo, é só lembrar que o ultimo trabalho desse retardado foi no figueirense ano passado, só foi eles demitirem que o time saiu da parte de baixo da tabela, embalou e SUBIU PRA SÉRIE A!

    • JC Barbosa

      Não sei. A maioria absoluta das pessoas que viram futebol ontem, preferiu ver a Champions League. E a maioria dessas pessoas não eram vascaínas também.

      • Wanderson DS

        E os vascaínos masoquistas também não viram futebol…

      • JC Barbosa

        Entendi….quem viu o jogo do Vasco ontem é masoquista. Pensei que fossem torcedores.

        É…é bem mais fácil ver os jogos apenas quando temos a certeza que veremos um time do Vasco bom.

      • ANTONIO DIAS - CAMPINAS - SP

        Alô JC. Cara, não é isso. É que tá mesmo difícil de ver jogo do VASCO. O time não é tão ruim quanto as apresentações que ele tem feito. Não sei o que está acontecendo. Acho que poucos sabem, mas que tá ruim, lá isso está.
        Abraços a todos.

      • Wanderson DS

        Pô JC já expliquei a minha situação ontem, VASCO pra mim é um vício, mesmo sabendo que ver os jogos dele me faz mal ultimamente eu continuo tentando ver… mas depois de terça feira foi a gota dágua… e ontem com td q eu falei e no mesmo horário de uma final de champions eu não fiz questão nenhuma de ver mesmo! Mas vc só tá levando pro lado de não ver UM JOGO do VASCO esse ano e não falou nada sobre minhas outras colocações inclusive sobre o jogo em si, o treineiro, a falta de vontade dos jogadores e td mais…

      • JC Barbosa

        Não estou te recriminando. Apenas não entendo um torcedor, tendo que escolher entre ver um jogo de um time que torce e outro de dois que sequer são do mesmo continente, preferir o segundo pq “terá um futebol melhor”. e falar sobre o jogo e sobre o time, falo sempre nos posts.

  16. SNIPER

    Realmente os jogadores bateram cabeça com o 3-5-2, foi muita sorte não termos virado o primeiro tempo em desvantagem. Melhorou com o 4-4-2 e este deve ser o esquema a ser mantido, pelo menos até a parada da Copa, pois temos que pontuar o máximo possível até lá e é melhor fazer o simples nesse momento.
    Yago não pode ser reserva do Rafael Silva, dá mais movimentação e é o típico ponta que precisamos para abrir a defesa adversária. Precisa aprimorar mais o passe mas tem futuro.
    Ponto positivo da partida: Fellipe Bastos não jogou, achei que o Adilson ia dar um jeito de coloca-lo no segundo tempo.

  17. MEU DEUS DO CÉU ,COM ESSE TIME E TÉCNICO O VASCO NAO VAI SUBIR …QUE TIME MAIS NOJENTO DE SE VER JOGAR ,NÃO TEM CRIATIVIDADE NENHUMA ,SEM TATICA NENHUMA E UM BANDO DE PERNA DE PAU VESTINDO A ARMADURA CRUZ MALTINA ,,PELO AMOR DE DEUS ,TEM UNS CARAS AI QUE NEM E NUNCA MERECIAM VESTIR A CAMISA DO VASCAO…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s