Sorte, muita sorte

O título para o post de hoje já estava na minha cabeça: “Na conta do Adilson“. Mas o gol feito pelo estreante Biteco, garantindo o empate do Vasco como Sampaio Corrêa na bacia da almas, mudou meus planos. Da forma como o conseguimos, o pontinho conquistado com muito choro me fez ver que a sorte que demos foi o principal acontecimento da noite.

Mas isso, claro, não é motivo para deixar de falar da responsabilidade do treinador nessa que figura certamente no top 3 das piores atuações do time em 2014. Na noite de ontem, Adilson se superou, errando em praticamente todas as decisões que tomou, da escalação à entrevista coletiva após o jogo. Como a reiterada e injustificada confiança no Diogo Silva já foi falada ontem, pulemos esse primeiro vacilo do Adilson e passemos para os outros.

Não é possível que um treinador não considere alterar seu esquema de jogo quando o time está desfalcado de uma peça importante e sem outra que cumpra a mesma função. Adilson simplesmente ignorou a ausência – e consequentemente, seu papel no esquema – do Douglas e manteve seu 4-3-3, mesmo entrando em campo sem um armadorzinho sequer (até tinha o Biteco, que poderia começar jogando). E, pior ainda, foi algo consciente: na entrevista antes da partida e depois, reiterando a opinião na coletiva após o jogo, o técnico vascaíno disse que o time tinha articuladores, já que Pedro Ken e, pasmem, Fellipe Bastos poderiam cumprir essa função. Como todos vimos, não foi o que aconteceu.

Depois, com o time já em campo, vimos o Sampaio Corrêa deitando e rolando sobre o Vasco com uma jogada de Playstation: rouba a bola na sua intermediária, dá um bicão na direção do seu atacante velocista e pronto. Bastou isso para que nosso adversário – que se fosse um pouquinho melhor não passaria o breve perrengue que passou no primeiro tempo e meteria uns três ou quatro no segundo – conseguisse ser muito mais efetivo no ataque que o Vasco.

Após o intervalo, outra falha do treinador. Mesmo que o tal de Pimentinha – um rapaz tão forte que parece um anão diante do minicraque Diego Renan – fizesse a festa nas costas dos nossos laterais e volantes, o Vasco continuou se deixando envolver pela mesma jogada passada e repassada no primeiro tempo. Adilson parece simplesmente não ter visto a etapa inicial, ou considerou que os lançamentos do Sampaio não nos trariam perigo.

Ainda no intervalo, nosso técnico tentou melhorar a parte ofensiva da sua equipe fazendo o que? Tirando um atacante de mobilidade para colocar o Edmilson, que é naturalmente mais parado que o Rafael Silva e ainda por cima voltando de contusão, o que não lhe ajuda em nada na movimentação. Os três volantes, que não marcavam bem e criavam ainda pior? Ficaram até os 21 minutos do segundo tempo, quando sofremos um gol após mais uma falha do goleiro reserva do Vasco. E mesmo quando Adilson mexeu, não fez o melhor: colocar Dakson não resolveria nunca a falta de articulação no meio. Ele não é armador, é um meia-atacante e sua entrada ainda deixou o time mais exposto do que já estava. Seria melhor ter colocado de uma vez o Biteco, que teria mais chances de criar jogadas e reter a posse de bola no campo adversário.

Então promover a estreia do garoto foi a única coisa certa que Adilson fez? Mais ou menos, já que ele precisou de mais dez minutos para ver que o Dakson não resolveria nada e que sem ter alguém para municiar o ataque, manter o 4-3-3 era burrice. Resumindo: a entrada de Biteco deu certo, mas ele demorou pra fazer a alteração.

Até times qualificados podem jogar mal eventualmente e isso não é necessariamente culpa do seu treinador. Mas não conseguir ver que a equipe, independente das atuações individuais, está mal, já é um erro gravíssimo. Alguém que seja pago para treinar um time, ainda mais em um clube do tamanho do Vasco, não pode se dar ao luxo de não enxergar o jogo. Na coletiva, Adilson disse que não gostou da atuação do grupo, mas relativizou o espetáculo deprimente de ontem responsabilizando os desfalques. Claro que isso é relevante, mas ignorar os próprios equívocos não vai fazer com que seu trabalho à frente do Vasco melhore. Não será sempre que a sorte nos sorrirá e gols aos 49 minutos do segundo tempo vão resolver as coisas para o nosso lado.

***

Mas é preciso dizer uma coisa: o Adilson não estava em campo, portanto, erros de passe, marcação frouxa, falta de pontaria e, principalmente, de vontade, não são culpa do técnico. O Vasco continua com aquela postura de que vai resolver as partidas assim que quiser e o que vemos do outro lado é um monte de jogadores desconhecidos dando tudo o que podem para vencer o franco favorito da competição e aparecer para os olheiros.

Tem gente nesse time que está visivelmente trotando em campo, usando a armadura cruzmaltina como se fosse um terninho vagabundo e a bola como se fosse uma pasta de vendedor. Jogador burocrático, ainda mais os burocráticos sem talento, não se criam na Série B. É bom que uns e outros aí se apercebam disso logo.

***

As atuações…

Diogo Silva – mostrou mais uma vez sua tão defendida experiência. Pena que essa experiência seja na falta de segurança, saídas bizarras e em levar gols de times fracos. O rebote nos pés do atacante do Sampaio Corrêa quase nos valeu uma derrota.

Ah, mas ele fez boas defesas e você não cita”! Não cito mesmo. Não adianta nada ter um goleiro que faça quatro milagres por jogo se num lance fácil ele falha e prejudica o resultado.

André Rocha – até foi visto algumas vezes apoiando (inclusive tendo uma finalização razoável no primeiro tempo) mas o resultados efetivos das suas idas ao ataque não justificaram a avenida que deixou às suas costas constantemente.

Luan – foi bem no combate direto em alguns lances, mas facilmente driblado em outras. Tem como defesa o fato de que nenhum dos três volantes em campo teve a capacidade de dar a devida proteção à zaga.

Douglas Silva – um pouco melhor que o Luan: também levou uns dribles inaceitáveis, mas mesmo sempre deixado na podre, largado pelos volantes no mano a mano com os atacantes adversários, conseguiu impedir que o adversário marcasse pelo menos dois outros gols.

Diego Renan – o time maranhense se criou praticamente o jogo todo nas suas costas, mas como ele tem naturalmente mais liberdade para atacar, compartilha a culpa disso com a falta de cobertura do meio de campo. E no apoio acabou sendo uma das melhores opções ofensivas do time. Mas perdeu o gol mais feito do Vasco, na etapa final, isolando uma bola quando estava diante do goleiro.

Fabrício – lutou muito, mas falhou tanto na proteção à zaga como primeiro homem – como começou a partida – como ajudando na criação, quando Adilson inverteu sua posição com Pedro Ken. Parecia morto no fim do jogo.

Pedro Ken – padeceu do grande problema que teve ao longo do ano passado: não encontrar um posicionamento definido em campo. Com isso, acabou falhando tanto no combate como nas chegadas à frente.

Fellipe Bastos – se quando tem funções mais defensivas já é irritante, quando lhe conferem atribuições de articulação ele se torna insuportável. Marcou com uma indulgência imperdoável e não fez nada que preste na armação. Se superou ontem nos raros momentos em que roubava uma bola para erra um passe fácil na sequência. Saiu, muito tardiamente, para a entrada do Dakson, que se não foi o armador que o time precisa – e nem será nunca, já que essa não é a dele – teve o mérito de cobrar bem a falta que resultou no gol de empate (ou seja, até nas bolas paradas foi mais eficiente que o Bastos).

Marquinhos – muito leve, raramente conseguiu superar a zaga adversária, que ou lhe roubava a bola ou ganhava os lances no superioridade física. Ainda assim fez uma ou outra boa jogada. Guilherme Biteco entrou em seu lugar e teve uma estreia a princípio nervosa, sofrendo até para dominar a bola. Mas mostrou estrela garantindo um pontinho com um gol de muito oportunismo.

Yago – tentou sempre que pode suas jogadas individuais, mas não foi feliz na maioria das vezes. Quando conseguiu superar seu marcador, levou perigo.

Rafael Silva – aparentemente não é muito a dele jogar mais fixo na área, tanto que só apareceu quando vinha de trás com a bola ou jogando na diagonal. Saiu ainda no intervalo para a entrada do Edmilson, que voltando depois de semana inativo, não mostrou ritmo de jogo. Ainda assim, incomodou mais a defesa maranhense por conta do seu bom posicionamento na área.

***

Foi tudo tão ruim ontem que nem a torcida fez a sua parte: menos de 9 mil vascaínos piauienses acharam que valeria a pena ver seu time em campo, mesmo que o Vasco não tenha jogado no estado nos últimos 4 anos. Ou seja: não conseguimos nem os 3 pontos, nem uma boa renda.

Esse público deve servir para a diretoria reavaliar os critérios ma escolha dos dois últimos locais fora do Rio em que vai mandar seus jogos. É preciso avaliar se o potencial da torcida local compensará o desgaste da viagem.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG.

Anúncios

41 Comentários

Arquivado em Atuações, Resenhas, Torcida, Vídeos

41 Respostas para “Sorte, muita sorte

  1. Flavio - São Luis

    Voce sacaneou com o nome e a pessoa do Pimentinha é porque você não o conhece, quando o Vasco vier jogar aqui em São Luis voces vão ver o que ele vai fazer com o seu lateral MOCHILA. Ele está assim é porque ainda esta fora de rítimo. Mas aguarde meu caro!

    • JC Barbosa

      Rapaz, recomendo que vc leia com mais atenção as coisas. Ou que peça alguém para te ajudar a interpretar textos.

      O que eu falei do Pimentinha foi: “Mesmo que o tal de Pimentinha – um rapaz tão forte que parece um anão diante do minicraque Diego Renan”. Ou seja, falei do tamanho dele, não que ele joga mal (aliás, falei o contrário).

      E, a não ser que ritmo de jogo dê ao Pimentinha uns 30 centímetros a mais de altura, não vai adiantar nada eu aguardar pq ele continuará baixinho.

  2. Dezidério ri demais com esse vídeo do Diogo Silva, já enviou para o Adirso? Só ele acha o Diogo um grande goleiro e digo mais, fomos rebaixados graças ao Diogo, ao Alessandro e logicamente ao fantástico Carlos Germano que já devereia ter sido demitido Vasco no ano passado.

    SDV

  3. LEKO

    JC Pensei exatamente igual no jogo contra o Sampaio Correa. Ele colocou na cabeça um esquema 4-3-3- só que nossos jogadores não possuem essa carecteristica e então ele insiste para depois dizer que o time está desfalcado.Isso ele sabia antes de começar o jogo então como técnico remunerado deveria tomar medidas mais urgentes. Mas não faz nada. Precisamos parar com o Adilson. JC Você faz muita falta e espero que voltes um dia…O mundo é redondo.. abraços LEKO

  4. Time ridículo, você esta certíssimo no seu post, ta difícil. saudações vascaínas.

  5. Eduardo

    Eu sugiro como opção de treinador o Jorginho ex-palmeiras, que está desempregado. OK, ele não tem a experiência dos mais badalados (estes sim empregados e com alto salário), mas já demonstrou ser um cara com perfil arrojado, gosta de colocar o time pra frente.

    Seria uma opção dentro do teto salarial e que pode dar certo.

  6. ANTONIO DIAS - CAMPINAS - SP

    Alô JC. Cara, time ridículo, técnico ridículo, torcida ridícula. Isto é o Vasco hoje. Tudo que se refere ao Vasco é ridículo.
    Abraços a todos.

  7. brad nascimento

    É infelizmente o vasco com essa presidencia frouxa se apequenou mesmo lamentavel, sem pulso sem atitude.Bancar um goleiro que nos deu um empurrão ora série B , mostra a cara desta diretoria que não toma atitudes,quando resolvem fazer alguma coisa já é tarde,espero que não deixem pra fazer algo já no final da série B. Assim como fizeram no final do carioca , aceitaram aquele arbitro e bandeirinha mesmo com os ocorridos e com um time fraco que tinha ops ainda tem , tendo a chance de abandonar a ultima rodada e ir pro tribunal mas não jogaram contra o atletico um dos melhores daquele campeonato , lamentavel deu no que deu.

  8. Luiz Afonso

    “nessa que figura certamente no top 3 das piores atuações do time em 2014.” Com toda certeza! Cara, depois não entendem porque o Douglas é titular absoluto desse time…

    Concordo com quase todas as suas colocações, mas, MAS, você não pode estar falando sério em relação a atuação do Diogo Silva!! Ele falhou no gol!?!? É isso mesmo que eu li?!?! Era uma bola fácil?!?! Pô JC, menos. A má vontade da torcida é até compreensível, mas não pode nos cegar. O cara foi o melhor do Vasco em campo. Evitou três gols certos! E no gol que sofremos ele fez o que podia: disputou corajosamente a bola com o atacante, GANHOU A PORRA DA DISPUTA, mas aí aconteceu a sina que lhe persegue – não fosse suficiente a bola ter sobrado para o jogador do Sampaio, o cara dá um toque perfeito e bota a bola no ângulo, por cobertura. Concordo que falta sorte ao Diogo, o que é essencial para um goleiro, mas culpá-lo pelo gol?!?! Ele não rebateu para o meio da área, ele ganhou a disputa com o adversário e rebateu para onde deu, pois não tinha muito o que fazer ali. Pelos comentários que li aqui, já estou achando que não entendo NADA de futebol!!
    E veja como as coisas são irônicas: o tal do Piteco, que estava sofrível, é presenteado com o gol e sai como o salvador. Já o goleiro, QUE VINHA BEM, é crucificado só porque tomou um gol em que disputou o lance de forma arrojada e teve a falta de sorte da bola sobrar nos pés do adversário, que tornou uma defesa difícil, na opinião de pouquíssimos, numa falha gritante, na opinião de muitos.
    O empate me deixou com uma dúvida: não sei se comemoro ou lamento o gol do Piteco, porque se o custo for vê-lo em campo dominando a bola com a canela, entre outros lances pitorescos que ele protagonizou, certamente não terá valido a pena!
    Saudações.

    • JC Barbosa

      Achei legal aparecer UMA pessoa pra não considerar culpa do Diogo no gol. Não apenas a torcida, mas toda a imprensa também considerou falha do goleiro. Agora, o que eu vi no lance foi o Diogo cortar um cruzamento fraco de forma equivocada, falhando num fundamento básico para goleiros: rebater uma bola pra frente do gol.

      Mesmo que tenha havido a tal coragem que vc citou – e não lembro dele ter disputado a bola com o atacante, já que ele a interceptou antes de chegar no jogador, não adianta ser corajoso e cometer um erro primário para um goleiro.

      • Luiz Afonso

        “Achei legal aparecer UMA pessoa pra não considerar culpa do Diogo no gol.”. Cara, nunca abandone este teu estilo! Mesmo contrariado, estou rindo até agora! Mas, prefiro continuar sendo a voz dissonante em relação a “falha” do Diogo no gol.
        Abraço.

      • JC Barbosa

        Mas foi um elogio mesmo, acho legal alguém ir contra o que todo mundo pensa e manter essa posição. Mas foi um elogio e uma constatação: não vi mesmo ninguém que achasse que ele não falhou no lance.

  9. Acrisio Rodrigues

    Julio, só não concordo com o fim do post. A culpa do público não ter sido o esperado foi consequência do pequeno período de vendas. O jogo foi anunciado na Sexta, mas só no Domingo foi confirmado (pq aqui havia uma liminar proibindo jogos no Albertão – inclusive, a primeira partida da final do piauense também sofreu com essa dúvida até os últimos instantes antes do jogo) e apenas Segunda começou a venda de ingressos. Muitos amigos meus daqui e do interior do Maranhão (onde nasci) não puderam ir pq não tiveram tempo de planejar a ida.

    • JC Barbosa

      Acrisio, o pouco tempo de vendas certamente trouxe algum reflexo. Mas isso não justifica completamente o baixo público. Quando um jogo desperta muito interesse, pode até acontecer confusão na hora do jogo, com muitos torcedores tentando comprar ingressos em cima da hora. Na transmissão falou-se sobre isso, mas já vi públicos maiores de 8 mil em SJ com a maioria tentando comprar em cima da hora. E sem torcida adversária, como aconteceu no Albertão.

  10. Ulisses Pinheiro

    Oi pessoal, não adianta demitir o Adilson, pois por mais burrada que tenha feito é o único técnico em muito tempo que desenvolveu um padrão tático para o time. Com elenco que temos duvido que consigamos técnico que faça coisa melhor. Mas é claro que não podemos deixar de criticar as escolhas erradas que ele fez. Já falei várias vezes que o Diogo Silva já deveria ter sido demitido do Vasco por justa causa! O Cara é horrível. Não tem desculpa pro Jordi ficar na reserva dele, pois se o tecnico julga ele pior que o Diogo, o Vasco tem que contratar urgente outro goleiro.
    Embora ainda estejamos no início do campeonato já foram 5 rodadas para gente e pior do que descer será permanecer na segunda, ainda mais um segunda tão horrivel como esta esta se apresentando.

    • Wanderson DS

      Qualquer técnico que escale o JORDI no lugar do bracinho de alface enquanto não tem Martin Silva, que suma com o lixo de andré rocha, que desapareça com o felipe BOSTAS e monte o time logicamente equilibrado sem as amebas de 3 volantes, e sim com dois meias e dois atacantes já estaria fazendo um ‘milagre’ comparado com ESSE TREINEIRO IMBECIL, BURRO, TEIMOSO, COVARDE, MEDROSO E ARROGANTE DO PROF. PARDAL!!!

  11. Anderson Timbó

    Se o Adilson continuar sendo o treinador até o final da série B, tô achando difícil de subirmos este ano viu. Temos apenas 8 pontos, metade do líder. Adilson é muito cabeça dura, se a torcida não começar a pegar no pé…
    Pior que a sorte ainda conspira a favor dele, devíamos ter perdido alguns jogos, mas sempre empatando no final. E outra, Diogo Silva nos rebaixou e continua no time…

  12. PAULO MOÇO

    Boa tarde JC e vascainos.
    Só quero lembrar que ano passado o Figueirense despediu este treinador na quinta rodada e subiu para a 1ª divisão, estamos na quinta rodada e em setimo lugar.

    • JC Barbosa

      Na verdade, o Adilson foi demitido do Figueira na 16ª rodada da Série B ano passado (após derrota por 3 x 2 para o ABC, em Natal). E não acho que trabalhos anteriores sejam parâmetro nem pra manter, nem pra demitir treinadores. As situações de Figueirense e Vasco são muito diversas para que o primeiro sirva de parâmetro para os dias de hoje.

      Se o Adilson merece ser demitido é pelo que vem mostrando hoje. E, mesmo que ontem ele tenha errado tudo o que pensou, não dá pra usar a partida de ontem como a média do trabalho do cara.

      • Claudinei

        JC, com todo respeito que tenho por ti… A média do Adirrrson é horrível… Rebaixamento, (pula o carioca), 7º da série B. Tudo bem que o time é horrível. Mas não tem nada… Não consigo enxergar nada de bom, não tem jogas, não tem padrão, não tem modificações durante o jogo que dê resultado, não consegue ter coragem para enfrentar a diretoria e escalar o Jordi… Sei lá mais o quê? Ficaremos um mais de 1 mês treinando para nada… Vai por mim, a hora de mudar de “profexô” é agora…

      • JC Barbosa

        Não tenho motivo nenhum para defender o Adilson. Falo apenas o que me parece racional.

        1) a média do Adilson até pode ser horrível. Mas não é pior que o apresentado ontem.
        2) não vejo muito sentido em colocar o rebaixamento na conta do cara – quando pegou um time em situação desesperadora e sem tempo de revertê-la – e pular o Carioca, competição na qual ele dirigiu o time por toda sua duração e só não foi campeão por conta de um erro de arbitragem.
        3) o time, agora, ESTÁ horrível. Não há time no Brasil, independente de que divisão jogue, que não fique horrível sem seis titulares.
        4) pode-se não gostar do que se apresenta (eu, por exemplo, não gosto), mas padrão o time tem.
        5) pq essa diretoria, tão afeita a vender nossos jogadores o mais rápido possível, impediria o Jordi de jogar e se valorizar?
        6) concordaria NA HORA trocar o Adilson nesse momento – mesmo levando em consideração que o time está cheio de desfalques – desde que seja por um treinador realmente bom e que receba o teto estipulado pela diretoria. Se for para trocar 6 por 1/2 dúzia com o agravante de ter que pagar a rescisão do Adilson não faz o menor sentido. Tem alguma sugestão?

      • Claudinei

        Cara, pior que não. Mas tem horas que bate um desespero, tu olhas para o time, e não tem time; tem um amontoado de jogadores. Tudo bem que os titulares não estão jogando e isso é claro que pesa. Mas o reservas não são tão piores do que os titulares… E não há jogadas, não há finalizações… Tomara que eu esteja sendo pessimista apenas. Gostaria de ser mais otimista, mas depois de assistir ao jogo de ontem, confesso que não dá… Alguma coisa precisa ser feita. O que é eu não sei! Talvez esteja sendo simplista e coloque tudo na conta do técnico – pode ser -, mas jogadores não temos… Pior, não temos diretoria… E foi mais fácil achar o Adirrson como o culpado, mas que ele tem culpa, tem!
        P.S. 1. Pulei o Carioca porque o nível é muito baixo; não dá para comparar, é só olhar os times cariocas no Brasileirão.
        2. Meu texto ficou cheio de conjunções coordenadas adversativas, fazer o quê?

  13. chris

    JEC x Vasco, 100 conto o ingresso!
    São raras a vezes em que tenho a oportunidade de ver o time jogar.
    Então lhe pergunto. Vale a pena a grana pra ver esse futebolzinho de varzea do Vasco?

  14. Wanderson DS

    Eu não falo mais nada, enquanto esse treineiro continuar na beira do campo eu ME RECUSO A ASSISTIR ESSES SHOWS DE HORRORES que estão fazendo com o nosso manto sagrado!!!

  15. Amado

    É amigo, com um tecnico desses não precisamos de adversário! Arma o time errado, mexe errado e ainda se acha o senhor da razão! Ate quando ele vai insistir que o Diogo Silva é “melhor” pq é mais experiente? Se que adianta essa experiencia toda (suposta experiencia) se ele falha em TODO jogo? Resolve algo? Adianta ele fazer 3~4 defesas dificeis e no fim, falhar?
    Tá muito complicado defender o cara, pq ele consegue complicar o que é relativamente fácil! Claro que vamos subir, ate msm se não tiver tecnico do lado de fora comandando o time. Mas com tanta merda que ele tá fazendo, vai ser um trabalho mais dificil do que seria.
    Se ele colocar o Diogo Silva no proximo jogo, vai ser complicado ja.

  16. Claudinei

    Meu Deus… QUE PAVOR DE TIME! Juro… Lá pelos 30 minutos do segundo tempo já estava torcendo para o Sampaio… Para ver se alguma coisa acontece… O melhor teria sido perder de goleada… É isso que está faltando… Infelizmente é a única maneira de melhorar…

  17. Murillo Santiago

    JC só discordo do que vc disse sobre o Douglas Silva. Pra mim o pior em campo. O homem de confiança do técnico junto com o André Rocha, segundo pior, não é bom nem no combate e nem no posicionamento. O Jomar não pode ser reserva deste cara nem do Rafael Vaz. Renegar o cara a nem reserva pelo que ele fez contra a Cabofriense num jogo que colocaram o cara na fogueira depois do que ele fez ano passado é covardia.
    Precisamos ser VAsco. Com filosofia definida de jogo. Caso isso não aconteça seremos eternos reféns dos piores treinadores do mundo que são os nossos na atualidade.

    • JC Barbosa

      Discordo veementemente. O Douglas Silva vem jogando inclusive melhor que o Luan. E ontem, mesmo não mantendo o nível das últimas atuações, livrou o Vasco de tomar pelo menos dois gols certos: um cortando uma bola quase em cima da linha e outro desarmando um atacante do SC antes da sua finalização perto da pequena área.

      • Murillo Santiago

        Discordo enfaticamente. Tomou um baile do Denis o pimentinha como o luan tb, não sabe se posicionar e nem tem velocidade pra chegar nos muitos dribles que toma e apesar de ter salvo estas duas bolas que vc falou, salvo o juiz ter roubado a nosso favor, uso o mesmo caso do Diogo Silva pois o cara que fez o gol lealíssimo subiu com ele como se não tivesse ninguém. Continuo achando que ele foi o pior em campo. Se não fosse o juiz acharia mais ainda.rs

      • JC Barbosa

        Questão de ponto de vista. Só não vi pênalti e no lance do gol de cabeça, mesmo que não tenha acontecido nada, o juiz tinha parado o lance antes do cabeceio. Com a bola parada pelo apito, não há lance. E sem lance, não há gol (menos ainda legalíssimo).

      • ANTONIO DIAS - CAMPINAS - SP

        Também achei que o gol foi legal. O Douglas Silva até vem jogando bem, mas anteontem esteve péssimo.

    • SNIPER

      Na minha opinião a falta de proteção à zaga foi o maior problema, deixou os zagueiros no mano a mano com os atacantes a todo momento, daí fica complicado lidar toda hora com jogadores rápidos, embora limitados. Quanto ao Jomar, deixou a desejar em muitas apresentações já no ano passado, gostava dele, porém perdi a confiança.

  18. willian

    Po JC fiquei chateado ontem fui dormir tarde (acordo as 06:00 h) e vi o primeiro tempo todo e até o gol do adversário. O jogo foi o mesmo o Vasco como time grande não pode sair a bola da sua intermediária dando chutão do “vulgo” goleiro para os nossos dois gigantes atacantes pelas pontas (Yago e Marquinhos) ou nossa referência o franzino Rafael Silva ou até mesmo para o esforçado Edmilson que não vai ganhar todas as bolas chutadas em sua direção dois dos zagueiros. O resultado era que o Adversário recuperava a bola e avançava com perigo contra o nosso gol. Antes de sair o gol pode rever teve três lances exatamente iguais ao que descrevi acima é impossível que eu assistindo pela TV tenha visto esse erro e o nosso Técnico não tenha vista…E o Sentimento Não Para!

  19. Geraldes

    Que jogo horrível, JC… E vc cantou todas as pedras antes dele começar. A ineficiência do Diogo Silva – e acrescento arrogância também, pois nunca vi um goleiro sobrecarregar tanto o time dando saídas de bola com os zagueiros -, as limitações de Adilson – insistindo no sempre fraco Fellipe Bastos (por que? Por que? Mistério…) – e a fragilidade do time, que mesmo com quase 1 semana de treinos consegue errar em fundamentos básicos do dito futebol. Desse jeito, vai ser pedreira sair da série B… Abs!

  20. Gustavo Knust

    Realmente muitas coisas no comando do Vasco impressionam qualquer torcedor com mais de 20 anos de idade. Os descalabros que são cometidos, e a falta de visão do treinador infelizmente não trazem segurança a nenhum torcedor. Não participo do dia a dia dos jogadores, mas tem que haver uma explicação muito boa para o Felipe Bastos ser jogador, e TITULAR, desse time. Todos vimos ano passado que o Ken é ótimo no desarme, pq não conversar com ele e deixá-lo ali para ajudar o grupo? Um time precisa de um meio campo, não adianta jogadores bem intencionados. E minha maior dúvida: o treinador treina apenas com 11 jogadores? Pq quando saem os titulares justifica a queda de qualidade do time? Isso não é previsto em um campeonato com “40” jogos?

  21. rafael andrade

    Falou tudo JC,
    Outro coisa a perguntar.Será que o Montoya não tem lugar nesse time reserva?
    SDV

  22. alex

    Não acompanhei o jogo, fala sério, jogo quase 10h da noite? De série B? Tô fora, melhor dormir.

    Pelo visto, não perdi grande coisa. O time empatou (pelo jeito, com sorte), o treinador insiste em alguns jogadores que a torcida odeia, como o goleiro de ontem, FB, etc, e ainda coloca culpa do empate nos desfalques.

    Cara, estamos na série B! Mesmo desfalcados, temos obrigação de mandar nos jogos e ganhar todos!

    Mas como o jogo foi uma droga e o resultado também, queria dar destaque a outro assunto:

    http://www.netvasco.com.br/n/147308/briga-entre-torcedores-rubro-negros-no-pacaembu-rende-ao-clube-multa-de-r-10-mil-e-nenhuma-perda-de-mando

    Saiu o resultado do julgamento da briga de torcidas do framengo. O resultado, que estava escrito nas estrelas, foi a absolvição dos caras, pagando uma réles quantia de 10k. O curintia, mandante do jogo, foi absolvido também.

    Sabem o que foi preponderante para esse resultado (além, é claro, das preferências clubísticas dos julgadores)? O fato de a TV não ter mostrado a briga e de os jornais e veículos de comunicação não a terem repercutido.

    A prova da briga era um vídeo de celular, prova desqualificada pelo advogado dos mulambos e aceito no tribunal.

    No VascoxAtlético, filmaram a selvageria e falaram bastante dela por vários dias. Na briga de mulambos, nem a TV mostrou, nem o árbitro relatou na súmula, nem ninguém falou nos dias seguintes. Conclusão: não teve prova contundente.

    Viram como a atuação da imprensa pode ser muito benéfica para uns e muito prejudicial para outros?

    E agora tem essa outra aqui:

    http://www.netvasco.com.br/n/147319/ercolino-sera-julgado-nesta-4-feira-no-tjd-por-declaracoes-apos-a-final-do-estadual

    Não duvido nada que ele vai tomar um gancho. Sou capaz de apostar grana
    nisso. O goleiro dos mulambos disse que ganhar roubado é mais gostoso e foi absolvido. Mas como agora é contra o Vasco, não tenho dúvida que ele não vai escapar.

    É por essas e outras que o futebol está perdendo a graça e os estádios estão cada vez mais vazios.

    • Christiano

      Engraçado por que quando o Juninho mandou dedo pra torcida do Urubu na hora do escanteio, foi punido com a foto de um torcedor. Pra condenar o Vasco vale qq prova. Tribunal Lixo!!!

  23. Ontem, mais uma vez, o time chegou ao ponto da gente não conseguir mais, durante a partida, identificar a proposta de jogo e a tática. Era um bando disperso em campo, só dava para ver um salpicado avulso de camisas do Vasco.

    Até achei interessante, como de outras vezes, forçar uma articulação com o Renan – mas essa jogadinha já provou que não faz mais nada além de terminar num chutão horroroso.

    Agora, eu queria mesmo era aceitar o fato da diretoria forçar esse jogo em Teresina. Uma coisa, que eu defendo, são excursões no Nordeste. Ou então, mesmo se forem jogos oficiais, que as coisas sejam dentro de um planejamento. Será que a diretoria do Vasco imaginou que o pessoal das outras capitais e cidades do nordeste desceriam para Teresina, em pleno começo de semana, para ver um jogo às dez da noite??? Que o Vasco deve sim mandar jogos no Nordeste essa é uma convicção que temos. Mas a toque de caixa não faz sentido. É prejuízo. O Vasco ajudou o Sampaio nessa, em todos os sentidos. Antes ter ficado no interior do Rio. Daria o mesmo publico e quem pagaria o ônus da viagem era o Sampaio.

  24. SNIPER

    Impressionante, o Adilson realmente demonstra que não tem condições de ser técnico de time grande. Entra com três volantes, sendo um deles o “grande” Fellipe Bastos, e mesmo assim a zaga fica exposta e não há cobertura para as subidas dos laterais.
    Se cem labradores escalassem o time, colocariam um meia atacante para começar a partida no lugar do Douglas, e 101 escalariam no lugar do Bastos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s