Cara de B, disposição de segunda

A derrota do Vasco para o Luverdense veio na hora exata para confirmar o momento mais deprimente da sua história. Nem o vascaíno mais pessimista poderia apostar que chegaríamos ao segundo jogo na Série B sem vitórias e terminando a rodada quase no grupo de clubes que cairá para a terceirona.

Claro que há um ou outro atenuante. Se o time titular do Vasco não chega a ser o pior time do mundo, seu time reserva – ou pelo menos uma equipe com seis suplentes – não faria no campeonato muito diferente do que fez ontem: o time B do Vasco é uma equipe com cara de Série B.

O problema é que um time de Série B tem que jogar com a disposição que o campeonato exige. E esse foi o maior problema da equipe ontem: os jogadores entraram em campo como quem está cumprindo tabela e como se tivesse qualidade para vencer o jogo a hora que quisesse. Pressionou um pouco no começo, depois diminuiu o ritmo e, além dos milhares de erros, jogou com uma displicência inaceitável. Tomou o gol, continuou errando muito e foi para o intervalo com uma merecida desvantagem no placar.

No segundo tempo, a mesma coisa: jogadores fracos tecnicamente trotando em campo como se a tradição e a camisa do Vasco fossem resolver a partida. Como confundir grandeza com soberba nunca ajudou nenhum time a vencer, sofremos o segundo gol, depois de André Rocha cometer uma penalidade que um fraldinha mais ou menos não cometeria.

Adilson, que no intervalo fez duas trocas seis por meia dúzia, viu uma delas dar algum resultado com Yago,  que marcou um gol ocasional (ainda que muito bonito). Justamente um garoto que, mesmo não mostrando nada de fenomenal, pelo menos jogou com a disposição de quem ainda precisa provar o seu valor. Era o que todos em campo deveriam ter feito ao longo dos 90 minutos, mas que muito poucos fizeram.

Não por acaso, tanto Fellipe Bastos quanto Reginaldo, sintomaticamente dois dos substituídos no decorrer da partida, falaram à imprensa que o Vasco precisa “entrar no campeonato”. A declaração de ambos foi a coisa mais correta que fizeram ontem. Como ainda ficaremos um bom tempo sem os titulares, é bom que os reservas se conscientizem que mesmo que todos fossem fora de série, todos precisam se comprometer na competição.

***

Ex-jogadores em atividade, que tenham tido passagem pela mulambada, preparem seus DVDs, voltem a malhar e avisem seus agentes: se o Vasco seguir levando gols de atacantes decadentes que atuaram na urubulândia, vocês terão um belo mercado na Série B esse ano.

***

As atuações….

Diogo Silva – se não teve culpa nos gols, não deixou de mostrar sua habitual insegurança, uma delas numa bola alçada à área que estava nas suas mãos e deixou cair nos pés de um atacante adversário e depois numa saída de bola em que quase entregou a rapadura para o Luverdense.

André Rocha – um dos piores em campo, passou o primeiro tempo inteiro sem apoiar, mostrando uma falta de atenção incrível. No segundo, cometeu um pênalti infantilíssimo que acabou decretando nossa derrota. Depois disso, até tentou aparecer mais no ataque, mas não acertou nenhum dos seus lançamentos.

Luan – se foi facilmente driblado no primeiro gol, é preciso dar um desconto, já que foi deixado completamente na podre no lance. No resto da partida foi um dos poucos que não tiveram uma atuação constrangedora.

Rafael Vaz – não chegou a comprometer e quando o time partiu para o ataque depois de diminuir a diferença no placar, foi bem ao evitar contra-ataques com antecipações e fez boas invertidas de jogo. Quase marcou um golaço no fim do jogo.

Diego Renan – foi melhor opção ofensiva na esquerda que Reginaldo ou Barbio. Quase marcou o gol de empate após boa tabela com Talles.

Aranda – alguém que tem a responsabilidade de fazer a saída de bola não pode errar tantos passes. Foi num deles que o Vasco tomou o primeiro gol (e, além do passe errado, o paraguaio também não deu o combate como deveria para tentar recuperar a bola). Tantos erros de passe e chutes longínquos do gol nos faz pensar se Aranda não deve procurar um oftalmologista.

Fellipe Bastos – nem dá pra dizer que ele não se esforça, mas é impossível não se irritar ao ver ele dobrar o corpo todo para dar passes com estilo e ver a bola cair sempre nos pés do outro time. Tirando uma cobrança de falta com relativo perigo, não fez nada que preste. Foi substituído pelo Dakson, que nos pouco mais de 10 minutos em que esteve em campo foi ainda menos efetivo que Bastos.

Douglas – no primeiro tempo, um bom cruzamento para Reginaldo e uma bola na trave em cobrança de falta. No restante do jogo, foi um dos que mais andou que correu e pouco apareceu.

Montoya – tentou mostrar sua habilidade no começo do jogo, mas entre partir para uma jogada individual ou passar para um companheiro melhor posicionado, sempre escolheu a primeira opção. Depois de perder um gol feito – após belo passe de Thalles – caiu de produção e pouco apareceu. Saiu no intervalo para a entrada de Yago, que pouco apareceu caindo pela direita e subiu de produção quando inverteu posições com Barbio e deu algum trabalho pela esquerda. Teve o mérito de tentar finalizar de fora de área e foi premiado com um golaço, seu primeiro como profissional.

Reginaldo – não teve sucesso em praticamente nada que tentou, inclusive na única chance que teve para marcar, quando finalizando mal após receber boa bola de Douglas. Saiu no intervalo para entrada de William Barbio, que fez o de sempre: correu, correu, correu e não foi efetivo em momento algum.

Thalles – seus melhores momentos acabaram sendo ao servir seus companheiros (deixou Montoya e Diego Renan na cara do goleiro para ambos desperdiçarem). Praticamente não recebeu bolas em boas condições de finalização.

***

Hoje saiu uma coluna de minha autoria no site “Ao Vasco Tudo!, na qual falo sobre a quase ignorada mudança no Estatuto do clube.

***

Lembrem-se de curtir a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e seguir o Blog da Fuzarca pelo twitter @jc_CRVG.

Anúncios

37 Comentários

Arquivado em Atuações, Resenhas, Vídeos

37 Respostas para “Cara de B, disposição de segunda

  1. ulisses

    Tudo o que acontece na base da piramide é consequência do que vem acontecendo lá no topo, da estrutura organizacional.
    Já vi em muitos clubes, inclusive no vasco, problemas financeiros e de gestão mas pelo menos conseguiram manter o espírito de time grande e vencedor. Nem isso essa diretoria consegue fazer. Pelo contrário, vejo um comportamento de clube pequeno. Espírito de serie C, como afirmou Juninho e Felipe Bastos após esse jogo

    Agora temos que lembrar que o torcedor pode mudar isso sim e não é gritando na arquibancada e no facebook. É se associando, votando certo e contribuindo$$.
    Contribuindo com dinheiro sim. Futebol é caro. Ser campeão, mais caro ainda. Se a diretoria não sabe correr atrás de recursos e muito menos usá-los, cabe ao torcedor tomar essa iniciativa.

  2. Marcos Nunes

    JC camarada,
    sou mais um seguidor dos seus excelentes comentários…estaremos juntos neste site para enaltecer, mesmo com essa fase horrorosa, nosso amado Vascão…
    Saudações Vascaínas

  3. ARTUR RICARDO - TERESÓPOLIS

    JC, por favor me responda…sua saída do GE foi por uma crítica sua ao jornaleco extra, sobre aquela manchete daquele inútil jornal na classificação do VASCO para a final do campeonato carirouba?? Se quiser, não precisa responder…Abraços e me desculpe pela curiosidade.

  4. Ulisses Pinheiro

    Oi JC, Concordo com quase toda sua análise, mas discordo quando ao goleiro. O cara espalmou a bola pro pé do Reinaldo, ele é muito ruim mesmo. Acho que nesse ponto o Adilson erra, é melhor colocar o Jordi inexperiente do que ficar sofrendo eternamente nas mãos do fragueiro experiente (Um dos principais culpados de nossa queda, junto com a diretoria).
    E por falar nisso todos ficam metendo o malho no Adilson, mas poxa vida o que o cara pode fazer com as opções que ele tem? Quem esta no banco que deveria ser titular? Estamos tendo que recorrer aos moleques com risco de queima-los por falta de opção no elenco profissional? Daqui a pouco o povo ta pedindo a cabeça do Thalles, que tem 18 anos! Sinceramente a muito tempo não via o Vasco com padrão tático como mostrou no carioca, ai o time vem e perde sua espinha dorsal com Martim, Rodrigo, Guinhazu e o Edmilson, que time sobreviviria?

    • JC Barbosa

      Ulisses, eu não tenho nenhum motivo pra defender o Diogo. Mas o cara não espalmou a bola no pé do Reinaldo; ele espalmou para onde deu, depois do lateral do Luverdense chutar de frente pro gol sem ninguém para travar a finalização. Maior erro é ver o velho e gordo Reinaldo aparecer na pequena área sem um FDP para impedir a conclusão.

  5. Lucio

    Fala JC!!!
    O que você acha de “juntar forças” com o BM no site do GE ?
    sv

  6. alex

    Ó, os framenguistas brigaram no Pacaembu. Será que terá punição para eles? E aí, STJD?

  7. Paulo Oliveira

    Olá JC. Te achei cara!!! Tá ferrado!!! rsrsrsrs.

    Sabe… o que dói mais é ver um Felipe Bastos, um Barbio… não são jogadores de futebol. O FB só dá passes pro lado e para trás, quando tenta algo mais incisivo fica perdido… O Bárbio, então, ô cara ruim… Meu Deus!!!

    Outra coisa… se dependermos do Douglas para subir, estamos ferrados… o cara já apagou… é mais um vaga-lume… é um Diego Souza piorado…

    O Aranda também… começou bem… e então…

    Espero que os anúncios resolvam mais do que temos hoje no elenco.

    Saudações Vascaínas.

  8. JACIEL - RJ

    Não sei se vc viu JC, a torcida mulamba caiu na porrada ontem no Pacaembu… será que serão indiciados pelo STJD? sera que o Globo Esporte de hoje vai mostrar as imagens dessa briga?? Eu acredito em Papai Noel rsrsrsrs.

  9. PAULO MOÇO

    Bom dia JC e Vascainos.
    O Adilson até é um tecnico mais ou menos, soube fazer o time se defender, exceto quando põe o Bastos de volante, mais o time mesmo o titular, não sabe agredir o adversario a prova disto e que contra times menos ruim o placar quando ganha e 1 X 0, o que voce acha Falta coragem ou inteligencia para ele?

    • JC Barbosa

      Não sei se é bem “não saber agredir“. Algumas vezes fomos prejudicados pela arbitragem, noutras erramos trocentas finalizações…. Sinceramente, acho que falta de coragem ou inteligência (que existem em certa maneira) não explica tudo. Também falta pontaria, as vezes faltam salários, as vezes falta sorte mesmo, entre outras coisas.

  10. Marcelle

    Ok JC, concordo com a falta de lógica, concordo que o Vasco é franco favorito na disputa e tudo mais.. Para mim o Vasco é sempre favorito, a minha única indignação é com a falta de vontade do time. Eu acredito no Vasco, só quero que os jogadores em campo corroborem e façam valer a minha crença.

  11. Carlos Couto

    Definitivamente o Adilson não é técnico para o Vasco, ainda mais na série B, mas quem está no mercado que possa servir? Autori, o filósofo? kkkkkkk

    Foi realmente triste esse jogo e q torcida não aguenta mias ver Reginaldo, Bastos e Barbio, para o bem do futebol e dele próprio Adilson, ele deveria repensar sua posição sobre esses pseudo jogadores. Eu como vascaíno não consigo mais ver o Felipe Bostas jogar ( tentar jogar ), a raiva que eu sinto me faz muito mal, n´s temos o Guilherme da base que mal ou bem precisa de uma chance pela idade que tem ( a não ser que tenha sido vendido e eu não saiba ). Foi duro ver o Mosquito jogar no patético ontem, o meu ódio pelo Banana só aumentou, para mim seu passado como jogador já está ofuscado por essa administração ridícula de quase 6 anos e não falo isso por causa desse seu péssimo desempenho e sim porque esse pulha não teve a ombridade de renunciar quando deveria. Isso só pode significar uma coisa, a grana que bota no bolso compra qualquer tipo de orgulho próprio.

    SDV

  12. alex

    Se é que serve de consolo, a parada para a Copa do Mundo pode recuperar essa galera que está no estaleiro. Muitos times que começam mal se recuperam depois dessa longa parada.

    Mas os desfalques não deveriam ser justificativa para não ganhar ainda na B.

  13. Jonny Arruda

    Belo post, JC!
    Você não acha que o Douglas não está merecendo um banco?
    Abraço!

  14. Victor Meireles

    Bom dia Julio!
    Não seria a hora de tirar o Adilson!? Ele tem medo de mudar o time. Insiste em escalar o Barbio. Mulek é até esforçado, mas nd efetivo.

    Saudações Vascainas!

  15. alexandre domingos

    Ótimas análises. Boa sorte ao Vasco ! Vou já ver o que mudou no estatuto !

  16. Ricardo Terê

    Fala, irmão! Nosso novo espaço para manter viva a chama do nosso eterno, mas sofrido Vascão. O blog lá com o Bruno Mala está horrível… O cara é um babaca… Diálogos vazios. Post toscos. A galera já abandonou o espaço… Força. Força tb ao nosso Vascão. sv

  17. JACIEL - RJ

    Cara, na boa.. Não aguento mais ver o Reginaldo em campo véi… Puts! que jogador horrível!!

  18. eber faria da silva

    Jc o que vc acha que pode ser feito de concreto para mudar a situação?com a eleição vindo e a turbulência que isso provoca, vejo chances claras de cairmos para a 3º…

    • JC Barbosa

      Sinceramente não vejo a menor possibilidade disso acontecer. Além da equipe desse ano ser, no mínimo, um pouco melhor que a do ano passado, não dá nem pra comparar o nível dos times da Série B com a Série A. Não subir já é algo praticamente impossível de acontecer.

  19. Rafael

    Vendo esse time jogar, só tenho uma coisa a falar… que saudade do time de 1997 a 2000!!

  20. Marcelle

    Precisamos que a eleição ocorra logo, o clube esta sem comando! Na verdade o Dinamite nunca esteve no comando, mas agora que já se sabe que ele não fica, precisamos logo desta definição, pois ficar neste compasso de espera, sem saber se a comissão técnica permanece, assim como a gerência de futebol, é a pior coisa que pode acontecer neste momento.
    Não acho que o Adilson tenha o time na mão, acho que ele não impõe e não motiva os caras.. A pelada no aterro estava com mais disposição e animação do que foi este jogo horrendo.
    Se o Vasco não se cuidar vai ser eliminado da Copa do Brasil já na próxima rodada…

    • JC Barbosa

      Contra o Treze-PB? Depois dessas atuações pavorosas pelo Brasileiro, não dá pra acreditar que os caras entrem de salto mais uma vez.

      • Marcelle

        O Treze-PB e o Resende não tem muita diferença, o Resende disputa a série D do Brasileiro e o Treze-PB a série C. Nós empatamos com o Resende e a classificação veio “magra”, agora vamos jogar com um time que eles tem tudo para menosprezar os caras novamente.
        O Thales falou no final da partida, depois de ter perdido para Luverdense: “sabemos que o lugar do Vasco não é aqui, que o Vasco é um clube de série A…”
        Ok, todos sabemos da grandeza da nossa história, mas o presente é outro, acordem e mostrem então quem é o Vasco da Gama…
        “Pela lógica” não deveríamos nem ter jogado o segundo jogo contra o Resende e “pela lógica” o Treze-PB é mais time que o Resende…

      • JC Barbosa

        Futebol não tem lógica, concordo 100% com isso. Sendo assim, seus exemplos não tem muito sentido, né? Sem a lógica, não adianta citar o jogo do Resende. Até pq, o empate em Amazonas veio com garfada e só ganhamos de 1 a 0 e São Januário por conta de outro erro de arbitragem.

        Agora, se eu não achar o Vasco MUITO favorito contra o Treze, é melhor parar de torcer. Concorda?

      • Fábio

        Querido JC, não despreze o Treze-PB, apesar de vc não conhecer o Treze, o mesmo já foi quinto lugar na Copa do Brasil perdendo nos pênaltis para o Fluminense. Em outra participação só não eliminou o corintinhas, por que o juiz ajudou. E recentemente quase eliminou o Botafogo em pleno engenhão. Aliás, uma derrota para o treze não seria tão ruim para o vasco, se em consequência o Adilson for demitido. Adilson, apesar de ter ajeitado o time, consegue ser muito pouco inteligente nas substituições, no jogo contra o Luverdense, quando eu vi que Barbio tinha entrado e pensei “Acabamos de perder o jogo”. Boa semana JC.

      • JC Barbosa

        Não desprezei o Treze, mas entendi o seu raciocínio. Pq o Treze foi quinto colocado na Copa do Brasil de sabe-se lá que ano, ele pode surpreender.

        A questão é simples: relatar os feitos do Treze como se isso fosse garantia de que eles podem vencer um clube com muito mais feitos não tem sentido. Se for por histórico, o Treze não teria a menor chance. Se o time paraibano aprontar pra cima do Vasco, não é pq eles foram 5º colocados em ano X ou pq saíram garfados de alguma edição da competição. Se isso acontecer será apenas pq o futebol é assim, nem sempre ganha o favorito.

  21. Luiz Afonso

    Grato por mais este post! Nunca é demais agradecer pela contribuição que você dá não só ao Vasco, com seus textos, como também aos muitos torcedores cruzmaltinos que aqui podem desfrutar de uma boa leitura!

    Ótima a análise sobre as atuações do Aranda, Felipe Bastos e Barbio!

    Quanto ao pênalti, não vou ficar aqui resmungando, afinal o Vasco perdeu um gol feito com o Montoya (sobre quem você também comentou bem) graças a uma forcinha do juizão, que deixou de marcar falta clara no início da jogada. Mas, voltando ao lance do pênalti e apenas para não passar em branco, como se explica um cara que foi “puxado” cair como se tivesse sido EMPURRADO?!?! O André Rocha realmente segurou a camisa dele, mas solta logo em seguida para não cometer o pênalti. A sequência foi puro teatro do atacante!

    No geral, teu resumo das atuações está muito bom! E o recado para que os jogadores, reservas ou titulares, se conscientizem que a camisa não joga sozinha, melhor ainda!

    Saudações

    • JC Barbosa

      Pois é Luiz, não há do que reclamar do lance do pênalti. E não teria mesmo sentido reclamar disso, já que na Copa do Brasil, ganhamos do Resende com um pênalti muito parecido sobre o Reginaldo. Segurar a camisa é falta e jogador puxado fazer teatro dentro da área é normal para todos.

  22. Artur Ricardo - Teresópolis

    Fala JC. Bom te ver por aqui novamente. Realmente, tava assistindo o jogo com o meu filho ontem e ele me falou que nunca pensou que iríamos chegar abaixo do fundo posso, pois é essa nossa posição atual. Como torço para que mude logo esta direção…Boa sorte, estarei te seguindo aqui de Terê…Abraços.

  23. Hanrs Müller

    Muito bom ver suas análises novamente, JC! Estou rezando para, pelo menos, nosso time titular voltar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s